História Uma guerra pelo poder - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Brincalhão, Caçada, Comedia, Deuses, Diversão, Guerra
Visualizações 6
Palavras 2.106
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ecchi, Fantasia, Harem, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sci-Fi, Sobrenatural, Survival, Universo Alternativo, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Canibalismo, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


( sei de nada sobre o que vai acontecer nesse capítulo)

Capítulo 10 - O Deus Da Morte e A Deusa Da Luxúria


Os dois avançam um no outro e por algum motivo desconhecido  dão um abraço um no outro.

- Tio morte! Senti Saudades - falava Cris com seu sorriso no rosto -

- também senti sua falta sobrinho, a casa dos deuses tá muito vazia sem você - falava o deus da morte -

Yumi estava confusa pensando em como Cris poderia ter tios sendo que ele teria que ser mais velho que os outros deuses, enquanto Rose, Rodri e Hary tentavam entender aquilo tudo.

- Senti Saudades daquelas corridas de quem fazia mais pessoas tropeçarem,  lembra sobrinho? - falava o deus da morte quase rindo somente de lembrar -

- O melhor de todos foi aquele cara que  tropeçou e caiu na água daí quando foi levantar tropeçou de novo e ficou nesse ciclo - falava Cris rindo ao lembrar daqueles momentos -

Yumi ainda tentava pensar por que Cris teria um tio sendo que se ele for o deus supremo ele deveria ser mais velho.

- ei Cris,  a minha irmã andou dizendo que você está namorando alguma garota, quem é a sortuda? Ksks - falava o deus da morte vendo Cris apontar para Yumi -

O deus da morte guarda sua foice e caminha até Yumi,  Yumi olha para ele com um pouco de medo, logo em seguida vê o mesmo tirar seu capuz, seus cabelos eram prateados e seus olhos vermelhos e com uma pele branca, Yumi se assusta e fica curiosa, pois sempre achou que a morte tinha a aparência de um esqueleto em um capuz preto o. 

- Você pode me chamar pelo meu nome Yumi,  me chame por Lust, sou o tio do Cris e bom, quero muito que os dois consigam o que querem - falava Lust oferecendo um aperto de mãos -

- Ok Lust, vou fazer o meu melhor por isso - falava Yumi apertando a mão de Lust -

Lust caminha até a mesa e se senta, logo em seguida Cris caminha até Yumi e à abraça por trás.

- C-cris, não faça isso agora por favor - falava Yumi meio vermelha durante o abraço -

- não se preocupa meu tio não se importa comigo fazendo isso - falava Cris virando o rosto de Yumi para ele e a beijando -

Yumi fica um pouco mais vermelha que antes mas mesmo assim continua no Beijo que eles param alguns momentos depois.

- Ei Cris, vamos fazer aquilo que fazíamos antes? A vida não tá aqui para reclamar - falava Lust pegando sua foice -

- vamos nessa, vou pegar minha espada e..- enquanto Cris falava ele sente um energia extremamente forte vindo na direção dele, Cris fica assustado pois reconhece a energia -

Lust logo em seguida sente a mesma energia e olha para Cris.

- Cris corre logo cara - falava Lust guardando a foice e correndo para debaixo da mesa - eu vou ficar aqui por que não quero ver ela

- ela quem? Quem está vindo? - perguntava Yumi sem entender nada -

- minha irmã está vindo, e não quero ver ela por causa dela ser..- quando Cris terminaria sua frase, uma mulher aparece atrás dele -

Aquela mulher usava um coroa obscura em sua cabeça enquanto chifres demoníacos estavam ao lado da mesma, ela parecia mais velha que Lust e Cris,  sua aparência era de uma mulher de cabelos longos e castanhos com olhos de íris roxa e uma pele mais morena.

- Oi irmão, senti Saudades de você - falava aquela mulher fazendo o mesmo abraça que Cris fez em Yumi -

- O-Olá irmã, o que te traz aqui? - pergunta Cris enquanto fica um pouco vermelho -

A mulher de repente criava presas afiadas e mordia o pescoço de Cris. 

- Ei Lilith o que falamos sobre você morder o seu irmão? Pare agora garota - falava Lust em tonalidade seria enquanto a mulher chamada Lilith parava de morder o pescoço de Cris -

- me desculpa tio morte, você sabe que eu gosto do sangue dele...- falava Lilith vendo Lust a olhar com tonalidade seria -

- na verdade você gostava de outra coisa até onde eu lembro, o que era mesmo? Como se fala mesmo? - falava lLust vendo Lilith ficar vermelha e sinalizando para ele não falar -

Lilith fica vermelha e apenas abraça Cris enquanto Lust da risadas leves.

