História Uma história de amor com Justin Bieber - Capítulo 43


Escrita por:

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber, Personagens Originais
Tags Bieber, Corridas Ilegais, Justin, Justin Bieber, Luxo
Visualizações 66
Palavras 519
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Festa, Ficção Adolescente, Luta, Policial, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem.
Boa leitura. 👍🖤📖

Capítulo 43 - Capítulo 41


Fanfic / Fanfiction Uma história de amor com Justin Bieber - Capítulo 43 - Capítulo 41

POV Margarida

Saímos do quarto e descemos as escadas até ao porão. 

Estás preparada? Ele perguntou e eu assenti. 

Ao entrar naquele compartimento vi a sentada numa cadeira e toda amarrada.

Olha quem finalmente decidiu aparecer, os dois vagabundos. Ela diz, fazendo Justin lhe dar um estalada.

Vais dizer a bem ou a mal, onde eles estão? Perguntei puxando lhe os cabelos.

Nunca vos direi. Ela diz e Justin dá lhe uma estalada com mais força. Vocês têm de ter mais cuidado.

O que queres dizer com isso? Perguntei sem paciência.

Vão descobrir em breve, não se preocupem. Ela diz sarcástica e Justin apertou o gatilho acertando lhe um tiro na cabeça.

Justin. Alguém gritou das escadas, era Chris.

Diz o que queres? Justin perguntou arrogante.

Consegui descobrir onde o pai de Ryan mora. Ele diz animado.

Ainda bem. Depois contas me como descobriste. Agora dá me a localização. Justin disse serio.

É na zona deserta de Atlanta. Chegamos lá em uma hora. Chris disse.

Eu vou indo. Justin disse. 

Vais onde? Perguntei. Não me digas que vais lá, Justin nem pensar. Que vais fazer lá?

Eu prometo que tenho cuidado. Justin disse me dando um selinho.

Justin eu sei que vai acontecer alguma coisa, não vás. Eu sussurrei no seu ouvido.

Não te preocupes. Ele disse olhando me nos olhos e acariciando a minha bochecha com o polegar. Livrem se do corpo desta vadia.

Já chega de marmelanço. Chris diz com cara de nojo. Foi mesmo necessário matá la? E agora não vamos ter as informações todas.

Manda me as coordenadas do sítio. Justin disse. Sim foi necessário.

Justin foi buscar as chaves da sua ferrari vermelha e despediu se de mim e parecia um beijo de despedida.

                ----------#----------

Senti o meu telemóvel vibrar no bolso, se for aquela merda de número privado outra vez, mando o passear. Olhei no visor e era Justin.

Ligação on

Margarida. Ele disse e assustei me com o seu tom de voz.

Passou se alguma coisa Jus? Eu perguntei.

Passa o telemóvel ao Ryan. E nem penses em protestar. Ele disse nervoso.

Passei o telemóvel ao Ryan.

Que se passa, mano? Ele perguntou.

Ryan eu tenho uma bomba. Eu sei que tu é que percebes disto. Justin disse e eu consegui ouvir porque estava em alta voz.

Justin, não pares o carro. Se parares ele pode explodir. Ryan disse nervoso.

               ----------#----------

Ryan, sempre andas em alta velocidade e agora estás a andar como um caracol. Digo exaltada.

Segundo este sistema de localização estamos a aproximarmo nos do carro do Justin. Ryan disse tentando me acalmar.

Passado algum tempo pude ver um carro e logo percebi que era o de Justin.

Está li o Justin, aproxima te. Pedi gritando.

Finalmente, estava a ver que não. Ryan murmurou.

Quando mais Ryan se aproximava, mais Justin se afastava. 

Que merda é que está acontecendo?

Ryan porquê que ele está a fazer isto? Perguntei desesperada.

Ryan nem abriu a boca, apenas abrandou o carro. 

És louco ou quê? Ele precisa de nós. Disse gritando.

Calma Margarida. Ele disse calmo.

De repente vejo o carro de Justin incendiar se. A única coisa que fiz foi sair do carro e aproximar me perto do carro de Justin. Lágrimas começaram a descer pelo meu rosto.

Eu havia o perdido. Eu havia perdido o amor da minha vida.


Notas Finais


E agora? Como será que a vida de Margarida vai ser? Será que há hipóteses de Justin estar vivo?
Espero que tenham gostado e até ao próximo capítulo.🖤🐼😗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...