História Uma garota entre idiotas - Capítulo 8


Escrita por:


Capítulo 8 - Melhores amigas para sempre


Fanfic / Fanfiction Uma garota entre idiotas - Capítulo 8 - Melhores amigas para sempre

Um mês havia se passado depois do meu desmaio, eu estou bem mas as vezes eu tenho uns flashes de memória que me fazem ficar confusa por alguns minutos

Eu queria conversar com o Liang, Upa e Qi mas eu não tenho coragem de falar sobre aquela época horrível, então eu converso com minhas amigas já que elas são boas ouvinte

- Quer dizer que você trabalhou na máfia chinesa? - Sayuri estava me ajudando a regar as plantas do jardim - Você ja conversou com eles?

- Não tomei a dose de coragem ainda! - eu olho para Sayuri que da um riso - Eles querem recomeçar a vida deles então eu não posso tocar no assunto da máfia entende?

Ela balança a cabeça negando, mesmo que agente não concorde em algumas coisas, somos boas amigas!

- Melhor você falar com eles logo - Akemi se aproxima, ela se agacha e pega uma das flores e me mostra - Se você não falar com eles, você vai ficar muito estressada

- Eu vou conversar com eles depois mas por agora... - pego um balde de água e jogo em Akemi que fica totalmente molhada

Do nada agente começa uma guerra de água no jardim, todas nós parecemos crianças brincando. Ouço a porta abrir e vejo que havia entrado, Hajime e Hitoshi estavam lá parados olhando agente

O Hitoshi leva as meninas de volta ao prédio quatro enquanto Hajime me encara com um olhar assustador

- O N°71 está te chamando para conversar - Qi está me chamando?

Hajime me leva para o prédio cinco, ele me leva para a cela oito onde Qi estava me esperando...dormindo!

Quando Hajime vai embora eu o encaro com um olhar ameaçador, logo eu piso na barriga dele com muita força fazendo ele gritar de dor. Upa e Liang que estavam descansando olham na hora para mim

- Você me chama e depois vai dormir...você é realmente um incômodo seu imundo... - eu olho para ele com um olhar de nojo

- Desde quando você ficou igual ao Upa!? - eu me afasto dele e encosto na parede

Realmente eu não sei oque tinha me dado mas depois de eu ter lembrado dessas memórias, eu me sinto estranha. Qi se levanta e coloca a mão na cabeça

- Então você está se lembrando da máfia não é? - Upa e Liang ficam supresos pelo que Qi acabou de diser 

- O que vocês fizeram comigo? 

- Agente não queria que você fosse presa, então Qi te deu uma injeção que te faria esquecer da máfia por cinco anos - Liang se aproxima de mim

Eu abaixo minha cabeça serrando os punhos, eu não sei que emoção eu estou sentindo... Eu não sei mais o que sentir!

- Mahina-chan - Upa estava na minha frente me encarando - Nós só queriamos te proteger na época e se quiser descontar, fui eu que tive a ideia aquele dia

Os três garotos estavam me encarando esperando eu falar algo, eu me agacho na frente de Upa que ainda está me olhando

Eu coloco minhas mãos nas bochechas dele e começo a puxar elas fazendo ele dar um sorriso  forçado

- Você parece uma criança com mentalidade de adulto sabia? - eu contínuo puxando as bochechas dele, percebo que ele já está ficando irritado e logo paro 

- N°10 agente vai voltar pro prédio treze! - eu saio da cela e aceno para meus amigos que fazem o mesmo

Eu estou voltando para o prédio quando eu ouço algo cair no concreto, quando eu olho para trás eu vejo Hajime caido no chão sangrando.

- Nós te achamos Mahina.... - eu olho para trás e vejo a pessoa do meu sonho segurando uma faca

Eu fico em uma posição de ataque e eu ouço passos vindo de trás de mim

 - Eu estou encurralada! 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...