História Uma chance (Jikook) (Vhope) (Namjin) - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Apocalipse, Astro, Betada, Betagem, Bts, Busan, Cha Eunwoo, Coréia Do Sul, Daegu, Drama, Flex, Hoseok Bottom, Jeon Jungkook, Jikook, Jimin!bottom, Jin, Jung Hoseok, Jungkook!top, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Kim Taehyung, Kookmin, Longfic, Min Yoongi, Moonbin, Namjin, Park Jimin, Seme!jungkook, Seul, Suga, Taehyung Top, Taeseok, Vhope, Viagem, Zumbi
Visualizações 373
Palavras 1.661
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Lemon, LGBT, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiin mochis, mais um capítulo para vocês

E agora sim começou a jornada deles!!

Espero que gostem! Boa leitura 💜

[Capítulo betado]

Capítulo 9 - A menina e os homens estranhos


Fanfic / Fanfiction Uma chance (Jikook) (Vhope) (Namjin) - Capítulo 9 - A menina e os homens estranhos

Capítulo 09

• Dia seguinte {11:35 AM}

Taehyung acorda ao ouvir latidos altos de Yeotan. Se levantou e saiu da barraca. Logo que saiu viu seu cachorro latindo em direção de uma multidão de zumbis que caminhavam direto para o acampamento.

– Merda! — Disse baixinho indo até seu cachorrinho e o pegando no colo. Voltou para barraca e mexeu em cada um.

– Acordem, acordem! Temos que ir logo!

Todos acordaram assustados e avistaram a multidão chegando perto, concordaram rapidamente e se levantaram as pressas. Pegaram suas coisas e botaram em suas mochilas saindo da barraca mal feita. Jimin viu a multidão muito próxima e suspirou pesado, eles sabiam que teriam que fugir para outro lugar, mas não sabiam para onde.

– Vamos para aquela direção. Peguem suas armas por precaução, mesmo que vocês não saibam atirar, tentem! — Yoongi fala botando a mochila de armas e munições em suas costas.

– Ok! — Kim afirma botando seu cachorro dentro da mochila, deixando a mesma aberta, para seu cachorro poder respirar e olhar. O resto afirma começando a andar em meio ao mato que parecia crescer ainda mais.

Jimin e Taehyung ficavam conversando baixinho, enquanto Jungkook e Hoseok apenas suspiravam pesados. Hoseok havia ficado mais íntimo de Taehyung desde ontem, mas isso sumia ao Jimin se aproximar, já Jungkook havia mudado um pouco, gostava de ficar perto do baixinho, mesmo julgando que aquele sentimento era totalmente errado.

O grupo já estava andando por um tempo e Jimin não aguentava mais suas pernas e seu braço. Ambos doloridos, e para piorar, seu corpo nunca foi acostumado para correr, andar ou até jogar algum esporte, apenas para dança mas já como ele era muito ocupado com sua faculdade, não tinha tanto tempo para isso. Taehyung se afastou e foi conversar com Hoseok, então Jimin acabou por ficar sozinho e resmungando de suas dores. Jungkook havia notado e criou coragem para chegar no mais velho.

– 'Tá com dor? — Fala já sabendo da resposta do baixinho. Se xingou mentalmente por ter feito uma pergunta tão imbecil.

– Um pouco, não sou acostumado de fazer essas caminhadas. — Respondeu meio ofegante. — Ainda por cima meu corpo não ajuda muito nisso, estou um pouco acima do peso... Então.. — Abaixou a cabeça cabisbaixo, porém Jungkook botou a mão no queixo do loiro, erguendo a mesma e encarando seus olhos. Jimin ficou surpreso da atitude do mais novo, mas apenas relaxou.

– Ei, não fale que está gordo, você não está gordo! — Respondeu em um tom incrédulo. — E eu sei que está com dores de ontem. Então posso te levar? Eu sou acostumado com isso, eu danço e prático- — se corrigiu — ou pelo menos praticava basquete no meu tempo livre. — Falou recebendo um sorriso doce e tímido de Jimin. Que logo afirmou.

