História Uma família que não é normal - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Anjos, Demonios, Deuses, Família, Faunos, Monstros, Universo Paralelo
Visualizações 3
Palavras 1.392
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishounen, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Cross-dresser, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Eu nunca morri, só estava nadando na profunda escuridão como se fosse algo normal a se fazer

Capítulo 12 - Campo de girassol part.1


Fanfic / Fanfiction Uma família que não é normal - Capítulo 12 - Campo de girassol part.1

Quando vejo os dois subirem ambos vão para o quarto de Yuuma e subo em seguida, chegando lá eu ia abrir a porta mais fechei na hora e fui pro meu quarto pensar no que vi naquele exato momento......, Soichiro estava beijando o pescoço de Yuuma e ele tem cortes nos braços....... oque é essa família?




P.O.V Yuuma




Enquanto ele me dava beijos no pescoço e eu ficava mexendo no cabelo dele a porta se abre um pouco mas depois se fecha como se alguém tivesse visto algo, me levanto e ajeito minha roupa colocando um moletom por cima cor salmão claro escrito "I ♡ YOU"


Soichiro- Poxa, queria fazê mais algumas coisas - faz um beicinho com olhar triste - Bem.... Pelo menos você está fofo assim - Ele sorri 

Yuuma- Obrigado - abraço ele 

Soichiro- Você tem um cheiro tão bom - Ele cheira meu pescoço e faz cócegas 

Yuuma- Isso faz cócegas Soichiro-kun

Soichiro- Tão fofinho........


Soichiro deita na minha cama e se enrola no meu edredom que também é fofinho, ele bota seu rosto no edredom e fica com os olhos fechados e com um sorrisinho bobo que dá pra percebe


Yuuma- Soichiro-kun - olho pra ele

Soichiro- Sim? - diz ele com o rosto no edredom

Yuuma- Eu acho que alguém viu você fazendo aquilo comigo

Soichiro- Aquilo de ontem a noite ou aquilo de agora?

Yuuma- De agora

Soichiro- Tem ideia de quem seja?

Yuuma- Não

Soichiro- Ta bom

Yuuma- Você não liga?

Soichiro- Nop

Yuuma- Ta bom então......

Soichiro- Acho que nem devemos nos preocupar, se viram, deixe

Yuuma- Você e suas más decisões - Sorrio bobo


Deito atrás de Soichiro abrançando-o e fazendo carinho nele com minha cabeça até o momento em que ele vira para mim e me enche de beijinhos. Fico em cima de seu colo e o mesmo segura minha cintura, enquanto rebolo em seu colo para o provocar. Soichiro me olha com um olhar malicioso e sedutor, apenas lhe dou um beijo apaixonado e saio de seu colo, transformando aquele olhar anterior em um olhar triste igual a de um cachorrinho abandonado 


Soichiro- Fica mais um pouquinho, estava divertido - Ele faz uma pose sexy

Yuuma- Não, hoje eu tenho que botar o lixo fora

Soichiro- Ignora isso, fica mais

Yuuma- Me desculpa, mas não sou você 


Dou um beijinho na testa do mesmo e saio do quarto fechando a porta, aquele mesmo sorriso bobo surgi novamente no meu rosto e desço pensando em como está o Soichiro nesse momento. Vou para a cozinha logo pegando um saco de lixo grande pra limpar o restante dos quartos

Subo novamente as escadas entrando no quarto de cada um, por último entro no quarto de Soichiro fazendo limpeza geral no quarto, pois parecia um chiqueiro. Parece que eu passei o rodo em tudo de tão brilhante, saio do quarto fechando a porta e desço as escadas, abro a porta de fora e boto o lixo pra fora

Vou indo em direção a sala e me sento no sofá para descansa, olho para o lado e vejo Ikori descendo as escadas com uma roupa simples e..... muito amarelada. Ela vai em direção pra cozinha logo bebendo um copo d'água


Yuuma- Ikori-chan - chamo ela

Ikori- Sim? - ela olha pra mim e indo em minha direção

Yuuma- Para onde vai? - olho novamente a roupa dela

Ikori- Estou indo para o festival de girassóis que acontece perto da qui 

Yuuma- Mas estes festivais não acontecem em lugares longe da qui? Como é que tem um logo aqui?

Ikori- Minha amiga tem uma prima que tem um campo de girassóis agora, só que ela está doente e quer que eu vá no lugar dela

Yuuma- Entendi agora seu estilo animado, eu gostei - dou um pequeno sorriso

Ikori- Sim, ainda bem que gostou - ela retribui com seu sorriso doce - Vou indo, tchau onii-chan

Yuuma- Tchau - ela abre a porta e sai fechando a mesma

Atsuko- Também vou sair - olho para Atsuko que teleporta ao meu lado 

Yuuma- Pra onde?

Atsuko- Vou tentar encontrar uma pessoa que me deu isso - ela mostrou a carta para mim


-Querida Atsuko, sou uma pessoa em que deseja ver todos vocês, aposto que você não se lembra que eu já peguei você e sua irmã no colo, pois vocês eram bebês e sua mãe nunca deve ter me mencionado. Pra me encontrar deve fica num lugar onde o Monte Fuji fique bonito de se olhar, e você já foi pra lá quando tinha 10 anos com todos.

