1. Spirit Fanfics >
  2. Uma Akatsuki Diferente >
  3. Regras Simples

História Uma Akatsuki Diferente - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


:>

Capítulo 2 - Regras Simples


Andava pela floresta, não estava achando o local que procurava e não queria que gastar meu chakra até chegar lá.

Eu procurava uma parte circular do chão que não houvesse grama. Provavelmente a Akatsuki conseguiria fechar aquele buraco de algum jeito, mas não fazer a grama crescer de volta.

Continuei andando devagar e calmamente até que notei algo. Um buraco.

Por que eles não o fecharam? Bom, o importante é que consegui achar o maldito buraco.

Entrei sem pensar duas vezes. Não havia nada lá dentro. Puta merda, como eu era burra! Eles claramente deviam ter se mudado para outro lugar, até porque eu falei que ia entregar as coordenadas para a Hokage.

Suspirei fundo. Parece que eu ia ter que utilizar o mesmo jutsu da primeira vez em que descobri esse lugar. Isso seria chato e cansativo.

Fiz meu sinal de mão. Estava pronta para começar o jutsu.

De repente todos os membros da Akatsuki saíram de todos os lugares possíveis, eles estavam prontos pra matar.

Tive sorte de perceber antes que eu não pudesse mais me defender.

- ESTILO TERRA: JUTSU MURALHA DA TERRA! - 

Se eu não tivesse dedicado esses últimos 3 anos a coletar informações e treinar, eu já estaria morta.

Desfiz a muralha e assim que perceberam quem eu era se surpreenderam.

- Hijiri-Senpai, você voltou!! - 

- É... - falei desanimada.

- Aconteceu algo, menina prodígio? - Hidan disse aquilo, mas não parecia se importar muito.

- Nada que seja da sua conta, calopsita - 

Nós dois nos olhamos sérios, mas ainda assim dava para perceber que queríamos rir.

- Então, o que fez você voltar? - 

- Sabe Konan-Chan, a verdade é que eu meio que não fui designada para procurar o esconderijo de vocês... - 

- Bom, você entregou todas as informações, não entregou? Deve ser considerada uma heroína na Folha. - quem falou isso foi Pain.

- Não foi bem assim... Eu já não sou mais uma kunoichi - 

Estavam todos surpresos.

- Se é assim, você aceita entrar para a Akatsuki? - Pain estendeu sua mão.

- Por favor, não me faça dizer isso - 

Todos me observavam esperando eu falar aquela frase que pensei que nunca diria. O destino é algo injusto e surpreendente.

- Sim, eu aceito entrar na Akatsuki - eu e Pain apertamos as mãos.

Na Aldeia da Folha

- Sra.Tsunade, você está bem? - falava Shizune.

- Você acha que eu peguei muito pesado com ela? -

Tsunade já estava arrependida do que havia falado para Mei.

- EU NÃO ACREDITO NO QUE FEZ TSUNADE! - Naruto entrou no cômodo gritando.

Fazia muito tempo que Naruto não chamava Tsunade pelo nome.

- COMO VOCÊ PÔDE FAZER ISSO COM A MEI-CHAN?! SEM ELA NÃO TERÍAMOS QUASE NENHUMA INFORMAÇÃO DA AKATSUKI!! - 

- EU SEI DISSO! - os olhos de Tsunade mostravam tristeza - Eu sei disso... - 

Tsunade suspirou fundo.

- Vamos até a casa dela! - 

- Mas Sra.Tsunade, o trabalho! - falou Shizune.

- Isso não importa agora! - 

QUEBRA DE TEMPO

- E-Ela não está aqui... - Naruto falava confuso.

- Onde ela poderia estar? - 

Os dois se olharam e falaram num uníssono.

- ICHIRAKU!! - 

Chegando ao restaurante, perceberam que Mei também não estava lá.

- Velhote, a Mei-Chan passou por aqui? - 

- A Mei-Chan? Não a vejo desde ontem. Isso é estranho, ela come aqui todo dia. - 

Naruto fuzilou Tsunade com os olhos.

