História "Um Segredo Entre Irmãs!" - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Romance
Visualizações 58
Palavras 2.893
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Esporte, Festa, Ficção Adolescente, Harem, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 8 - "Ousadia Em Dose Dupla,Seja Minha!"


Fanfic / Fanfiction "Um Segredo Entre Irmãs!" - Capítulo 8 - "Ousadia Em Dose Dupla,Seja Minha!"

Maria.

Havia se passado uma semana desde meu encontro com karol agora ja estava mesmo a cara eu estava apaixonada por ela e queria ve-la novamente mas ainda nao havia acabado ao mes,deitada a minha cama estava assistindo aos novos videos de kadu um tutorial sobre encontro e no meio disso ela fofocou no video algumas coisas que fizemos entre risadas concentrada a tela not ouvi minha mae me gritar a sala e me levantando da cama fui ate a sala.

-sim mae?-perguntei a olhando.

-karol lhe enviou um presente meu amor,bom claro ela pediu tambem desculpas por nao ter vindo a seu aniver!-disse minha mae me entregando o presente.

-Obrigada mae,mas iai mae quando a kah vai poder voltar?-perguntei manhosa.

-Ah maria voce sabe que o mes ainda nem acabou nao e?-falou minha mae sorrindo.

-Sei!,voce tem razao eu realmente gosto muito de sua filha!-disse corando.

-Entao cuide bem dela quando ela voltar!-disse indo a cozinha.

Voltando para meu quarto empurrei meu computador para o canto da cama e tirando meu short curto peguei a um moleton e apos vesti-lo me sentei a cama e abrindo o presente nao pude evitar de corar o rosto e morder os labios,o presente era algo de nosso encontro junto de uma foto que fez meu coraçao dar uma batida mais aguda.

-{Idiota,pensei que voce esta so brincando sobre esse vestido!...}-sussurrei.

Pegando a imagem sorri ao ver a foto que seria o poster da loja de vestes de casamento e logo a virei vendo algo escrito [O Mundo Lhe Faz Ingenua,Eu Lhe Faço Mulher!...],lendo e relendo a frase viajava em meus pensamentos haver com karol quando meu celular tocou e vi ao nome de karol e atendi.

-[Oie peste!...]-disse com a voz manhosa.

-[Fala metida!,recebeu o presente?]-perguntou entra risadas.

-[Sim...obrigada,mas porque me enviou esse vestido de casamento,por acaso vamos casar?..]-perguntei brincando.

-[So se voce quiser...e lembra que eu ja lhe disse que quero fazer com voce vestida de noiva!..]-disse em tom serio.

-[Entendo e so por uma tara sua!, mudando de assunto o que esta fazendo?]-perguntei olhando para o teto.

-[bom me arrumando para ao colegio para o reforço...e voce princesa?]-perguntou com a voz rouca.

-[Deitada,ei kah quero que esse mes passe rapido!..]-disse novamente manhosa.

-[Tipico...eu tambem nao vejo a hora de lhe encostar novamente a parede de meu quarto!..]-disse com sua vozinha safada.

-[Aih kah!...eu te odeio!.]-disse sorrindo.

-[Rum...eu te adoro caçula!...foi mal mais preciso ir viu gatinha ate!.]-disse desligando.

-Tchau-falei deixando o celular de lado.

Olhando para o vestido acabei adormeçendo com ele ao meu lado...e de manha como sempre fui pontual e indo para o colegio me encontrei com sabrina que pulando sobre mim em um abraço estava muito empolgada.

-ta o que aconteceu pra voce estar assim?-perguntei.

-Vai rolar um festa na casa de uma garota popular e adivinha nos convidaram e sim voce vai maria!-disse sabrina sorrindo.

-Ah nao sabri eu nao estou no clima!-disse fazendo bico.

-ah vai assim voce se diverte ao menos uma vez!,vai por mim!-disse manhosa.

