História Um show inesquecível - IMAGINE JIMIN- BTS - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin
Visualizações 240
Palavras 797
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Essa é minha primeira fic então peguem leve
PS: A personagem não curte os babys, não fiquem bravas comigo por isso!
Deixando bem claro que esses meninos são minha vida
Aproveitem e deixem comentários <3

Capítulo 1 - O que eu tô fazendo com a minha vida?


Fanfic / Fanfiction Um show inesquecível - IMAGINE JIMIN- BTS - Capítulo 1 - O que eu tô fazendo com a minha vida?

   - eu juro que odeio vocês por estarem me fazendo esperar tudo isso! - 

- Caaaalma (S/N) eu juro que você vai adorar! - disse Lyn com aquele sorriso imbecil estampado no rosto. Eu não sei se odeio ou amo minhas amigas por estarem fazendo isso comigo, elas são apaixonadas pelo BTS, e eu como uma boa amiga fico escutando elas babarem e chorarem em cima deles. Confesso que acho eles umas esculturas humanas, com vozes maravilhosas, corpos desenhados... porém eu não sou uma fã loucamente apaixonada como elas são. Gosto deles? Até que sim, mas se elas não tivessem pago pelo meu ingresso eu não teria vindo, pena que elas precisavam de mim aqui, afinal sou a única de 18 anos no rolê. 

- eu não to aguentando de ansiedade, imagina a vocal e a rap line inteira  bem na minha frente? Imagina o Yoongi cantando com aquela boquinha maravilhosa? Imagina aquela boquinha na minh... - interrompo Bru antes que ela fale algo que me faça revirar os olhos, vir no show tudo bem, agora me fazer imaginar essas coisas ultrapassou dos meus limites.

 Ja passava das 17h e nada dos portões abrirem, eu já estava morrendo de fome e querendo ir pra casa o mais rápido possível, o show nem começou e eu já quero que termine. Enquanto as duas pulavam e surtavam do meu lado, eu coloquei meus fones de ouvido para fugir da realidade. Coincidentemente estava tocando Serendipty, confesso que Park tem um efeito não muito positivo sob minha pessoa, já tive alguns sonhos eróticos com esse garoto, inclusive enquanto as meninas conversavam e falavam sobre os livros proibidos que ele lia e essas coisas, o que só me fez imaginar o que aquela carinha bonitinha faria entre quatro paredes.

 Só consigo acordar do meu transe quando Lyn me puxa pelo braço avisando que os portões abriram. - MEU DEUS MEU DEUS FINALMENTE! - Lyn não parava de pular e surtar dizendo isso, é engraçadinho até por que ela tem 1,50 de altura e parece uma pulguinha saltitando. Começamos a caminhar pra entrar no Maracanã, todas as milhões de pessoas em fila indiana, organizadas por incrível que pareça.  Eu não conseguia nem ouvir meus próprios pensamentos com tanta gritaria ao meu lado, mas talvez isso tudo seja uma experiência boa, e talvez eu me converta pro fandom. 

Assim que sentamos em nossas cadeiras eu podiam sentir o suor escorrendo pelo rosto da Bru, quase que eu peguei ela pela mão e levei pro hospital, aquilo tudo já estava começando a me deixar nervosa. Alguns MV's estavam passando num telão enorme na nossa frente, alguns antigos como I need U, outros Bem atuais como BST, depois disso tudo, Começaram a surgir imagens dos membros, do álbum, dos teaser... eles simplesmente arrasaram no LOVE YOURSELF. Eu gelei quando vi Park Jimin no telão, com a Intro do álbum, eu ainda não tinha visto essa porcaria, só havia escutado a música... por que eu sabia que efeito teria em mim. Eu não estava ouvindo a musica, todos os meus sentidos estavam concentrados demais em ver aquela pessoa balbuciando alguma coisa no clipe, subiu-me um arrepio longo pelo pescoço quando eu consegui entender pelo menos uma frase: "when you touch me" e foi o suficiente pra minha mente se desviar de onde eu estava e imaginar nós dois sozinhos, num quarto... o que eu tô fazendo com a minha vida? 

De novo Lyn me salva dos meus pensamentos, me chacoalhando anunciando que o show começou. Os 7 meninos começaram com DNA, uma das minhas música favoritas do álbum (logo depois de Dimple) o show estava maravilhoso, todo mundo com os army bomb balançando, dançando as coreografias junto... e de novo lá vai eu entrando num devaneio profundo olhando aquelas coxas que estavam na minha frente, bem perto, perto até demais. 

Eu fiquei completamente sem reação quando Jimin parou na minha frente, eu podia sentir a tensão entre nossos corpos, eu podia sentir o calor emanando dos braços dele, mas obviamente ele não sentiu o mesmo, afinal não tem como ele me notar no meio da multidão! Minhas afirmações se acertaram quando ele pegou meu celular e começou a tirar fotos, Lyn e Bru não paravam de berrar nos meus ouvidos enquanto o loiro fazia caretas e biquinhos perante a câmera. Eu como sempre não conseguia escutar nada, meus olhos estavam perdidos demais naquilo tudo a minha frente, mas eu devia ter escutado. Bru começou a me sacudir, e balançar os braços, mas eu não conseguia entender nada do que saia da boca dela, até que sinto uma pressão muito forte na minha cabeça, minha visão começa a ficar extremamente embaçada, e a última coisa que eu lembro de ter visto, foi Jimin chamando um segurança da plateia.


Notas Finais


Se gostaram, deixem comentários, se não gostaram, também HUE
Ficaram curiosas pro que vai acontecer? 😏😏😏


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...