- Ok, obrigada Velhote -

Depois de procurar pela Folha inteira e não achar Mei, os dois desistem.

- Onde? Onde ela pode estar? - 

Shikamaru passava por lá naquele momento.

- Ei Naruto, Sra.Tsunade. Vocês viram a Hijiri-San? Preciso que ela me ajude com as provas Chunin. - 

- Ótima pergunta Shikamaru. Quer responder Tsunade? - 

- E-Ela tem que estar aqui na Aldeia da Folha. Ela tem que estar. - 

- O que foi que aconteceu? - Shikamaru estava confuso.

- Hijiri Mei não é mais uma kunoichi, ordens da nossa Hokage -

Shikamaru se surpreendeu.

- Ela foi na missão, não foi? Então foi deste jeito que a Folha conseguiu tantas informações da Akatsuki. - 

As mãos de Tsunade tremiam.

- SHIKAMARU, PREPARE UMA EQUIPE DE BUSCA! QUERO QUE NESSA EQUIPE TENHA 9 PESSOAS! - 

- Sim senhora - Shikamaru saiu.

DE VOLTA COM A AKATSUKI

- Ok, vou lhe dizer as regras - dizia Pain.

- Que tipo de organização criminosa tem regras? -

Pain ignorou meu comentário e prosseguiu.

- Regra número 1 - o líder foi interrompido.

- Não mexa na minha argila -

- Não insulte Jashin -

- Não toque no dinheiro -

- Não tente tirar minha máscara -

- Não me chame de Bagre -

- Não fale do meu Clã - 

- Pare de me chamar de Planta do Inferno - 

- Fique longe dos meus papéis -

- É, basicamente isso - Pain falou desanimado.

- Entendido! - falei sorrindo e fechando meus olhos alegremente.

QUEBRA DE TEMPO

- MAS SERÁ POSSÍVEL, SÓ SE PASSOU 1 HORA E VOCÊ JÁ QUEBROU TODAS AS REGRAS!! - 

- EU JÁ DISSE QUE NÃO FUI EU QUE MEXI NA SUA ARGILA, CARALHO! - 

- AH CLARO, MAS E AS OUTRAS REGRAS?! - 

Fiquei em silêncio.

- Pelo amor de Jashin, vocês poderiam parar de gritar?! - 

Eu e Deidara falamos num uníssono

- NÃO FUI EU QUE COMECEI! - 

- Isso vai ser difícil -

- AAAAAAAAAAAAHHHHH - todos me olharam por causa do grito.

- NÃO ME OLHEM ASSIM, A CULPA É DESSE CARA QUE FICA SAINDO DO CHÃO! - 

- Eu já falei que meu nome é Zetsu! -

- CALA BOCA, MACONHA AMBULANTE! -

Todos menos Zetsu riram do que falei. Sabe, eles não são tão ruins assim.

Estava andando pelo imenso local que eles usavam para extrair as Bijuus. Percebi algo estranho, havia um chakra diferente acima de nós. Eu já havia sentido aquele chakra, mas onde?

Tobi percebeu que eu olhava para o teto e se aproximou de mim. Ele devia estar confuso, eu sempre consegui sentir um chakra a uma longa distância, podemos dizer que aquele era um dos meus dons especiais.

- O que está olhando, Hijiri-Senpai? - falou olhando para cima.

- Tobi-Chan, eu acho que estou sentindo... - não consegui acabar a minha frase.

Ninjas invadiram o local, eu contei 9 deles.

Assim que a fumaça baixou, eu consegui ver quem eram. Ali estavam eles: Kiba, Shino, Hinata, Naruto, Sakura, Sai, Neji, Rock Lee e Shikamaru.

- Mas que merd... - não consegui acabar a frase.

Naruto correu em minha direção e me abraçou.

- Mei-Chan, você está bem! -

- N-Narut... - 

- Não se preocupe, viemos te salvar! -

- M-Mas... -

- Vai ficar tudo bem! -

- NARUTO, EU NÃO QUERO SER SALVA, EU FAÇO PARTE DA AKATSUKI AGORA!! - 

Foi só aí que notaram meu manto.

- O-o quê? -



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...