-Ta,ta eu vou...mas so ficarei junto de voce nessa festa por 1 hora so ouviu?-disse em serio tom.

-ah chata..tabom entendi,te encontro amanha a noite!

Chegando ao colegio prestei atençao a aulas normalmente e parece que todos do colegio contavam com a festa de amanha sexta a noite e rolou essa fofoca o dia inteiro...e assim que o colegio acabou voltei para a casa pensativa e peguei minha roupa menos atraente para ir a festa amanha e indo a cama me joguei entre meus animais de peluçia e pensando em outras coisas acabei por dormir mais cedo afinal sem karol nao tinha motivo para ficar acordada...e no dia seguinte fiquei em casa vendo filmes ate chegar a hora de me aprontar para a tal festa,olhando o relogio rodar e rodar meus pais haviam chegado entre risadas suspeitas.

-Uou,e entao o trabalho vai indo bem hein mamae e papai!-disse os provocando.

-Nao nos culpe se nos amamos tanto assim filhinha-disse minha mae rindo.

-Voce tambem e a mesma coisa com sua irma nao vem jogando isso pra cima so de nos Mariazinha-disse meu pai me caçoando.

-Hahaha...entao tragam ela de volta ai fazemos um encontro duplo!-disse brincando.

-boa tentativa,mas relaxe minha menina o mes ja esta acabando!-falou minha mae me abraçando.

-ufa finalmente!-falei ruborizando.

-Nossa que amor hein-falaram os dois juntos me provocando.

Saindo envergonhada da sala fui para o chuveiro e demorei ao banho e assim que sai levei a escova aos dentes e enquanto os escovava secava meus cabelos e apos terminar trançei a meus cabelos para tras em um coque solto e vesti a camiseta xadrez vermelha junto de uma calça jens e colocando meus brincos e um tenis desci as escadas e pegando uma maça me encontrei com minha mae.

-Ta linda onde vai maria?-perguntou.

-Curtir um pouco mamae!-respondi rindo.

-mas volte cedo viu sem aprontar!

-Relaxa mae sem a kah eu nao sou rebelde!-falei saindo da cozinha.

Me encontrando com sabrina a porta me despedi de meus pais e fomos de carro com sua irma mais velha...chegando a festa havia muitas pessoas e alguns garotos me olhavam com carinhas safadas o que me fez me arrepender de vir vestida como estava e me perdendo de sabrina andei ate minhas amigas que me gritavam meu nome sem parar e tentando passar pela multidao de garotos a frente senti alguem agarrar minha cintura e me arrepiando vi aos garotos rirem o que me assustou mais ainda e derrepente uma das maos que segurava minha cintura passou entre o meio de minhas coxas e me soltando me virei olhando para a pessoa que me agarrava e logo ela me puxou pela cintura novamente...

-Karol?-falei a olhando com aquela carinha safada.

-Entao a princesinha saiu do castelo!-falou passando as maos a minha bunda.

-Droga como voce e idiota,porque nao disse nada eu pensei que um garoto me agarrava a força sua estupida,idiota!-disse nervosa.

-nossa bravinha!,so fiquei pouco tempo longe e voce ja esqueçeu meu toque!-falou ela me encarando.

-MARIAA!-gritou sabrina vindo ate nos.

-Valeu por me deixar so sabri!-falei.

-{ei,a gente se ve depois!..}-sussurrou minha irma em meu ouvido me soltando sumindo em meio a multidao.

-Nossa a kadu esta linda nesse estilo mais masculino,se nao fosse sua amiga daria em cima dela!-falou sabrina me encarando.

-Eii-reclamei a dando um levi empurrao.

Indo ate a frente com sabri e as garotas ficamos conversando quando o dj da festa subiu ao palco e pegando os fones os colocou e começou a tocar(Avicii->Wake Me Up...)junto de um remix bacana curtindo o som todos riam e cantaloravam principalmente sabrina que praticamente berrava em meu ouvido me fazendo rir,quando derrepente senti um puxao gostoso a cintura.

