1. Spirit Fanfics >
  2. Uma chance ( Clace ) >
  3. Capítulo 4

História Uma chance ( Clace ) - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Olá 🍀♥️

Capítulo 4 - Capítulo 4






    Clary 


- para de sorrir Alex - falo com um sorriso no rosto e me sento do seu lado no chão encostado no armário 


- clary você é a pessoa mais atrapalhada que eu conheço - ele fala sorrindo e me olha  e eu faço uma careta 


- obrigada pelo o elogio - falo desviando o olhar 


Alex  é meu vizinho ele é muito nosso amigo nós nos conhecemos a poucos meses, acho que uns cinco meses que ele se mudou para o nosso condomínio eu gosto muito dele e Simon e Magnus também 


- foi um ótimo elogio - ele fala me olhando e eu balanço a cabeça sorrindo e olho envolta


- parece que acabou a fumaça - falo e olho para ele o mesmo está me fitando com um sorriso encantador nós lábios, eu sempre achei Alex muito bonito com os seus olhos claros de um tom quase dourados e cobelos liso  castanha quase loiros


- sim acabou - ele fala - você ainda vai colocar fogo nesse apartamento - ele sorri e eu reviro os olhos


- não é minha culpa se eu não sei fazer nada na cozinha e agora que estou morando só eu acho que vou passar fome 


- se eu não tivesse assinado o contrato de aluguel no meu apartamento eu vinha morar com você - ele fala e eu sorri para ele 


- você é um fofo, mais não se preocupa, Alec vai me apresentar o primo dele que chegou hoje de viajem e quer um lugar para morar - falo e ele assente - vai dá tudo certo 


- tomará - ele fala e desvia o olhar, eu e Alex já saímos algumas vezes mais nunca rolou nada e eu acho que nós dois só somos amigos já rolou um beijo quando nós saímos pela a primeira vez, mais não rolou mais e agora somos amigos - então você não tem mais jantar - ele fala sorrindo .


- é parece que não - falo olhando para o fogão e o pior é que eu comi toda a lasanha que sobrou na hora do filme e agora não tem mais nada para mim jantar - acho que vou tomar um copo de leite 


- nada disso - ele fala se levantando e me ajudar a levantar também - vamos fazer uma noite de cinema - ele fala e eu sorri 


- uma noite de cinema??- pergunto e ele assente sorrindo


- vamos pedir pizza e hambúrguer e fazer brigadeiro e vamos ter uma bela e única noite de cinema - ele fala e dei um pulinho de alegria e o abracei 


- eu não sei o que eu ia fazer sem você - falo braçado com ele 


- nada clary - ele responde sorrindo e nos separamos e ele ligou para pedir as pizzas e os hambúrgueres e depois ele me ensinou a fazer brigadeiro de panela que ele disse que aprendeu a fazer no Brasil quando ele estava de férias 


E nosso noite foi assim com bastante risada e filmes de comédia e muita comida e ele foi embora era quase de manhã 

.

.

.

.

.

 Izzy 


- por que você não está me falando as coisas?- Simon pergunta quase gritando andando de um lado para o outro 


- Simon eu já expliquei por que eu menti para você sobre o jace não saber que a gente ia morar juntos  mais...


- eu não estou falando disso - ele fala e para de andar e olha para mim - quer dizer eu estou falando disso também, mais porque não me falou que era o jace que vocês queriam apresentar para a clary para dividir o apartamento com ela??


- então é por isso que você está zangado? Porque eu não te falei que era o jace que vai morar com a clary?- pergunto ficando de pé 


- é claro Izzy, era para vocês terem me falado porque aí eu ia procurar outra pessoa - ele fala e eu serro meus punhos 


- porquê? 


- Izzy - ele suspira - eu não quero que jace brinca com a clary como ele faz com as outras garotas 


- Simon, jace não vai fazer isso 


- é claro que vai, jace sempre faz isso Izzy e não quero que ele faça com ela 


- Simon clary não é criança ela é uma mulher e ela sabe o que fazer e sabe se defender sozinha, você não é o pai dela Simon 


- eu sei que não - ele sussurra e passa por mim e se senta na cama - é só que depois de tudo que ela passou eu e Magnus juramos proteger e cuidar dela e.... - ele da um suspiro e eu me viro olhando para ele e o mesmo estava fitando o chão - e eu não quero que ela passe de novo por aquele sofrimento de quando o relacionamento dela com o Sebastian não deu certo e eles terminaram 


- Simon - falo e me sento do lado dele entrelaçando nossos dedos - eu sei que você ama a clary como se fosse sua irmã mais nova e eu acho isso lindo de você proteger ela, mais você não vai proteger ela para sempre e clary tem que passar por certas coisas que vão deixar ela mais forte - ele me olha


- eu sei, é só que... 


