1. Spirit Fanfics >
  2. Uma chance ( Clace ) >
  3. Capítulo 2

História Uma chance ( Clace ) - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Capítulo 2







Clary 

Depois  do nosso abraço e conversamos como ia ser a decoração da festa da casa nova da Izzy e Simon, deu a hora de eu ir para a aula estava super com sono mais dei o meu máximo para prestar atenção na aula 


Agora estava na lanchonete esperando meu lanche de sempre hambúrguer com fritas e uma Coca cola 


- a coca cola vai demorar um pouquinho não tem mais no estoque - uma menina loira dos peitões fala e eu concordo pegando meu hambúrguer com fritas e começo a comer as fritas esperando meu refri 


- bom dia moça - escuto uma voz do meu lado mais não dou importância porque não era comigo mesmo 


- bom dia - a loira fala toda alegre e eu reviro os olhos - do que você precisa?- ela pergunta se debruçando encima do balcão e me deu uma vista de pesadelos do seu par de seios gigantes, me afasto para o lado e balanço minha cabeça tentando tirar aquela visão da minha mente 


- eu quero só uma coca cola- o homem fala e eu dou um sorriso mentalmente sabendo que ele vai ficar querendo por que não tem 


- tudo o que você quiser bonitão - a loira fala e meu sorriso some totalmente, olho para o homem do meu lado e vejo um poste de um metro e oitenta vestindo em uma calça jeans, camisa branca com uma jaqueta de couro e seu cabelos loiros chegando a nunca dele e ele é um cara bastante musculoso e o mesmo estava com um sorriso estampado no rosto olhando para a loira de cima a baixo - aqui bem geladinho - ela fala entregando um copo cheio de coca cola estreito os olhos para a biscate que está na minha frente e coço a garganta e ela me olha .


- você disse que não tinha Coca cola - falo calma eu sou uma pessoa extremamente tímida mais quando me irritava eu era outra pessoa que até eu mesma não sabia quem era


A loira me olha com cara de desdém e da de ombros 


- você vem aqui todos os dias e pede todos os dias a mesma coisa e eu vi esse gato chegar na faculdade hoje e não podia te da o último refri gelado, já que nós temos visita - ela fala olhando para mim e depois olha para o loiro ao meu lado e pisca o olho para ele e o mesmo estava sorrindo para ela 


- amei o refri gelado - ele fala lentamente fitando a biscate - como vou te recompensa por ter se importado comigo?- ele pergunta dando um gole no refri e depois passa a língua nos lábios e feicha os olhos a loira o olha quase gemendo e eu fico com a boca entre aberta de indignação 


Ele estava bebendo meu refri que estava super gelado e ainda estava flertando com a biscate que não me deu o meu refri, bufo eu odeio quem mexe na minha comida bato no balcão fazendo a biscate olhar para mim 


- eu quero meu refri - falo e ela da um sorriso debochado 


- nem todo mundo tem o que quer querida - ela fala e loiro da uma gargalhada e eu serro os meus punhos e me viro para ele 


- do que você está rindo? 


- de nada!- ele da de ombros - só que o refri está bem gelado - eu fico com mais ódio 


- está gelado? - pergunto forçando um sorriso e ele da um passo na minha direção 


- bem gelado - ele fala pausadamente com o rosto perto do meu, sinto minhas bochechas ficarem quentes - você quer provar?- ele pergunta mais próximo de mim e minhas bochechas estavam pegando fogo estava morrendo de vergonha e não sei por que também estava com medo eu odiava ser corajosa e depois ficar com medo mais não sei de onde eu tirei a coragem mais eu sorri 


- claro adoraria - falo e ele da um sorriso largo e me entrega o copo e sinto copo gelado nas minhas mãos, olho para o copo e depois para ele que estava com um sorriso debochado nós lábios e jogo o refri de uma vez na cara dele e vejo que ele quase se afoga 


- você está loca garota?- ele pergunta gritando passando as mãos no rosto 


- está gelado?- pergunto colocando as mãos na boca para abafar minha gargalhada 


- você me paga - ele fala entre dentes me encarando com fúria nós olhos dou um passo para trás acho que não foi uma boa ideia ter feito isso 


Penso e antes que ele fale mais alguma coisa eu saí correndo e fui para a minha próxima aula e me sentei na classe 


- eu não acredito que eu fiz aquilo- falo para mim mesmo eu não estava acreditando 


Eu nunca tive coragem de fazer isso com ninguém já tive vontade mais nunca fiz tanto por medo e por não saber brigar, dou um sorriso foi a primeira vez que eu fiz alguma coisa por impulso, talvez Simon estava certo quanto mais a gente fica velho nossas tímides vão diminuindo 


A professora entra na sala e começa a da a aula assisto e faço minhas anotações para eu estudar mais tarde, termina a aula e eu saio não ia te dois períodos o professor estava doente 


Me sento em um banco no pátio e pego meu celular 

*Mensagem online*


Eu :  você vai sair agora ?

..

Si : não, vou ter todos os períodos! Por que? 

..

Eu : eu já saí e queria uma carona, mais eu posso ir só não tem nada 

..

