História Uma Carta de Adeus - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Itachi Uchiha, Naruto Uzumaki, Sasuke Uchiha
Tags Drama, Narusasu, Naruto, Romance, Sasuke, Sasunaru, Snschurch, Tragedia, Uchiha, Way_borges229, Yoai
Visualizações 276
Palavras 1.978
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Slash, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiê gente linda do meu coração, mais uma one para vocês 😉 Espero que gostem!


Boa leitura 👍

Capítulo 1 - Capítulo Único - P.S. Eu te amo


Fanfic / Fanfiction Uma Carta de Adeus - Capítulo 1 - Capítulo Único - P.S. Eu te amo

Acordei assustado levantando em um rompante, meu coração está batendo tão forte no meu peito ao ponto de doer, uma angustia tão grande tomou conta de mim, meus olhos arderam anunciando as lágrimas que não demoraram a rolar pelo meu rosto.

Por que eu estou chorando?

Que dor é essa que estou sentindo?

Enxugo as lágrimas que descem sem controle pelo meu rosto, respiro fundo olho o relógio no criado mudo e vejo que ainda são 3 da manhã, então volto a me deitar, mas o sono não vem.

Saio da cama antes do despertador tocar, vou para o banheiro, faço minhas necessidades, entro embaixo do chuveiro para espantar o resto do sono e tentar afugentar essa angústia que insiste em aberta meu coração. Coloco um dos meus ternos e saio de casa sem tomar café, meu estômago está revirado e se eu tentar engolir alguma coisa, não tenho dúvidas que colocarei para fora.

Chego à empresa da minha família e vou direto para minha sala, não cumprimento ninguém pelo caminho já que meu humor não está dos melhores. Antes de entrar na minha sala para começa a fazer o meu trabalho, peço a minha secretária que não deixe ninguém me perturbar.

Mesmo não conseguindo me concentrar no que precisava fazer, tive sossego por longas e arrastadas 3 horas, até meu irmão mais velho entra sem ser avisado e sentar-se na cadeira em frente a minha mesa. Apesar de o Itachi manter sempre a mesma expressão no seu rosto, eu sempre consegui saber o que ele está sentindo, agora não é diferente, consigo notar que ele está triste e... decepcionado.

– Algum problema Itachi?

– Me pediram para te entregar isso Sasuke. - Falou me entregando um envelope. Olhei para ele pedindo mais explicações. - Leia.

Sabendo que ele não iria me dá mais explicações, abri a carta e logo reconheci a letra tremida rabiscadas no papel.

– Por que o Naruto me enviaria uma carta?

Uzumaki Naruto, a única pessoa, fora da minha família, que me importei de verdade; mas as coisas estavam ficando estranhas entre nós, meus sentimentos por ele estavam confusos e quando ele se declarou para mim, por medo dos meus sentimentos e de como minha família iria reagir ao saber que me sentia atraído pelo melhor amigo, eu o afastei dizendo coisas terríveis. Me arrependo muito de como o tratei, as vezes tenho vontade de procurá-lo para me desculpa pela forma que o tratei, mas o orgulho sempre fala mais alto.

– Só leia a porra da carta. - Respondeu-me irritado.

Respirei fundo e comecei a lê a carta em minhas mãos

 

“Konoha – Japão

18/10/2017

 

Oé Sasuke-Teme, quanto tempo, né?

Sei que deve está pensando que estou escrevendo essa carta para pedir uma chance com você, então vou logo dizendo que não, apesar de ainda te amar muito, eu não estou aqui para te pedir uma chance.

Também sei que você não gosta de enrolação, então vou direto ao ponto, tenho saudades de você, por mais patético que pareça, sinto falta da sua companhia, dos seus pequenos e raros sorrisos, do seu sarcasmo sem tamanho, até mesmo o seu mau-humor irritante me faz falta. Sinto falta dos seus olhos negros intensos, misteriosos e profundos. Eu poderia ficar olhando para eles por horas e tinha a doce ilusão que eles brilhavam apenas para mim. Você não imagina como eles mexem comigo.

Isso é loucura, eu sei... Esse amor que sinto por você é louco.

