História Uma Família - Jungkook ou Yoongi. - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Min Yoongi (Suga), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys, Bts, Imagine, Jungkook, Yoongi
Visualizações 65
Palavras 1.865
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Contrário e Inverso


Fanfic / Fanfiction Uma Família - Jungkook ou Yoongi. - Capítulo 5 - Contrário e Inverso

  Meus olhos pararam sobre a pessoa a frente que meu marido escória, sorrir sem graça e mandei ele sair da frente, mas ele nem ao menos se moveu do lugar. Até que me aproximei e vir quem estava ali, por algum motivo meu ar se faltou, meu peito acelerou e um sentimento desconhecido começou a bater contra meu peito. O sorriso ao me ver, os braços abertos esperando por uma reação minha que logo foi correspondida, assim que passei por Jungkook e abracei o moreno a minha frente.

- Pequena estava com tantas saudades. - Sua voz soou baixa e rouca em meu ouvido, causando-me um arrepio. Afastei do mesmo e sorrir contente. - Você mudou tanto desde a última vez.

- Yah! - Sorrir negando. - Você que foi embora depois que me casei com seu irmão, você se dizia ser meu melhor amigo, mas foi embora.

- E ainda eu sou ____.

Nem tive tempo de responder, já que Jungkook pingarreou e notei suas ações quando ele viu a minha a proximidade com seu irmão.

- Por que não avisou que iria vim?

- Creio que não preciso disso irmãozinho, já que sou da família.

- Claro que precisava Yoongi. - Sorriu de escárnio. - Ou você achou mesmo que iria ficar na minha casa?

- Jungkook já chega. - Eu tive que me intervir entre os dois e sabia que se não fizesse isso, acabariam brigando.- Yoongi pode subir e escolha um quarto, vou pedir para alguém arrumar para você.

- Claro princesa.

Seu sorriso surgiu mais uma vez e acabei sorrindo o vendo subir as escadas, porém assim que ele sumiu voltei a minha expressão de antes e sem entender nada do que estava acontecendo. Olhei para Jungkook sem acreditar que ele havia escondido tal assunto de mim, justo Yoongi seu irmão e o meu melhor amigo.

- Jungkook pode me explicar o que houve aqui?

- Explicar o que? Que meu querido e amado irmão está de volta e com motivos a serem cumpridos?

- Que motivos Jungkook? Que motivos são esses para você esconder que ele estava vindo para cá? Você e Hope não podiam fazer isso, que inferno.

- ____ você não precisa saber disso. Só não quero você perto dele, eu não quero.

- Você não tem que querer nada, ele é meu amigo. Foi ele que me ajudou quando perdi a minha mãe.

- Eu não lhe conhecia, ok? Eu nem sabia que você existia nessa época ___.

- Eu não estou lhe cobrando isso. Não mesmo, mas poxa deixa eu aproveitar já que ele está aqui de volta Jungkook, aproveita o seu irmão que não víamos desde que casamos.

- Esse é o problema ____, eu preferia ele fora daqui, do que perto de você.

- Jungkook.

O chamei, tentei falar com ele, mas ele apenas se esquivou do meu toque e saiu de casa fechando a porta com força, respirei fundo e para não puxar meus cabelos suspirei pesado e seguir para a cozinha preparando um café bem forte. O líquido escuro se encontrava em meu paladar o que me fez fazer uma careta sem graça, mas parei assim que escutei o barulho de passos vindo da escada.

- Princesa onde você está?

- Estou aqui Yoongi. - Sorrir colocando a xícara na pia e passando a lavar a mesma.

- Para onde ele foi? - Suspirei colocando a mesma para secar e me virei encostando sobre o mármore. - O que houve?

- Ele foi trabalhar, mas como você está? Vamos falar sobre você.

Sair dali sendo seguida pelo mesmo, me sentei no sofá com uma das almofadas, e esperei ele começar o assunto.

- Então princesa, eu sei que você deseja saber de tudo, mas para início me formei em música e voltei agora para ficar.

- Finalmente você conseguiu realizar o seu sonho.

- Não, esse ainda não é o meu sonho princesa, o meu sonho é bem mais oculto que isso tudo. Mas o quê aconteceu durante esse tempo que estive fora?

Por um momento calei-me e fiquei me perguntando se contaria ou não o que de fato está acontecendo. Respirando fundo criei a coragem necessária para dizer tudo o que aconteceu durante este período.

- Bom Yoon. - Ele que estava longe se sentou a minha frente olhando-me e esperando eu continua. - Eu engravidei.

- Você está grávida? - Sua voz saiu arrastada e surpresa e eu não entendi muito bem isso. - Você está esperando um filho do Jungkook.

- Yoongi, eu perdir o meu bebê.

De nada ele disse e o silêncio que se formou foi constrangedor, meus dedos brincavam com os detalhes da almofada em meu colo e ele agora possuía seu olhar distante. Não sei o que se passa em sua cabeça, mas eu sei que ele pensa em algo, deixei a alfomada de lado e me aproximei apoiando minha cabeça sobre seus ombros, ele suspirou e me abraçou de lado desajeitado e sorrir por sempre ter sido assim.

- Como ele reagiu?

- Ele ficou distante, muito distante e as vezes chegava tarde em casa e com cheiro a bebida. Jungkook sentiu, mas não como eu sentir.

- Ele é um idiota. - Ditou rude.

- Mas eu o amo. - Soou simples, fato que o fez ficar inquieto um pouco. Afastei do mesmo e sorrir mostrando confiança. - Vamos fazer algo.

- O que princesa?

- Vamos ver algum filme, você escolhi e eu vou fazer algumas pipocas.

- Mas ainda é manhã.

- E eu quero comer pipoca.

