1. Spirit Fanfics >
  2. Uma garota entre dois mundos. >
  3. Prólogo

História Uma garota entre dois mundos. - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Essa é a minha primeira fanfic, espero que gostem!

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Uma garota entre dois mundos. - Capítulo 1 - Prólogo

–Towa...minha pequena...cuide de sua irmã menor e de seu chichi-ue...seja uma menina forte...sua mãe te ama muito... corra depressa!!

– buá buá buá! não durma mamãe!

– corra rápido e encontre Setsuna! Eu ficarei...bem...

Estava com muito medo e vendo a mamãe naquele estado, estava me desesperando. Juntei toda a coragem que tinha e seguir o pedido dela e corri em busca da minha irmãzinha, mas só encontrava cadáveres de youkais e de humanos do vilarejo pelo caminho, entrava em total desespero quando via os vizinhos e amigos daquela forma.

O fogo não parava de aumentar, estava difícil de respirar. Mamãe, papai, Setsuna e o senhor Jaken vinham em minha mente enquanto corria pela floresta, percebi que estava andando pelo mesmo lugar, de repente, uma luz intensa chama minha atenção e acabo seguindo-a.

Quanto mais me aproximava , sentia que aquilo estava me puxando, não tive forças para parar de caminhar em direção a luz que irradiava naquela grande árvore. Uma espécie de buraco se abriu no tronco dela e acabei entrando e desmaiei.

Quando acordei, estava em um lugar branco, era tudo muito estranho, sentia meus olhos pesados, mas me levantei e tirei uma agulha estranha em meu braço. Porém, quando estava perto de sair daquele lugar esquisito, uma mulher de branco me interfere e faz com que eu volte para aquele futon alto e com objetos estranhos em volta.

Senti muito medo e comecei a gritar chamando minha mãe, mas ela não aparecia, nem o papai ou minha irmã. Um homem e uma mulher entram no quarto, perguntam se estou estou bem e falam que serão responsáveis por mim até que localizem minha família.

Quando fui liberada daquele lugar que chamam de hospital, uma mulher que se chamava Hitomi me levou para sua casa. Aquele barraco era bem diferente da casa em que vivia com minha família. ao lado da moradia tinha um templo muito parecido com o qual minha mãe cuidava, andei por aquele lugar e me deparei com a árvore que entrei há alguns dias atrás, chorei ao lembrar da minha família, usei minhas garras para destruir o tronco, mas fui interrompida pelo marido daquela mulher, ele me abraçou e disse que iria encontrar um jeito de voltar para minha família.

continua....


Notas Finais


até o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...