História Uma garota estranha - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 3
Palavras 381
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi, espero que gostem 😘

Capítulo 14 - Cap 13- Rainha e armaduras


Fanfic / Fanfiction Uma garota estranha - Capítulo 14 - Cap 13- Rainha e armaduras

Acordei me sentindo muito mal, por isso não fui na escola.

Fiz uma chamada de vídeo com Hanna e Aurora para contar sobre a ontem. Quando terminei de contar Hanna disse:

–Julie, será que podemos ir com você hoje a noite?

–Ok, estejam aqui as 11:20.

Voltamos a conversar. Quando deu o horário fomos para o Salgueiro, todas estávamos com legging preta e moletom–Hanna roxo, eu azul e Aurora rosa.

Chegamos no primeiro badalar do sino/relógio, a luz da lua cobriu as meninas mas não a mim, no último badalar do sino os galhos abriram caminho.

–Minha querida, não sabia que iria trazer visitas.

Quando abri a boca para falar Aurora exclamou:

–Rainha Caterine!

–Quem?–perguntei.

–Ela é a rainha Caterine, mãe da rainha Beatriz do reino do centro, também conhecido com Reino of beauty.

–Olá Aurora, como vai seu irmão? Bom, adoraria conversar mais, mas tenho uma coisa para vocês.

Ela nos entregou o que eu achei as mais maravilhosas espadas e escudos que eu já vira(a espada e escudo da foto) em três cores roxa, rosa e azul. Ela entregou a roxa a Hanna, a rosa a Aurora, e a azul a mim.

–Me sigam.

Ela parou diante de uma parede.

–Não tem nada aqui–falou Hanna.

Ela iguinorou Hanna e estendeu a mão tocou a parede e a mesma se abriu.

Lá estavam seis armaduras estilo medieval três de mulheres e três de animais.

Ele apontou para Hanna e para a armadura roxa, Aurora a rosa e eu a armadura azul. Fomos para frente das armaduras, eram do mesmo estilo da espada e do escudo. Quando nos colocamos em frente as armaduras, trocamos automáticamente das roupas normais para as armaduras.

–Legal.

–Muito bem peguem isso.

Ela nos deu um colar com nossas iniciais. 

–Quando vocês falarem "ataque" a armadura, o escudo e a espada vão aparecer. Quando dizer "cessar" a armadura vai desaparecer. Não deixem ninguém saber que são vocês, só se for completamente nescessário. Muito bem, testem os colares.

–Cessar!–falamos juntas, e logo estávamos novamente de moletom.

–Nos vemos amanhã...

–A meia-noite–falamos eu, Hanna e Aurora.

–A noite, não precisa ser a meia-noite, só se vocês forem trazer alguém. Agora tchau, vão já é meia-noite.

Chegando em casa fui dormir e novamente sem sonhos.




















Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...