História Uma família (quase perfeita!) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias HyunA, Neo Culture Technology (NCT), Pentagon (PTG), TWICE
Personagens Chaeyoung, Dahyun, Doyoung, Haechan, Jaehyun, Jaemin, Jihyo, Johnny, Jungyeon, Mark, Mina, Momo, Nayeon, Sana, Taeil, Taeyong, Tzuyu, Winwin, Yuta
Tags Aventura, Comedia, Nct 127, Romance, Twice
Visualizações 2
Palavras 1.640
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), LGBT, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - O Primeiro dia - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction Uma família (quase perfeita!) - Capítulo 1 - O Primeiro dia - Capítulo 1

Momo໒ - Eu tinha acabado de chegar na universidade, quando me esbarrei em uma menina que estava escutando música em seu fone. 


Sana໒ Deveria tomar mais cuidado, prestar atenção também! Está bem?


Momo໒ estou bem sim. Desculpas, irei ficar atenta! É que é meu primeiro dia, estou um pouco ansiosa.


Sana໒ Também é o meu!


Momo໒ Sério? Qual sala você está?


Sana໒ Sala AB, e você?


Momo໒ Eu também!


Sana໒ Algo me diz que vamos nos da super bem. Você para ser japonesa!


Momo໒ Eu sou sim, mas poucos notam isso.


Sana໒ Que coincidência! eu também sou. - Logo o sinal bateu, era hora dos estudantes irem para suas salas. -

 

Momo໒ o sinal bateu, vamos para sala?


Sana໒ Sim, vamos! - Sana e Momo foram para a sala AB, ambos sentaram no fundo da sala. -


- Era uma turma nova, então todos se apresentaram, não teve muita coisa, foi mais para apresentação mesmo. Momo e Sana fizeram novas amigas, elas também combinaram de irem a um restaurante mais tarde. -


Momo໒ - O Sinal bateu novamente, Sana e eu estávamos indo para a lanchonete, mas fomos guardar o material no armário antes, foi quando um loiro deixou seus livros cair. - Está bem?


Edawn໒ Estou bem sim. - me agachei para pegar meus livros, mas minhas coisas estavam caindo mais, inclusive meu celular. - Mas que droga!


Momo໒ Calma, eu ajudo! - Guardei minhas coisas no meu armário, logo indo ajuda-lo a pegar suas coisas. -


Sana໒ Precisa de mais uma mãozinha, Edawn? - disse com sarcasmos. -


Edawn໒ Não, palhaça.


Momo໒ - Levantei após pegar as coisas do garoto loiro, mas logo percebi que eles estavam conversando, pareciam bem íntimos. - vocês se conhecem? 


Sana໒ Sim, somos amigos de infância! - Disse enquanto guardava suas coisas em seu armário. -


Edawn໒ Sim, sim. - Peguei minhas coisas com a menina de cabelo curto. - Obrigado! - Eu estava indo para a minha sala, mas a Sana me chamou. - Hum?


Sana໒ Vamos a um restaurante hoje, quer ir com a gente?


Edawn໒ Pode ser! Bom, agora vou para a sala. 


Sana໒ - esperei o Edawn ir - você gostou dele, não foi? 


Momo໒ O quê? Claro que não! Eu acabei de conhecê-lo, sua boba.


Sana໒ Acha que não percebi? Hum. Olha, eu já estou shippando!


Momo໒ Para de falar besteiras! - bufei enquanto revirava os olhos. - vamos para a sala logo, vamos!


Sana໒ Vamos - Eu e Momo fomos para sala, o professor acabou mostrando a escola para os alunos, logo deixando a gente ir embora, pois era apenas o primeiro dia. -


Momo໒ Não foi tão ruim nosso primeiro dia!


Sana໒ Pois é! Já são 7:30, vamos esperar o Edawn, assim nós vamos para o restaurante.


Momo໒ uhum! - Logo o Edawn saiu também. -


Sana໒ então vamos?


Edawn໒ Vamos!


