História Uma galera atrevida - Capítulo 31


Escrita por:

Postado
Categorias VAV
Personagens Ace, Ayno, BaRon, Jacob, Lou, St.Van, Ziu
Tags Drama, Romance
Visualizações 16
Palavras 1.828
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Estupro, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 31 - Tadinho, será que é o fim?


Fanfic / Fanfiction Uma galera atrevida - Capítulo 31 - Tadinho, será que é o fim?

Mikaella: Mais que diabos está acontecendo? Quem é essa pessoa que está me chantageando?

(Mikaella se levanta e começa a andar pelo quarto preocupada)

Mikaella: Não, não isso só pode ser quem filmou isso? Ai meu Deus Ruan não pode ver isso, isso não pode estar acontecendo. porque porque alguém quer me prejudicar. Amber! Eu aposto que foi aquela vaca, Calma Mikaella não teria como ser ela não estava na festa, mais poderia ter sido suas fantoches!

(Mikaella pega seu celular tenta ligar para o número, mais só da caixa postal)

Mikaella: Que desgrama! (Ela lê a mensagem novamente) Oque eu vou fazer? Isso não pode chegar nas mão da minha mãe do Ruan.(Mikaella pega o pendrive e seu celular e sai do quarto)

(Mikaella sai desnorteada do seu quarto)

Mikaella: Eu preciso sair daqui, eu quero sair daqui.. eu não aguento mais!

(Mikaella desce as escadas que nem louca, ela não percebe que ainda falta um degrau para descer e acaba pisando em falso, torcendo seu tornozelo)

Mikaella: AÍ! Mais que droga! Ai.. (Mikaella se senta no degrau) Porra.. Aí.. presta atenção por onde pisa Mikaella .Tudo em minha vida está dando errado, eu não aguento mais! É Ayno que é um verdadeiro babaca, meu desentendimento com minha mãe, agora esse vídeo maldito!  Oque mais falta acontecer!

(Mikaella afunda a cabeça em seus joelhos)

(Mikaella ouve vozes, ela enxuga suas lágrimas, assim que ala olha para o lado el vê Ayno abraçado rindo com uma garota, os olhos deles se encontram o sorriso de Ayno Mucha assim que ele vê Mikaella)

Garota: Oras , oras oque temos aqui Mikaella Malfaia. Oque faz fora do seu quarto tão tarde da noite?

(Mikaella fecha os olhos dando um longo suspiro e ignora o comentário da garota, ela apoia seu pé no chão para tentar se levantar ela geme de dor passando a mão em seu tornozelo)

Garota: Ai tadinha.. machucou o tornozelo, quer ajuda para se levantar?

Mikaella: Prefiro ficar caída aqui do que receber ajuda sua.

Garota: Ok, você quem sabe.Vamos Ayno meu amor antes que Estefan nos pega aqui.

( Ayno olha para Mikaella com cara de preocupado, a garota puxa ele os dois descem as escadas)

Mikaella: Vamos meu amor, antes que Estefan nos veja aqui, cretina! Que legal como vou subir nem se quer consigo levantar. (Ela fecha os olhos)

(Mikaella novamente passos de alguém descendo as escadas,ela nem se dar o prazer de abrir os olhos para ver quem é)

Ayno: Vamos eu ajudo você a subir para o quarto. (Ayno estende a mão)

(Mikaella abre os olhos, ela olha para Ayno depois para sua mão)

Mikaella: Eu não preciso eu posso subir sozinha.

Ayno: Você mal consegue ficar em pé imagine subir as escadas.

Mikaella: E daí eu não ter perguntei nada!, Não estava se saída com sua putinha? Voltou para me ajudar porque?

(Ano fecha os olhos, suspirando)

Ayno: Você vai me deixar te ajudar ou não? Já está tarde se o Estefan te ver aqui ele vai ter dar uma advertência.

 Mikaella: Já não me importo mais com oque as  pessoas vão fazer comigo.

Ayno: Eu não vou discutir com você, já que não quer ajuda fique ai onde está!

(Ayno começa a subir as escadas)

(Mikaella se levanta apoiando no corrimão, ela tenta colocar o pé no chão e geme de dor)

Mikaella: Aí, aí. aí

(Ayno para no meio da escada, ele revira os olhos e vai até Mikaella)

Ayno: Vamos..

