1. Spirit Fanfics >
  2. Um triângulo complicado! (TobiDei, SasoDei) >
  3. A Chuva Trás Momentos Românticos

História Um triângulo complicado! (TobiDei, SasoDei) - Capítulo 10


Escrita por:


Capítulo 10 - A Chuva Trás Momentos Românticos


Fanfic / Fanfiction Um triângulo complicado! (TobiDei, SasoDei) - Capítulo 10 - A Chuva Trás Momentos Românticos

No dia seguinte, tudo voltou ao normal. "SasoDei" em seu relacionamento tóxico e Obito, com seu trio de amigos se divertindo a todo momento! No intervalo arrumaram mais um para formar um "quinteto", Kakashi havia ficado bem amigo de Obito, e naquele mesmo dia entrou para o grupo! Quase próximo do horário de saída, a professora pediu para que alguns alunos ficassem depois do horário, para ajudá-la a carregar alguns materiais. Obito, Kakashi, Hidan, Yahiko e Deidara se ofereceram para ajudá-la. Por mais que Sasori quisesse ficar, para fiscalizar Deidara ele não podia pois tinha compromisso. Só deixou avisado que se descobrisse algo ele iria ficar muito chateado e afins.. A clássica chantagem emocional! Enquanto a ajudavam, Deidara mantinha total distância de Obito, estava com receio de alguma forma Sasori pensar algo. Perto de acabarem começou uma chuva muito forte, decidiram continuar mesmo assim. 

- Minha última caixa.. Acabei! - Diz Hidan, deixando a caixa no lugar 

- Acabamos também! - Diz Yahiko, se referindo a ele, Kakashi e Obito, enquanto davam de encontro com Hidan. 

Deidara chegou em último, estava conversando com a professora enquanto carregava sua última caixa, ao se aproximar deixou a no lugar. 

- Muito obrigada meninos! Vocês são anjos!! - Agradece a professora 

- Nada "fessora"! Obrigado por dizer o óbvio também! - Diz Obito, fazendo uma "piadinha" pra descontrair. Todos riram, inclusive Deidara. 

- Bom... Ta chovendo. E agora? - Pergunta Kakashi 

- Eu aconselho vocês a esperarem meninos! Está muito forte para sair assim. - Diz a professora 

Eles se olham e concordam com a cabeça, não tinham o que fazer mesmo! Hidan, Kakashi e Yahiko sentaram próximo a saída e começaram a conversar. Deidara ficou conversando com a professora próximo dali, Obito estava na sala vasculhando sua mochila, parecia procurar algo. Um tempo se passou, a chuva havia diminuído um pouco então Kakashi teve a louca ideia de ir para casa correndo na chuva, Yahiko e Hidan toparam a loucura. Obito pelo contrário recusou, disse que iria esperar mais um pouco. Os três então saíram correndo em meio a chuva, Obito foi beber água e Deidara apareceu na porta de saída. Vendo a hora passar, estava preocupado. Pensou em seguir o exemplo dos outros meninos, de ir na chuva! Saiu então da escola e foi andando até o portão principal, de baixo de chuva. 

- Ah vai... Água não mata! - Diz Deidara, parado na chuva prestes a ir 

- Se você não pegar um resfriado, não mata mesmo! - Surge a voz de Obito atrás dele. estava com um guarda-chuva e havia posto em cima de Deidara para protegê-lo. 

Deidara se assustou por um segundo, e logo não sabia que reação ter. Obito se aproximou dele, pegou uma de suas mãos e pôs segurando o guarda chuva. Deidara olhava em seus olhos enquanto fazia isso, "é tão lindo seu rosto sem a máscara!" Pensava ele. 

- As vezes a chuva nos permite esses momentos! - Ri nasalmente - Românticos eu diria.. - Obito, sorrindo a cada palavra 

Obito olhou nos olhos de Deidara, que estava paralisado olhando o devolta, foi se afastando para trás lentamente ainda o olhando, deu de costas quando chegou a calçada e foi embora. Deidara ainda o olhava parado, até que sumisse diante do leve nevoeiro que estava.. Toda aquela cena deixou Deidara de coração aquecido, aquele jeito cuidadoso e fofo era algo que ele não recebia de Sasori a tempos. Foi para casa ainda pensando em tudo o que aconteceu.. 

- Filho?! É você? - Pergunta mãe de Deidara, saindo da cozinha ao ouvir barulho das chaves 

- Sou eu sim mãe. Cheguei! - Responde ele, fechando o guarda-chuva e tirando os sapatos. 

- O que aconteceu meu filho? Você não chega a essa hora, pegou chuva?!! - Ela, preocupada 

- Eu fiquei para ajudar a professora com umas coisas, aí começou a chover. Mas.. Um amigo... Me emprestou um chapéu! - Responde, olhando para o guarda-chuva em sua mão e sorrindo levemente 

- Ai que bom! Já estava preocupada! - Diz ela, aliviada - Vê se toma um banho quente, eu vou preparar algo para você tomar

- Ok, obrigado! - Deidara, logo indo para o banheiro. 

