História Uma Gangster Sentimental - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor / Ódio
Visualizações 9
Palavras 732
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção Científica, Fluffy, Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Lírica, Literatura Feminina, Luta, Mistério, Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shounen, Slash, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


BOA LEITURA♥

Capítulo 1 - Um Passado Obscuro


Fanfic / Fanfiction Uma Gangster Sentimental - Capítulo 1 - Um Passado Obscuro

Luna On






Minha vida é horrível, eu sofro tanto...guardar os sentimentos é muito ruim, você pode achar besteira, mas é por que não está no meu lugar

Eu só consigo ter dois sentimentos : tristeza e ódio

Sou uma garota fria, com um olhar triste, o sofrimento vive dentro de mim, meu mundo é cinza, sem graça, às vezes eu penso : por que eu ainda estou viva ?

Você está me achando louca não é ? Pode falar o que quiser, eu não ligo

Meu nome é Luna Klason, tenho 16 anos, sou brasileira descendente de americanos, carrego o sobrenome da família mais assassina do mundo, vou me mudar para os Estados Unidos, treino desde que eu era bebê, não tive infância, não sei o significado da felicidade

Meu pai sempre abusou da minha mãe, sobre ela ? Ela morreu

Eu não ligo para isso, mas sei que fiquei muito triste quando era criança

Ele abusava dela, eu e meu irmão não chorávamos, pelo menos na frente dele

Flash Back On

Aprenda a me obedecer, sua vadia ! - *meu pai falava enquanto batia na minha mãe, ela chorava demais, não podíamos fazer nada, a não ser olhar*

Pare, por favor - *minha mãe implorou, ele ficou com mais raiva e pegou um machado*

- Vá para o inferno ! Vadia - *Ele corta a cabeça da mamãe, estávamos quase pra desabar, mas fomos fortes e engolimos o choro*

- Seus filhos da mãe ! Vão para o quarto, amanhã teremos um treino de como cortar cabeças, e dessa vez serão com pessoas - *Obedecemos o papai e fomos para o quarto*

- A mamãe morreu ! - *Meu irmão começa a chorar, começo a chorar também, nesse momento, papai entra no quarto*

- O que eu disse sobre não chorar? Vocês não podem ser assim, e como punição, vocês terão duas coisas para fazer, 1 : terão que remover os órgãos da vadia da mãe de vocês e 2 : se ajoelharem em pedrinhas enquanto eu chicoteio vocês

- Sim papai ! - *Respondemos em coro*

- É "senhor" ! - *Ele dá um tapa forte em nossos rostos*

Flash Back Off

Hoje ele não é tão mal como antigamente, ele até que é legal

Mas esse não é meu único problema, eu me corto, até demais, já até fui para o hospital

Meu irmão ? O nome dele é Lyan, ele é meu irmão gêmeo, eu sou 1 minuto mais velha que ele, ele sempre me ajudou em tudo, ele e minha irmã, a Dulce

Dulce é nossa irmã mais nova, ela tem 15 anos, ela é muito sentimental, não tem medo de nada, foi por esse motivo que meu pai abusou dela quando ela tinha apenas 6 anos

Tenho que me mudar porque meu pai acha que podemos ser descobertos

Eu já matei muitas pessoas : bebês, crianças, adolescentes, adultos, idosos...

Todas às vezes que mato alguém, acabo tendo pesadelos com essa pessoa

Namorado ? Pode esquecer ! Não preciso de um homem para viver, meu futuro é ser uma gangster profissional, sem contar que não sinto atração por ninguém, mesmo sabendo que existe alguém que pode me completar

Na escola, eu sofria bullying, por ser gótica, e nunca reagia, por quê ? Porque quando fico com raiva, minha força aumenta de 50 pra 100

E eu ia acabar matando alguém

E agora ?

Acho que agora você sabe que eu tenho motivo suficiente pra morrer

As máscaras escondem quem as pessoas são de verdade, o ódio está aumentando cada vez mais, e nós, seres humanos, não podemos fazer nada, porque somos o próprio ódio

A cada segundo, nós temos :

Suicídios

Homicídios

Estrupos

Preconceito

Ódio

Tristeza

Desprezo

Solidão

Bullying

Roubos

Acidentes

Mortes

Drogas

Bebidas

É isso que você chama de vida ?

Valorize a sua vida, seja feliz, e o mais importante de todos :

Espalhe amor por onde você for

As pessoas perdem tempo com coisas desnecessárias, não adianta negar, um exemplo disso é : ser melhor que alguém vai mudar algo no mundo ?

Acho que a resposta é não

Reflita sobre a sua vida, okay ?

Seja verdadeiro, seja humilde

Eu não sou exemplo pra ninguém, mas sei que você pode ser exemplo pro mundo

Os sonhos só acontecem se você tiver esperança e atitude

Não tente ser o que não é

Não tenha medo de mostrar o que tem dentro de você

Isso não é um poema/poesia e muito menos a minha pessoa

É a verdade que muitos não sabem

Agora que você sabe, o que vai fazer ?

Vai rir ?

Vai chorar ?

Vai espalhar pro mundo ?

Vai ser matar ?

A vida é sua

São suas decisões, quem escolhe o caminho é você


Continua...









Notas Finais


Desculpa kkk, é que deu vontade rsrs (eu sei, sou doida)
Bjs de luz e bye-bye ^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...