1. Spirit Fanfics >
  2. Uma Babá Quase Perfeita (Vkook-Taekook) >
  3. Ele esta de volta

História Uma Babá Quase Perfeita (Vkook-Taekook) - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


oiee eu aqui de volta
Desculpem a demora...
Os Trabalho da faculdade acaba comigo suahushaus
Bom e isso...
Boa Leitura ><

Capítulo 5 - Ele esta de volta


Fanfic / Fanfiction Uma Babá Quase Perfeita (Vkook-Taekook) - Capítulo 5 - Ele esta de volta

- Não, sou amigo. Aconteceu alguma coisa? - digo logo levantando, não estava com pressentimento muito bom. 

- Sim, ele está preso. 

- O que?

- Exatamente senhor Jeon.

- Calma, o que ele aprontou para ser preso? – Pergunta indignado realmente teria uma conversa muito seria com o Jimin.

- Acho melhor senhor vir até a delegacia, cetamente te explicarei tudo o que aconteceu. – Disse.

- Tudo bem, estearei ai o mais rápido possível. – Digo.

- O senhor já sabe quel delegacia é. – A mesma disse e concordei desligando.

- Aconteceu algo? – Pergunta Taehye e suspiro.

- Meu amigo, aprontou e agora tenho que ir la na delegacia, tirá-lo de la. – Murmuro já me levantando, e ajeito o cabelo.

- Será que foi grave? – Vejo a mesma se levantar e mordo os lábio suspirando serio.

- Espero que não, pois ele tem que ter um bom motivo para que eu não encha ele de porradas. – Rosno.

Pv Jimin

- Acabei de ligar para seu responsável e ele vira te tirar daqui. – Disse a delegada enquanto sentava na mesa em minha frente.

- Quem a senhora chamou? – Pergunto receoso.

- Senhor Jeon Jungkook. – Disse e arregalo os olhos.

- Pelo amor de Deus ele não, por que não ligou para minha mãe, Jin Hyung? – Pergunto levando a mão no rosto, inconformado.

- Acho que neste momento era melhor chamar o senhor Jeon. – Disse firme e suspiro.

- Eu to ferrado, ele e pior que minha mãe.... Não deixa eu ir com ele não pelo amor de Deus, me deixa aqui limpando o chão das celas? – Disse quase me ajoelhando, a mesma segurava a risada mais logo nega.

- Sinto muito, mas seu histórico aqui não e um dos melhores, e o senhor Jeon e seu responsável lembra? – A mesma disse e suspiro. - Me diga a verdade... o que houve??

- Eu já disse que sou inocente.

- Me conte a história ai vou decidir se você vai ficar pra esperar o Jeon ou eu soltarei. – Disse e bufo, vejo um policial entrar com gelo, pego e coloco em meu rosto, logo o homem sai. – Vamos Park Jimin, não deve ser tão difícil você me dizer a verdade.

- Não é difícil só que, e humilhante de mais isso. – Murmuro suspirando a mesma cruza os braços.

- Não vou te liberar até você me contar a verdade, e cara que estava com você. – Disse e mordo os lábios desviando os olhos, não era tão difícil isso neh?

         - Ok, o que eu falar ficara entre nós. – Digo ela não diz nada e suspiro. – Tudo começou quando eu decidi ir a uma balada, eu iria aproveitar a noite já que o meu dia foi bem... cheio de emoções. – Digo a mesma mantinha o olhar em mim, era frustrante aquele sentimento. – Enfim,  la estava eu na balada me divertindo, dançando rindo,  ate que... ele apareceu.

- Não me diga que ele... – A mesma disse e concordo – Ele não foi preso.

- Filhinho de papai, tem dinheiro para pagar tudo. – Digo mordo os lábios.

- Continue.

- Na balada ele tentou me agarrar e me beijar a força, ate que aquele homem viu e tentou me ajudar. – Mordo os lábios. – Ambos brigaram feio, socaram um a cara do outro, tentei separar a briga e levei o um soco também. – Aponto para o meu rosto. – Os seguranças separaram a briga, chamaram a polícia e aqui estamos nos, eu na sua frente te contando tudo o que aconteceu, o que me ajudou na outra sala, e o idiota do meu ex foi embora lindo belo. – Digo olhado a mesmo que estava escrevendo algo na folha e suspirou.