(Ayno pega Mikaella no colo)

Mikaella: Ei Me solta! Eu disse que não preciso da sua ajuda!

Ayno: Fica quieta ok!

Mikaella: Me coloca no chão agora Ayno, você vai me derrubar!

Ayno: Relaxa você não é tão pesada, já carreguei você uma vez.

(Ayno sobe com  Mikaella em seus braços, e a leva para seu quarto)

(Ayno abre a porta e coloca Mikaella na cama)

Ayno: Fica aonde está, eu já volto.

(Antes que Mikaella argumenta-se Ayno sai)

Mikaella: Que ousadia é essa! Será quele não entendeu que não precisava de ajuda!

(Ayno volta com um saco de gelo nas mãos, sem mais e menos ele pega o pé de Mikaella e coloca o gelo sobe seu tornozelo)

Mikaella: Oque você está fazendo?

Ayno: Oque você acha?

(Mikaella tenta puxar sua perna, mais Ayno a segura)

Ayno: Fica quieta. (Ayno analisa o tornozelo dela, e vai apertando, Ayno aperta o local que dói)

Mikaella: AÍ! ISSO DÓI IDIOTA!

Ayno: Pelo amor de Deus para de reclamar, só estou dando uma olhada para ter certeza de que não quebrou nada.

Mikaella: Como se você entendesse sobre..

(Ayno a corta)

Ayno: Da para você fechar a boca pelo menos um segundo? (Ele novamente coloca o gelo no tornozelo dela, Mikaella olha para ele em silêncio ela se lembra no dia que ele cuidou da sua mão machucada)

(Ayno que estava olhando para o tornozelo de Mikaella, acaba olhando para ela seus olhares se encontram)

Ayno: Oque foi?

Mikaella: Nada (Ela desvia o olhar) Você deveria ir antes que eles comecem a vistoria para ver se todos estão em seus quartos.

Ayno: Está preocupada que eles me peguem?

Mikaella: Claro que não, por mim eles poderiam pegar você aqui estou nem ai.

Ayno: Oque você diria para eles ao ver um garoto em seu quarto? Sabe que é proibido então ia sobrar para os dois.

Mikaella: Você quem venho até meu quarto. 

Ayno: Corrigindo, eu te trouxe  para seu quarto porque  está machucada.

Mikaella: E como sempre não te pedi ajuda.

Ayno: Se não fosse por mim ainda estaria lá sentada naquela escada, para de reclamar e aceita.

(Mikaella revira os olhos)

(Toc, toc)

(Ayno e Mikaella se olham)

Mikaella: Quem é?

Voz: Sou eu Susan vim verificar se estão todas dormindo, posso entrar?

Mikaella: Droga! (Mikaella diz baixinho para  Ayno) Vai se esconde!

Ayno: Aonde? 

Mikaella: Eu não sei, se vira.

Susan: Senhorita Malafaia?

Mikaella: Sim, já estou indo abrir a porta.

(Ayno fica andando para lá e para cá, até que ele se esconde de baixo dos coberto de Mikaella)

(Mikaella se levanta andando com um pé só, ela abre a porta)

Susan: Porque da demora para abrir?

(Mikaella aponta para se pé)

Mikaella: Torci meu pé, não consigo andar direito.

(Susan entra no quarto e olha em volta)

Susan: Luna já na cama? Bem.. está tudo ok, não deixe de ir até o ambulatório amanhã para ver como está seu tornozelo.

(Mikaella acena com a cabeça, Susan lhe desenha Boa noite e sai)

(Mikaella fecha a porta)

Mikaella: Você tem uma boca abençoada em garoto.

(Ayno sai de baixo da coberta)

Mikaella: Não tinha outro lugar para se esconder? Se ela tivesse chegado perto da minha cama e visse que não era você.

Ayno: Queria que eu escondesse aonde?

Mikaella: Que seja agora vai embora antes que ela volte, não quero mais b.o para cima de mim.

(Mikaella se senta na cama)

Ayno: Não foi você quem disse que não estava nem ai para..

(O toque do telefone da Mikaella corta a fala de Ayno)

(Mikaella pega seu celular de cima de sua cama, Mikaella fica faz um expressão preocupada)

Mikaella: Você de novo não (Diz baixinho)

Ayno: Que cara é essa?

