História Uma história clichê - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias (G)I-DLE, Bangtan Boys (BTS), Blackpink, EXO, Got7, ITZY, Momoland, Monsta X, Red Velvet, TWICE, WINNER
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Rosé
Tags Bangtan Boys (BTS), Bangtanpink, Blackbangtan, Blackpink, Rosekook
Visualizações 18
Palavras 1.002
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei desculpa o sumiço é que eu vou começar em um emprego novo mas não vou parar de postar.

Capítulo 7 - Capítulo 6


Jeon Jungkook P.O.V 

O fim de semana havia começado ótimo, quem diria que Roseanne aparecia no karaokê. Pois é acho que o destino quer a gente juntos, não deixo de sorrir ao pensar isso. Mas uma mão me cutuca e faz com que esses pensamentos vão embora da minha cabeça.

Taehyung: Tá pensando na Roseanne? Que bonitinho tá apaixonado. Ai gente eu aprovo. - disse todo animadinho e com voz de bebê. 

- Hyung para com isso - era óbvio que estava vermelho e o Taehyung notou e continuou me provocando. 

Seokjin: Taehyung para com isso. - ele então parou, por mas que zuamos com o Seokjin ele fala nos fazemos, afinal ele era o mais velho. 

Seokjin: Afinal não sabia que o amor deixava as pessoas vermelhas como tomate, devemos levar ele ao médico - e assim que ele terminou de falar jimin e o Hoseok caíram na gargalhada e os meninos também. 

- Hyung - disse dando risada, eu amava mesmo esses meninos. Escuto a porta se abrir e já sabia que era minha mãe, os meninos se levantam do sofá e cumprimentam minha mãe.

Sra.Jeon: Olá meninos, vão jantar aqui novamente? - diz ela se curvando.

Namjoon: A gente gostaria mas hoje por uma grande infelicidade temos compromissos distantes. - falou se curvando..

Sra.Jeon: É uma pena, então espero vocês amanhã? - olhou para eles. 

Yoongi: Pode contar com a gente. - sorri e minha mãe sobre as escadas e os meninos vão para a porta, me despeço deles e volto para o sofá.

....

Felizmente os meninos vieram no domingo e ficamos o dia todo juntos eles até dormiram em casa, me arrumei para ir a escola e para falar a verdade não via a hora de ir.

Hoseok: Calma, ela não vai evaporar. - disse passando por mim. 

- Hyung nunca me senti assim, o que eu faço?  - Olhou para trás de ele para de andar e me encara. 

Hoseok: Lá vai um conselho clichê, seja você mesmo. Não o Jungkook idol seja o Jungkook que a gente conhece, que sua mãe conhece. - Deu uns tapinhas em meu ombro e saiu.

Saímos de minha casa e entramos no carro, demorou uns minutos mas já estávamos na escola e assim que deci do carro foi procurar Roseanne com os olhos, deixei os meninos e fui atrás dela mas acabei esbarrando em uma garota, ajudei ela a se levantar e voltei a caminhar porém ela segura meu braço.

Xx: Não vai pedir desculpas?- Bati mentalmente em mim, cadê a educação que minha mãe me deu? Aish. Me curvei.

- Sinto muito...- Não sabia seu nome.

Xx: Sou a Nancy - Disse estendo a mão. 

- Ah sim, bom já vou indo - Assim que me virei ela segura no meu braço novamente.

Nancy:  Por que está com pressa? Não são todos que tem esse privilégio de falar comigo - Dei um sorriso. 

- Estou procurando uma pessoa - Não respondi a outra frase afinal era babaquice. 

Nancy: Quem seria? - Perguntou se aproximando. 

- Roseanne Park  - Senti meu rosto queimar ao dizer seu nome e era evidente meu sorriso.

Nancy: Aquela lá? Jungkook você é famoso e bonito, não quer se misturar com gente como ela né? - deu para perceber seu tom de nojo.

- E o que tipo de pessoa ela é? - senti meu sangue ferver, não era possível que uma pessoa pensava assim da outra.

Nancy: Inferior, ela não tem popularidade nenhuma e dinheiro algum. - Falou como se estivesse me convencido de algo, eu simplesmente dei as costas e sai de perto agora estava com raiva. Eu não podia acreditar, se um dos meninos estivessem ali eles teriam xingado ela de várias formas. Fui para a sala de aula e ao chegar não vi Roseanne sentada, talvez ela esteja atrasada.

....

Todas as aulas passaram e ela não apareceu mesmo, assim que sai da sala vi suas amigas e fui falar com elas.

- Oi meninas, aconteceu algo com a Roseanne? Por que ela não veio? - elas me olharam e já percebi que não sabiam também.

Jennie: Não fazemos ideia de verdade estamos muito preocupadas de verdade ela nunca faltou. - era notável sua real preocupação pela amiga, os meninos chegaram e então começou um assunto de vários motivos da razão dela não ter vindo, o único que não falava nada era o Taehyung o que era estranho iria perguntar mas o celular de Jisoo tocou. Ficamos todo em silêncio.

Jisoo: Alô? Quem fala....- Então a expressão dela mudou mesmo não a conhecendo muito bem deu para perceber que a notícia era ruim, todos ali notaram ela desligou o celular e olhou para as meninas. 

Lisa: O que aconteceu Unnie? - disse com a voz trêmula. 

Jisoo: A rosé está no hospital, ela foi atropelada. - ela disse tudo pausadamente e com a voz trêmula, e nesse momento senti meu mundo quebrar. Isso não poderia estar acontecendo. Senti o abraço de Namjoon olhei para ele e ele apontou para as meninas, elas estavam em choque pior que eu.

Namjoon: Eu sei que é difícil para você, mas imagina para elas. Vamos dar apoio e as levar para o hospital. - concordei com a cabeça, ele tinha razão. Chamamos elas e oferecemos carona para o hospital, e elas aceitaram rapidamente então fomos todos para lá ver nossa querida Roseanne Park.

Chegamos lá desesperados mas Namjoon tomou conta e falou com o médico, mas a enfermeira não disse nada por éramos menores de idade. Liguei para minha mãe e rapidamente ela chegou no hospital, a enfermeira contou que ela estava bem mas quase morreu pois tinha perdido muito sangue e que o carro queria mesmo matar a garota, quem queria fazer mal para a Roseanne?ela era incrível, nunca conheci alguém como ela, era impossível quererem ela morta mas quem quer que fosse eu iria pegar a pessoa. Não importa nada nesse momento, só a vida da minha garotas.




Notas Finais


Espero que gostem e desculpa o tamanho.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...