1. Spirit Fanfics >
  2. Uma chance para amar (YOONMIN) >
  3. Será que?

História Uma chance para amar (YOONMIN) - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Eae meus queridos voltei!!!!!!! Espero que gostem gatinhos. Sua opinião é muito importante para mim💕

Capítulo 6 - Será que?


Voz da narradora 


2 anos e meio depois. 

 

Jimin se encontrava em seu novo apartamento em Seul, estava descansando depois de dois anos e meio de turnê pelo mundo, pegou suas férias para ficar em casa descansando, sempre pensando em como tudo tinha mudado nesse tempo ele viajou, conheceu o mundo inteiro, conheceu novas pessoas e viveu tudo intensamente da melhor maneira possível. Com o passar dos tempos ele foi ficando cada vez melhor já dança e sempre buscando aprender mais, tanto na dança como também em sabedoria, e assim se tornou um grande homem fez suas conquistas como: Comprar um novo apartamento, ter seu próprio carro e ter seu próprio dinheiro. Tudo isso em dois anos, Porque ele tanto se dedicava ao seu trabalho como também tinha um salário considerável para manter essa vida.  


  Ele mantinha sua relação com Taehyung e Jeongguk dificilmente se falavam, porém, sempre que podiam marcavam de se ver e se divertirem. Descobriu que os melhores amigos estavam meio que em um relacionamento e achou aquilo incrível simplesmente magnífico, sua vida amorosa naquele momento não importava muito, estava mais dedicado a sua carreira e agradecia aos céus por ter conquistado tanto, ficava com alguém de vez em quando ,mas nada sério sempre algo casual e assim se foi por dois anos, até aquele dia. 


Park Jimin. 


15 de Julho de 2022 


Estava deitado curtindo minhas belíssimas férias que recebi, mas hoje eu ainda precisaria ir na empresa resolver umas papeladas e faria isso somente a tarde, porquê eu estou morto nesse exato momento e preciso descansar um pouco também né amores?. Ficar um mês inteiro em casa seria perfeito pra mim, eu poderia viajar mas no momento eu estou com planos de ficar em casa e vou ficar nisso mesmo,claro vou sair com os meninos e se divertir mas a maior parte do tempo em pretendo ficar em casa mesmo. 

Levanto do sofá e me direciono ao quarto vou descansar um pouco antes de ir para empresa. 


°~Quebra de tempo~°


Acordei com o alarme do meu celular tocando, dá um ódio que só eu sei o quanto eu quero quebrar esse treco quando começa a tocar, mas aí eu lembro que não posso tá sempre trocando de celular, não sou nem o Bill Gates para ser bilionário, eu que lute meus amigos. 

Levanto vou ao banheiro tomo um banho rápido e desço para a garagem, e me direciono a empresa que felizmente não fica tãoooo longe assim da minha casa mas também não é perto, é um caminho considerável para ir de carro (quando eu estiver com preguiça ) e também ir a pé (quando acontecer uma emergência com meu amorzinho vulgo meu carro).  Chegando na empresa vou para o último andar, estava tudo vazio é normal final de semana ninguém trabalha somente o namjoon e um amigo dele que ninguém nunca ouviu falar e só trabalha nos finais de semana. Admiro o Namjoon o cara trabalha direto e não cansa magnífico ele. Era pra eu ter vindo resolver isso ontem, mas como minha bela pessoa estava com preguiça deixou para hoje mesmo. 


Bato na porta e Namjoon me manda entrar, entro e vejo ele se espantar, to feio assim? 

— Ah para, que eu sou lindo e não precisa ficar surpreso vim resolver aquela papelada da minha turnê esqueceu? 

—Não é isso retardado -O respeito aqui já não existe mais —Não esperava você aqui, você era pra ter vindo ontem, hoje não Jimin - Ele ta com raiva é isso mesmo? 

—Eu posso muito bem vim hoje também Namjoon, para de idiotice e me dá logo essas porra

—Jimin, Hoje não! Não estou com as porra dos papéis aqui, vai pra casa. 

—Ta assim por que carai? Ta escondendo alguém é? Que coisa chata da porra, você não pode me expulsar assim, eu trabalho aqui e tenho direitos e merecia ser mais respeitado também! - Vejo ele suspirar e se endireitar na cadeira. 

— Desculpa por ter reagido assim, só por favor vai pra casa segunda você resolve isso é pro seu bem! 

—Olha eu não estou entendendo nada cara, meu bem? Por que seria meu b… - Não pude terminar pelo motivo de alguém muito mal educado ter aberto a porta atrás sem nem avisar, me virei de olhos fechados já pela raiva - Educação não tem né ama..- e então eu abri os olhos, e vir a pessoa que eu Jamais repito Jamais pensei que iria ver de novo, desta vez diferente, estava mais forte, bem mais bonito e amadurecido, pele sempre branca como a neve e agora os cabelos verdes-água, nunca pensei que fosse vê-lo de novo e agora ele estava mais lindo do que nunca, o ar mais poderoso e….. Sexy - do. Puta que pariu. 

— É bom ti ver de novo Jimin - respiração pra onde tu fostes? 

—Mas que porra Namjoon, por que você não me disse que o cara misteriosa que todo mundo quer conhecer é justamente esse cara? - Voltei minha atenção para Namjoon que estava até agora calado só observando a merda acontecer 

—Sei o que aconteceu entre vocês, eu não queria atrapalhar o convívio entre nós então deixei ele como o compositor misterioso. Não culpa, passei dois anos evitando isso a intuição minha e pedido dele! - Ah, então ele não queria me ver? Certo. 

— Tudo bem, já passou. Já passou dois anos né? Ótimo , segunda eu venho aqui resolver a papelada - Dois anos, dois malditos anos e aquele cara mexe comigo do mesmo jeito do primeiro dia que nos vimos. E eu pensando que tinha superado, aaa eu me odeio. 

—Espera - Namjoon fala - resolve agora já tá aqui mesmo, a merda já aconteceu para que vai adiar? - Para eu não explodir de emoções aqui e agora 

—Certo. - E meu semblante parece que morreu, o mesmo sentimento, sério isso coração? Eu sou uma piada para você?. 

Namjoon me entregou os papéis e eu saí da sala e fui pra minha. 

   


Quando terminei com os papéis voltei a sala do Namjoon e entreguei a ele, sorte minha que o cara dos meus pesadelos futuros não estava lá. 

—Entregue chefinho - Sorri e ele me olhou retribuindo o sorriso e mostrando suas belas covinhas. 

—Sei quando você está mal, não precisa ficar assim. Conte comigo - eu assentir, e me direcionei a porta mas antes ele falou - Jimin, ele mudou. 

— Não sei de nada, não posso julgar. E não quero conversar, pelo menos não por agora. 


E então eu sair, com o coração pesado e cheio de emoções. Mas ainda sim eu vi ele, na porta do ele elevador, me olhando continuei meu caminho e cheguei ao seu lado, entramos e ele apertou o botão para descer-mos.  E tudo ficou em silêncio até ele falar :

— Sei que você não me quer ver e muito menos conversar e eu entendo isso. Mas eu quero que saiba que passei os dois anos tentando mudar, percebi que fui um idiota e estou melhorando, não peço nada, apenas que me perdoe, pelo menos um dia. Não precisa responder nada eu te vejo por aí - E as portas se abriram e eu sai, ele ficando lá. 

Parti em direção ao meu carro com uma dor no peito que não soube o que era de início e nem vou saber eu acho. Mas será que ele mudou?


Notas Finais


Gostaram lindas(os)? 💕😍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...