-{vamos curtir um pouquinho rabujentinha!..}-sussurrou karol me puxando para tras.

Me beijando karol me fazia andar para tras colocando a perna em meio as minhas a subia e descia lentamente me provocando e mesmo com as pessoas ao redor abriu os botoes de minha camiseta deixando meu sutia a amostra o levantou e tirando os labios dos meus desceu o beijo com a lingua em mim e chegando em meu seio parou ao joelho entre minhas pernas e passando a lingua em circulos a meu seio me fez morder os labios para que nao saissem aos gemidos mais era possivel ouvi-los de perto me dando um beijo ao peito karol sorriu me puxando para si.

-{vamos para um lugar mais reservado!}-sussurrou me direçionando.

Me levando a um quarto karol me fez me deitar a cama com seu beijo e tirando sua blusa me encarou.

-Karol para estamos na casa de outra pessoa nao acha muita ousadia fazer isso!-disse a encarando nervosa.

-Olhe para o lado caçula!-disse ela tirando a camiseta.

Olhando para onde karol falou vi sua mochila vermelha da marca coca-cola,seu not azul com sua sigla K e seus fones...

-o que isso quer dizer?-perguntei tentando entender direito o assunto.

-ahh,tao gostosa mais meio ingenua hein princesa,olha a guria dona da festa e tambem uma blogueira como eu e minha prima por parte de pai e como nossa tia e oculpada vim passar o mes aqui afinal vai ser mais facil para meu blog!-falou ela vindo ate mim.

Ficando sobre mim minha irma me fez me deitar a cama e ao me deitar senti ao seu cheiro impreguinado nos lençois o que me relaxou e descendo os labios karol abriu ao ziper de minha calça e a tirando a jogou ao chao e tirando minha calcinha me tocou de levi...

-sentiu saudades?-perguntou me encarando com cara de safada.

-para,nao começe a me provocar assim!

-voce ta tao molhada!..vou lhe dar prazer por esse tempo longe que tal?

-Ok,mas eu tambem quero brincar de algo!-disse me sentando de pernas abertas sobre ela.

-{que ...tipo de ...brincadeira?...}-sussurrou beijando meus labios vaginais.

-Aahh..aihh kah..

-Que brincadeira vamos fazer?-perguntou se levantando e beijando meus labios enfiou a um dedo em mim me arrepiando.

-Que tal de verdade ou desafio?..aaahh..-disse gemendo.

-Topo-disse me fazendo deitar e tomou meu seio entre sua lingua o chupando.

-entao vamos jogar de nosso jeito...te desafio a ser ousada!-disse karol me puxando para cima de seu colo.

-Eu aceito o desafio,e eu te desafio a me fazer submissa so a voce!-disse rebolando sobre karol.

-facil!-falou me beijando.

Mordendo aos labios de karol desci meus labios a seus seios e os chupando sentia suas maos apertarem minha lombar me fazendo fazer um vai e vem sobre ela me levantando a olhei com desejo e abrindo ao ziper de sua calça a pedi para tirar me sentando a beira da cama abri as pernas as deixando erguida e a olhando desci minhas maos de meus seio a minha vagina a encarando com carinha de puta.

-eu quero voce dentro karol!-disse manhosa.

-voce disse para mim lhe fazer submissa nao?-perguntou me olhando de cima abaixo.

-Sim-disse olhando em seus olhos.

Se levantando karol me pediu para nao me virar para ela e olhando para frente sua presença atras de mim me deixava molhada logo senti algo sendo colocado a meu pescoço e quando o toquei.

-uma colera?-perguntei meio animada.

-sim vou lhe fazer submissa!-disse me fazendo ficar de quatro.