No dia seguinte, Deidara saiu um pouco mais cedo de casa e ficou na calçada esperando por Obito. Ele queria entregar o guarda-chuva, se fizesse isso na escola correria o risco de Sasori ver. Não demorou muito para que Obito apontasse no final da rua, ele vinha o caminho lendo um livro então nem percebeu que Deidara o esperava. Só quando se aproximou que percebeu, Deidara parou na frente dele e o mesmo fechou o livro, marcando a página com o dedo. 

- A-aqui seu guarda-chuva... Obrigado! - Deidara, estendendo a mão para entregar à Obito - Por que diabos eu gagueijei? - Pensa ele 

- De nada! Não queria ver ninguém gripado. - Obito pega o guarda-chuva, enquanto olha para Deidara, que está de cabeça baixa - Quer companhia até a escola

- Pode ser! - Deidara aceita, dando um leve sorriso ainda com a cabeça baixa 

- Vamos então?! - Obito, dando o primeiro passo

- Vamos! - Deidara começa a andar Também 

Eles vão andando, ambos em silêncio. Obito estava confortável, mas deidara estava inquieto. Começou então puxar assunto 

- Estava lendo um livro antes de chegar, qual era? - Pergunta, sem nem conhecer sobre livros 

- É um livro velho que eu achei lá em casa, diz sobre as pessoas! - Responde Obito, olhando para frente 

- Coisas boas ou ruins? - Deidara, pergunta enquanto o olha 

- As duas coisas, parei numa parte bem interessante.. Diz sobre as pessoas que trocam uma pelas outras, através de alguma ilusão! - Obito só jogou a indireta, ainda olhando para frente 

- A-ah.. Entendi - Deidara entendeu a indireta, bem direta. Voltou a olhar para frente 

Após aquele assunto eles permaneceram calados, até chegar na rua em frente à escola 

- Pode entrar! Eu preciso fazer algo antes. - Diz Deidara 

- Ta bom! Até mais. - Obito, se despedindo enquanto olhava as duas direções da rua

- Até.. - Deidara, observando ele começar a atravessar a rua 

- Você não quer entrar comigo porquê o Sasori pode ver.. - Obito pensa, fechando os olhos, ainda atravessando a rua - Eu entendo! - Suspira

Deidara esperou Obito entrar para ir em seguida. Não era nada demais acompanhar alguém até a escola, mas vai explicar isso para uma pessoa ciumenta? É inútil! Atravessou a rua e assim que chegou no portão, Sasori estava encostado em uma árvore próxima do portão esperando-o 

- Suspira - Ainda bem que eu pedi para Obito ir primeiro - Pensa Deidara, ao vê-lo 

- Oi meu amor! - Sasori, indo de encontro a Deidara - Como você está? - Pergunta o abraçando 

- E-eu to bem! Você já não me parece muito.. - Deidara, envolvido pelo abraço de Sasori, deixando escapar que ele estava estranho 

- Risadas - Como assim? - Pergunta Sasori, ainda abraçando ele 

- Não.. Eu falei besteira. Ignora! - Deidara consegue despistar - Ele não é de me dar abraços, ainda mais sem motivo. Será que ele sabe alguma coisa? - Pensa 

- Como foi ontém? Te liguei para saber mas não atendeu. - Pergunta Sasori, abraçando o com mais força

- Ajudei a professora a carregar alguns materiais, acabou chovendo muito na saída e quando cheguei em casa só tomei um banho, comi algo e fui deitar. Acabei pegando no sono legal. - Explica Deidara

- Entendi.. Só isso? - Pergunta Sasori, desconfiado 

- Sim! - Responde 

- Ah! Comprei algo para você! - Sasori se anima ao tocar no assunto. 

Desabraçou Deidara, que estava sem ar já, começou a olhar na mochila. Puxou o que parecia ser um cordão, enrolou na mão e pediu para que Deidara fechasse os olhos, fez então o que Sasori o pediu, o mesmo foi por trás dele, colocou os longos cabelos de Deidara para o lado e pôs o cordão nele. Voltando para sua frente, Sasori sorria enquanto Deidara abria os olhos e ajeitava o cabelo no lugar 

- Você ficou lindo! - Sasori o elogia 

- Deidara olha para baixo - Obrigado! Mas.. Eu não consigo ver! - Risos surgem de ambos 

- Espera ai.. - Sasori puxa seu celular da mochila - Da um sorriso! 

