1. Spirit Fanfics >
  2. Uma fresta de luz. -Camren-Keana. Lauren G!P >
  3. Ela sumiu.

História Uma fresta de luz. -Camren-Keana. Lauren G!P - Capítulo 18


Escrita por: FlipJorebello

Capítulo 18 - Ela sumiu.


Ponto de vista Lauren Jauregui 


Depois que eu deixei Keana e Camila nos trabalhos, eu peguei outro rumo, eu tinha que da um basta naquele cara antes que tudo vire uma enorme bola de neve e caia em cima de mim. Eu dirigia calmamente ate a casa daquele homem que um dia foi a minha paz mesmo que por algumas horas. Ao chegar lá estacionei em frente e peguei o pacotinho que estava no porta malas, o mesmo pacotinho que ele deixou no fundo falso daquela caixa. Desci do carro e caminhei calmamente ate a porta dele e toco a campainha,  não demorou muito e Ty abriu a porta e quando me viu, seu sorriso foi de orelha a orelha. 


-Olha só quem está aqui depois de um ano. -Ele fala me dando passagem e eu entro.  

-Não pense que eu vim aqui para me drogar, estou bem o suficiente para não precisar dessas coisas. -Falo me virando para ele e jogo o pacote de droga na direção dele que pega.

-Qual é? Nem um baseado? Esses dias eu recebi uns entorpecente, do jeitinho que gosta e o melhor é que não te deixa com a aparência de que está drogada. -Ele vai ate o meio da sala e só agora eu vi que sua mesinha de centro estava abarrotada com drogas de tudo que é tipo. -Prova. -Ele me da um e eu nego.

-Tenho duas mulheres que me ajuda com a perca, não preciso mais dessas coisas. -Falo me mantendo no controle, não poderia deixar meu lado drogada aparecer e estragar minha vida. Estou a um ano limpa de qualquer droga, menos cigarro, Keana e Camila nunca reclamaram que eu fumo cigarro e foi por isso que continuei com isso, mas estou parando aos poucos também. 

-Lern, você precisa de mim, sabe disso, todos precisam de mim, um dia aquelas duas vão precisar de mim. -Ele fala colocando a droga na minha mão. -Eu sou o único que pode fazer vocês esquecerem de tudo, só basta tomar isso e seus problemas seram resolvidos.


Eu queria dizer não  e jogar aquela droga fora, mas o que eu fiz foi toma-lá que nem fosse um remédio para dor de cabeça,  sem água. A expressão de Ty era de quem tinha ganhado um jogo, ele estava tão feliz por me ver ali, submissa daquelas drogas. Por hora não me senti diferente nem nada, mas depois de uns cinco minutos meu corpo formigou, estava mais leve, minha mente deu uma desligada e depois disso, Ty me deu bebidas, cigarros, maconha e tudo que é droga que existia ali naquela sala.


(...)


Eu estava mais que arrependida, eu fiz Camila ir embora, eu me deixei levar pelas palavras daquele cara que um dia foi meu salvador, mas agora ele está sendo o destruidor da minha vida. Não! Ele não destruiu minha vida, eu tive escolhas e eu escolhi naquele dia afundar nas drogas, eu poderia simplesmente entregar a ele, dizer que era para nunca mais fazer aquilo, mas não,  a idiota aqui preferiu usar e agora perdeu uma das mulheres que ama e inconsequentemente fez Keana perde-lá também. 


-Keana? -Chamo pela minha namorada assim que desço para a sala vendo ela sentada com Hades no colo vendo uma foto.

-Lembra desse dia? Ela caiu e se machucou, passamos um mês cuidando dela, afinal ela quebrou o pé direito e a mão esquerda. -Ando lentamente ate o sofá e me sento ao lado dela. -Ela é canhota e não conseguia fazer nada com a mão direita, teve que aprende a escrever na marra.

-Você teve que cuidar de nós duas, eu adoeci. -Falo pegando a foto da mão dela. -Me desculpa mesmo amor, eu não queria...

-Não vem com esse papinho que não queria, você queria, só não tinha coragem e em um subto surto você se drogou. -Ela fala olhando para Hades, em nenhum momento ela olhava para mim. 

-Me desculpe. -Me levanto pegando meu celular e peço um uber. -Eu vou deixar você sozinha. 

-Para onde você vai? -Pela primeira vez no dia, ela me olhou.

-Não sei, mas estou vendo que você precisa ficar sozinha, se cuidar e parar de cuidar de mim pelo menos por um dia... Eu te amo muito mesmo, tchau.