- ei irmã, por favor não volte a gostar daquilo.....É bem melhor você gostar do meu sangue do que aquilo - falava Cris saindo do abraço e indo até o lado de Yumi - e também eu já tenho alguém que eu amo 

- ah...tudo bem irmão, eu entendo todos crescem e escolhem o que a de melhor para si - falava Lilith sorrindo para os dois -

Yumi conseguia ver através daquele sorriso de Lilith o seu desgosto e inveja pelo amor que Cris sentia por ela, Yumi sabia que Lilith poderia ser capaz de tudo pelo amor de Cris pelo seu sorriso um pouco sadista.

Cris pega a mão de Yumi e leva ela até o quarto, Cris fecha a porta e deixa Yumi sentada na cama enquanto fica de pé em sua frente.

- desculpa por isso Yumi...eu realmente não queria que você conhecesse a Lilith ainda, tem muito para mim falar a você sobre minha família entre os deuses, de qualquer forma espero que não de nada de errado por hoje - falava Cris meio decepcionado e cabisbaixo -

Yumi se levanta e aabraça Cris o acomodando entre seus braços, Cris abraça Yumi para retribuir a afeição dela.

Yumi olha Cris meio preocupada sentindo medo de Lilith fazer algo.

- Cris..o que a Lilith gostava de você antes do seu sangue? - perguntava Yumi vendo Cris ficar inteiramente vermelho -

- eh....Vamos deixar isso para outro dia tá bom? - falava Cris vendo Yumi concordar -

Cris e Yumi se deitam em suas camas separadas e dormem se olhando.

Passam algumas horas,  Yumi acorda olhando a janela sentindo que se mexeu enquanto dormia, ela via o céu escuro do lado de fora e o silêncio sabendo que todos estavam dormindo.

No momento em que Yumi se vira para Cris,  ela vê Lilith em cima dele com apenas suas roupas de baixo vestidas, ela estava beijando Cris enquanto o mesmo não fazia nada, Yumi conseguia ver no olho de Cris um coração em volta de sua íris.

- Ela hipnotizou ele?! - pensava Yumi -

Yumi tenta se levanta e na hora uma corrente aparece segurando seu braço esquerdo na perna de trás da cama.

- você acordou né? Estraga prazeres - falava Lilith parando de beijar Cris -

- Sua vadia larga ele agora entendeu - falava Yumi ficando irritada -

- você pode aguentar dividir ele comigo, você não ficou 20 anos sem ver ele - falava Lilith -

- espera...Como assim 20 anos se ele tem 10? - pensava Yumi tentando se soltar -

Lilith volta a beijar Cris enquanto uma cauda se levanta ao seu lado, era uma cauda demoníaca,  Yumi reconhecia aquela cauda, era uma cauda de succubus.

- era isso que o Cris tentou dizer no começo? - pensava Yumi quebrando a corrente depois de muito esforço -

- vocês só estragam meu tempo com meu irmão...- falava Lilith se levantando e ficando sentada na cama -

- você tenta roubar ele de mim e fala isso ainda?! Você acha que pode simplesmente roubar uma pessoas de alguém só por que pode? - perguntava Yumi vendo Lilith abaixar a cabeça e começar a chorar levemente -

Lilith estala os dedos e sua cauda some enquanto suas roupas reaparecem, ela se levanta e fica de pé enquanto olha para baixo.

- você deveria aprender a saber quando algo deve ser seu ou não - falava  Yumi vendo Lilith andar até a porta -

- e você deveria saber perguntar o por que de alguém roubar algo, por que aqui você é a ladra - falava Lilith saindo do quarto -

O coração no olho de Cris some e o mesmo fica sentado enquanto coloca a mão na cabeça parecendo que está com dor de cabeça ou tontura.