- eu sei, você é um irmão como o jace - falo e ele arrega os olhos e eu sorri - você e jace não se dão bem, mais são igualzinhos em relação a proteger quem vocês ama, faz de tudo por essa pessoa - ele sorri 


- você sempre me entende - ele sussurra - eu te amo 


- eu também te amo muito - sussurro de volta e ele se aproxima e me beijo um beijo calmo e cheio de amor, Simon coloca as mãos na minha cintura me puxando e fazendo sentar no seu colo, ele desse os beijos para o meu pescoço e arfei baixo 


- eu estava doido para nós ficarmos sozinhos juntos - ele sussurra contra o meu pescoço 


- eu... Ah.... Também - gemi quando ele passa a língua do meu pescoço até a orelha e mordendo o lóbulo logo depois - ah... Simon - gemi manhosa, ele aperta minha cintura me puxando mais para perto me fazendo sentir seu membro duro entre minhas pernas 


- ah.. Izzy - ele geme quando eu começo a rebolar encima do seu membro e ele aperta minha cintura me ajudando com o movimento - olha como você me deixa - ele suspira e beija minha boca 


- ah... Simon - ele tira minha blusa e beija meus seios por cima do sutiã  e volta para minha boca sua mão que estava na minha cintura sobe bem devagar pela as pontas do dedos passando pela as minha costela e eu estremeci com seus toques até chegar no feicho do meu sutiã o tirando e jogando no chão


Sua mão acaricia minhas costas e depois vem  para o meu seio direto o apertando e estimulando gemi de encontro a sua boca minha mão que estava no seu cabelo puxando desse e vai para a bainha da sua camisa e separo o beijo para tirar sua camisa 


E o mesmo me ajuda a tirar sua camisa e volta a me beijar ele abraça minhas costa fazendo nossos corpos se colarem e o sinto arrepiar quando meus seios nus e duros de desejos pressiona no seu peitoral, uma de minhas mãos vai para a sua nuca e arranha de leve e o mesmo geme abafado por conta do beijo 


Simon me faz deitar da cama ele ficando por cima de mim e sua mãos começa a desser para a minha cintura apertando e depois desse para a minha bunda dando um apertão e eu gemi e ele desse os beijos para o meu pescoço mordiscando e chupando


Sua mão em minha bunda aperta de novo e levanda alguns sentimentos juntando os nossos quadris e gemi sentindo nossos sexo grudados um no outro 


- Simon.... Ah.... Por favor - imploro 


- calma morena - ele sussurra com um sorriso safado, ele desse os seus beijos para meus seios primeiro ele da uma lambida erótica no bico no meu seio e logo em seguida assopra e eu me estremeci toda debaixo dele gemi alto 


- Simon.... Hum.. - eu choramingo e ele abocanha meu seio chupando e mordiscando de leve o bico me fazendo arrepiar - Simon.... Hummm.... Por favor - imploro e ele só sorri ainda chupando meu seio 


Coloco minhas mãos no seu ombro e o empurro fazendo ele virar e eu ficar por cima dele sentado na sua barriga com minhas coxas uma de casa lado dele dou um sorriso com sua cara de surpreso 


- agora eu que mando - falo com um sorriso malicio nós lábios e ele sorri ofegante e coloca suas mãos na minha cintura 


- eu sou todo seu - ele sussurra e eu o beijo e sento em cima do seu membro duro e ele arfa desso minhas mãos para a bainha da minha saia e me afasto dos lábios do Simon para tirar a saia ficando só na minha calcinha de renda, abaixo minha mão para o botão da bermuda do Simon e ele me ajuda atirar e fica só de cueca, ele coloca a mão na minha calcinha para tirar mais eu o impeço - o que foi? - ele pergunta me olhando 


- eu disse que é eu que vou mandar - falo e pego sua mão entrelaçadando nossos dedos e colocando acima da sua cabeça as nossas mãos entrelaçandas - só eu que mando hoje - sussurro contra seus lábios 


