História Uma Estrangeira na Coréia - Imagine Jimin - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 20
Palavras 1.531
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Ficção Adolescente, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Capítulo 4


Fanfic / Fanfiction Uma Estrangeira na Coréia - Imagine Jimin - Capítulo 4 - Capítulo 4

 Jimin

 

 Acordei hoje estranhamente animado, mas toda minha animação tinha um motivo, nós finalmente iriamos conhecer a fã ganhadora do concurso. Nosso manager nos contou que era uma estrangeira, ou melhor, uma brasileira. Todos nós ficamos muito animados e curiosos, as mulheres daquele país são conhecidas mundialmente por sua beleza e carisma, mesmo que aqui na Coréia os padrões sejam totalmente diferentes.

 

- Como ela deve ser? - perguntou J-Hope animado.

- Deve ser como todas as outras, só mais uma fã maluca que planeja viver nos abraçando, nada que valha a pena - resmungou Suga ainda de olhos fechados.

- Eu acho isso muito fofo, nos temos sorte de todo esse carinho e admiração de nossas fãs, nós deviamos agradecer por tudo que temos hoje - respondeu Jin lançando um olhar de reprovação para Suga.

- Será que ela é bonita? - manifestou Kookie chamando a atenção de todos.

- Do que importa, você não teria coragem de falar com ela do mesmo jeito - disse Rap Monster rindo.

- Isso não é verdade - exclamou Kookie fracassando.

- Você é muito novo para pensar em relacionamentos, tem que deixar esse assunto para os hyungs - respondeu Tae convencido.

- E você Jimin? - perguntou Suga me encarando pelo fato do meu silêncio.

- Eu o que?

- Por que está tão quieto? - insistiu Suga.

- Bem - respondi me ajeitando na cadeira - Estou apenas nervoso, e o pior de tudo é que nem sei mesmo o porquê - revelei respirando fundo.

 

 De repente me desliguei de tudo ao meu redor, a sensação de nervosismo aumentava conforme os minutos passavam. Os meninos riam enquanto conversavam de provavelmente as piadas sem graça de Jin.
 Cansado e até mesmo entediado me levantei e caminhei até o banheiro, fiquei de frente ao espelho e procurei algo que pudesse me distrair, mas não havia nada. Eu usava uma camisa jeans casual, calça jeans preta e tênis branco. Sai do banheiro e dei de cara com nosso empresário na porta do camarim.

 

- Oh Jimin, aí está você. Bem, vamos logo, é hora da entrevista - anunciou nosso empresário se retirando do camarim.

 

 Permaneci em silêncio, ao contrário do restante do grupo. As batidas de meu coração pareciam ecoar pelo corredor vazio, tudo parecia estar acontecendo em câmera lenta.

 Quando entramos no palco foi aquela típica gritaria, a energia vindo de nossas fãs é algo que me emociona. Iniciamos cantando a música "Fire", pude ver algumas armys chorando, o que me cortou o coração, quando terminamos fomos direcionados a um sofá, a entrevista havia começado.

 

- O que vocês estão achando dessa ideia de uma fã viver durante 6 meses junto com o grupo? - questionou o apresentador.

- Uma loucura - respondeu Rap Monster divertido arrancando risos de todos.

- Na verdade estou muito empolgado, imaginar que nossa música ultrapassou oceanos e chegou em outros países é algo surreal - afirmou Jin sorrindo de maneira fofa.

- Estão ansiosos para conhece-la?

- Muito, soubemos que ela é brasileira e todos sabem que as mulheres daquela país são bonitas - Tae afirmou dando um sorriso malicioso.

- Então finalmente chegou o momento de conhecer a vencedora do concurso - anunciou se levantando e indo até o outro lado do palco - Com vocês, Isabella Tadashi! - disse e meu coração começou a bater acelerado.

 

 As paredes se moveram e pude ver a sulhueta de uma moça virada de costas. A jovem era baixa, seus cabelos castanhos pareciam brilhar, em resumo ela era encantadora mesmo sem ter visto seu rosto.

 

 O silêncio que até agora havia se formado foi quebrado por gritos e aplausos, a moça se virou assustada, ao ver seu rosto meu corpo congelou, ela era linda. Em sua boca havia um pirulito que a poucos minutos atrás quase havia caído da boca da moça.

 Com vergonha estampada em seus olhos ela finalmente havia aberto sua boca.

- Hmm - resmungou - Olá - disse acenando de forma fofa e surpreendendo todos com seu coreano.

- Você fala nosso idioma? - perguntou o apresentador impressionado.

- Sim, meus pais adotivos nasceram aqui na Coréia - revelou vermelha.

- Então Isabella, pode nos contar quantos anos tem e onde nasceu? - Questionou enquanto nos levava até o local que estávamos anteriormente.