Não deixei ela falar nada, vesti meu casaco e sai da casa, eu sabia para onde eu iria, só não quis contar, não queria que ela soubesse.



Ponto de vista Keana Issartel 


Do dia que Camila foi embora, hoje faz um mês e meio, eu estava triste, muito triste, mas eu tinha que me manter forte para Lauren, mesmo que ela não mereça,  mas eu a amo muito e tinha que me por no papel. Nossas amigas nos visitam quase todos os dias, ja não contei quantas vezes eu chorei no colo de Lucy ate dormir. Nesse tempo que ela e Vero começaram a namorar, ela e eu nos tornamos bem amigas, diria que agora melhores amigas. 

Agora faz uma semana que Lauren não deu as caras, eu liguei para todo mundo perguntando por ela, mas ninguem sabe de nada. Eu estava aflita, ate para Ty eu liguei, mas ele disse que a última vez que viu ela, foi no dia que Camila foi embora e foi ai que me desesperei. E se ela estiver se drogando em outro lugar? E se ela sofreu um acidente? E se ela se matou? Não,  ela não faria isso, não mesmo. Peguei meu celular e liguei para a Camila, mas ela não atendeu, mandei mensagem e nada.


-Só uma vez me atende e fale comigo Camz. -Falo para mim mesma chorando e ligo para Sinu que me atendeu.


-Oi Keana, o que foi?

-Eu sei que Camila pediu para a senhora não falar nada da vida dela para a gente, mas por favor dona Sinu, me diz onde ela está,  a Lauren sumiu faz uma semana e eu estou desesperada. Eu não tenho Camila comigo para me ajudar, eu estou sofrendo muito. Eu sabia das partes ruim de namorar duas pessoas, mas mesmo assim eu quis e elas também, mas eu não consego ser forte todos os dias, eu nao aguento mais ficar sozinha sem elas comigo.

-Meu amor, fique calma ok? Vai ficar tudo bem.

-Não, não vai, Camila foi embora, Lauren sumiu, e se ela se matou? Eu já estou ligando para a polícia. -Eu chorava horrores, não me emportava em está chorando na ligação com minha sogra ou ex sogra. -Eu estou sozinha. 

-Eu vou.. vem aqui em casa, ela está aqui. 

-Tudo bem, eu estou indo.


Assim que desliguei a ligação,  peguei as chaves do carro, tranquei a casa e fui ate o carro dirigindo ate a casa de dona Sinu, não demorei muito e ja estava em sua porta tocando a campainha,  quem me atendeu foi Sofia que me abraçou apertado. 


-Estava com saudades desse abraço. -Falo para a garotinha. 

-Eu também estava com saudades de você, Kea, quando vamos sair de novo? Cade a Lo?

-Eu não sei pequena, tenho que falar um negócio com sua irmã,  onde ela está?

-No quarto com a mamá. -Ela fala e eu concordo indo ate o quarto de Camila no andar de cima. Bato na porta ouvindo um "entre", giro a maçaneta com ansiedade de ver Camila depois de um mês e meio.

-Licença. -Entro no quarto vendo Camila sentada na cama e Sinu em pé. 

-Vou deixar vocês sozinhas. -Sinu fala, ela da um beijo em Camila e depois vem ate mim. -Fique calma ok? Vai ficar tudo bem no final.

-Obrigada. -Ela sai me deixando sozinha com Camila. -Princess..

-Honey.. -Camila sussurra e eu vou ate ela me sentando ao seu lado. -Onde ela está?

-Eu não sei, ela sumiu faz uma semana. -Falo sentindo a vontade de chorar. 

-Meninas, desculpe atrapalhar,  mas tem uma carta para Camila, é de Lauren. -Sinu fala e Camila se levanta indo correndo ate a mãe e pega a carta.

Eu sei que fui uma completa idiota, me perdoe Camila, por favor. Keana tenta ser forte, mas ela não consegue,  seu choro de madrugada me parte o coração, ver Hades deitado no seu lado da cama esperando você tirar ele me parte o coração. Por favor, volta para a Keana, ela não tem culpa dos meus atos, volta pra ela e cuida dela, eu vou ficar longe por uns meses, mas sempre mandarei cartas para as duas. Eu nem sei se você vai receber essa carta ou querer lê,  mas eu torço para que sim.

Eu estou.. bem.. não vou me matar e no lugar que eu estou, tenho certeza que vou melhorar. Me desculpe por ter ido ate aquele cara, sinceramente não sabia dessa parte do seu passado. Espero que um dia você me perdoe moon.

Da sua Sun.


