História Um Sol Mais Brilhante - Imagine Jackson - Capítulo 4


Postado
Categorias Got7
Personagens Jackson, Personagens Originais
Tags Depressão, fanfic do jackson, Imagine Jackson, Sol
Visualizações 16
Palavras 424
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Não confio em você, sem ofensa


Posso me mostrar assim

Mas vai ver só você pode

Me enxergar como sou

Sai de casa deixando Angel sozinha, sei que não é uma atitude a se fazer quando se mora com uma ex-suicida mas não posso me apegar a ela,a mesma nem deve gostar de mim. Fomos casados a força por nossas famílias,todo culpa dela, provavelmente é uma rodada que não quis perder a chance de ser mais rica do que já era.

Entro na empresa e passo por pelo menos três oferecidas no caminho, não sabem fazer nem o trabalho de secretárias direito. Me dirigo a minha sala,sento na minha cadeira,jogo a cabeça para trás e suspiro fundo começando meus deveres.

Assinaturas

Assinaturas

E mais

Assinaturas

Foi o que fiz o dia todo, para depois chegar em casa e ver que o jantar não tava pronto pois Irene tinha tirado folga. Mas noto um almoço guardado com um recado, Angel tinha deixado para mim,

pelo jeito a brasileira faz jus ao seu nome.

[•••]

Eu tava sem sono então andei pela casa, até que vou parar na sala de artes da Angel, eu nunca tinha ido lá, eu gostava de ter privacidade assim como ela. As telas eram lindas, algumas pareciam demonstrar confusão outras a felicidade, já tinha umas que eu não soube decifrar.

Também tinha alguns modelos em um grande quadro, eram modelos de roupas, tinha de tudo, todos muito talentosos. Algo que me chamou atenção foram vários pendrives na escrivaninha, tinha um post-its em cada, escrito um estilo musical.

— Acho melhor eu não mecher aqui –falo para mim mesmo–

— Eu também acho –me assusto e me vir vendo Angel de moletom na porta me observando– se assustou ? –ela ri, não podia negar, Angel realmente parecia um anjo–

— Não –minto– Desculpa, você não me deu permissão e eu saí mexendo em tudo –me desculpei apressado–

— Relaxe homem –ela ri de novo– é só uma sala com coisas bobas

— Não diria que desenhos tão talentosos seriam bobos –discordo dela– mas o que são os pen drives? –aponto para eles–

— Os desenhos não são tão bons assim –ela os encara– os pen drives são algumas coreografias

— Faz coreografia de lap dance? –arqueo a sobrancelha–

— As vezes –da os ombros– prefiro dança moderna, lap dance é difícil –faz bico, ah que fofa– Bom, acho que tá muito tarde, eu vou dormir e você também moço –sai e depois volta pegando o pen drive do lap dance– não confio em você, sem ofensa –agora ela tinha ido de vez–



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...