Mikaella: Nada. (Mikaella diz ainda olhando para se celular)

Ayno: Me da isso aqui. (Ele pega o celular da mãos de Mikaella)

Mikaella: Não! (Mikaella tenta pegar o celular das mão de Ayno)

(Mais Ayno se esquiva das mãos dela)

Ayno: Eu já te dou só quero ver oque te mandaram para ..

Mikaella: Me da meu celular! (Ela tenta pegar)

(Ayno se esquiva)

Ayno:  Ter ficado tão séria de repente. (Ayno fica em pé, ele coloca o celular no alto)

Mikaella: Me da isso! Quem você pensa que é para pegar meu celular desse jeito?! Isso se chama violação de privacidade!

(Mikaella está sentada na cama pois não consegue ficar em pé)

(Mikaella estende a mão)

Mikaella: Me da agora !,se não eu vou fazer um escândalo.

(Ayno da o celular para Mikaella mais puxa para ele de novo , mais Mikaella é mais rápida com que ele)

(Mikaella puxa o pulso de Ayno com força que acaba perdendo o equilíbrio e acaba caindo em cima de Mikaella)

(Os dois ficam centímetros  de distância, o coração de Mikaella começa a bater a mil por hora,Ayno não tira os olhos dela)

Ayno: Sinto seu coração batendo descontroladamente.

Mikaella: E-eu.. não estou morta então é óbvio que está batendo. Agora da para sair de cima de mim.

Ayno: Oque ele tem que eu não tenho?

Mikaella: Hãn?

Ayno: Ace eu sei que ele gosta e você, ele mesmo me disse isso.

Mikaella: E dai?

Ayno: Você gosta dele sem ser como amigo?

Mikaella: Porque se importa?

Ayno: Apenas quero saber, se não me deu um chance até hoje, acredito também que seja por causa dele

Mikaella: Você sabe que não te dei nenhuma chance porque não quero ser uma de sua lista, você fala que  não, mais eu serei sim, depois do que me disse na festa aquele dia quer que eu acredite?

(Os olhos de Mikaella enchem de lágrimas)

Mikaella: Aonde se vê falar aquilo para mim? Isso foi uma facada já me insultaram de várias formas, mais não daquela forma, tenho esse meu gênero mais tenho sentimentos.

(Suas lágrimas escorrem por sua bochecha)

(Ayno limpa a lágrima que escorre do rosto de Mikaella com seu polegar)

Ayno: Por favor não chore. Eu..eu não queria dizer aquilo

Mikaella: Mais disse! 

(Ayno fecha os olhos, pressionando sua testa com de Mikaella, Ayno segura os rosto de Mikaella com as mãos, ele levemente toca seus lábios, com os lábios colado com de Mikaella ele sussurra)

Ayno: Me perdoa

(Mikaella empurra Ayno que ainda estava em cima dela,Mikaella se senta na cama)

Mikaella: Tarde demais para se desculpar, por favor saia do meu quarto.

(Ayno se levanta)

Mikaella: E não se aproxime mais de mim, você me da nojo.

(Ayno acena com a cabeça sua expressão é de tristeza)

Ayno: Nada que eu disser vai fazer você mudar de ideia certo? Pois bem vou fazer sua vontade ficarei metros de distância de você. (Ayno sai do quarto com uma profunda tristeza)

(Mikaella começa a chorar)

Mikaella: Porque ele tem que brincar comigo desse jeito, ficando com aquelas garotas, por mais que eu odeio admitir aquilo machucou.

(Ayno lembra das últimas palavras de Mikaella)

Ayno: Ok.. se é isso que ela quer tudo bem, afinal ela não é a única garota desse colégio, só é a garota de quem eu gosto. (Risos) Que bizarro pela primeira vez na vida, eu gosto de uma garota, eu Ayno gosto.. de uma garota, que cuja meu primo também é apaixonado rs. (Ayno vai direto para seu quarto)

(Ace que estava escondido assim que Ayno apareceu na escada falando sozinho)

Ace:  Isso deve ser mais uma piada de Ayno, ele.. ele.. não pode ser, o que eu acabei de ouvir.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...