- Edawn, Sana e momo foram para o restaurante, era um pouco distante da universidade, de suas casas também. Eles sentaram no fundo do restaurante, era próximo a uma janela, também não dava para escutar direito a música que estava tocando. -


Sana໒ Irei pedir duas porções! Vão beber o quê? Pode ser vinho e vodka?


Momo໒ pode sim.


Edawn໒ Pode ser. - Meu celular começou a tocar. - Já volto. - peguei meu celular em meu bolso, logo indo para a entrada. -


Sana໒ Mom- -Antes de terminar de falar, observei duas meninas chegando, eram duas colegas de classe! Acenei para as duas enquanto chamava pelo seus nomes "Mina" e "Dahyun", convidei as duas para se sentarem conosco. 


Mina໒ - Ajeitei minha saia, logo me sentando do lado da Momo. - Olá meninas!


Dahyun໒ - me sentei de frente para a Sana. - Estão bem?


Sana໒ Sim! O que acharam da faculdade? Já estão interessadas em alguém? Hum?


Dahyun໒ Ainda não estou interessada! Achei o colégio bem legal!


Mina໒ Achei bom! Sim! Vocês viram aquele menino sentado na minha frente? Ele é tão lindo, céus.


Momo໒ - Não exagera também.


Sana໒ mas ele é lindinho, Momo. - o Garçom chegou com as duas porções, com o vinho e cerveja também, logo colocou na mesa - pode trazer mais dois copos, por favor? - Ele foi buscar, logo o Edawn chegou e se sentou de frente para a Mina. - 


Edawn໒ Sana, quem são? - guardei meu celular em meu bolso, logo servindo o vinho. -


Sana໒ Essa na que esta na sua frente é a Mina, ao seu lado é a Dahyun


Edawn໒ Ah, prazer!


Mina໒ Prazer!


Dahyun໒ Prazer!


- Os cinco conversavam enquanto bebiam e comiam. -


Sana໒ - Me aproximei da Momo, logo sussurrando. - Ei, você percebeu a troca de olhares dos dois??


Momo໒ O quê? Claro que não, estão apenas conversando! - Bufei, logo bebendo um pouco do vinho que estava na minha taça. -


Sana໒ Parece que alguém está com ciúmes, não é mesmo? Hum, perdeu, ih!


Momo໒ Claro que não estou! Fale baixo! Irei ao banheiro, voltarei logo. - Me levantei, logo indo ao banheiro, dava para ouvir a sana falando "perdeu, perdeu, perdeu", ela também já estava um pouquinho bêbada. -


- Momo logo voltou para a mesa, Edawn e Mina já estavam bem bêbados, se pegando também. -


Momo໒ Ei, Sana! Acho que já vou embora.


Sana໒ - estava cantando músicas aleatórias, depois de alguns minutos prestei atenção na Momo. - poxa, mas já?


Momo໒ Sim, não estou me sentindo bem.. um pouco de dor! Acho que foi o vinho.


Sana໒ ah sim, nós vamos com você então. - Me levantei pegando meus pertences que estavam sobre a mesa, percebi que Dahyun tinha dormido, essa não aguenta beber muito. - 


Edawn໒ - me afastei da Mina, logo me levantando e pegando minha carteira. - Eu vou pagar, já volto.


Mina໒ tinha que ser agora, meninas? Meu Deus. - me levantei, logo arrumando minha roupa e pegando meu celular. -


Sana໒ Sim, ela não está bem! Vocês podem dormir no meu apê! Se quiserem, claro. - Comecei a cutucar a cabeça da Dahyun. - Acorda! Dahyun! - Ela não acordava de jeito nenhum, então tentei colocar a menor em minhas costas para carrega-lá, eu estava um pouco tonta. -


- Os seis sairam do restaurante, estavam indo para o colégio, mas deram de cara com dois alunos da turma C, que aparentavam estar bastante bêbados. -


Momo໒ Estão bem?