- você está bem Cris? Ela não fez nada né? - perguntava Yumi enquanto olhava ele se sentar na beira da cama -

- ela quem? - perguntava Cris -

- a Lilith, ela te hipnotizou e tentou fazer algo com você, eu acordei vendo ela te beijar e mandei ela para fora - falava Yumi vendo Cris começar a fazer uma cara de assustado -

- espera você mandou ela para fora?! - falava Cris se levantando e correndo até suas coisas dentro do quarto -

Yumi via Cris pegando suas coisa, logo em seguida em sua mão enquanto a puxava para fora do quarto, Cris puxava Yumi e ela seguia o ritmo dele enquanto Cris pegava uma direção aleatória em busca de Lilith.

- por que ficou assim por eu ter mandado ela para fora do quarto?  - perguntava Yumi curiosa e assustada com a expressão de medo de Cris -

- eu prometi a 20 anos que iria continuar vendo ela é indo em seus aniversários, e desde aquele dia eu não fui, ela já estava querendo se matar da última vez que conversamos a 4 anos - falava Cris enquanto corria e segurava a mão de Yumi -

- mas por que ela ficou assim? - perguntava Yumi -

Cris parava de correr e olhava Yumi.

- ela começou a ter habilidades de prever o futuro e de ver ele, e ela viu que eu começaria a gostar de outra garota e me esqueceria dela, então ela começou a achar que mesmo que tentasse de tudo eu não iria mais agir como se gostasse de ficar perto dela - falava Cris ficando de cabeça baixa -

- mas isso não é verdade, você consegue gostar dela como irmã e de mim ao mesmo tempo né?  - perguntava Yumi -

- o problema é que ela quer outro tipo de amor - falava Cris ficando vermelho e vendo Yumi ficar calada -

Yumi chega próxima a Cris e o abraça, levanta seu rosto e fica o olhando meio cabisbaixa, Yumi se aproxima do rosto de Cris para beijar ele, mas no momento em que faria isso Lilith aparece do lado deles.

- por que você gosta tanto dela irmão? Eu fiz de tudo para você gostar de mim e mesmo assim você ignorou - falava Lilith calma com muito sangue espalhado em seu braço esquerdo e tórax - eu tentei me matar com minhas próprias armas, mas alguma magia que você colocou em mim a 4 anos está bloqueando isso 

- a 4 anos eu coloquei um selo de proteção em você, eu fiz isso por que estava com medo de você se machucar, ele não podia ser tão forte para você descobrir, então no máximo ele simplesmente bloqueia a morte não feridas - falava Cris vendo Lilith de cabeça baixa -

Cris sai do Abraço de Yumi e olha Lilith, Yumi a olha também enquanto sente que algo errado irá acontecer.

- eu consigo gostar das duas Ok?  Vocês duas só devem saber dividir, e se não soube tem eu vou ignorar as duas, combinado? - falava Cris vendo as duas o olhar -

- eu vou tentar irmão, mas eu não sei se vai dar - falava Lilith vendo Cris abraçar ela -

Yumi se aproxima e concorda com a cabeça, Cris usa um dos braços e puxa Yumi para o Abraço, Lilith se aconchega no meio dos dois enquanto sente que está atrapalhando algo.

- se você não me quiser no meio de vocês como um obstáculo pode dizer...Yumi - falava Lilith vendo Yumi a olhar surpresa -

- não se preocupa, eu que dei a idéia para o Cris tentar se dividir entre nós falando sobre amar a nos duas, eu concordo que você fique junta de nos, mas sem querer ficar com ele só para você - falava Yumi vendo Lilith dar um pequeno sorriso -

Cris para de abraçar as duas e pega em suas mãos, Cris a caminhar  enquanto as leva em direção de casa.

Cris chega na casa abre aa porta e leva as duas para o quarto, Cris coloca um daqueles saco de dormir que Rose usa no meio das duas camas no centro do quarto, Lilith entra e se deita no saco de dormir enquanto sorri para os dois.

- obrigado por qualquer coisa irmão...e obrigado Yumi - falava Lilith se virando pata o lado e fechando os olhos -

Cris e Yumi vão para suas camas, os se deitam finalmente prontos para descansar mesmo, Yumi se cobre e se deita enquanto vê Cris já quase fechando os olhos, Cris dorme 5 minutos antes dela começar a ter sono.

- espero que isso dure no para sempre, por que eu nunca irei desistir de você Cris, minha única esperança de uma vida melhor - pensava Yumi caindo no sono em seguida -


Notas Finais


(Eu avisei antes agora tô fora *pulo pela janela*)
* retorno * só mais um coisa, o ship da Yumi e do Cris agora é triplo vlw flw


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...