1. Spirit Fanfics >
  2. Uma galera atrevida >
  3. Por pouco...

História Uma galera atrevida - Capítulo 62


Escrita por:


Capítulo 62 - Por pouco...


Fanfic / Fanfiction Uma galera atrevida - Capítulo 62 - Por pouco...

Ayno: Eu sou muito feliz com ela

(Mikaella e Ayno entreolham por alguns segundos)

(Ruan abre um enorme sorriso)

Ruan: Você não faz ideia do quanto fico feliz em ouvir isso, eu percebo pelo jeito que olha para minha filha o quanto a ama. Eu sei que vai fazer isso mais cuida bem dela, minha filha é a coisa mais preciosa nessa vida para mim, meu mundo acabaria se algo acontecesse com ela.

(Mikaella olha para Ruan,ela da um sorriso de canto, Luciana percebe mais não diz nada)

Ayno: Não se preocupe senhor enquanto , prometo a vocês que vou cuidar bem dela como eu havia dito

Luciana: Eu também fico feliz em ouvir isso, foi tão bom ela ter encontrado alguém como você.

(Ayno ainda está segurando a mão de Mikaella)

Ruan: Diga alguma coisa filha..

(Mikaella olha para Ayno e seus pais)

Mikaella: Er- eu.. me desculpa. 

(Mikaella se solta da mão de Ayno que ainda estava segurando, ela se levanta e vai ao toalete)

(Mikaella chega no toalete trancando a porta e começa a chorar, ela lava seu rosto e se olha no espelho)

Mikaella: Porque esse ataque de choro Mikaella? Vamos parar com isso.

(Mikaella diz essas palavras chorando)

(Batida na porta)

Luciana: Filha?

Mikaella: Droga.. (Mikaella seca suas lágrimas) Sim

Luciana: Você está bem? Porque saiu correndo daquele jeito?

Mikaella: Eu estou bem, eu só estou apertada.

Luciana: Tudo bem, não demora viu. (Sai)

Mikaella: Ayno não deveria ter dito aquilo, não deveria, queria tanto que aquilo fosse verdade.

(Mikaella começa a chorar de novo) Mikaella: Mais não passa de uma farsa ele foi longe demais. Preciso dizer a verdade para eles não quero me machucar mais.

(Mikaella seca suas lagrimas ela se arruma para fingir que está tudo vem e sai do toalete)

(Ela chega na mesa, Ayno olha para Mikaella que desvia o olhar, Ayno percebe que ela estava chorando)

Ruan: Está tudo bem?

(Mikaella concorda com a cabeça)

Mikaella: Bem.. eu tenho uma coisa para contar, eu menti.

Ruan: Sobre?

(Mikaella abre a boca para falar quando o telefone de Ruan toca)

Ruan: Com licença eu preciso atender. (Ruan se levanta e sai)

Luciana: Se me derem licença eu vou ao toalete. (Luciana se levanta e sai)

(Mikaella e Ayno ficam em silêncio, eles desviam o olhar um do outro)

Ayno: Você vai contar para eles?

Mikaella: Sim, não há para quer ficar mentindo, Ruan vai ficar puto da vida por ter mentido para ele mais nada que eu possa lidar, você.. conquistou ele. Ruan é uma pessoa bem difícil se convencer.

Ayno: Sério? Você puxou isso dele garota difícil de se convencer.

Mikaella: É.. eu não sabia que você era um ótimo ator, séria uma ótima profissão para se seguir você mente muito bem?

Ayno:  E quem disse que eu estava mentindo?

(Ayno diz um pouco baixo, Mikaella não consegue ouvir direito)

Ruan: Aonde está sua mãe?

Mikaella: Hun.. foi ao toalete.

(Luciana chega assim que Ruan pergunta por ela)

Ruan: Luciana eu preciso voltar para o Brasil hoje a noite.

Luciana: Porque? Aconteceu alguma coisa?

Ruan: Houve um enorme problema no hotel eu preciso voltar imediatamente.

Luciana: Nossa meu amor, você quer que eu vá junto?

Ruan: Não precisa, você tem seu trabalho aqui.

Luciana: Isso não será problema algum, eu tenho a Susana ela pode ficar responsável pela casa até chegarmos..

Ruan: Tem certeza? E não sei quantos dias vou ficar por lá até eu resolver tudo.