Depois de todo esse tempo e todas as coisas que me disse, você deve me achar um idiota por ainda te amar, estou certo?

Eu juro que tentei te esquecer Sasuke, mesmo com todos os meus esforços, eu ainda continuo te amando com todas as minhas forças, sou completamente seu e sempre serei seu; o que sinto por você continua do mesmo jeito, mesmo já tendo se passado um ano desde que nós vermos, desde a última vez que nós encontramos.”

 

Um sorriso tomou conta dos meus lábios. Fiquei feliz por saber que ele ainda me ama, por que, seja lá o que sinto por ele, não diminui nem um pouco, ao contrário, apenas aumentou.

 

“Pena que eu não acredito mais que estaremos completamente apaixonados, andando de mãos dadas exibindo nosso amor a qualquer um que queira ver. Ontem eu tive um sonho onde estávamos apaixonados namorando embaixo de uma cerejeira em flor, mas esse sonho nunca irá se tornar realidade.”

 

Senti uma pontada no meu coração, algo dentro de trincou ao ler suas palavras, um gosto amargo veio a minha boca e meus olhos começaram a arder.

 

“Quando você recusou o meu amor, doeu muito. Nossa! Como doeu, você nem consegui imaginar o tanto, foi uma dor tão sufocante e nada era capaz de secar as minhas lágrimas.

As palavras que usou para repudiar o meu amor ainda me ferem tanto, não consigo esquece-las, elas me quebraram Sasuke, você nem imagina o tanto que elas me destruíram, eu podia ouvir meu coração trincar a cada palavra de repúdio que saiu da sua boca. Sério, eu queria entender o que te fiz de tão ruim para você ter sido tão cruel comigo.

Não dúvido que você esteja me achando patético por sofrer por alguém que não me quer, realmente eu sou muito patético, afinal, eu me agarrava a cada migalha que você me dava e minha cabeça de idiota apaixonado pensava que você poderia retribuir os meus sentimentos. Até passou pela minha cabeça que eu conseguiria te fazer me amar.  Eu entendi que somos como as estrelas, às vezes elas parecem está tão perto uma da outra, mas na realidade estão a quilômetros e quilômetros de distância uma da outra e que nunca serei capaz de alcança você.

Você deve me achar um louco por pensar assim, mas o que eu posso fazer se te amo tanto?”

 

Lembrei de todas as palavras grosseiras que falei quando ele revelou que me amava, fui um monstro, um completo babaca por negar o que agora é tão óbvio, na verdade, o que sinto por você sempre foi óbvio.  Eu retribuo todos os seus sentimentos Naruto, também te amo de todo o meu coração, e não houve um dia que não me arrependa de ter dito ao contrário.

Você não é patético, nem louco, eu que sou uma pessoa patética e também sou um covarde por não te dizer isso, por ter medo da rejeição da minha família por ter sentimentos por um outro homem, por ligar para a opinião dos outros, mas eu sei o que sinto por você, apenas me negava a aceitar isso.

 

“Pena que no fim, eu não estarei em seus braços, era tudo o que eu mais queria, mas não será possível.

Nem sempre temos o que queremos, né Sasuke?”

 

Franzi o cenho com a frase. Como assim “no fim”?

 

“Você deve está pensando ‘do que esse Dobe está falando?’. Bom, é simples, eu estou doente Sasuke, muito doente. E não, eu não estou menosprezando a minha vida, apenas estou resignado com a minha morte, ela apenas será um alívio para a minha dor. Quando você estiver lendo essa carta, com certeza, eu já não estarei mais nesse mundo, não pense que sofri por saber que da minha morte eminente, como te disse antes, eu aceitei com tranquilidade que morreria.”

 

Meu coração se comprimiu dentro do meu peito, sinto meu estômago se contorcer e as lágrimas que há tempo eu segurava, começaram a rolar livremente pelo meu rosto.

Como assim você está morto, Naruto?

 

“Você deve está se perguntando qual doença me vitimou, estou certo Teme?

Antes de conta qual a doença que tirou a minha vida, preciso que você se lembre de que eu vivia me queixando de dores de cabeça, náuseas e tonturas. Você consegue se lembrar disso?

