História Uma Chance Para o Amor-Imagine Jb - Capítulo 26


Escrita por:

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Personagens Originais, Youngjae, Yugyeom
Tags Amor, Brigas, Fanfic, Got7, Imagine, Kidol, Romance, Traição
Visualizações 44
Palavras 801
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá.

Uiii que o capítulo está quente hoje.

Espero que gostem, deixem seus comentários.

Boa Leitura 😗

Capítulo 26 - Rivais


Fanfic / Fanfiction Uma Chance Para o Amor-Imagine Jb - Capítulo 26 - Rivais


Ponto de vista Jb

Jackson deu a ideia de brindarmos, aquele momento estava sendo muito bom, descontraído e animado. Faz tempo que não saímos para fazer esses tipos de coisas; nossa vida tinha virado rotina, acordar, ir para a empresa, treinar dança e canto, nos finais de semana fazer shows e gravar programas de variedades; então sempre quando temos folga - o que é raro - aproveitamos para fazer algo que gostamos, passar a manhã na casa das meninas foi legal, exceto a parte em que vi Jinyoung bem próximo da s/n. 

Após brindarmos nos sentamos, mas Jinyoung permaneceu em pé com o copo de suco na mão, ficamos o encarando.

Jinyoung: Quero aproveitar a oportunidade para fazer algo.. - ele diz sorridente.

Poli: O que vai aprontar? - pergunta rindo.

Jinyoung: Quero aproveitar para pedir a mão da s/n em namoro, você aceita? - fala sem enrolação. 

Ficamos todos surpresos, fiquei paralisado, tentando digerir o que acabei de ouvir, ele só pode estar brincando. Sinto um líquido gelado me atingir e percebo que tinha vindo de s/n, que me olhava temerosa e olhava para Jinyoung espantada; não consegui pensar no estado em que eu estava, todo molhado. Só me veio suas palavras repetidamente em minha cabeça, a raiva começou a me consumir e eu só o encarava, fechando minhas mãos para manter a calma, não posso perder a cabeça aqui, ainda mais com meu amigo.

S/n: É o que? - ela diz acabando com o silêncio que reinava entre nós. 

Jinyoung: Você quer namorar comigo? - agora ele se abaixou ficando de frente para ela, minha raiva aumentou quando ele segurou a mão dela.

S/n: Jinyoung.. eu.. 

Jinyoung: Só me responde. - ele a encarava sério. 

Não acredito no que estou vendo, eles se diziam amigos, somente amigos, e agora ele repentinamente á pede em namoro. Sei que nunca mostrei interesse, e muito menos falei com eles sobre isso, exceto ao Jackson, mas eles já deviam ter percebido, estou interessado nela e iria me aproximar aos poucos. 

Ela está tão surpresa quanto nós, parecia confusa com a situação, e está até tremendo. Não posso permitir que isso aconteça. 

Jb: Acabou, para de palhaçada. - me levanto indo até ela. - Sabe que a empresa não permite namoro, e muito menos com algum funcionário da empresa. - nem sei porquê estou dizendo isso, se nem eu concordo com essa regra idiota.

Jinyoung: Mas ela não é apenas uma funcionária da empresa..

Jb: Não importa, à deixe em paz. Estou te avisando. 

A pego pelo braço fazendo a mesma se levantar e começo a caminhar para um lugar mais calmo, ela mesmo sem entender me acompanha, acredito que ela precisa respirar e se acalmar. 

S/n: Você está machucando meu braço. - ela diz parando de andar e puxando seu braço. 

Com o calor do momento e a raiva, nem percebi que estava realmente apertando seu braço.

Jb: Me desculpe, não queria te machucar. - a encaro, ela suspira. 

S/n: Obrigada por me tirar de lá, eu não sei no que deu no Jinyoung.. nós não temos nada.. - ela queria começar a se explicar, mesmo querendo isso, acho que não é necessário. 

Jb: Não se preocupe, irei conversar com ele. Fique calma, eu acredito em você. Mas.. 

S/n: Mas o que? - ela me olha apreensiva.

Jb: Você não percebeu nenhum interesse dele por você? 

S/n: Não! Eu geralmente nunca percebo essas coisas. - diz sorrindo fraco, acabo rindo também. 

Jb: Tenho que concordar. - falo baixo para ela não ouvir.

S/n: O que? 

Jb: Não, nada. Bom, vamos voltar para a mesa. 

S/n: Então tá. Vamos.

Começamos a caminhar, mas logo vimos Jinyoung vindo em nossa direção. Minha vontade era de não deixar ele se aproximar dela, não sei qual é a intenção dele nisso tudo, ele é meu amigo, como um irmão, mas algo está muito estranho. 

Jinyoung: Precisamos conversar. - ele diz me encarando. 

Fico o encarando também, ela sem entender nos encara, e eu queria ser uma mosca para ver como estamos, deve estar muito engraçado. 

S/n: Eu.. eu vou deixar vocês a sós. 

Ela diz e logo se retira. Caminhamos até o lugar reservado, e fico esperando ele dizer algo.

Jinyoung: Qual é a sua? 

Jb: Eu que te pergunto. - digo frio.

Jinyoung: Você gosta dela, é isso? 

Jb: Gosto, e o que você tem a ver com isso? - respondo e vejo seu semblante ficar com raiva. 

Jinyoung: Você só pode estar brincando, não percebeu que eu estava afim dela? 

Jb: Nunca percebi, na verdade só hoje mais cedo, com aquela aproximação toda. - digo revirando os olhos. 

Jinyoung: Pois vou te falar uma coisa, eu não vou desistir dela. - ele dá um passo à minha frente.


Jb: Então vamos ver quem ela vai escolher. 






Notas Finais


Bom, eu pensei muito se ia fazer isso ou não, de fazer eles ter essa intriga. Estou um pouco receosa com a reação de vocês, mas espero que tenham gostado.

Amo vocês 😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...