Me penetrando lentamente karol puxou um de meus braços e me colocou a uma algema ao pulso deixando a outra solta começou a se movimentar num frenetico vai e vem e me puxando pelos pulso me fez ficar so de joelho metendo forte apertava meus pulsos e me soltando derrepente parou me deixando frustada.

-o que houve??-perguntei me sentando em frente a ela.

-quero ouvir voce emplorar para que eu te deixe gozar!-disse me encarando com um sorriso.

-kaah..-gemi seu nome a vendo ficar mexida com isso.

Ficando de quatro começei lentamente a lamber ao brinquedinho de prazer de minha irma e logo me sentei em seu colo e começei a kikar sobre ela a provocando puxava seus cabelos e me deitando karol prendeu sua outra algema em seu pulso e apertando minha mao a sua a sentia ir mais fundo soltando meus cabelos sua outra mao foi a meu clitoris e o segurando entre os dedos minha irma o apertava de lentre entre as estocadas fundas..

-aaah..ooh...aaihh..

Abrindo mais as pernas as enrolei a cintura de karol a deixando ir mais fundo desentrelaçando aos dedos dos meus ela soltou minha mao algemada levando a sua a meu seio o apertou de levi passando o dedo a ponta gemendo em meu ouvido karol com a outra mao levantou a meu quadril o tirando da cama começou a me penetrar mais forte me levando ao ponto de meu orgasmo quando sentiu meu corpo tremer parou me soltando me colocou de quatro e soltando seu pulso da algema ao balança-lo prende meu outro e encostando suas coxas a minha bunda me fez gemer e me provocando passou a ponta de "seu penis"entre meus pequenos e grandes labios a fazendo encostar a entrada.

-aaahh...karol para de ser cruel..ahh-disse rebolando para ela.

-Ahh,peça e eu lhe deixo se molhar!

-Aaahh..aah..eu quero kah..

-{O que voce que?..}sussurrou ao meu ouvido levando os labios a minha nuca.

-Eu quero voce...dentro de mim... aah-disse abrindo mais as pernas.

Fazendo um vai e vem entre minhas pernas karol me levou a morder o travesseiro e entre esse delicioso ato sua mao deu uma palmada forte a bunda depois daquele tapa sentia me molhar mais me provocando novamente com o mesmo ato karol me penetrou novamente em um so empurrada me fez ir para frente aquela enfiada havia doido mas o jeito que bagunçava dentro de mim me fez puxar o lençol me fazendo ter um orgasmo karol me deixou sensivel e me deitando continuou fazendo seu corpo encostar mais a mim aumentando aos movimentos me fez gozar novamente e tirando de dentro levou sua mao de minha bunda a meus pulsos os segurando enfiou analmente em mim me fazendo tremer apertou a minha lombar e segurando em minha cintura colocou tudo em mim ate o talo e começou a se mover lentamente me puxando para ficar de quatro karol me fez ficar novamente de joelhos e entre fortes enfiadas levou sua mao entre minhas pernas e me penetrou com os dedos a frente e deu uma levi mordida em meu ombro.

-{te desafio a ficar naquela posiçao que voce gostou...e nao deixar que meu brinquedinho saia de voce!}-sussurrou a meu ouvido o beijando atras.

Me fazendo ficar de quatro a beira da cama karol forçou mais dentro de mim me fazendo dar um gritinho deu a outro tapa em minha bunda me deixando mais solta e me olhando apontou para o chao logo por impulso sorri e me ajudando a descer karol me puxou mais para si e me vendo me molhar pelas suas enfiadas brutas tirou de minha bunda o colocando a minha vagina novamente me fez estremeçer pelo orgasmo que tive pela encostada gostosa ao fundo segurando em minha lombar minha irma me fez abrir mais as pernas e forçando mais me fez gozar entre seus movimento de vai e vem perdendo minha força deitei denovo ao chao como da primeira vez e me soltando karol me "jogou"ao chao e me virando de frente tomou meus labios passando a seu prazeroso brinquedo em meu grelo desceu aos labios ate minha virilha ficando de quatro colocou a boca em mim fazendo um oral entre as lambidas erguendo as pernas movi a meu quadril a empolgando karol veio a mim me penetrando novamente colocou a boca em meu seio e levando os labios ao meu pescoço me segurou a cintura com um dos braços enquanto o outro lhe apoiava me fez gozar novamente quando me beijou enrolando sua lingua a minha parando minha irma ainda continuava dentro de mim e se deitando sobre mim sua respiraçao acalmava a minha que estava a ofegar mais e me encarando ela sorriu.

