História Uma escola.... Diferente? - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Flowey, Frisk, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, Undyne
Tags Drama, Errink, Frans, Novela, Romance, Universos Alternativos
Visualizações 67
Palavras 993
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Luta, Magia, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Canibalismo, Cross-dresser, Incesto, Linguagem Imprópria, Mutilação, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 1 - Lá vamos nós





             ** Akemi On **



Olá... Bem, meu nome é Akemi, tenho 17 anos e estou em uma escola... Onde meio que você mora nela ( esqueci o nome desse tipo de escola ). 


Divido quarto com Frisk, sua irmã Chara e um tal de esqueleto chamado Sans. 


Pelo que eu saiba, Sans e Frisk namoram. 


Eu... Não tenho muitos amigos e sou muito anti social... Às vezes, quando ando pelos corredores, vejo outros esqueletos falando de mim. 


Porra, tem problema com pessoas anti sociais?! Vai toma no c-... Cof cof.


Apenas uso moletom pois... Sou meio depressiva e... É... 


Eu estava como sempre, andando pelos corredores com meus fones de ouvido e escutando música, até que um esqueleto com uma coroa de Sol e outro com um pincel vem até mim.


- Olá! - os esqueletos falam.

- Oi - eu disse tirando meus fones de ouvido e os apoiando no pescoço.

- Por que você não tenta fazer amizades? Todos ficam falando de você porque é anti social. - o pintor disse. - E meu nome é Ink.

- O meu é Dream.

- Eu até faria, mas quem gostaria de ser amigo de uma depressiva? - perguntei meio triste - e meu nome é Akemi.

- Nós! - eles disseram juntos - poderíamos te ajudar!

- Hum... Certo... Arigato - eu disse dando um sorriso. 

Eles sorriram. 


Cada um foi para um lado e coloquei meu fone de novo. 


Então, vieram dois esqueletos até mim, um com coroa de meia lua e outro saindo lágrimas negras de seus olhos.


- Hora hora hora, a depressiva está aqui ? Quem permitiu depressivos andarem pelos corredores? - o de meia lua disse.

- Pelo visto ela faz as próprias regras. - o de lágrimas  negras disse. 

- Vão toma no cu. 


Então, o de coroa deu um chute na minha canela e ele e o de lágrimas saíram andando.


Eu posso ser uma humana, mas ninguém viu minha alma e sabe que tenho poderes. 


Fui para o quarto, abri a porta e a fechei. Vi lá dentro, já Frisk, Chara e Sans conversando mas a humana de olhos vermelhos e o esqueleto, estavam fazendo braço de ferro.


- Só avisando que vocês vão quebrar o braço um do outro. - eu disse.

- Esse é o objetivo! - Chara disse.


Então, Chara ganhou.


- Ae porra!

- Caralho, foi só um braço de ferro - Frisk disse. 

- Perdi com honra.


Me joguei na cama e cai de cara. 


-  E esse roxo na sua perna? - Frisk perguntou. 

- Um esqueleto de coroa de meia lua e outro com lagrimas negras 

- Nightmare e Killer - Chara disse.

- Eu quero que eles vão se fuder. 

- Depois vou quebrar a cara dos dois. - Chara disse 

- Vocês... Tem preconceito comigo ? Eles sabem que sou uma depressiva mas só vocês sabem que eu me corto. 

- Não temos preconceito - os três disseram juntos. 


Trimmmm 


 O sinal! Vamos para aula!  - Frisk disse. 

Coloquei a blusa da escola e meus tênis e pegamos as mochilas, então fomos para aula. 


E lá vamos nós.


Eu só estou a  um mês nessa escola...  Mas quase ninguém me conhece.


Eu não era da mesma sala que Sans e Frisk, mas Chara era da minha.


Eu e ela nos sentamos do lado da parede e sentaram do nosso lado Ink e Error. 


A aula era de Ciências e a professora era Alphys. 


Depois da aula, Ink me mostrou a foto de cada esqueleto que ele conhecia e me disse os nomes de cada.


Assim, seria mais fácil identificar quem iria me zoar.


Depois foi Educação Física onde Gaster ( professor de magia ) foi lá com Undyne pois a aula era de poderes. 


Chara fez facas, Dream com o bastão fez outras coisas e Ink com o pincel também fez coisas.


Já eu... Quando vi que Nightmare veio pra cima de mim me bater, tirei o capuz e fiz um escudo transparente negro. 


Também fiz uma faca ( tipo a do Cross ) vermelha e negra para me defender. 


Vi que ele ficou assustado e saiu andando.


Chara deu um sorriso pra mim. 


Fiz alguns ossos vermelhos e negros, gasters blasters, facas e lanças. 


Undyne e Gaster olharam para mim, sorriram e eu fiz tudo sumir. 


Fiquei muito tonta, já que é a primeira vez que faço tudo isso e então.  Acabei caindo no chão. 


Antes de desmaiar, pude ver Undyne, Gaster e Chara correndo até mim e então... Apaguei.




Depois de um tempo... Acordo. 


Vejo que estou na enfermaria com braços e pernas meio enfaixados. 


Vejo Chara do meu lado, quando ela percebe que acordei me abraça. 


- O que aconteceu lá?! Você desmaiou e os professores acabaram vendo seus cortes...

- Eu não lembro... Droga... 

- Calma... Eles apenas disseram para não deixarmos você se cortar, tirando isso nada foi dito. 

- Ainda bem. 


Tento sair da cama, mas sinto uma dor extremamente forte na alma e perna.


- Ai! 

- Você não pode sair, terá que ficar aqui alguns dias.

- Merda.

- Vai passar rápido. Pode deixar que eu trago sua lição de casa.

- Ok, obrigada Chara. 

- Por nada.


Ela saiu, provavelmente pegar minha lição.


Depois de uns minutos ela voltou, fiz minha lição com ela me ajudando.


Enquanto estávamos fazendo, Ink e Dream apareceram lá. 


- Oi... Está tudo bem aí? - Dream perguntou. 

- Sim, está sim - eu disse.

- Bem... Percebemos um roxo na sua perna, o que era?

- Nightmare me chutou... Com muita força outra hora ... 

- EU VOU MATAR ESSE DESGRAÇADO! - Chara disse 

- Calma Chara. Não se preocupe.

- Não se preocupar o caralho! 

- Fale o que quiser. Mas não fique brava.

- Viemos apenas ver como você está, até mais. - Ink disse 

- Até - dissemos - eu e Chara - e eles saíram. 


Continuamos fazendo a lição. 


Quando acabamos, Chara levou minha lição para sala para os professores corrigirem. 


Depois ela voltou, conversamos, deu a hora e ela foi para o quarto. Ela disse que ia contar o que aconteceu. 


Então, durmi.





Notas Finais


Tomara que tenham gostado!

Até mais!

♥️ Tenham determinação ♥️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...