História Uma busca por matar


Escrita por:


Sinopse:
Seus planos são práticos, determinados e os piores possíveis, e dentre muitas de suas características, ele é jovem, atraente, inteligente, calculista e, muito além da aparência, um frio sociopata que se equilibra numa linha tênue de narcisismo florescente e ódio impulsivo.
Depois da noite que será a última para sua vítima em Londres, ele parte para seu foco seguinte, que é matar o investigador aposentado Rick Jones enquanto este está em viagem turística pelo Brasil. Tudo que Jones, sem fazer a mínima ideia do perigo que corre, não espera é que, justamente tão longe de sua vida monótona, as coisas possam parecer tão perigosas. Uma verdadeira busca por matá-lo.
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 1.644
Favoritos 104
Comentários 202
Listas de Leitura 12
Palavras 97.338
Terminada Não
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Assassino, Investigação, Mistério, Novel, Perseguição, Policial, Psicológico, Romance Policial, Sociopata

Fanfic / Fanfiction Uma busca por matar
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Prólogo
26
267
2.786
 
2.
Meados de Maio
17
151
1.819
 
3.
No mesmo dia
11
90
1.746
 
4.
Atentado
6
71
1.448
 
5.
Imprevisto e improviso
10
65
2.052
 
6.
Três dias depois
7
58
1.628
 
7.
Um papo no deck
7
60
1.973
 
8.
Nova investida
6
49
2.199
 
9.
Várias desculpas
6
54
2.754
 
10.
Após o susto
6
57
2.837
 
11.
Aliados
5
40
2.694
 
12.
Rápida mudança de alvo
4
56
3.603
 
13.
Perseguição
5
36
2.550
 
14.
Uma proposta nada tentadora
5
45
2.510
 
15.
Deduções sem saída
7
42
2.047
 
16.
Precauções e humilhações
7
49
3.294
 
17.
Primeiro dia do prazo
4
43
2.492
 
18.
Segundo dia do prazo (do outro lado)
5
40
3.307
 
19.
Terceiro dia do prazo
5
46
2.119
 
20.
Finalmente um passo à frente
6
35
3.408
 
21.
Quinto dia do prazo
6
35
4.015
 
22.
Aposta perdida
6
30
3.647
 
23.
Sexto dia do prazo
3
27
4.240
 
24.
Sétimo (e último) dia do prazo
3
21
3.332
 
25.
Ajuda duvidosa
3
18
3.187
 
26.
No pulo do gato
3
17
3.670
 
27.
Uma peça traiçoeira
3
18
2.376
 
28.
Rainha fora do jogo
2
25
4.180
 
29.
Cenas Inesperadas
6
23
4.222
 
30.
Visita de quarto
2
19
2.938
 
31.
Verdades sobre o tabuleiro
3
19
3.201
 
32.
Uma vida de enganos
3
14
3.296
 
33.
Xeque-mate
3
19
3.172
 
34.
Sob Juízo
1
5
2.596

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por %Laetamur
Capítulo 1 - Prólogo
Usuário: %Laetamur
Usuário
Olá, autor. Tudo bem contigo? Espero que sim!

Então, como eu havia dito para você através da Mensagem Privada que me mandastes, cá estou eu para compartilhar da minha opinião em relação a sua história.

Não precisa se preocupar, pois quando costumo escrever alguma crítica, esta é totalmente produtiva, de forma que eu consiga o ajudar para que possa crescer cada vez mais em sua carreira como Escritor!

Bom, sem enrolação, vamos nessa:

Primeiro de tudo, eu gostaria de lhe dar os meus sinceros parabéns. Você sabe o que escreve e como escreve, é isso pode não aparentar, porém faz muita diferença; não é a toa que, apenas por esse primeiro capítulo eu pude perceber o seu empenho para criar essa estória. Por isso lhe dou os meus parabéns!

Segundo: eu gostei da forma a qual apresentates os personagem; você utilizou de elementos neutros, porém aconchegantes, fazendo com que o leitor se sentisse tranquilo e interessado para saber como seria o desenrolar até o final do capítulo (pelo menos foi o meu caso). Você soube utilizar de descrições medianas, deixando que nada ficasse cansativo, pelo contrário, tu fez com que o leitor se mantivesse satisfeito em cada linha que fosse lida. Por isso, mais uma vez lhe dou os meus parabéns!