Luciana: Tenho sim, Susana é meu braço direito ela vai cuidar de tudo

Ruan: Me desculpe Ayno por acabar com o jantar assim.

Ayno: Imagine senhor.

Ruan: Eu tenho quer nesse exato momento, me perdoa não vou poder levar você para casa mais eu peço para meu motorista leva-lós embora.

Ayno: Não se preocupa com isso, eu ligo para o motorista da minha família e peço para que nos leve de volta para o colégio.

Ruan: Obrigado Ayno, Vamos então? preciso pegar minhas coisas no hotel.

Luciana: Claro, vamos então..

(Assim que Ruan paga a conta eles saem do restaurante)

Ruan: Foi um prazer conhecer você Ayno

Ayno: O prazer foi meu.

Luciana: Eu vou com seu pai está bem? Toma cuidado ok, Ayno por favor fique de olho nela.

Mikaella: Mamãe! Isso não é necessário eu sei me cuidar.

Ayno: Pode deixar

Luciana: Eu sei que sabe minha querida, se precisar de alguma coisa e me telefonar

Ruan: Se comporte voltamos  daqui uns dias.

(Motorista de Ruan chega, Luciana ele entram no carro e vão embora)

Ayno: Deve ter acontecido algo grave pela cara dele.

Mikaella: Com certeza aconteceu alguma coisa com o hotel no Brasil.

Ayno: Ele trabalha em hotel? E tem um carro daquele?

Mikaella: Não sua anta, ele é dono da Rede de Hotel Carter.

Ayno: Uau.. Hotel Carter? 

Mikaella: Surpreso?

Ayno: Claro.. esse hotel é o um dos melhor hotel do mundo, toda vez que Amber dizer algo para você "Meu pai tem isso" Meu pai tem aquilo" Só jogar na cara dela, sou a herdeira do Resort Carter.

Mikaella: Eu prefiro manter isso isso só para mim, não sou o tipo de pessoa que sai jogando na cara de todo mundo eu sou herdeira de tal coisa.. isso é ridículo

Ayno: Você tem razão.

(Os dois ficam em silêncio esperando pelo motorista de Ayno)

Ayno: Porque você estava chorando?

Mikaella: Hun..? Eu chorando,da onde tirou isso? Oh o deve ser seu motorista

( O motorista chega, eles entram no carro os leva para o colégio)

( A volta para o colégio é um silêncio total, pouco tempo depois eles chegam, eles saem do carro e sobem as escadas para o dormitório)

Ayno: Você não vai dizer porque estava chorando?

Mikaella: Eu não estava chorando, caiu um cílios no meu olho só isso.

Ayno: Você mente muito bem.

Mikaella: Sou experiente nesse assunto.

Ayno: Então você confirma que estava chorando? 

Mikaella: Sim eu estava e daí?

Ayno: Por qual motivo?

(Mikaella respira profundo)

Mikaella: Você me fez chorar.

(Ayno arregala os olhos surpreso)

Ayno: Eu? Mais oque eu te fiz??

Mikaella: Tantas coisas.. só que..

(Os olhos de Mikaella começa a lagrimejar)

Mikaella: Deixa para lá, estou cansada..

(Mikaella se vira para subir, quando Ayno segura seu pulso)

Ayno: Espera! Me diz oque eu te fiz? Eu sei que a gente não se da bem vira e meche estamos discutindo, mais eu não te dou motivos,nunca te disse nada de ruim para você chorar, só foi aquela vez que disse aquelas coisas horríveis para você eu me arrependo até hoje.Se na hora você  lembrou disso e fez com oque chorasse me perdoa não foi minha intenção.

(Mikaella segura suas lágrimas)

Mikaella: Não foi nada disso, isso aconteceu a muito tempo foi passado.

Ayno: E se não é isso, porque está com lágrimas nos olhos?

(Mikaella fecha os olhos, as lágrimas escorrem por sua bochecha)

(Ayno solta o pulso da Mikaella, ele se aproxima dela e limpa suas lágrimas)

Ayno: Eu não gosto de ver chorar, me diga oque eu te fiz?

Mikaella: Esquece.. eu tenho que ir já está tarde, assim que minha mãe e Rua voltar do Brasil eu converso com eles, nem de tempo de falar.. tenha uma boa noite.

(Mikaella sobe as escadas correndo)

(Ayno a observa, ele fica plantado no meio da escadas sem entender)



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...