Si : eu queria muito ir te deixar mais eu tenho uma prova no próximo período 

..

Eu : não tem nada relaxa 

..

Si : eu vou almoçar com a Izzy e acho que não vou mais na sua casa hoje 

..

Eu : era a nossa casa, mais tudo bem agora é minha casa 

..

Sinão vamos mais discutir por isso clary

..

Eu : eu sei, tchau 

..

Si : te vejo amanhã baixinha


*Mensagem off*


Bufo vou dormir naquele apartamento sozinha hoje


- primeiro dia de muitos - falo para mim mesmo e lenvanto o olhar e vejo uma porta sendo aberta acho que é do banheiro e a loira biscate da lanchonete sai arrumando sua blusa, depois o loiro sai arrumando os cabelos com um sorrisinho no rosto reviro os olhos - eles se merecem - falo para mim mesma e vou embora


Vou para casa e tomo um banho visto um short com uma regata e vou para a cozinha abro a geladeira e não tinha nada olho nos armários só tinha comida para preparar bufo e pego meu celular para ligar pro Magnus


*Ligação online*


- oi amor 


- oi purpurina - falo saído da cozinha e me jogando no sofá - você já saiu da faculdade?? 


- quase, por que? 


- queria saber aonde você vai almoçar??


- acho que em casa por que? 


- nada, só queria saber se você precisa de companhia - fala e escuto ele sorri 


- clary você quer comer e não sabe fazer não é??


- sim - falo bufando - não tenho culpa que vocês não me ensinaram a cozinhar 


- a culpa não foi nossa, toda vez que eu e Simon te chamava você inventava uma desculpa 


- tá tá, eu só quero saber você vai fazer a comida ou não?? 


- tá eu estou indo para ir - ele fala e eu dou um sorriso animada me sentado no sofá 


- sério?


- sim, Alec vai almoçar com o jace o primo dele que chegou de viagem hoje você sabe né??


- sei, sei - falo sem da muito atenção estava mais alegre por que ia comer - Magnus sua comida é  maravilhosa - falo dando pulinhos de alegria na sala 


- eu sei, tudo que eu faço é bom - ele fala convencido - eu vou fazer uma lasanha então olha para mim se tem todos os ingredientes se não tiver eu compro logo


- tá fala quais são- falo indo para a cozinha ele começa a falar e vou dizendo o que tem e que não tem término me sento no sofá de novo - não demora mangus estou passando mal de fome 


- tá, eu já estou indo dramática- ele fala e eu desligo


*Ligação off *


Aproveito e vou lavar as louças pelo mesmo isso eu sei fazer na cozinha, alimpo a mesa e a bancada que estava suja de Nescau que eu mesma tinha sujado a dois dias

.

.

.

.

Jace 


- suas notas são mesmo muito boas do semestres passado - o diretor fala olhando o seu computador - a faculdade de administração de Boston me envio os e-mails de suas notas dos três anos que você fez e do último semestre e elas são ótimas 


- obrigado - respondo 


- vai ser um prazer ter você na nossa faculdade Herondale - ele fala e se levanta estendendo a mão me levanto e aperto sua mão 


- obrigado - agradeço sorrindo 


- você pode começar amanhã, mesmo sendo sexta feira- ele fala e abre a gaveta e pega um papel - esses são os horários de suas aulas aqui são variados os dias tem dia que vai ter aulas de tarde outras de manhã e tem dia que vai ser o dia todo 


- é eu fiquei sabendo - falo pegando o papel e me despedimos e saio da sala do diretor pegando meu celular ligando para o Alec 


* Ligação online* 


- Alec já resolvi tudo vai demorar muito para acabar sua aula


não, saio daqui a meia hora, eu acho 


- sério? Vai demorar muito!!!


- eu sei mais hoje eu vou sair cedo então espera aí, vai para a lanchonete que a gente se encontra lá


- tudo bem


*Ligação off* 


Bufo e saio andando, Alec foi me buscar no aeroporto e eu vim logo na faculdade resolver minha inscrição aproveitei que Alec vinha para a aula 


Começo a andar pelos os corredores para conhecer melhor a faculdade, passo em frente ao ginásio depois vou ver o pátio que era bem bonito cheios mesas com cadeiras e muitas árvores e a grama bem verde 


Olho envolta e vejo uma casinha que vende comidas tipo uma lanchonete e vou até lá, quando chego fico do lado de uma garota de cabelos ruivos comendo batatas fritas com um hambúrguer do lado, olho para frente e uma loiro de peitos deliciosos e bem bonita estava me encarando dou um sorriso 


Não sou do tipo que pega geral, mais sempre que aparace uma oportunidade para da uma rapidinha ou passar uma noite com uma bela acompanhate, nunca desperdício 


Ela me encara e vejo no seu olhar segundas intenções 


- bom dia moça - falo me encostando no balcão e ela da um sorriso também se encostando no balcão quase se debruçando para me dar uma bela visão do seus seios 


- bom dia - reponde bem devagar e peço uma coca cola e ela coloca o copo no balcão e nós ficamos nos encarando com ela mordendo os lábios de bem devagar tentando me seduzir e acho que ela estava conseguindo, quando escuto alguém coça a garganta 