- Não vai não, eu vou fazer o almoço e você vai tomar um banho e descansar.

Eu nem tive tempo de reluta, apenas fui jogada em direção a escadas e acabei escutando a risada do mesmo. Seguir até meu quarto e procurei por algo confortável e assim que achei, tratei de tomar meu banho que mais se parecia com uma sauna de tão quente que coloquei à água. Vestir minhas roupas e penteei meus cabelos molhados logo desci as escadas sentindo o cheiro delicioso pairar sobre o ar.

- Princesa vem comer.

- Já estou aqui Yoon. – Sorrir ao adentrar a cozinha e ver ele ali todo concentrado pregando nosso almoço. – O que você fez?

- O que você gosta. – Sorriu pondo aquela travessa na mesa. Meus olhos brilharam e meu estômago tocar alto causando risos. – Macarronada.

- Ok, obrigada vamos comer.

Nem esperei Yoongi dizer nada, praticamente comi tudo e quando me dei conta já estava preparando as pipocas para o nosso filme que por sinal seria terror, - Como sempre -. Afastei as cobertas e coloquei as bacias em cima da mesinha da sala, ele deu play e eu peguei uma das mesmas e me acomodei ao seu lado vendo o mesmo na mesma situação que eu.

Em minutos em minutos Yoongi tagarelava com as pessoas do filme, dizendo o quão burro eles eram, e eu por vez somente sorria como doida ao ver sua raiva que logo dava lugar aos risos. O filme havia acabado e ele estava deitando agora sobre minhas pernas dormindo, enquanto a mim fazia carinho em suas madechas negras, troquei os filmes por uma série qualquer na TV e estranhei que Jungkook não havia chegado ainda. Já se passava das seis da tarde e nada dele aparecer em casa.

- Princesa. – Olhei para Yoongi que acabará de acordar e sorrir. – Não dormiu? – Neguei. – Eu vou tomar um banho e vou sair um pouco, rever os amigos. Tudo bem?

- Yoongi você pode fazer tudo, mas não beba muito. – Ele concordou sorrindo e de levantou deixando um beijo em minha bochecha, sorrindo envergonhada o vir sair do meu campo de visão, tratei de arrumar a bagunça e lavar as vasilhas e por um momento eu queria que fosse meu marido ali naquela situação comigo como antes, mas ele não havia chegado ainda.

Sequei tudo e voltei para a sala deixando-me naquele sofá grande entre as cobertas, não demorou para Yoongi aparecer e sair afirmando que voltaria para casa, mas nem liguei Muito, o que eu mais queria era ver o meu marido chegando e ficando comigo, acabando com aquela birra e raiva que nunca entendi o por que. O relógio na parede denunciou ser quase nove da noite, então desliguei a TV e subir para o quarto com aquelas cobertas deixando-as sobre a cama e seguindo para um banho antes de dormir. O coque em meus cabelos soltaram e vestir uma camisola comum e seguir para o quarto vendo ser já nove da noite.

- Onde você está Jungkook?

Minha voz saiu arrastada e me deitei sobre a cama, sentindo o meu lado vazio e neutro, frio como a noite lá fora. Meus olhos pesaram e eu acabei relutando contra o sono, mas que foi sessado quando vir a porta ser aberta e ele cruzar a mesma, ainda deitada vir ele se senta na cama e retirar seus sapatos, logo seguindo para o banheiro tomando seu banho. 

Sair do quarto descalça e seguir a cozinha tomando um pouco de água, algumas gotas caíram sobre o tecido fino deixando marcando em minha pele, resmuguei baixo e sair dali voltando ao quarto, mas eu achei que ele estava no banho ainda, porém ao contrário ele saia do banho enrolado com uma toalha em seu quadril e outra secando os cabelos. Seu olhar caiu sobre mim e o meu continuou fixo ao seu, mas fechei a porta e seguir até a cama me deitando novamente.

- Achei que estava dormindo? – Fechei meus olhos e escutei ele sorri. – Amor não me provoca assim. – A cama ao lado se afundou e me arrepiei quando gostas de água de seu cabelo caiu sobre meus ombros desnudos. – Amor falar comigo. Hum! – Sua mão segurou minha cintura com firmeza e mordir os lábios contendo um gemido. - ____.

- Deixa-me dormir Jungkook. – Ele se afastou bufando de raiva e logo escutei seus passos em direção contrária, respirei fundo por conta da situação e logo ele surgiu vestido em sua calça moletom e blusa branca acompanhado de uma carranca. – Por que demorou chegar em casa?

- Estava ocupado.

- Eu queria que você estivesse aqui comigo como Yoongi estava.

- Chega de falar nele ____. Você não disse que ia dormir, então vá dormir. – Meus olhos se assustaram ao ver o tom de sua voz, com raiva me virei ao contrário ficando de costas e tentei dormir, tentei mesmo, mas estava acordada ouvindo ele resmungar. - ____.

- Me deixa dormir inferno. – Estressei me levantando da cama com meu travesseiro em mãos.

- Para onde vai?

- Dormir em outro quarto ignorante.

Abrir aquela porta e batir a mesma com forças, as teimosas lágrimas rolaram por meu rosto e seguir para o último quarto e logo me tranquei ali. Me joguei sobre a cama e fechei meus olhos sentindo o peso vir aos poucos sobre meus olhos.

- Seu idiota.

Talvez ele voltaria a sair como louco, talvez ele voltaria a ser o mesmo de duas semanas atrás. Ao contrário seu irmão que é prestativo e carinhoso e você está se tornando o inverso disso tudo.


Notas Finais


Ficou pequeno, mas o proximo trarei maior que esse.

Beijokas da tia @Meillee 🌸


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...