Pois é, a cerca de 7 meses eu descobri um tumor cerebral em fase terminal. Tentei lutar, eu juro que tentei, mas já era uma batalha perdida para mim Sasuke, apesar de ter vivido dois meses a mais do que as expectativas dos médicos, o câncer já tinha vencido sem nem ao menos me dá a chance de lutar.

Lembro-me de você sempre brigar comigo por não procurar um médico para saber o motivo das dores de cabeça, eu deveria ter te ouvido e procurado um hospital mais cedo, talvez assim tivesse mais tempo.

Juro que eu queria ter me despedido pessoalmente, mas não sabia se você iria me visitar no hospital e para não correr o risco de mais uma rejeição, então resolvi escrever essa carta, ao menos assim, eu posso dizer a você o que eu sinto e não escutarei palavras duras vindas de você.”

 

O ar fugiu dos meus pulmões, fechei os olhos com força e tentei respirar devagar. Meu coração batia tão forte que por um momento achei que fosse explodir dentro do peito.

 

“Eu te amo tanto Uchiha Sasuke e foi tão fácil te amar. Te amei ontem, te amo hoje, e te amarei até meu ultimo suspiro. Eu ainda te amarei até depois da morte. Quem sabe a gente não se encontra na outra vida, né?

Não vou pedir para se lembrar de mim, sei que você não se lembra de coisas desnecessárias, de acordo com suas palavras, eu estou na sua lista de 'coisas desnecessárias' e também não vou pedir que se sinta triste e que chore por mim. Só queria que soubesse o quanto você foi amado por mim.

 

Uzumaki Naruto.

 

P.S. EU TE AMO”

 

Terminei de ler a carta e olhei para meu irmão, seus olhos não mais estampavam decepção, o seu olhar era complacente a minha dor. Queria falar, pergunta se isso era verdade, mas as palavras simplesmente não saiam.

– Ele morreu hoje às 3 da manhã, a Sakura trouxe a carta para mim e pediu para te entregar.

Ao ouvir a explicação do meu irmão, minha única reação foi apertar a carta contra o peito e chorar, e chorei alto sentindo a pior dor que senti em toda a minha vida, era como se eu fosse ter um ataque cardíaco. O ar se tornou pesado demais para respirar e o sangue das minhas veias fazia meu corpo arder como se fosse ácido, cada centímetro do meu corpo doía.

Estava começando a hiperventilar, quando meu irmão se compadeceu de mim e veio me abraça, me oferecendo conforto, mas eu sei que nada vai fazer com que essa dor pare.

– Sinto muito otouto. - Ele sussurrou enquanto me apertava mais em seu abraço.

Itachi sabe dos sentimentos do loiro por mim e foi o primeiro a perceber que era recíproco, ele sempre me incentivou a abandonar as amarras da nossa família e ir viver o meu amor pelo Naruto, mas eu não o escutei quando ainda tinha tempo.

– Itachi... Me diz que é mentira... Não... Ele não pode... Não pode. Naruto. - Falo com a voz entrecortada pelo choro e os soluços que escapavam da minha garganta, ele me aperta ainda mais em seus braços.

Não é possível, eu não posso ter perdido o meu amor, ele não pode ter partido sem que eu tenha a chance de dizer o quanto ele é importante para mim e quanto eu o amo.

O Naruto era a única pessoa que me conhecia de verdade, somente ele conhecia o meu verdadeiro “eu”, ele era a única pessoa me compreendia, a única pessoa que viu o meu pior lado e em vez de se afasta, ele ficou. Eu perdi a pessoa que mais amei por ser um covarde e não ser capaz de assumir orientação sexual para minha família, perdi a luz da minha vida e única chance de felicidade, perdi a chance de me despedir da única pessoa que amei verdadeiramente por dá mais valor ao que os outros vão pensar do que ao amor que me era oferecido, por ter preconceito comigo mesmo por amar um homem.


Notas Finais


E ai meu povo, o que acharam? Deixem suas opiniões nos comentários e favorite a historia
Visitem meu perfil @Way_Borges229 e dêem uma olhada nas minhas outras historias, garanto a vocês que não iram se arrepender e não é por que sou eu que as escrevi que estou dizendo isso.


Bjinhos de Luz para vocês 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...