História Uma Aposta - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber, Personagens Originais
Visualizações 23
Palavras 383
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Mistério, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Estupro, Intersexualidade (G!P), Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu, sou contra toda e qualquer demonstração de violência e abuso contra mulher o ser humano em geral ;
Algumas coisas retratadas aqui vão remitir a vida real de algumas pessoas nesse mundo a fora.

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Uma Aposta - Capítulo 1 - Prólogo

Eu aprendi do pior jeito possível que o ser humano é falso, mentiroso e repugnante. Aprendi a odiar minha própria espécie humana por anos. Fechei a porta do meu coração e decidi que o melhor a se fazer era não deixar que mais ninguém se aproximasse.

É como se eu tivesse dentro de uma bolha, onde ninguém podia me tirar. Ninguém nunca seria capaz de conseguir a agulha ideal para furar a bolha e me livrar de toda a dor.

Escolhi sofrer sozinha. Eu não queria interagir com as pessoas, ter que explicar o motivo do meu sofrimento.e mesmo se  eu tivesse vontade de contar para alguém como eu me sentia, algo dentro de mim dizia que era perda de tempo, porque na verdade ninguém se importaria. Então, eu simplesmente optei por me afundar no mar de sentimentos. Sentimentos esses de rejeição, revolta, angústia, mágoa e ódio.

Ódio dele por ter feito o que fez comigo e ódio de mim mesma por ter sido tão fraca e deixado-o me abusar, não sou fisicamente, como psicologicamente.

Havia um buraco dentro do meu peito. Um buraco fundo e repleto de dores e decepções. Um buraco que, provavelmente, nunca iria se fechar.

Eu fui morta da pior forma possível, e depois me deixaram aqui respirando, tentando falhamente colar os pedaços que já não tinha mais conserto.

Eu quase não tinha uma vida social, ia para escola porque minha mãe me obrigava, mas era só isso: de casa para escola e vice-versa. Eu comia apenas quando sentia extrema necessidade de comer, não era como se fosse algo prazeroso ou rotineiro, meu estômago reclamava de fome e eu Cedia   aos seus caprichos, após isso eu voltava para minha caverna. Se recusava a sair da minha zona de conforto, então eu me trancava no meu quarto, me afundava nos travesseiros e olhava para o céu pedindo apenas uma razão que me motivasse a continuar vivendo.

Eu era uma adolescente quebrada, fadada ao fracasso e a solidão, mas eu já tinha aceitado isso.Ai, você apareceu, me dizendo que as pessoas não são iguais, que algumas nos machucam, mas outras nos fazem bem.... Então eu acreditei em você. Eu quis recomeçar do zero, achei que tudo seria mais fácil ao seu lado.

E esse foi o meu maior erro.


Notas Finais


O prólogo é sempre é curtinho mas nos próximos capítulos serão maiores.

Até breve 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...