Espero te ver lá, e eu não quero te machucar, nunca iria machucar você meu demônio fofinho, talvez você se lembre de mim por causa desse local nostálgico em que já nos vimos. Bem, se quiser levar mais alguém, pode, menos a Ikori, eu sei que ela ainda não conseguiu seus poderes, eu sempre vejo vocês numa parte do dia, e não quero impactar ela

Escrito por                                                                                                                                                 -Akuma♡


Yuuma- Certo, deve ser um amigo ou parente

Atsuko- É isso que quero descobri

Yuuma- Você já sabe o lugar?

Atsuko- Eu não me lembro, pensei que você sabia

Yuuma- Também não sei, SOICHIRO-KUN

Atsuko- E lá vem ele - ela olha pras escadas vendo Soichiro desce - Por que desceu? Podia ter se teletransportado

Soichiro- Prefiro andar

Atsuko- Ta

Soichiro- Por que me chamou?

Atsuko- Você sabe a onde a gente foi quando éramos pequenos pra ver o Monte Fuji?

Soichiro- Foi em Oshino Hakkai, a gente tava visitando a amiga da mãe e dormindo lá 

Atsuko- Obrigada 

Soichiro- Não foi nada, aquele lugar é lindo, me traz lembranças também

Atsuko- Ta valeu, tchau

Yuuma- Tcha... - ela teleporta

Soichiro- Estamos sozinhos agora

Yuuma- Não vamos fazer nada de errado, está de dia

Soichiro- Mas a gente ta sozinho

Yuuma- Sem "mas", ok

Soichiro- Ta bom - ele fica com um olhar triste estampado em seu rosto

Yuuma- Você parece um cachorrinho no cio

Soichiro- Como assim?

Yuuma- Sempre fica perto de mim e quer fazer coisas erradas comigo

Soichiro- Au au - ele fica imitando um cachorro

Yuuma- Você e suas brincadeiras - eu rio nessa situação 

Soichiro- E você é meu dono querido?

Yuuma- Não sei, o quê você acha?

Soichiro- Pra mim você seria um cachorro pequeno e fofinho (A=Que cachorrinho ele poderia ser?)

Yuuma- Por que tenho que ser pequeno?

Soichiro- Porque você é o mais novo e é fofinho

Yuuma- Ata, faz sentindo - ele me abraça por trás fazendo carinho em minha cabeça - Fofo

Soichiro- Eu sou fofo?

Yuuma- Sim, meu fofinho

Soichiro- Acho que vou ir com a Atsuko

Yuuma- Vai me deixar sozinho aqui?

Soichiro- Só vou pra ver se ela estará bem

Yuuma- Boa ideia

Soichiro- Tchau

Yuuma- Tchau - ele me dá um beijinho de despedida e logo se teletransporta


Continuo sentado no sofá fazendo nada com a TV desligada pois estava passando coisas chatas até que olho para a hora, fecho os olhos pra um cochilo



Narrador(cabeça de Yuuma) e sonho on



Yuuma surgi num lugar vazio e escuro, parecia que estava andando numa parte rasa do mar ao andar pra frente, ele para quando vê uma mulher  sentada numa poltrona olhando um portal com um sorriso como se estivesse feliz ao ver oque estava na sua frente. Ele continua andando em direção dela pra ver oque ela está vendo, quando ele chega lá tem Atsuko na tela andando em Oshino Hakkai a procura de alguém, até que a mulher se levanta e olha pra trás que seria pro Yuuma, ela fica na frente dele e fica olhando fixamente pros olhos dele e que ele já parecia esta com medo. Ela dá uma gargalhada e estica seu braço e toca no meu rosto botando a mão em minha bochecha e aquele sorriso volta pra cara dela novamente, até que ela abre a boca parecendo que vai falar algo 


???- Não fique com medo de mim, sou apenas uma pessoa importante, principalmente pra Ikori - ela fala com uma voz doce que parece ser boa

Yuuma- Sim 



Sonho off



Ele acorda assustado e vê as horas novamente, não tinha se passado muito tempo, mas pra ele foi muito tempo e ele ficou com medo e está  querendo ir pra onde Atsuko e Soichiro estão agora. Ele sobe pro seu quarto é se arruma de um jeito um pouco mais adequado pra ele que seria homem, ele tranca tudo e teletransporta imediatamente
























???- Sabia que ele iria pra lá também 

???- Senhorita, seu irmão está te chamando

???- Aff, o quê ele quer agora?

???- Fala desse encontro que você vai ter com as crianças 

???- Ele se preocupa muito, eu vou falar ele

???- Vou informa ele imediatamente senhorita, tenha um bom dia











Notas Finais


Fiz referência a Strange Things um pouco, no próximo capítulo vou dizer quem me ajudou com umas coisas, ok? Yeah, eu sei que sumi, é porque está acontecendo umas coisa não muito importante, espero meus ocs tenham feito bom trabalho pra narrar e né, até a próxima

Aliás, sei que está pequeno, mas eu gosto assim ok, você não entendia facilmente


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...