História Uma Assassiná apaixonada - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Assasinato, Drama, Lgbt, Original, Romance, Tragedia
Visualizações 7
Palavras 723
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, LGBT, Literatura Feminina, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oiii desculpe a demora e aqui esta mais um cap bjjs e boa leitura

Capítulo 5 - Primeiro assassinato em nova York


Fanfic / Fanfiction Uma Assassiná apaixonada - Capítulo 5 - Primeiro assassinato em nova York

Jackson: não estou querendo morrer não por que?

Mary: me chama de estranha de novo que você não tem filhos

Jackson: por que toda menina ameaça colocando meu pênis no meio?!

Mary: eu não ameaço eu cumpro tudo qu falo

Luiza:Mary temos que voltar. A final vai começar

Mary: ok. Tchau panaca

Jackson: tchau estranha

-na hora que ele falou isso mostro o dedo do meio para ele, e ele faz drama colocando a mão no peito chocado- Idiota

Luiza:falou algo?

Mary: não não

-chegamos no local da final e la estava todos. Fomo competir-

1:00 hora depois

-se a gente venceu? Logico mais a manu e a geovana são bastante interessantes. Aquela filha de papai não larga do meu pé se ela continuar assim irei acabar com a cara dela. Estava perdida nos meus pensamentos onde a joana aparece dos quintos do inferno, me tirando dos meus pensamentos-

Joana:oi queria te convidar para uma festa na minha casa

Mary: esta sendo obrigada por quem?

Joana: ninguém.  Você vai ou não? 

Mary: que hora e a festa?

Joana: as 20:00. Esteja lá no horário

Mary: tanto faz

Joana: aff

-ela sai me deixando a sois novamente. Ja tinha acabado a aula e eu vou para o meu armário pegar meu arco que tinha deixado no mesmo, chego la para pega-lo não o encontro, reviro meu armário mais não encontro-

Mary: QUEM FOI QUE PEGOU A PORRA DO MEU ARCO? SE NÃO ME ENTREGAR AGORA EU ACABO COM A VIDA DE TODOS VOCÊS

Manu: oi so queria dizer que eu vi a joana mexendo no seu amigo junto com as outras 

Mary: sabe pra onde elas foram?

Manu: elas ja foram para casa delas. Mais como eu acho que você ja sabe, vai ter uma festa na casa da joana investigue la

Mary: muito obrigada por falar. E  pode ter certeza que irei comparecer. Agora com licença

Manu:toda

-saio em direção ao estacionamento.  E o joana você mexeu com a pessoa errada, você vai pagar bem caro por ter mexido nas minhas coisas. Entro no carro e vou em direção a minha casa. Chego na mesma estaciono o carro na garagem e entro na casa-

Mãe: vai sair hoje?

Mary: por que?

Pai: você esta estranha

Mary: como e que eu ficaria sabendo que uma filha de uma puta pegou meu arco

Pai: como ela conseguiu pegar? 

Mary: assim... -conto toda a história para eles-

Mãe: ja sei muito bem o que você vai fazer e ta liberada

Pai: so tome cuidado

Mary: não se preocupe sei me virar

-saio da sala e vou para meu quarto.  Olho as horas e ainda era 16:00, arrumo minha roupa para a festa e vou dormir-

2 HORAS DEPOIS

-acordo era ja 18:05. Levanto e vou para o banheiro, faço minhas necessidades, tomo banho, saio do banheiro enrolada na toalha, pego minha roupa e a visto, arrumo meu cabelo com uns cachos, faço uma maquiagem, calço meu salto. E pego minha arma e coloco a mesma na bolsa (foto capa) e vou em direção a festa com um outro carro (carro 3 link em algum cap. Eu não lembro). Chego la as 19:59-

Mary: um minuto adiantada. Bora entrar nessa otima festa

-saio do carro. E vou em direção a entrada.-

Joana: que bom que chegou

Mary: concordo

Joana: fique a vontade

-assim que ela fala isso entro na festa e começo a andar,  logo vejo a luiza, se irei ate ela? Não irei so vim aqui pegar meu arco e so. Ate que olho no palco e vejo a joana com ele nas mãos-

Joana: bom gente olha o que eu ganhei do meu pai hoje

-ela ta querendo mesmo perder a vida-

Joana:lindo neh. Bom  ele e muito raro e foi muito caro

Mary: Não sabia que arcos que vinha do armários dos outros e caro

Joana: minha linda não e so você que pode ter um desses

Mary: bom mais esse dai tem meu nome. Se você não esta vendo eu mostro para todo mundo

-levanto da cadeira e vou ate o mini palco e pego o arco da mão da mesma e olho o arco, ela não fez isso. Não acredito que ela arranhou meu arco-

Mary: Bom gente eu a joana liberou a piscina fiquem a vontade

-puxo a joana para um local sem ninguém-

Mary: você arranhou meu arco?

Joana: o arco e meu. Achado não e roubado

Mary: você quem sabe

-pego minha arma e coloco na cabeça da mesma-

Joana: você ta louca?!

Mary: você que começou

-falo isso antes de atirar.  Bom como a arma era silenciosa não preciso me preocupar agora so preciso sair daqui-





Notas Finais


Bom gente foi isso me desculpe os erros de português bjss ♥ ♥ continua?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...