- Tenho 19 anos, e nasci no Brasil, para ser mais específica na capital de São Paulo - respondeu sorrindo de forma tímida.

- Como conheceu o BTS? - essa pergunta fez que nosso grupo a encarasse com interesse. Mas a mesma não respondeu criando alguns minutos de silêncio.

- Me desculpe, eu sou muito tímida - respondeu mexendo em suas mãos - Os conheci por conta própria, no ano que eles debutaram eu procurava estilos musicais para covers, e acabei os conhecendo, não foi muito difícil me apaixonar por cada um deles - revelou com a voz meio falha.

Ela é tão fofa e delicada, dá vontade de guardar dentro de um potinho e nunca mais soltar - sussurou J-Hope para que apenas nós pudessemos ouvir.

Ainda não vejo nada de especial nela - retrucou Suga no mesmo tom.

- Bom garotos, o que acham de conhecer um pouco mais sobre a Isabella? Vocês podem fazer perguntas para ela de agora a diante, eu vou ser apenas um telespectador - disse o apresentador se encostando na cadeira.

 Nos encaramos por alguns segundos antes de começarmos.

- Você tem namorado? - perguntou Jin sorrindo de maneira tímida, no mesmo instante as pessoas da plateia exclamaram um "ownt".
 
- Não, na verdade, eu não namoro faz 2 anos... - respondeu evitando de nos olhar diretamente.

- O que? Por que? - perguntou Rap Monster surpreso.

- Meus relacionamentos passados não deram muito certo, eles não eram "sustentados", desde então eu tenho mais cuidado em relação a quem me relacionar de forma romântica, não quero cometer mais um erro - revelou séria.

- Oh, me desculpe - disse Jin envergonhado.

- Não não, tudo bem, foi só uma pergunta - disse de maneira consoladora e sorrindo revelando seus dentes brancos e alinhados.

- Você tem algum talento em especial? - questionou Suga com certa acidez na voz.

- Bem, eu sei dançar break e cantar rap - respondeu nos encarando pela primeira vez - Acho que tenho um talento nisso

- Poderia mostrar?

- Ahm - refletiu por alguns segundos. - Acho que sim

- Ótimo, então que tal uma batalha de rap? - disse Suga a desafiando.

- Isso foi um desafio? - perguntou levantando uma de suas sobrancelhas.

- Sim - respondeu Suga, pelo seu tom de voz ele estava se divertindo.

- Ei, vamos deixar isso para depois, ok? - interrompeu J-Hope.

- Chega desse papo, vamos para o assunto importante - exclamou Tae - Quem é seu bias? - assim que ele perguntou pude ver a moça engolindo em seco.

- Meu bias? - disse fingindo não entender.

- É, seu bias

- Bem - naquele momento todas as atenções foram direcionadas para ela - Eu tenho... - foi interrompida.

- Quem é seu bias ultimate? - perguntou o apresentador transbordando curiosidade.

- Não posso dizer - suspiros frustrados foram ouvidos, tanto da plateia como de mim e do resto do grupo.

- Então diga quem é seu bias - pediu o apresentador insistindo no assunto.

- Tudo bem - antes de começar a moça respirou fundo - Eu tenho três bias, mas um deles é especial. Meus bias são: J-Hope, Tae e Jimin.

- Ahá, eu sabia - exclamou Tae animado - Ninguém resiste a meu charme - disse piscando um olho em direção a moça, de algum modo isso me incomodou. Pude ver a mesma corando encarando o chão.

- E o que você vê de tão especial neles? - perguntou o maknae um pouco sério demais.

- Amo todos os meninos, mas vocês três possuem características que chamaram minha atenção - respondeu torcendo os dedos.

- Tae tem um sorriso adorável e na minha opinião sua personalidade alegre é algo especial para mim - pude ver um sorriso de satisfação no rosto do mesmo - J-Hope é simplesmente a pessoa mais adorável que eu já conheci, nunca deixa de sorrir nos momentos difíceis, o que admiro muito - um sorriso feliz surgiu em seu rosto.

- E eu? - questionei afoito, assim que nossos olhos se encontraram pude ver um trêmulo em seu corpo.

- Você? - a moça riu nervosa - Você é simplesmente o cara mais fofo que existe, um excelente dançarino e dono da voz mais doce que já ouvi - revelou evitando de olhar diretamente em meus olhos.

- Acho que já sabemos quem é o integrante favorito dela - brincou Tae arrancado risos de todos.

- É verdade? - questionei empolgado, aquilo de algum modo havia me empolgado.

- Sim - respondeu baixinho, mas foi o suficiente para que pudessemos ouvir.

- Com essa descoberta encerramos o programa de hoje - disse o apresentador e as palmas tomaram conta do palco.

 

 Nossa, nunca imaginei por isso, logo no primeiro dia que nos encontramos, parece que vão ser 6 longos meses.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...