História UMA GAROTA NO EXO (Imagine Chanyeol e Kyungsoo) - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Berry Good, EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Daye, Gowoon, Johyun, Kai, Personagens Originais, Sehun, Sehyung, Seoyul, Suho, Taeha, Xiumin
Tags Exo, Imagine Chanyeol, Imagine Exo, Imagine Kyungsoo, Tomboy
Visualizações 793
Palavras 1.000
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - É Hyung pra você.


Fanfic / Fanfiction UMA GAROTA NO EXO (Imagine Chanyeol e Kyungsoo) - Capítulo 10 - É Hyung pra você.

Anteriormente...

– Você age Igual uma garota. Você fala igual uma garota, você tem coisas de garotas escondidas no closet e você fala enquanto dorme. E... Ontem a noite quando você se agarrou eu mim eu senti oque você tem escondido por baixo da camisa, isso só confirmou minhas suspeitas. 

Agora...

— Kyungsoo...

– Vem, vamos para o ensaio.

— Eu não posso.

– Ok, vou dizer ao manager que você está doente. Quero que me encontre na frente da empresa hoje a tarde, quero que me explique oque está fazendo aqui. – Apenas Ascenti e ele saiu do quarto. Respirei fundo e me deitei.

Eu sabia que ele iria descobrir. Kyungsoo é muito esperto, vou torcer pra que ele não conte disso para ninguém. Ninguém pode ficar sabendo disso.


[>>>]


Me sentei no banco e olhei para os lados, nenhun sinal do Kyungsoo. Esperei mais um pouco e logo ele apareceu e sentou ao meu lado.

— Então...é que eu...eu sou uma garota.

– Disso eu já sei. Mas oque está fazendo aqui? Deveria debutar em um Girl-Group e não em um grupo cheio de Homens.

— Kyungsoo. Você precisa guardar esse segredo, por favor.

– Me de um motivo para eu não te entregar. – Abaixei a cabeça.

— Eu...eu sempre quis debutar. Mas como uso roupas consideradas "masculinas" algumas pessoas julgam...

– Você ao menos tentou entrar em um grupo feminino?

— Passei cinco anos treinando. Todas as minhas amigas debutaram e eu fiquei sozinha.

– Olha pra mim. – Eu nego. Ele segurou no meu queixo levantando meu rosto. – Sabe que isso pode dar confusão não é?

— Eu sei. Mas por favor... finja apenas que eu sou o Yoon Doyun. Finja que eu sou um garoto pra você.

– Agora que eu sei que é uma menina fica meio difícil né.

— Oppa... — Ele segurou o riso — Por favor.

– Tudo bem. – O Abracei. – Eu não vou contar pra ninguém, mas se você não quer que ninguém descubra você tem que agir mais como um garoto. – Me separei dele.

— Olha, isso é difícil.

– Mas foi você que escolheu isso não foi? Agora aguente! Eu vou te ajudar nessa...

— Eu me chamo ______.

– Belo nome. Mas é melhor continuar com Yoon Doyun ou Yun, Não posso te chamar por esse nome na frente dos outros.

— Muito obrigado. É sério... se não fosse você eu estaria perdida.

– ______, isso vai dar muito problema, uma hora Alguém mais vai descobrir.

— É tarde demais, eu já estou encrencada.

– Você quem sabe. Mas depois não diga que eu não te avisei.

— Eu não posso desistir agora. O debut será daqui a alguns dias... oque eu posso fazer? Estou tão ansiosa. — Toquei minhas bochechas e ele riu.

– Vamos voltar para o dormitório. O ensaio está para acabar e os meninos vão voltar a qualquer momento. – Entramos no prédio e subimos para o dormitório, lá me deidei debruçada na cama.

— Oque o manager disse quando não me viu?

– Ele perguntou por você. – Abriu uma garrafa de água e tomou um gole – Eu disse que você estava com febre.

— Ele acreditou?

– Acho que sim. Eu menti por sua causa.