Terceiro: sua escrita é impressionante! É suave, precisa e contém uma linguagem formal, porém continuando com a simplicidade, o que eu gosto muito! Em todas as fanfics que leio e que comento, é exatamente por esse motivo, pois eu valorizo um escritor que sabe utilizar da simplicidade, porém linguagem formal em uma história, pois isso não faz com que o leitor canse. Eu odeio ter que ler, por exemplo, descrições que pegam o começo e vá até praticamente o final do capítulo, isso contendo informações repetitivas. Isso cansa e desmotiva o leitor, o que não é o seu caso.
No entanto, preciso lhe informar de que, mesmo possuindo uma escrita linda e rica, tu deixastes alguns errinhos (bobos) passar, mas nada que prejudique a história, ok?!

Bom, acho que o que eu tinha para falar era apenas isso.

Sorry pela minha demora em aparecer aqui, ok? Eu precisava estar motivada para fazer um comentário que tu merecesse XD

Até a próxima!
Postado por MinMei
Capítulo 1 - Prólogo
Usuário: MinMei
Usuário
Olá, eu deveria estar comentando na história anterior à essa, eu sei, mas eu não consegui conter a curiosidade de vir conhecer essa nova obra de arte que é "Uma busca por matar". Seu talento para criar uma história digna de se tornar um best-seller é surpreendente! Só por este prólogo eu já posso afirmar com total propriedade que você é, sem dúvidas nenhuma, um brilhante escritor. É nítido que você sabe o que está fazendo, que tem total controle e conhecimento sobre o tema e, acima de tudo, sabe como construir uma narrativa que prende o leitor a continuar lendo até que o último ponto final seja tudo o que resta.

E não posso deixar de citar, também, o domínio invejável que você tem da nossa querida Língua Portuguesa - é que tem histórias que... nossa, é cada absurdo de erro gramatical que só Deus na causa, viu? HaHa

Eu provavelmente já devo ter dito todas estas coisas no único - porém não último - comentário que deixei na história anterior, mas eu faço questão de ressaltar, porque eu realmente nunca vi (pelo menos não aqui no Social Spirit) alguém que escreva tão bem como você.

Eu também já devo ter dito que histórias que envolvam essa coisa de Investigação, Sociopatas, Romance Policial e tudo mais não são minha praia, mas que nada disso impede que eu as leia desde se tenha um plot instigante e uma escrita impecável, como é o caso da(s) sua(s). Então, sim, leio com muito prazer!

Agora falando diretamente sobre o prólogo, eu li imaginando o personagem na figura do Dexter Morgan, da série Dexter (então, né... haha). Eles não são muito parecidos, nem mesmo nos métodos de "trabalho", mas a forma como você descreveu a "ansiedade" dele para executar aquilo que veio planejando há tempos, me fez lembrar muito esse personagem da série (que é um serial killer). E eu sei que soa estranho eu falar que não gosto de ler sobre uma coisa, quando assisto séries que tratam do mesmo tema. É que sou meio estranha, mesmo. Mas isso não tem nada a ver e já não estou falando coisa com coisa. Desculpa.

Enfim, acho que vou terminar esse comentário aqui. E só para deixar claro, amei esse início, e acredito que dessa vez vou conseguir acompanhar os passos do personagem nessa jornada 'mortal' dele.

Acho que nos veremos no capítulo seguinte, então até!

Beijos,
Mei.
Postado por Zylak
Capítulo 1 - Prólogo
Usuário: Zylak
Usuário
Pois bem, eu gostei. A sua escrita é interessante, dá para ver que há uma estrutura pré definida sobre o que pode acontecer nos próximos capítulos e isso me deixa ansioso e curioso. O único ponto que achei que pudesse melhorar seria a rapidez um tanto desnecessária em mostrar que o Nick mataria a Katie. Pode ser um estilo seu, mas eu me agradaria mais caso a gente descobrisse no final quais eram as reais intenções dele.
Desde o inicio, eu soube o que provavelmente iria acontecer. Durante a leitura, fiquei pensando: "Não, algo vai acontecer e ele não vai conseguir". Bem, não foi bem assim. Foi um assassinato bem fácil, na verdade. Eu posso estar sendo chato, mas pense nisso como uma critica construtiva e é meramente a minha opinião. O gênero policial/investigativo é o meu preferido, então costumo ver com outros olhos. Você poderia ter guardado algumas informações para o próprio leitor começar a encaixar as peças do quebra-cabeça sozinho. Acho que esse ponto faltou.
Sobre a carta de suicídio, foi genial. Quando você descreveu que o Nick já tinha esse álibi, fiquei tentando imaginar como ele tinha conseguido. Esse é um exemplo bom de guardar informação e depois solta-la de forma sutil.

Por fim, o prologo me deixou ansioso por mais. O provável protagonista não me pareceu tão diferente, mas mesmo assim me cativou bastante. Talvez minha opinião mude de acordo com os próximos capítulos, espero que para melhor, já que você tem um potencial enorme. :)

Fico feliz que tenha divulgado essa história por MP, foi uma grata surpresa.