História Uma Gangster Sentimental - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor / Ódio
Visualizações 26
Palavras 732
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção Científica, Fluffy, Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Lírica, Literatura Feminina, Luta, Mistério, Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Slash, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


BOA LEITURA♥

Capítulo 1 - Um Passado Obscuro


Fanfic / Fanfiction Uma Gangster Sentimental - Capítulo 1 - Um Passado Obscuro

Luna On






Minha vida é horrível, eu sofro tanto...guardar os sentimentos é muito ruim, você pode achar besteira, mas é por que não está no meu lugar

Eu só consigo ter dois sentimentos : tristeza e ódio

Sou uma garota fria, com um olhar triste, o sofrimento vive dentro de mim, meu mundo é cinza, sem graça, às vezes eu penso : por que eu ainda estou viva ?

Você está me achando louca não é ? Pode falar o que quiser, eu não ligo

Meu nome é Luna Klason, tenho 16 anos, sou brasileira descendente de americanos, carrego o sobrenome da família mais assassina do mundo, vou me mudar para os Estados Unidos, treino desde que eu era bebê, não tive infância, não sei o significado da felicidade

Meu pai sempre abusou da minha mãe, sobre ela ? Ela morreu

Eu não ligo para isso, mas sei que fiquei muito triste quando era criança

Ele abusava dela, eu e meu irmão não chorávamos, pelo menos na frente dele

Flash Back On

Aprenda a me obedecer, sua vadia ! - *meu pai falava enquanto batia na minha mãe, ela chorava demais, não podíamos fazer nada, a não ser olhar*

Pare, por favor - *minha mãe implorou, ele ficou com mais raiva e pegou um machado*

- Vá para o inferno ! Vadia - *Ele corta a cabeça da mamãe, estávamos quase pra desabar, mas fomos fortes e engolimos o choro*

- Seus filhos da mãe ! Vão para o quarto, amanhã teremos um treino de como cortar cabeças, e dessa vez serão com pessoas - *Obedecemos o papai e fomos para o quarto*

- A mamãe morreu ! - *Meu irmão começa a chorar, começo a chorar também, nesse momento, papai entra no quarto*

- O que eu disse sobre não chorar? Vocês não podem ser assim, e como punição, vocês terão duas coisas para fazer, 1 : terão que remover os órgãos da vadia da mãe de vocês e 2 : se ajoelharem em pedrinhas enquanto eu chicoteio vocês

- Sim papai ! - *Respondemos em coro*

- É "senhor" ! - *Ele dá um tapa forte em nossos rostos*

Flash Back Off

Hoje ele não é tão mal como antigamente, ele até que é legal

Mas esse não é meu único problema, eu me corto, até demais, já até fui para o hospital

Meu irmão ? O nome dele é Lyan, ele é meu irmão gêmeo, eu sou 1 minuto mais velha que ele, ele sempre me ajudou em tudo, ele e minha irmã, a Dulce

Dulce é nossa irmã mais nova, ela tem 15 anos, ela é muito sentimental, não tem medo de nada, foi por esse motivo que meu pai abusou dela quando ela tinha apenas 6 anos

Tenho que me mudar porque meu pai acha que podemos ser descobertos

Eu já matei muitas pessoas : bebês, crianças, adolescentes, adultos, idosos...

Todas às vezes que mato alguém, acabo tendo pesadelos com essa pessoa

Namorado ? Pode esquecer ! Não preciso de um homem para viver, meu futuro é ser uma gangster profissional, sem contar que não sinto atração por ninguém, mesmo sabendo que existe alguém que pode me completar

Na escola, eu sofria bullying, por ser gótica, e nunca reagia, por quê ? Porque quando fico com raiva, minha força aumenta de 50 pra 100

E eu ia acabar matando alguém

E agora ?

Acho que agora você sabe que eu tenho motivo suficiente pra morrer

As máscaras escondem quem as pessoas são de verdade, o ódio está aumentando cada vez mais, e nós, seres humanos, não podemos fazer nada, porque somos o próprio ódio

A cada segundo, nós temos :

Suicídios

Homicídios

Estrupos

Preconceito

Ódio

Tristeza

Desprezo

Solidão

Bullying

Roubos

Acidentes

Mortes

Drogas

Bebidas

É isso que você chama de vida ?

Valorize a sua vida, seja feliz, e o mais importante de todos :

Espalhe amor por onde você for

As pessoas perdem tempo com coisas desnecessárias, não adianta negar, um exemplo disso é : ser melhor que alguém vai mudar algo no mundo ?

Acho que a resposta é não

Reflita sobre a sua vida, okay ?

Seja verdadeiro, seja humilde

Eu não sou exemplo pra ninguém, mas sei que você pode ser exemplo pro mundo

Os sonhos só acontecem se você tiver esperança e atitude

Não tente ser o que não é

Não tenha medo de mostrar o que tem dentro de você

Isso não é um poema/poesia e muito menos a minha pessoa

É a verdade que muitos não sabem

Agora que você sabe, o que vai fazer ?

Vai rir ?

Vai chorar ?

Vai espalhar pro mundo ?

Vai ser matar ?

A vida é sua

São suas decisões, quem escolhe o caminho é você


Continua...









Notas Finais


Desculpa kkk, é que deu vontade rsrs (eu sei, sou doida)
Bjs de luz e bye-bye ^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...