1. Spirit Fanfics >
  2. Uma Akatsuki Diferente >
  3. Eu não estou apaixonado!

História Uma Akatsuki Diferente - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


É agora que Meidara começa ;D

Capítulo 7 - Eu não estou apaixonado!


DEIDARA ON

 

Andava pelos corredores a procura de Mei, queria saber se ela estava feliz com a decisão das equipes. ( Meu grupo era formado por mim, Hidan, Kakuzu, Itachi e Kisame) 

Eu odeio admitir, mas queria ter ficado no mesmo grupo que Mei. Espere aí, que diabos eu estou pensando?! 

Balancei minha cabeça para me livrar daqueles pensamentos, abri meus olhos e percebi que já havia chegado em frente a porta de Mei. Fui entrando sem nem mesmo bater. Para minha surpresa ela não estava sozinha.

- Ah, oi Deidara-Senpai! -

- Oi... Tobi. - por que eu estava bravo por não estarmos sozinhos? Eu sou muito estranho! 

- Quer algo, Dei-Chan? -

Corei levemente com aquele apelido, ainda não havia me acostumado.

- Sabe... o que achou da divisão das equipes? - eu olhava para meus próprios pés.

- Por que quer saber? - ela me olhava de maneira debochada.

Que cobra!

- Eu só quero saber, hn! -

- Boa, achei boa. - Mei voltou sua atenção ao mangá que estava lendo.

Senti uma pontada no meu coração. Eu tava tendo um infarto?!

- Estou feliz por ter ficado na mesma equipe que o Tobi-Chan, mas é meio sem graça sem você loira. - Mei fechou os olhos enquanto sorria.

Corei violentamente. Pelo amor de Deus, o que eu estava fazendo?! Será que eu... não! Mil vezes não! Mei era uma pessoa totalmente deselegante e ridícula! 

- Deidara-Senpai está vermelho, hihihi! -

- CALA BOCA TOBI!! - 

Mei começou a rir. Comecei a observar sua aparência, ela é realmente linda. Tem olhos azul céu, pele clara e longos cabelos pretos e brilhosos.

- Tobi quer dangos! - 

Tobi saiu do quarto, provavelmente indo atrás de Zetsu para fazê-lo pagar o doce.

Até que dangos não era uma má idéia. 

- É... Mei-Chan, que tal nós dois também irmos comer dangos? - Alguém me cale!

- Não, obrigada. -

Eu... Levei um fora?

- Então quer sair para comer outra coisa? -

- Não, obrigada. -

Me irritei.

- Quer sair?! -

- Não, obrigada. -

- E que tal apenas caminharmos pelo esconderijo? - 

- Não, obrigada. -

Mei não tirava os olhos do mangá. Fui até ela e arranquei o maldito mangá de sua mão lendo o mesmo. Inacreditável...

- VOCÊ ESTÁ ME TROCANDO POR PORNÔ?! -

- Eu não diria pornô, é só um hentai yaoi! -

Olhei para ela com cara de deboche.

- É, talvez seja um pornô. -

Eu encarava ela com raiva até que alguém aparece na porta, na verdade era mais de uma pessoa.

Pain, Konan, Tobi e Zetsu, em resumo, o time da Mei.

- Hijiri-San, estamos indo atrás dele. -

Mei abriu um sorriso enorme, assustador e fofo ao mesmo tempo. Acho que isso é o que resume a personalidade da Mei, assustadora e fofa.

 

QUEBRA DE TEMPO

 

Estava no quarto de Mei lendo o tal mangá. Aquilo era realmente bom, mas eu nunca iria admitir isso.

Continuava a ler o conteúdo quando escutei todos falando extremamente auto no corredor. Primeiro pensei que estavam comemorando a missão completa, mas depois percebi que não estavam comemorando e sim desesperados.

Corri até a porta abrindo a mesma, o que vi me deixou assustado. Mei estava em uma maca, havia um grave ferimento em seu braço que não parava de sangrar.

De repente senti coisas quentes em minhas bochechas... lágrimas?

Fui atrás do pessoal que carregava a maca de Mei, quando a garota me viu abriu um sorriso, não sei da onde ela tirou forças para fazer aquele gesto.

- Você estava certo Dei-Chan, eu devia ter treinado mais. - Mei fechou os olhos.

 

QUEBRA DE TEMPO

 

Observava as páginas daquele mangá, depois do que aconteceu com Mei não conseguia me concentrar em mais nada. Será que ela estava bem?

- Pelo jeito eu não sou a única que gosta de um hentai! -

Me assustei com aquela voz. Olhei para frente imediatamente. Mei estava ali.

- Mei-Chan... - 

Ela foi até a cama em que eu estava, bom aquela cama era dela. Corei no exato momento em que ela se deitou ao meu lado.

Meu coração batia forte e rapidamente, minha respiração estava estranha. A está altura eu já não podia mais negar, mas também não queria admitir.

- Dei-Chan, você está bem? Bom, bem você nunca está, mas dessa vez está mais estranho que o normal. - 

Eu não controlava meu corpo. Estava me aproximando devagar do rosto delicado de Mei, a mesma percebeu e apenas fechou os olhos. Eu estava...

- MEI-CHAN, VAMOS SAIR PARA COMER DANGOS!! - Maldito Tobi!

- Certo Tobi-Chan! - Mei se levantou e saiu do quarto indo atrás do mascarado.

Foi aí que percebi o que estava pensando antes. Eu realmente ia dizer aquilo? É claro que eu não estou apaixonado! 

 

 


Notas Finais


Vai me dizer que Meidara não é lindo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...