História Um Saeng Nem tão Inocente assim. (Taekook-Vkook). - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bottom!taehyung, Drama Romântico, Ficção Adolescente, Lemon, Namjin, Romance, Taekook, Top!jeongguk, Vkook, Yaoi(gay), Yoonmin
Visualizações 701
Palavras 1.178
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drabble, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura 💞

Capítulo 9 - Ele é tímido!!.


Jeongguk, e Taehyung estavam guardando suas coisas, até que seu professor se aproximou.

— Taehyung?. Você ainda não me entregou o trabalho, quando pretende fazer isso?.

— Ah sim, eu já estou terminando, só falta mais uma coisa e eu já entrego para o senhor amanhã sem falta. - sorriu. Ele queria demonstrar que não estava nervoso.

— Ótimo, irei esperar ansioso para ler seu trabalho. Você sempre foi um ótimo aluno, espero que continue assim. - Taehyung, falou um "pode deixar". Assim que saíram da sala, o mesmo só faltou infartar.

- Jeongguk, e se o meu trabalho não estiver bom o suficiente?. E se eu fizer alguma coisa de errado?.

— Fique calmo, Tae. - riu de seu nervosismo. - Você escutou o que ele disse, você é um bom aluno, independente de sua nota nesse trabalho, você irá continuar como destaque.

Às palavras de seu saeng o deixaram mais calmo. Até porque ele não podia se desesperar, só faltava uma parte de seu trabalho.

— Jeongguk, onde vamos?. Sua casa é por alí.

— Eu sei, mas eu preciso passar no mercado antes. Vai ser utilizado na nossa última parte do seu trabalho. - o mesmo assentiu ainda confuso.

Em passos rápidos, eles chegaram em uma mercearia. Aquela que não estava tão longe.

— Gosta de pirulito?. - assentiu. - Qual sabor?.

— Qualquer um. - ele seguia o mais novo por todos os corredores em que ele passava. Jeongguk, já havia pegado, um cacho de bananas e uns pirulitos.

Taehyung, não estava entendendo nada. Mas Jeon, já tinha tudo preparado em sua cabeça.

......

— Você ficou sabendo?. Amanhã terá uma festa na faculdade.

— Sério?. Legal, você vai?. - perguntou o mais novo.

— Sim, Jimin ficaria louco se eu não fosse. Mas e você? vai?. - o mesmo assentiu. Algo que Taehyung, não sabia é que a onde o mesmo ia, Jeongguk iria atrás, como um cachorrinho. - O que vamos fazer?. - se jogou na cama do mesmo.

— Comer!!. - falou tirando às coisas da sacola. - Nossa aula de hoje será "Às preliminares". Não pergunte nada, logo você saberá. Não morda já de cara. - deu o pirulito para o mesmo.

— Como se eu fosse fazer isso. - abriu o pacotinho e o colocou na boca. - A graça de um pirulito, é de você chupar ele, saborear, aproveitar o gosto. E não acabar com ele de uma vez.

— Você tem razão. Pois aproveite.

Taehyung, deu de ombros e começou a saborear seu pirulito. Lambia o doce, o chupava e algumas vezes fazia alguns barulhinhos. Jeongguk, olhava tudo atentamente. Seus olhos brilhavam em malícia, por ver Kim daquela forma. Poderia até ser inocente aos olhos de algumas pessoas, mas aos seus olhos, aquilo era puramente erótico.

— Isso daqui tem um gosto ótimo. Qual é o sabor?.

— Tuti Fruti.

"Gosto ótimo?. Tenho certeza que irá mudar de idéia quando experimentar o meu". - pensou.

— Jeongguk??!. Jeon Jeongguk?!. Dá para responder!!.

— Ah desculpe, eu estava distraído. O que disse?.

— Eu já terminei, e agora?. O que vamos fazer?.

— Gosta de bananas?. - o mais velho fez um mais ou menos com às mãos. - Pois vai passar a gostar.

— Tá né. - pegou a fruta e a descascou.

— Enfia ela na sua boca lentamente, mas não morda, e não ouse passar os dentes.

— Tá, tá. Mais alguma coisa?.