— Foi Preciso isso. — Ele se esticou olhando pela brecha da porta entre-aberta.

– Chanyeol está vindo! – Me Deitei e me cobrir deixando apenas meu rosto de fora. Chanyeol entrou no quarto e me olhou.

– Você está bem?

— Eu pareço bem?

– Nossa calma, eu só perguntei.

– A febre dele abaixou um pouco, eu dei um remédio pra ele.

– Será que foi por causa da noite louca de ontem? Se foi, você é fraco Yun.

— E você me levou pro mal caminho Hyung.

– Vocês lembram que quase saíram no soco ontem?

– Sério?

– Ainda bem que eu impedi.

– Ainda bem para o Yun porque se não ele estava quebrado hoje.

— E você estaria pior. — Ele gargalhou.

– Acho que não.

– Vai Buscar o almoço do Yun. –Kyungsoo saiu empurrando Chanyeol até a porta. Era até engraçado como eles pareciam fofos, um bem alto e outro baixinho quase do meu tamanho. Um belo casal. (Autora: Shippo Chansoo mermo!)

– Porque eu? Por acaso ele está aleijado?

– Não, mas ele está doente você como Hyung deveria cuidar do seu Dongsaeng.

– Aish, eu vou. – Saiu do quarto.

- Agora eu me sinto na responsabilidade de cuidar de você e te proteger.

— Que fofo Oppa!

– Shiiiiu, é Hyung pra você. – Ele disse e nós rimos. Ele foi para o banho e logo Chanyeol apareceu com uma bandeja com meu almoço. Me sentei na cama onde ele colocou a bandeja e sentou também.

– Olha... quando eu fiquei sabendo que você estava doente fiquei preocupado.

— Porque? — Indagei pegando os Jeotgarak.

– Sei lá, fui eu quem te dei bebida ontem.

— Tá tudo bem. De vez em quando uma febre me aparece.

– Entendo. – Sorriu minimamente e se levantou. – Eu vou pra Sala. – Saiu do quarto.


[>>>]


Levantei e peguei a bandeja afim de levá-la para a cozinha, lá encontrei Sehun.

– Oi Yun. Você está melhor?

— Sim. — Sorri minimamente e deixei coloquei as coisas na pia. Voltamos para a sala e o manager estava por lá.

– Yun, vocês terão que ensaiar a música hoje a tarde, se sente melhor?

— Sim, minha febre abaixou.

– Você pode participar do ensaio então?

— Posso sim. — É mais fácil cantar do quê dançar quando está com dor. Eu pensava isso até esperimentar ir ao ensaio.

– Você está bem? – Perguntou Kyungsoo baixinho.

— Nem tanto. — Suspirei.

– Doyun! Essa era sua parte.

— Desculpa eu estava distraído.

– Tudo bem... vou dar uma pausa pra vocês. – Todos saíram e eu fiquei por último junto com Kyungsoo, assim que me levantei o olhei e o vi se levantar e tirar seu casaco.

Fui até a porta mas antes que eu saísse me assustei quando senti seus braços em minha cintura, ele havia amarrado seu casaco ali.

— Não me diga que...

– Sim, Aconteceu oque você está pensando.

— Aaaish. — ele se afastou e eu me Virei ajeitando o casaco na cintura. Que vergonha. Senti  meu rosto esquentar, com certeza eu estava vermelha. porque isso tinha que acontecer? 

– Volta pro dormitório. Eu dou um jeito.


Notas Finais


Ai gente, muito obrigado por fazerem essa fanfic crescer tão rápido, estou muito feliz com isso. Amo vocês ❤️

Se vocês puderem dê uma força na nova fic que estou escrevendo com ajuda de uma colega, está bem legal com participação do grupo K.A.R.D e o Modelo e Tatuador Kim Jisung

Link da fic: https://www.spiritfanfiction.com/historia/apenas-amigos-kim-jisung--kiji-13930114


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...