Jungkook se abaixou tirando sua mochila de suas costas e entregando para o loiro. Após isso, Jimin subiu em suas costas. Jeon o ajeitou e se levantou voltando a andar com o mesmo em suas costas. Eles ficaram um pouco distante dos demais então Jungkook aproveitou para conversar mais intimamente com o mais velho.

– Você se sente confortável em me falar o por que de tantos pesadelos? — Jeon falou arrancando um suspiro pesado do baixinho em suas costas.

– Promete que não vai me jogar no chão e sair correndo? — Falou arrancando alguns risos de Jungkook.

– Claro que não! Você é meu amigo, então... começa a falar! — Falou.

– Bem... quando eu tinha uns 17 anos, eu estava saindo do ensino médio e indo para a faculdade de medicina. Então decidi contar para meus pais, eu já sabia disso fazia muito tempo, porém quis ter "certeza" disso. — Suspirou, sentindo seus próprios olhos começarem a marejarem. — E-eu contei p-para os meus pais... Que... Que eu sou.. gay, Jeon. — Ao Jimin falar isso, Jungkook arregala os olhos e suspirou fundo, era muita informação. Um clima estranho se formou no ar, mas como Jimin já havia contado até ali, terminaria. — Enfim... depois disso, meu appa ele simplesmente surtou. Ele me ameaçou e disse que isso era errado, totalmente errado, já minha omma tentou o convencer que não era, era normal, aliás todos são humanos não é? E então por não aceitar a opinião da minha omma e achar um absurdo por ela apoiar... — Suspirou fundo. — ...ele espancou ela, e-eu vi tudo Jeon, eu ouvi tudo , ele quase a matou e disse que eu era culpa daquilo. Eu não consegui fazer nada, sai correndo para c-asa do Hob-bi.. e... — Sentiu lágrimas grossas se formarem e caírem gradativamente.

– Bem… não fique assim, não precisa terminar, eu entendi que é difícil de você falar. Não se preocupa, eu não vou te jogar no chão. — Jeon falou simples. Porém ainda estava assustado com aquilo tudo. Agora como ele dormiria com Jimin? Por mais estranho que aquilo poderia ser ele não mudaria seu jeito com Jimin, até achou que aquilo os deixou mais próximos, Jungkook estava admitindo para si, achava sim Park uma fofura, uma gracinha, uma pessoa legal, divertida, carinhosa e com um corpo que qualquer um invejaria. Se ele não se conhecesse diria que sentia uma leve atração emocional por Jimin. Mas é claro, Jeon era totalmente hétero... mas é normal achar tudo isso em um homem não é?

– Sério Kookie?!- Quer dizer, posso te chamar de kookie? — o mesmo afirma animado, por mais estranho que parecia, ele não achava essa intimidade estranha. — Ah! Obrigado Kookie!! — O loiro se agarrou mais no moreno que apenas sorriu em resposta. Jimin já havia aceitado o fato de sentir algo por Jungkook, mas o medo de ser rejeitado era maior.

"— _AAAAH! ALG-GUÉM ME AJUDE, POR FAVOR_ "

Eles começam a ouvir gritos cada vez mais altos e mais desesperados. Yoongi começa a correr em direção ao local e os meninos o seguem. O pálido parecia desesperado, eles nunca tinham o visto assim.

Quando chegaram em um campo aberto, viram uma menina cercada de zumbis tentando os matar com um pedaço de madeira. Yoongi pegou sua arma e a carregou. Correu até os zumbis e atirou na cabeça dos 6. Andou calmamente até a menina que parecia estar muito assustada.

– Ei, você está bem? — Min pergunta se abaixando. — Você está sozinha?