— Coloque ela na sua boca, e a tire lentamente, e depois repita os movimentos.

"Jeongguk, você é estranho". - pensou.

Passou a fazer o que o mais novo lhe disse. Confessa que aquilo estava estranho demais, mas ele não iria falar nada.

— Jeon, até que horas eu vou ter que ficar nessa?. Minha mandíbula não é de aço, não.

— Já está bom, pode parar. - riu. - Vamos começar, isso foi uma das inúmeras preparações das preliminares. Quem sabe um dia eu mostre o resto para vo.... outra pessoa. - tentou corrigir sua fala. - Não que eu não goste de você, não gostaria de te mostrar, não é nada disso, eu gosto de você, como meu hyung, porque é isso que você é, meu hyung. E óbvio que eu sou seu saeng, e você gosta de mim como seu saeng.....

— Tá Jeongguk, eu entendi. - riu do nervosismo do mesmo. Jeongguk, atropelou todas às palavras possíveis. - Vamos voltar ao que interessa.

— Com certeza. Você vai querer que eu te mostre primeiro como se faz, ou você se garante?.

— Jeongguk-ssi.... - riu. - Eu não me garanto nem para dar um selinho em alguém, e olha que eu sei o que é. Mas você acha que eu vou me garantir a fazer algo que eu nem sei o que é?.

— Já entendi, Taehy. Deite na cama, feche os olhos e relaxe. - o mesmo fez tudo que o outro mandou.

— Dessa vez você pediu com jeitinho, tô orgulhoso.

Jeongguk, revirou os olhos e riu com deboche. Ele caminhou até o mesmo, e ficou em sua altura. Deu alguns beijos molhados em seu pescoço, e o beijou. Sua intenção era o deixá-lo duro, e pelo jeito estava funcionando. Já sentia o duro tocando em sua coxa.

— Jeongguk..... - arfou durante o beijo. - Por que está tentando me deixando duro?.

— Porque não posso fazer o que quero com você..... normal?. É, normal. - se abaixou até ficar cara a cara com seu membro já acordado. - Acho que consegui acorda-lo. - começou a tirar a calça do mesmo.

— Jeongguk, o que você tá fazendo?. - tentou parar o mais novo, mas o mesmo o impediu.

— Hyung, relaxa. Você vai gostar. - Taehyung, respirou fundo e voltou a sua posição interior.

— Isso é tão constrangedor!. - reclamou assim que o mesmo o deixou apenas de box.

— Não fique com vergonha, sou eu!. Você deveria ficar se fosse um total desconhecido.

— Também acho ma.... oh Jeon!!. - grudou às mãos no lençol. O mais novo lhe pegou de surpresa. Ele havia dado uma lambia, e uns beijinhos em seu membro, ainda coberto. - Nem avisa, né?.

— Não teria graça. - começou a puxar lentamente sua cueca. Até seu íntimo ficar totalmente exposto. Jeongguk, chegava a salivar de ver tudo aquilo para sí.

— Para de olha-lo desse jeito!!. Ele é tímido. - Jeon, não se contentou e riu de seu comentário. - Pare de rir!!.

— Porra Taehyung, em uma hora dessas você fala isso?. - sua voz saia falha. O mesmo puxou de volta sua cueca, e logo em seguida a calça. - Melhor fazermos isso mais tarde. - limpava os olhos que já estavam lacrimejando.

— Isso foi tão broxante. - riu do seu comentário anterior. - Mas é sério ele é tímido, e o dono dele também.

— Tá, chega de falar do quanto seu membro é tímido. - suspirou. - O que acha de assistir um filme?. Depois nós voltamos ao que interessa.

— Okay. - disse sorrindo.

Tanto Jeongguk, quanto Taehyung ainda riam por dentro. Mas Jeon, ficou até feliz de ver o mais velho "interagindo" consigo durante aquele momento, até porque a alguns minutos atrás ele estava bem tímido, não só como ele, mas como seu pênis também.


Notas Finais


Foi isso, espero que gostem. Obrigada por ler até aqui, e me desculpem se tiver algum erro ortográfico....

Até a próxima bjsss 😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...