História Uma elfa na vida real? - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Antisocial, Loucura, Musica, Vidareal
Visualizações 10
Palavras 780
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Harem, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá! Espero que gostem dá "minha vida", eu fumei Doritos antes de ler então me perdoem qualquer coisa.
Os nomes são reais, então qualquer amigo meu lendo isso, me desculpa okay? Tipo acho que qualquer nome aqui, ninguém jamais saberá sobre vc.

Capítulo 1 - Só começo


Fanfic / Fanfiction Uma elfa na vida real? - Capítulo 1 - Só começo

"O mundo se torna um lugar  cruel, quando se acorda pra vida"

 de domingo, são chatas e curtas nunca se dá pra fazer o que gosta sem ter que dormir, mexer no celular ou ter alguma discussão infantil com alguém dá sua família.

Mais o pior é quando vc quer sair e sua incrível família protetora não deixa(não que eu sempre quisesse sair) mais tem hora que vc quer ir ao shopping, pro bairro onde vende as coisas que vc gosta (Liberdade!) ou a casa de alguma amiga sua e dar a louca com ela...

Pra ser sincera é isso que muitas garotas querem, tipo quase todas mesmo. Não faço muita questão de sair de casa, afinal minha relação com a sociedade não é uma das melhores. Sou do tipo anti social neutra, uma garota considerada gótica que no fundo quer ser fofa, mas, a vida não coopera muito pra mim.

Sou uma espécie de garota que não é dá terra, (sou um pouco doidinha? Talvez) mais quando se cresce sem ninguém pra brincar, sem muitos amigos e com uma imaginação incrível, falar sozinha foi o primeiro sintoma.

A pior coisa dá minha vida foi mudar de escola, sério eu sou uma adolescente de 15 anos! Eu sei, minha antiga escola era uma droga, mais eu adorava os professores, minhas amigas (tenho dificuldades pra fazer amizades com qualquer um), amizade com alguém do sexo masculino? Ninguém daquele lugar aguentaria minha loucura​, isso sempre foi óbvio pra mim. Mais quem fazia amizade comigo nunca mais sumia....(tá sumia sim mais só quando era uma relação de conhecidos/ colegas), é um saco quando meus amigos começam a dedicar mais tempo a outras pessoas que não merecem sua presença, como este ano na escola onde meu amigo Victor começou a se tornar mais presente com a turminha do fundão dá nossa fileira, tá no começo fiquei com raiva porque ele não veio participar do trabalho em grupo de artes, depois ele foi indo a maior parte das aulas é do intervalo "conversar" com o trio babaca, (eu chamo eles assim) são uns babacas de carteirinha carimbada.

Ciúmes? Claro. Eu sou muito ciumenta, eu quase dei um ataque quando minha melhor amiga Dominic disse que tava namorando (com um cara dos "vácuos") - Já disse que eu odeio ser ignorada por pessoas que eu não sei quais são as intenções com meus amigos? - Mais permaneci no tipo "Oi? Sério? Achei que fosse esperar por outra pessoa" mais okay, só que as vezes meu ciúme é mal interpretado, como quando acharam que eu gostava do Victor (Eu já tive uma queda, isso acontece quando eu não me acostumo com alguém), Que por um acaso era a antiga paixonite da minha linda Unnie Dominic, me senti mal quando percebi que comecei a gostar dele, mais depois coloquei ele na categoria babacas, depois que ele se irritou pelo pequeno é óbvio ciúmes dela.

Superado com sucesso. Mais ainda acho ele um babaca. Assim como meu oppa Kevin, suspeitas de que ele está afim de mim? Sim, todo mundo acha/tem certeza que ele está! Oque é um saco agora pra nossa panelinha.

Mais mudando de assunto completamente. Vamos falar sobre o porquê deu sair dá minha antiga escola, a escola foi e é a primeira que foi fundada no bairro, okay. Mais ela foi meio que abandonada pelo governo o que é meio chato, e bem depois de alguns micos escolares foi uma boa ideia mudar de escola.

♪♥♦♥♦♥♪

Quando a noite de domingo chega significa que mais uma semana de aulas chatas e não chatas começa, onde conversamos de novo com os amigos sobre o fim de semana, as conversas internas com suas piadinhas, e começa um dia que pode ser como os outros ou não. Minhas espectativas sobre meus dias na escola são, 1° Não passar vergonha, 2° Não falar besteira e 3° Não passar dos meus "limites"... As vezes é chato e completamente irritante quando sou ignorada, então adotei a ideia de ter o poder de ser um fantasma, oque as vezes é super legal.

São 0:36 da noite, é tipo eu tô conversando com meu amigo Victor sobre ir de lag amanhã pra escola, oque não faz sentido pra mim, tipo, já fui de shorts, saia, vestido (apresentação) é tipo meu, só falto eles quererem me ver de langerie.

Quando eu penso que só tenho 5 horas pra dormir já me dá fome, sério eu fiz um lanche as 20h e já tô com fome! Okay normal....Fora que eu preciso de açúcar no sangue pra parecer uma drogada e tals. Eu sou a droga de uma adolescente anti social que vai dormir pra ir pro pior/melhor lugar do mundo, minha escola. 


Notas Finais


Espero que tenham gostado desse capítulo, e bem, dá minha loucura.Z😍💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...