Taeyong໒ - Estava choramingando enquanto bebia vodka, estava repetindo "HyunA" várias vezes. - 


Yuta໒ Porquê você me deixou. - Estava cantarolando. -


Momo໒ Acho melhor chamar um uber! - peguei meu celular em minha bolsa, logo chamando um uber. -


- Depois de alguns minutos, o uber chegou, foi quando Momo ajudou Sana, Dahyun, Taeyong, Yuta a entrar. - 


Momo໒ Bom, vocês podem ir, irei para o meu apê.


Edawn໒ Tem certeza? Não quer uma carona?


Mina໒ Ela disse que não precisa! Vamos para minha casa, hum?


Edawn໒ mas já está ficando tarde, não é muito segur-


Momo໒ Tudo bem! Pode ir!


Edawn໒ Tudo bem..


- Edawn e Mina foram embora, eu fiquei andando pelas ruas, meu celular descarregou, então fui caçar um ponto de ônibus, mas começou a chover. - Que droga! Está tudo dando errado, céus! - Avistei um ponto de ônibus, me sentei e fiquei esperando a chuva passar, mas tinha dois caras em um carro preto, que parou ao meu lado. - Ei! podem me dar uma carona? Desculpa, mas é que não conheço muito bem aqui, estou um pouco perdid- - um cara saiu do carro e começou a puxar a minha bolsa - Ei! solta! - comecei a puxar minha bolsa, até que ele me empurrou no chão, onde machuquei meu joelho. - Devolva minha bolsa! - Ele estava indo embora, mas um menino que estava em outro carro apareceu, o mesmo colocou o bandido contra o carro preto, logo pegando minha bolsa de suas mãos, estava prestes a dar um soco no bandido. - Ei! calma! - Ele olhou para mim, ainda com a mão preparada para dar um soco no bandido. - Não será necessário! - Ele não ligou para o que eu disse, então deu um soco no rosto do bandido - Quem é você?


Jaehyun໒ Sou Jaehyun, e você? - Aproximei da menor que estava ajoelhada no chão - Levante-se dai, você vai pegar um resfriado se continuar na chuva! Ah, olhe sua ferida. - Ajudei a menor a se levantar, logo entregando sua bolsa - Venha, irei ajudar.


Momo໒ esta ardendo muito! - me levantei, fui mancando até o cara do maior, o mesmo me ajudou a entrar e fechou a porta. -


Jaehyun໒ - Entrei no carro, logo fechando a porta. - Não tem medo? Como pode ser tão tonta e entrar no carro de qualquer um? Eu poderia ser um psicopata, traficante de órgãos!


Momo໒ Você não parece ser um! Você não é, né? - olhei meu joelho que estava ferido, passando a mão. - Ai!


Jaehyun - Você nem parece se importar, céus! Mais cuidado! E tire as mãos daí, não vai ajudar fazer isso. - coloquei o cinto de segurança na menor. - vamos.


- Jaehyun dirigiu até o apê da menor, logo ajudou ela a entrar em seu apê, onde ele fez um curativo nela. -


Jaehyun໒ Está bem? Vá tomar um banho quente, tire essas roupas molhadas! Você pode pegar um resfriado.


Momo໒ Estou bem sim! Irei tomar - Me levantei, logo indo tomar meu banho -


- Enquanto Momo tomava seu banho, a irmã de Jaehyun ligou, logo depois Momo saiu do banho. -


Momo໒ - Me sentei ao lado de Jaehyun - Desculpas por fazer você passar por tudo isso! Como posso agradecer? Podemos sair algum dia para jantar, aceita?


Jaehyun໒ Pode ser, mas agora tenho que ir! Minha irmã acabou de ligar.


Momo໒ pode me passar seu número antes? 


Jaehyun໒ - Minha irmã me ligou novamente, então atendi - Já estou indo, Jeongyeon! - Desliguei meu celular, logo passando meu número. - Bom, tenho que ir! Tenha uma boa noite, não aceite carona de qualquer um!


Momo໒ Tudo bem! Boa noite! - Acompanhei o maior até a saida, logo fechei a porta. - Que dia mais cansativo! Será que estão todos bem? - Me joguei na cama, eu estava muito exausta, acabei pegando no sono. -



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...