Camila chorava silenciosamente,  eu também chorava, depois que ela leu a carta em voz alta, ela veio ate mim se jogando em meus braços. Ver Camila daquela maneira me parte o coração de tantas maneiras que eu prefiro nem falar.


-Ela não disse nada para onde ia? -Camz pergunta e eu nego. -Nem para a mãe? As meninas?

-Não, eu perguntei a todas, mas ninguém sabe de nada, elas também estão preocupadas, Chris e Clara estão mais ainda. Vou mandar mensagem para elas dizendo que Lauren deu um sinal de vida. -Falo pegando meu celular e primeiro mando para Clara e Chris para depois mandar para as meninas. -Camz, por favor, volta.

-Esta tudo desmoronando, esses dias longe me fez muito mal, saber de vocês duas pelas meninas me machucou muito. Kea, su sinceramente queria está com você e cuidar dela, mas toda vez que eu olhava para uma foto de Lauren, aquele dia voltava e me machucava muito. -Ela fala entre soluços. -Ate que estou bem, não tenho mais pensamentos daquele dia, eu tentei ir ate sua casa, mas depois eu não consegui.

-Porque? -Pergunto e ela nega correndo para o banheiro. Vou atrás dela vendo Camz vomitar no vaso sanitário. 

-Por que eu estou grávida. -Ela sussurra se sentando no chão. 

-Você o que? -Pergunto não acreditando. 

-Grávida,  eu estou gravida. -Ela fala alto o suficiente para mim ouvir. Respiro fundo me ajoelhando na frente dela e seguro seu rosto limpando ao redor de seus lábios. 

-Isso é uma boa notícia. -Falo alegre abraçando ela.

-Você está feliz? -Ela pergunta confusa e eu concordo.

-Sim, vamos ser mães Camz! Eu, você e a Lauren. -Me levanto e ajudo ela a levantar.

-Eu pensei que você ia ficar triste, com raiva ou algo do tipo. -Camz fala limpando o rosto.

-Porque eu ficaria? Você pensou que só por quê Lauren te engravidou, eu ficaria triste pela criança não ter meu sangue? -Pergunto vendo ela concordar lentamente voltando a chorar. -Não, claro que não meu amor, mesmo que você tenha pedido um tempo, nós três somos namoradas, eu vou ser mãe também,  não importa se vai ter meu sangue ou não,  estamos juntas nesse relacionamento. 

-Eu pensei que..

-Não pense negativo, você está carregando um bebê,  o nosso bebê.

-Mas as pessoas podem falar que você não é mãe dele.

-Não me importo com o que as pessoas falam, eu vou ser sempre a mãe dessa criança assim como você e a Lauren. -Falo indo com ela ate a cama.

-Temos que localizar ela, eu quero muito ver ela. -Camz fala deitando na cama.

-Você comeu? -Pergunto e ela nega. -Alguém sabe da gravidez?

-Só a Dinah e minha mãe. -Ela responde e eu concordo. 

-Vou fazer um lanche para você. -Dou um beijo nela e cubro com a coberta. 

-Obrigada amor. 

-Descanse ok? -Respirei fundo saindo do quarto de Camila e fui no andar de baixo só encontrando Sinu na sala mexendo no celular, parecia que estava fazendo algo muito importante. -Dona Sinu, eu vou fazer algo para Camila comer, a senhora vai querer?

-Não minha filha, eu estou tomando Chá. -Então foi dai que Camila herdou o gosto de Chá. -Ela contou?

-Da gravidez, sim, eu estou bastante feliz em saber que vamos ser mães. -Falo com um sorriso bobo.

-Sabe que para por seu nome na criança,  vocês tres teram que ser casadas né? -Concordo lentamente.  

-Eu sei, pretendia pedi elas em casamento no final do ano, mas com isso tudo e agora sabendo que Camila está gravida, terei que esperar um pouco ate Lauren aparecer ou pelo menos ela dizer onde está. -Falo vendo minha sogra concordar.

-Veja pelo lado bom, Lauren está em um local se tratando do vício. 

-Tem razão,  mas eu estou preocupada,  não saber onde ela está me preocupa e preocupa Camila também e a última coisa que Camila não pode é se preocupar, se estressar por causa do bebê. 

-Vai ficar tudo bem querida, vamos ser pacientes ok?

-Tudo bem, vou la fazer algo para ela comer. 


Fui para a cozinha com os pensamentos longe. Eu queria saber onde essa mulher estava, eu morro de preocupação com ela e com Camila também. Espero que ela esteja bem e segura.


Notas Finais


Oiie, td bem?

Ent, a história iria ter um caminho, mas decidi tomar outro rumo kkkk espero gostem.

Comentem e favoritem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...