-o que foi?-perguntei sorrindo.

-dorma comigo hj!-disse ela com sua voz sedutoura.

-Dormi?,nem vem com essa desculpa...eu sei muito bem que voce vai acabar comigo na cama!-disse lhe encarando.

-por isso,tenho certeza de que voce aguenta mais do que isso-disse tocando meu clitoris.

-É..mais alem de voce fazer gostoso voce me deixa muito sensivel!-respondia lhe provocando.

-hahah...foi mal e que voce mexe demais comigo!,vai fica maria!-disse me seduzindo com sua voz.

-kaaahh..-gemi seu nome ao senti-la aumentar as cariçiais em meu grelo.

-Te desafio a ficar com a colera e so me deixar tirar amanha!-disse levando os dedos a boca.

-eu topo...e eu te desafio a me deixar te fazer 2 orais,um em seu brinquedinho e o outro em voce!-falei colocando seu dedo a minha boca.

-So se for agora!eu topo-respondeu tomando meus labios.

Se sentando encostada ao chao karol me olhou com desejo e de quatro fiz a um boquete em seu"penis"abrindo os olhos a vi morder os labios com desejo a provocando mais ainda levei uma de minhas mao a sua coxa e a outra a minha vagina e me tocando gemia entre o oral em seu brinquedo sentindo minhas pernas ficarem tremulas passei a lingua em todo o brinquedo e levando a boca so a ponta me molhei vendo karol sorrir tambem sorri do mesmo jeito levando meus labios aos seus a senti segurar minha cintura e apenas me sentando em seu brinquedo fiz a um vai e vem o esfregando em mim gemia em seu ouvido.

-Ei kah eu quero fazer com voce do mesmo jeito que fez comigo a sala de estar aquele dia!-disse com uma carinha de safada.

Se levantando karol tirou a sinta a jogando ao cama e me deitando fiquei com a cabeça a beira da cama e minha irma veio sobre mim podia nota-la bem molhada e nao esperando muito tomei de seu gozo fazendo um oral lento a senti mexer o quadril e a abrir mais a perna a penetrando com a lingua a senti se contrair estava para ter outro orgasmo e ficando meio abaixado sobre mim karol como gostava de provocar desceu os labios a meu clitoris o chupando so com a lingua o provocando me fez gozar junto a si...apos nos recuperarmos fomos juntas para uma ducha e apos lavar a sinta me provando com palavras karol me pediu para deixa-la me dar um banho e quando permeti suas maos com o sabonete percorriam cada pedaçinho de meu corpo e me fazendo me molhar novamente entre esse contato me encostou a parede e passando a ponta novamente em mim me lubrificou ainda mais entrando em mim me fez abrir as pernas e rebolando provoquei karol que encostando seu corpo ao meu me puxou me penetrando mais fundo me soltou me encarando.

-poderia ficar assim como voce sempre!-disse sorrindo.

-entao continua vai!-disse quase implorando.

-entao peça!-falou ela me encostando a parede ficando de frente pra mim com a sinta entre minhas pernas enquanto a agua caia sobre seus ombros.

-Aahh...vai kah...quero que entre fundo em mim vaiihh..-disse lhe provocando.

Segurando em uma de minhas coxas karol me forçou a parede e me penetrando firme me fez abraça-la enquanto gozava novamente em seu briquedinho..

-aaahh...aaihh...kaahhh



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...