1. Spirit Fanfics >
  2. Um Weasley Diferente - Drarry - Snames Snack Snupin >
  3. Capítulo 18

História Um Weasley Diferente - Drarry - Snames Snack Snupin - Capítulo 18


Escrita por:


Notas do Autor


Uepaa. Mamãe vai atualizar fanfic para caralho agora.

Capítulo 18 - Capítulo 18


Fanfic / Fanfiction Um Weasley Diferente - Drarry - Snames Snack Snupin - Capítulo 18 - Capítulo 18

Quando Draco entrou dentro de Hogwarts com o professor, rapidamente ordenou que o homem fosse para a enfermaria cuidar de sua mão. Perebas havia pegado pesado com a mão de seu professor preferido, mesmo que professor Snape havia dito que o rato era bastante familiar a ele.

O professor obviamente deixou para lá e deu um beijinho na cabeça do loiro que sorriu de um jeito vergonhoso e andou até o salão principal. Ele entrou no salão vendo certas pessoas lá e viu na sonserina Theo e Blaise que estavam acenando para ele, Draco rapidamente acenou de volta e foi até a corvinal, vendo luna alí. Luna deu um abraço no amigo assim que o avistou.

Dumbledore começou a dizer sobre os dementadores que havia alí e que ficariam em uma distância considerável, Draco percebeu que Boot pertubou um pouco Harry que ficou meio mal-humorado. Mas Hermione apenas disse algo que ele ficou com a cabeça baixa enquanto via seu irmão falar algo para o garoto.

Draco apenas suspirou e começou a comer enquanto conversava com Luna sobre como foram suas férias, a menina junto com ele, também conseguia ver os bichos que carregavam as carruagens. Ele só não sabia por que a maioria dos outros não conseguia.

Draco se levantou junto com Luna e foram andando para fora do castelo, Luna havia dito que iria no banheiro rapidinho e que se pudesse esperar ela, ela agradeceria. Ele disse que ia esperar e a menina foi saltitando até o banheiro, enquanto Draco esperava, Boot apareceu em sua frente. Era um sonserino rico, ele pertunava um pouco Draco as vezes, mas o corvino nunca se importava tanto.

— Ei Weasleyzinho. Esperando sua amiguinha lunática de novo? — Se tinha uma coisa que Boot odiava era o jeito fofo e ingênuo do garoto, ele é gentil demais. Ele não confia em pessoas desse tipo.

— Ah sim. Ela havia ido no banheiro, mas já deve voltar. — Draco disse com um sorriso que fez Boot fazer uma cara de choque e quando se aproximou para tocar no garoto. Uma outra mão empurrou seu braço.

— Saia daqui Boot! — Harry literalmente rosnou para o garoto.

— Hohoho. Seu namoradinho Potter? — O sonserino debochou enquanto dava passos lentos para trás. Draco apenas olhava entre um e entre o outro, Harry apenas suspirou e esvaziou sua raiva.

— Eu já disse. Saia! — Harry ficou na frente de Draco e Boot bufou, dando um tapinha no braço de Harry que quase deu um soco no outro.

Harry estava com raiva, como aquele idiota se atreveu a tocar em algo tão puro com sua mão nojenta? As veias no pescoço de Potter amostrava e os punhos fechados apenas realmente abriram o olho de Draco. Harry estava com raiva.

— Ei Harry, está tudo bem? — Encostou sua mão no braço de Harry que fechou os olhos e inspirou fundo. O menino sorriu e olhou para Draco.

— Está sim. Ele não te machucou né? Boot é um idiota! — Harry bufou com a menção do nome, Draco deu risinho e olhou para o menino a sua frente.

— Não machucou não. Mas obrigado pela proteção. — Draco ficou nas pontas dos pés e deu um beijo estalado na bochecha de Harry. — Você é legal Harry. Eu gosto muito de ti.

— Eu também gosto muito de você Draco. — Disse segurando uma das mãos de Draco e dando um beijo na mão do menino que sentiu o rosto corar com tal ato.

Harry então, reuniu sua coragem grifinória e beijou a testa do menino que corou com toda a força. Harry Potter estava o beijando na testa! Harry Potter! Oh Merlin!

— Se sempre que eu te salvar, eu ganhar um beijo depois, talvez seja tradição em? — Harry deu um risinho e Draco sorriu de volta, ele viu que Luna estava chegando. Ele suspirou com força, sentiu sue rosto corar, a garganta falhar. Ele tinha doze anos, ele era corajoso!

Ele ficou nas pontas dos pés e deu um selinho desajeitado em Harry que apenas exclamou em choque. Sentindo os lábios do menino mais novo nos seus, obviamente era o primeiro selinho dos dois. Então foi um beijo bem né, bom, nem palavras.

Draco ficou corado, com os olhos fechados com força e o biquinho na boca que fez para beijar o outro. Ele saiu de perto de Harry e saiu correndo, puxando Luna com ele. Deixando um grifinório atordoado que literalmente quebrou.

O garoto apenas ficou alí, pensando na vida enquanto ainda sentia o que havia acontecido. Outra coisa passou pela sua cabeça, bem, Rony iria matar ele.

Ele andou meio grogue até a grifinória e foi molinho, molinho para lá. Deu a senha para a mulher gorda que reconheceu de cara o que havia acontecido com o menino e apenas suspirou enquanto deixava o garoto apaixonado entrar.

Ele subiu para seu dormitório, pegou sua roupa e trocou ela. Ele deitou na cama e ficou pensando, ele realmente quebrou. Mas bem, se Draco o beijou significa que ele era seu namorado agora né? É assim que funciona um relacionamento né? A pessoa te beija e você namora ela? Mas espera, se Draco é realmente seu namorado, o que ele compraria de dia dos namorados para ele?

Draco não poderia ir a hogsmeade ainda, só quando fosse ao terceiro ano! Draco era seu namorado e nem ele ia saber o que fazer, e tudo isso por que eles se beijaram! Harry pegou o travesseiro e gritou alí, lembrando da cena dele beijando seu namorado.

Neville e Simas apenas olharam assustado para o amigo que estava todo bobo com o que lá seja. Ron apenas estreitou os olhos para Harry, com medo do por que ele estava assim. Dean tava no banheiro, então não conseguiu ouvir nada.

Rapidamente Harry teve um idéia, ele se lavantou e olhou para Rony que estava sugerindo comer alguns feijãozinhos de todos os sabores.

— Ron. Qual é a cor preferida de Draco? — Imediatamente Rony o olhou com olhos raivosos.

— Para que você quer saber?

— Ah nada. Só curiosidade. — Ele não iria dizer que Draco era seu namorado ainda.

— Hum. — O ruivo o olhou desconfiando enquanto os outros os olhavam confusos. — Amarelo.

Harry rapidamente deitou com um sorriso bobo no rosto. Girassóis, ele compraria um buquê de girassóis para sue namorado.


Notas Finais


Harry é emocionado né? 😍✋

Família, antes que eu venha quebrar as mesas e tudo. Eles vão ter sim um "namoro", mas gente é namorozinho de criança, o namoro deles só vai aumentar lá para Ordem da Fênix ou no final de cálice de fogo.

Ou seja, vai ter muito selinho desajeitado alí meu pai.

Eu digo namorizinho de criança, digo namoro que eu me vejo no momento. 14 anos na cara, Bvl ainda por que tenho medo de juntar minha língua na de outra pessoa.

Vou morrer bvl.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...