Ele sorri e eu o beijo grudando nosso sexo de novo com ele de cueca e eu de calcinha e começo a rebolar e fazer movimento de vai e vem sinto minha calcinha encharcada e Simon geme 


- você está tão molhada - ele fala e eu desso os beijos para o seu pescoço e continuo com os movimentos - Izzy.... Hummm... Eu vou - o interrompo o beijando e ele me vira de uma vez ficando em cima de mim - você já me torturou de mais morena - ele sussurra beijando meu pescoço 


E desse sua mão para a minha calcinha fazendo movimentos circulares 


- você encharcou minha cueca sua danada - ele sussurra e meu quadril começa a se movimentar junto com seu dedo


- Simon..... Humm - eu choramingo de novo com os olhos feichados e ele tira minha calcinha e sua cueca em um movimento rápido e me olha nós olhos - vai logo Simon - falo impaciente e ele sorri 


- calma morena - ele sussurra calmo e me penetra de uma vez e tomo um susto e dou um gemido aliviada por ele está dentro de mim - você é tão quente - ele sussurra e começa a estocar mais rápido 


- ah..... Simon - gemi e ele olha nós meus olhos e vejo puro desejo e amor e ele coloca o rosto no meu pescoço e começa a estocar mais rápido e com mais força 


Entrelaço minhas pernas no seu quadril e minha mãos nas suas costas arranhando de  leve e escuto seu gemidos no pé do meu ouvido e eu gemi junto com ele 


- Simon....Humm.... Eu....


- eu.... Também meu amor - ele sussurra eu chego no meu clímax e ele logo em seguida e eu escuto só nossa respirações ofegantes passa se alguns minutos e Simon se apoia nós cotovelos e me olha - eu te amo - ele sussurra e da um beijo na minha testa 


- eu também te amo - sussurro de volta colocando mais mãos no seu rosto e beijo a ponta do seu nariz - muito - ele sorri e se deita do meu lado  


- acho que precisamos de um banho - ele fala sorrindo e eu sorri me sentando na sua barriga 


- urgentemente - falo e ele sorri malicioso e se senta me fazendo sentar no seu colo e ele coloca as duas mãos na minha bunda e aperta 


- vamos resolver isso agora - ele sussurra e me dá um selinho e se levanta da cama comigo no colo entrelaço minhas pernas na sua cintura e ele começa a me beijar e vamos para o banheiro 


E nossa noite foi perfeito cheia de amor e carinho e muito sexo 

.

.

.

.

.

Clary 


Estava no sono tão bom, quando escuto meu celular toca me viro para o lado e o pego sem olhar quem estava me ligando atendo 


- alô?- pergunto quase sussurrando e com os olhos feichados com vontade de voltar a dormir 


- clary a onde você está??- escuto a voz da izzy e parecia que ela também estava sussurrando 


- na minha cama, a onde eu ia está essa hora da manhã??- pergunto 


- era para está na faculdade e na sua segunda aula - ela fala e eu abro os olhos arregalados e me sento na cama de uma vez 


- meu Raziel eu perdi o primeiro período??- pergunto já me levantodo e indo para o banheiro 


- sim, vem logo e depois me fala o que aconteceu - ela fala e desliga 


Eu tomo um banho rápido e visto uma saia jeans com uma blusa preta, calço meu tênis da vans preto e pego minha mochila e saio correndo do condomínio esbarrando em algumas pessoas e pego o ônibus 


Chego na faculdade depois de uns quinze minutos entro logo correndo tinha cinco minutos para entrar na sala antes do professor, já tinha perdido dois períodos não podia perder mais um 


Chego na sala e dou um suspiro de alívio, pois o professor ainda não tinha entrado, olho envolta e sala está lotada procuro um lugar para mim sentar, mais não acho até que vejo uma classe desocupada 


Mais a classe do lado estava ocupada e eu gemi de frustração pois quem estava sentado era o loiro da lanchonete que eu joguei coca cola na cara dele, bufo em frustração e vou me sentar do lado dele o mesmo estava ligado no celular e não me viu quando eu sentei 


Estava rezando para ele não me ver a aula inteira, olho para ele de relance, será que curso ele está fazendo? 