Olho para o lado e vejo a ruiva com os olhos semicerrado encarando a loira e elas começaram a descutir sobre o refri, quando a loira da uma resposta bem dada na ruiva a mesma fica bufando de raiva e eu comecei a sorri 



- do que você está rindo? - a ruiva pergunta entre dentes me encarando 


- de nada!- falo e dou de ombros - só que o refri está bem gelado - falei sorrindo e a mesma fica com mais raiva ainda ficando o com o rosto vermelho de raiva 


- está gelado? - ela pergunta tentando forçar um sorri que não deu muito certo, mais ela ficou bem bonita , dou um passo na sua direção diminuindo a distância entre a gente 


- bem gelado - falo pausadamente com o rosto bem perto do dela tentando entimidar a baixinha zangada vejo suas bochechas ficarem rosadas e dou um sorriso  - você quer provar?- pergunto me aproximando mais  


- claro adoraria - ela responde com a voz um pouco franca dou um sorriso por conseguir entimidar a baixinha, ela pega o copo e vejo ela aproximando da boca para beber, quando ela levanta o olhar para mim e e joga o refrigerante bem na minha cara, me pegando de surpresa me fazendo engasgar e começa a tossir 


- você está loca garota?- pergunto gritando de raiva passando a mão no me rosto 


- está gelado?- ela pergunta debochada e sorrindo 


- você me paga - falo entre dentes encarando ela e na hora o sorriso dela some e ela sai correndo, olho para minha blusa que agora está toda manchada e bufo - ela estragou minha camisa - falo para mim mesmo passando a mão na camisa tentar amenizar a situação

 

- ela te machucou?- levanto o olhar e vejo a loira que está na minha frente onde a ruiva estava 


- não, só manchou minha camisa e me deixou todo sujo de refrigerante - falo bufando de raiva, aquela anã ruiva sardenta me paga a se paga


- coita - a loira fala passando a mão no em cabelos e depois no meu rosto - você está todo sujo - ela fala quase sussurrando e se aproximando mais ficando bem pertinho de mim - ela é uma vaca por ter feito isso com você - ela fala fazendo biquinho 


- É não é?- pergunto olhando para os seus seios e ela levanta o meu rosto fazendo olha para ela


- você precisa de ajuda para se limpar?- ela pergunta fazendo cara de inocente e mordendo os lábios dou um sorriso malicios colocando minhas mãos na sua cintura 


- você me ajudaria?- pergunto olhando nos seus olhos 


- vai ser um prazer - ela fala pegando minha mão e me puxando para um porta que eu não sabia o que era, entramos e vejo que é um banheiro a loira me empurrar fazendo eu me encostar na porta e ela atraca a mesma, olho para o seu rosto e ela estava com um sorriso safado no rosto e eu ataco sua boca

 

Tocando as posições fazendo ela ficar contra a porta, ela tira minha jaqueta e eu sua blusinha e começo a beijar seu pescoço descendo para os seus seios e ela começa a arfar 

.

.

.

.

- quando precisar de ajuda é só me falar - a loira fala vestindo sua blusa 


- não vou pensar duas vezes - falo sorrindo subindo minha calça, ela pisca para mim e sai do banheiro pego minha camisa emcima do balcão da pia e a visto bufando por ela está manchada pego minha jaqueta e saio do banheiro passando a mão no cabelo 


Paro na porta e levanto o olhar e vejo a ruiva atrevida andando para a saída da faculdade, dou um sorriso de canto ela é mais baixa ainda de longe a sigo com o olhar até ela sumi pelo o portão da faculdade 


- ah te achei - olho para o lado e vejo Alec do meu lado com o celular na mão e ele me olha e desse seu olhar para a minha camisa e ele franziu o cenho - o que aconteceu? 


- uma ruiva atrevida me jogou um copo de coca cola - falo bufando - e justo na minha camisa favorita- Alec sorri e revira os olhos 


- jace você tem várias camisas brancas 


- eu sei, mais essa foi Aline que me deu - falo apontando para a camisa manchada - mais agora está aruinada por aquela ruiva falsificada - Alec revira os olhos 


- tá vamos almoçar e depois vejo se Magnus sabe desmanchar sua camisa - assenti e vamos para o carro dele entramos e eu pego minha mala no banco de trás e pegando outra camisa e tocando - e como está Aline? 


- está bem - falo terminando de vestir minha camisa - ela não lidou bem que eu vim embora, mais ela vai ficar bem - ele assente e o celular dele toca 


- oi lindo... Tá.... Você vai para casa só ou quer que eu te busque na casa da clary?.... Ok te amo tchau - ele desliga o celular e liga o carro - Magnus vai almoçar na casa da clary e vai para a casa só a noite 


- A famosa clary?- pergunto e ele assente - então tá, e como está a Izzy e Simon ?- ele me olha e sorri 


- temos muito o que conversamos - ele fala sorrindo e começa a dirigir 

.

.

.





Notas Finais


Quero saber se querem que eu continuo???
.
.
E se estão gostando
.
.
Beijos 😘🥰🍀


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...