- Ah eu não to bonito pra fotos.. - Deidara reluta, pondo as mãos no rosto 

- Só uma, pra você ver como ficou. - Sasori convencendo-o 

- Ta vai.. - Deidara aceita e sorri para foto. Ao tirar Sasori solta algumas risadas leve - Ta horrível né? - Pergunta 

- Claro que não meu amor. Ta muito lindo, olha só! - Sasori responde, indo ao lado de Deidara mostrar a foto 

- Que bonito! O cordão, eu to com uma cara estranha. - Deidara, rindo e contagiando Sasori 

- Esse cordão.. - Pega pelo queixo de Deidara e o vira para si - É pra você sempre lembrar que eu te amo muito! E que você é só meu!! - Sasori sorri, enquanto Deidara apenas o olha. 

Sasori aproxima o rosto e beija Deidara, que foi surpreendido pelos gestos de carinho vindo dele. Era raro, mas aconteceu! Ficaram ali se beijando por um tempinho, até que o sinal tocou e eles foram abraçados para dentro. Entraram na sala conversando e ainda abraçados, Obito ao perceber acompanhava os dois pelo olhar, até se sentarem e Sasori dar um beijo em Deidara! Aquilo doeu em seu peito, porém ele se manteve forte e foi se distrair com seus amigos. A aula seguiu normalmente, no intervalo Obito estava meio desanimado, por lembrar da cena de SasoDei. Kakashi, Konan, Nagato e Yahiko decidiram o distrair mais uma vez, foram zoar pela escola juntos. Correndo nos corredores apostando corrida, subindo nas árvores da área externa e até assustando alunos e professores. Esse quinteto é pura confusão!! Por fim estavam lanchando e conversando em cima de uma árvore

- Eu to gostando do nosso grupinho! - Kakashi, se ajeitando em um galho e encostando no tronco da árvore

- Olha que antes era só eu, Nagato e Konan, você e Obito completaram o grupo! - Responde Yahiko, de pé em um dos galhos

- Verdade - Konan e Nagato, falando junto, ambos estavam mais acima sentados 

- Gente, cadê o Obito? - Pergunta Kakashi, se ele se virasse muito para olhar iria cair 

- Ta ali nos galhos de cima - Responde Nagato, olhando para lá 

- Ele ainda ta desanimado né? - Pergunta Kakashi 

- Pelo jeito sim. - Konan - Olha ali o motivo! - Aponta 

- Se eu olhar eu caio daqui - Kakashi, estava curioso 

- O casal SasoDei, trocando beijos e abraços. - Konan 

- Ah.. É tenso viu! - Kakashi 

Todos ficaram em silêncio enquanto Obito observava aquela cena, ele sorria, porém, seus olhos já com lágrimas prontas para sair e escorrer pelo rosto. Ele queria a felicidade de Deidara, mesmo que fosse ao lado de outra pessoa, só que ele conhecia Sasori e sabia que a qualquer momento Deidara sairia machucado daquela relação.. "Chorar não resolve as coisas, mas é a nossa única opção as vezes!" O sinal tocou e eles voltaram para sala, a última aula do dia estava um tédio e metade da turma estava dormindo ou brincando. Naquele dia eles seriam a única turma a sair um horário mais tarde. Assim que foram liberados Obito saiu na frente de todos, estava chateado! Ao chegar na porta recebeu uma mensagem de Rin, que dizia: "Tenho uma surpresa quando sair!", Ele leu e se animou um pouco para chegar em casa. Porém ao chegar próximo do portão principal ele não podia acreditar no que estava vendo! 

Era Rin!! Ela estava de costas e foi se virando aos poucos, quando viu Obito abriu um enorme sorriso de felicidade, ele sorriu devolta e ambos começaram a correr em direção ao outro, deram um abraço bem forte de saudades. Nisso os alunos que vinham de dentro da escola pararam para olhar, todos pensando em ser namorada dele, óbvio! Sasori sorriu vitorioso, Deidara estava confuso... 

- Eu tava morrendo de saudade garoto! - Diz Rin, o olhando ainda abraçada

- Eu estava muito muuuito mais!! - Obito, abraçando ainda mais forte para matar toda saudade 

- Obito se você me trocar eu te mato! - Konan surge com os meninos 

- Ih verdade! - Risos de Obito, ele abraça Rin de lado virando ela para os 4 - Gente, essa é a Rin. Minha amiga irmã da outra cidade! - Apresenta ela aos 4 - Rin, esses bobões são: Konan, Kakashi, Yahiko e Nagato. Meus atuais amigos daqui! - Apresenta os amigos, que fazem movimentos com a cabeça ao serem mencionados

- Prazer em conhece-los! - Rin, sorridente 

- O prazer é todo nosso! Você cuidou desse bobão para gente! - Konan, se referindo a Obito 

- Você é linda Rin! - Kakashi diz, corado

- O-obrigada! - Rin responde, meio envergonhada e corando em seguida 

- Tira os olhos da minha irmã Kakashi! - Obito brinca, agarrando Rin como "propriedade" dele

Todos riram e decidiram parar em algum lugar para conversar. Obito tinha se animado finalmente! 

...



Notas Finais


O que acharam dessas atitudes de afeto do Sasori 🤔 Estranho né?...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...