Pergunto para mim mesma, mais desvio logo o olhar e pego meu celular para dizer para Izzy que já tinha chegado e estava na aula 


- oi gatinha - o loiro fala, ele não percebeu que era eu que estava do lado dele então eu reviro os olhos para sua cantada


- é melhor melhorar nas suas cantadas - falo olhando para ele e o mesmo arrega os olhos e eu dei um sorrisinho com a sua reação 


Não sei porque mais com ele eu não tenho vergonha de alfinetar e retrucar, quer dizer ele é a única pessoa que eu estou tratando assim, mais eu não sei explicar não consigo evitar de não dá uma boa resposta para ele, ele se acha muito 


- você - ele fala agora estreitando os olhos e me olhando 


- eu - dou um sorriso, eu deveria ser assim com todos, quero dizer eu não quero retrucar com ninguém, o que eu quero dizer é que eu devia ser assim menos tímida como eu sou com esse loiro 


- você me deve uma camisa nova - ele fala com um sorriso 


- e você uma coca cola - retruco de volta 


- então você está me chamando para sair?- ele arqueie uma sombrancelha e eu reviro os olhos 


- você séria a última pessoa no mundo que eu iria querer sair um dia - falo e ele me fita começando a ficar zangado - melhor eu nunca vou sair com você 


- não deveria falar isso - ele fala e forma um sorriso assombroso no seus lábios - eu sempre tenho o que eu quero 


- sempre tem uma primeira vez para tudo - falo o encarando 


- você é uma insuportável 


- e você um idiota 


- o que você falou?


- você é um  idiota e um completo babaca - falo e ele fica de dentes cerrados me fuzilando com o olhar 


- você é uma abusada sem educação - ele fala entre dentes - você é um perigo para todos proximos de você - sinto a raiva me invadir e o encaro 


- você não falou isso - falo entre dentes 


- quer que eu repita?- ele pergunta e da um sorriso - além de ruiva falsificada e uma abusada virou surda? 


- você é um.....


- bom dia gente - o professor me interrompe entrando na sala encaro o loiro e o mesmo estava com um sorriso debochada no rosto


Tinha certeza que estava vermelha de raiva igual meu cabelo, bufo e me sento direito na cadeira e professor começa a aula e não consegui prestar atenção muito bem na aula 


Pois o loiro de farmácia toda hora ficava fazendo barulho chato com a caneta e as vezes me cutucava com a caneta e eu não estava mais aguentando e professor sai da sala e eu me viro para o loiro que está sorrindo e eu fico com mais raiva ainda 


- da para parar?? - pergunto entre dentes o fitando morrendo de ódio e ele só aumenta o sorriso que me dá mais raiva 


- para com o quê??- ele se finge de imbecil e eu bufo querendo voar no pescoço dele 


- de me distrair, eu quero prestar atenção na aula - falo entre dentes


- você parece zangada - ele fala e aponta com a caneta para o meu rosto - sua cara está da cor do seu cabelo, quero dizer seu cabelo não é ruivo de verdade - ele da um sorriso debochada e eu serro os meus punhos de raiva 


- meu cabelo é natural - falo o encarando 


- e eu sou feio - e eu dou um sorriso falso 


- ainda bem que você está admitindo - ele me fuzila com o olhar e o mesmo abriu a boca para me responder, mais o professor chega e continua a aula 

.

.

.

.

Dei graças a meu Raziel por a aula ter acabado o loiro nao me incomodou mais, mais mesmo assim eu quero ficar longe dele, quando o sinal tocou eu saí logo da sala e vou logo para a próxima 


Hoje eu ia sair mais cedo de novo um dos meus professores está doendo


Saí da minha última aula, ainda não tinha falado com ninguém do pessoal, estava andando no corredor para ir pro jardim e desenhar um pouco, nunca mais tinha desenha 


Chego no jardim e me sento na grama pego meu celular e mando mensagem para o Simon 


 

*Mensagem online* 


Eu:  Oi, Si 

..

Si: Oi pequena 

..

Eu: você vai sair cedo?

..

Si: siim, estava pensando em sairmos para almoçar, Izzy vai ter dois turnos hoje 

..

Eu: então você vai ser todo meu hoje??

..

Si: aproveita kkk

..

Eu: vou aproveitar kkk, estou te esperando no jardim 

..

Si: tá pequena 


* Mensagem off * 


Guardo o celular e pego meu caderno de desenho pequeno, sem perceber começo a desenhar um rosto que eu sempre desenhava então já sabia todos os detalhes, principalmente o sorriso 

 


Notas Finais


.
.
.
.
Beijos 😘🥰🍀💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...