- Vou dizer mais uma vez....

- Por favor, não comece com esse assunto – Digo interrompendo. – Ja expliquei o que aconteceu, o solte e me solta por favor. – Peço e a mesma suspira.

- Tudo bem, desta vez vai, se você aparecer de novo aqui por conta dele eu tomarei medidas mais drásticas. – Disse e concordo levanto me curvando várias vezes. – Muito obrigado, muito obrigado. – Digo a mesma suspira levantando.

- Vamos, você vai assinar alguns papeis e vou pedir para o soltar. – disse e concordo depois e algum tempo conversando com a delegada indo ate a bancada para assinar as papeladas dou de cara com o homem que olhou para mim e sorriu de lado.     

- Você está bem? - Pergunta levando a mão ate meu roxo e sorrio de canto.

- Sim estou, fica tranquilo e muito obrigado por te me ajudado. -  me curvo agradecendo.

- Que isso não precisa agradecer, tenho que ir mais tarde eu trabalho, nos vemos por ai – Disse e concordei. - Antes... Qual é o seu nome? – Ele perguntou.

- Me chamo Jimin.

- Prazer e lhe conhecer. – Disse estendendo a mão e pego.

- E você? – Pergunto vejo o mesmo pegar o celular e suspirar.

- Bom tenho que ir, foi bom te conhecer Jimin – Disse saindo.

- Hey mas o seu nome?!. – Vejo saindo e suspiro frustrado, suspirei e assinei as papeladas, e agradeci mais uma vez a delegada saindo mas logo dou de cara com Jeon Jungkook que não estava com uma feição muito boa.

Agora que estou fodido!

Taehyung (Taehye)

Pegamos as meninas e fomos até a delegacia com o Jeon, mas pelo que intendi foi que um de seus amigos arrumou confusão e acabou parando na delegacia, assim que chegamos Jeon rapidamente saiu do carro, e deu de cara com um garoto loiro.

- Meninas fiquem aqui a tia vai ver o menino ta? – Digo e as mesmas concordam e sai do carro indo até Jeon e seu amigo.

- Park Jimin – Diz Jeon o abraçando. - O que ouve com você?.

- Nada não – Disse sorrindo, ele era fofo, pude perceber que seu havia um machucado em seu rosto. – Quem e ela?

- Minie essa e a Taehye a baba da vizinha do lado. – Disse e cumprimentei com um sorriso e o mesmo correspondeu ele e “tão fofo”.

- Oi – disse com um sotaque meio estranho e olhou para as meninas que olhavam para ele da janela do carro. – Olá Meninas. – Disse ele e as mesmas coram.

- Como você e boito. – Disse Hani.

- Voche e fofo, palesse um anjo.. Quer ser meu namoiado? – Pergunta Song e regalos os olhos e o mesmo riu.

- Não, eu vi pimeio, eu vou  casa com eie! - Disse Hani..

- Nada diretas! – Disse Jeon rindo.

- E melhor sairmos daqui! – Digo apontando para delegacia e os mesmos concordam.

- Posso saber por que estava aqui mocinho? – Pergunta Jeon já entrando no carro.

- Eu não fiz nada. – disse Jimin que entrou no banco de trás.

- Para estar na delegacia. – Disse cruzando os braços.

- Eu sou um ajo... Não faria nada de mais... – sorrio e fez um grande bico.

- Não minta para mim mocinho. – Disse serio dando partida no carro.

- Ok... Só não faça chilique ok? – Disse logo vejo que Jeon segurou mais forte o volante.

- Diga logo!

- Taemin está de volta! – Disse Jimin e Jeon freia o carro na mesma hora.

- Se e louco cara?? Quer nos matar?? – Digo serio.

- Não, mas eu vou matar alguém... E esse alguém e Lee Taemin.


Notas Finais


Bom e isso.. Espero que tenham gostado...
Ate a próxima >,<


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...