– N-não...eu v-vim colher algumas... f-flores e frut-tas.. mas eu- — Yoongi suspira e pega a mesma no colo. Os meninos ficam surpresos com a ação repentina de Min, o mesmo que revira os olhos.

– Você está com quem? — Pergunta olhando a menor. — Qual seu nome?

– S-sou Kim San-hee, e-e estou c-com meu irmão e o ma-marido dele. — Olha para o pálido e sai do colo do mesmo. — Obrigado por me salvarem, por favor venham comigo. Já está a-anoitecendo e o inverno já começou.

– Ok, vamos! — Os meninos suspiram e seguem os dois. Jungkook ainda estava com Jimin em suas costas, mas percebeu que ele dormiu no meio do caminho por conta de seu leve ronco, que na opinião de Jeon era fofo.

Eles andaram por um tempo pela mata, mas viram algumas luzes em meio a ela. Logo avistam uma casa cercada de canteiros de plantas e dois homens encostados na porta que logo correram em direção a menina e a abraçaram.

– SAN! MEU DEUS! AONDE VOCÊ ESTAVA? — O mais alto falou tocando a menor.

– Eu fui colher frutas e flores, mas veio um monte de mortos vivos para cima de mim, mas eles me ajudaram. — Aponta para os 5 meninos. — Eles foram muito legais, Nam.. eles podem ficar essa noite?

– Olha, não temos quartos o suficiente, mas eles podem sim! — O mais alto vem até Yoongi apertando a mão do mesmo e logo olhando os demais. — Obrigado por salvarem minha irmã, sou Kim Namjoon esse é meu marido, Kim SeokJin ou Jin.

– Prazer! — Falaram em uníssono e logo cada um se apresentou. Entraram na casa e ficaram maravilhados, ela era enorme, bonita e confortável. Namjoon trancou a porta com diversas trancas e se sentou no sofá. Os meninos contaram absolutamente tudo que havia acontecido, e até aonde estavam planejando ir. Porém concordaram em ficar apenas alguns dias pela casa pois logo entrariam no inverno e os primeiros dias de neve sempre são os piores.

Jungkook levou Jimin para um quarto que Jin havia dito. O deitou na cama e o cobriu lentamente observando o mais velho dormir, completamente adorável.

Jeon saiu do quarto e foi até a sala se sentando no sofá e começando a conversar com os demais, enquanto Jin fazia a comida.

– Então quer dizer que você e o Jungkook foram presos por causa de uma briga? — Todos começaram a rir após a fala de San-hee, Jungkook apenas balança a cabeça pegando Yeontan, que estava se esfregando em si, no colo.

– Foi sim! Mas continuo dizendo que foi por causa desse idiota, se ele não tivesse me provocado... — Jeon falou de modo divertido.

– Me agradeça, não é todo dia que você pode dormir junto a Min Yoongi. — o pálido falou arrancando mais risos dos demais.

– A COMIDA TÁ PRONTA!!! — Jin gritou chamando a atenção dos meninos que estavam na sala. Todos se levantam e vão até a mesa. — Espera, falta dois, Jimin e Taehyung. — Jin fala botando um pratinho de carne no chão para Yeotan.

– Aonde eles foram? — Jeon pergunta.

– Ah, o Tae foi conversar com Jimin no quarto, deixa que eu...- — Hoseok não consegue completar que Jungkook se levanta e vai em direção ao quarto.

Jeon suspira fundo e abre a porta. Ele realmente se arrepende de ter aberto, Jimin estava sentado em frente a Taehyung enquanto o mesmo apertava a cintura do menor e sussurrava algo. Jimin olha para trás se assustando com a entrada repentina de Jungkook.

– K-kook, espera não é o que... — Jimin se levanta e vai até a porta mas é cortado com a mesma batendo com brutalidade. — Fodeu!


Notas Finais


Oiin mochis

Desculpa pela demora tá bom? Espero que tenham gostado desse capítulo

Não esqueçam de comentar!!

Até amanhã 💜🍙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...