História Uma Historia de Amor Complicada - Capítulo 25


Escrita por:

Postado
Categorias Princesinha Sofia
Tags Aventura, Cedfia, Fantasia, Fofo, Hentai, Magia, Princesinha Sofia, Romantico
Visualizações 82
Palavras 2.044
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Hentai, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olha só quem voltou ainda no mesmo dia? (-w-
Não quero saber se são 2:46 para mim é como se fosse ontem ainda(;w;)
Bom, o hotzinho vai ser nessa parte porque tive de dividir o que estava planeado em dois!;W;)
Sem mais demora, bora pro cap, que estou inspiradinha -\\w\\-

Capítulo 25 - Prazeres e Satisfações intensas na torre de Cédric


Fanfic / Fanfiction Uma Historia de Amor Complicada - Capítulo 25 - Prazeres e Satisfações intensas na torre de Cédric

O dia tinha amanhecido e as duas princesas acordaram do seu sono de beleza, fizeram o que tinham a fazer como se nada tivesse acontecido ontem ah noite. Foram tomar o pequeno almoço com a família todos juntos, panquecas com mirtilos e melaço, e depois foram nos seus coches voadores para a escola.

Na escola real, todas foram para as aulas como normalmente fazem, quando tocou para o intervalo, Sofia ia a sair da sala e Pearl deu um empurrão nela fazendo Sofia bater na parede, mas ninguém tinha notado. Sofia levantou os olhos para Pearl irada por tudo o que estava a acontecer e com o punho cerrado. A sua vontade era de esmurrar a parede, mas isso não era um comportamento digno de princesa e iria atrair atenções e atenções podiam consequentemente trazer problemas. Forçou-se a si mesma a fazer u sorriso e aguentar o dia o máximo que pode.

No final do dia foram todos embora para os seus reinos, enquanto iam na carruagem voadora Sofia suspirou e pensou pra si mesma.

-Uff finalmente.

Nessa noite iria fazer uma visitinha ao feiticeiro real para relaxar um pouco a sua cabeça. O dia foi decorrendo normalmente e Sofia esperou ate a hora de jantar, com a convidada,  Cédric ia estar presente na mesa também, então podia provoca-lo um pouco e dar a dica. O jantar chegou e os empregados foram pondo a comida nas mesa, Sofia esperou começarem a comer e deu uma pequena dentada na comida.

-Hmm senhor Cédric, pode me passar o sal por favor?

-Com certeza princesa_ como magia não era permitida na mesa Cédric teve de se levantar e leva lo diretamente á princesa._ aqui esta.

Sofia pos um pouco de sal na comida e provou.

-Hmm bem melhor, bem salgadinho...talvez hoje ah noite possa provar algo salgadinho também se deixarem…._ Cédric olhou para baixo um pouco corado e com cara de desconfiado_ ...ouvi dizer que iam fazer croquetes na cozinha.

-Aaah, j-já estava a pensar coisas na minha cabeça.._ pensou Cédric.

-Pode levar o sal de volta senhor Cédric_ ao se virar para entregar o sal a Cédric derruba sobre si mesma "acidentalmente" o seu copo com agua molhando assim o seu vestido que ficou translucido e deu para ver um pouco da sua calcinha escura._ Waaa, sou tão desastrada!_ cobre a cara corada com as mãos e de lado olha pra Cédric que percebeu o seu sorriso e olhar e corou. O feiticeiro olhou para a princesa e viu a translucidada do seu vestido molhado, a sua calcinha era preta. O seu corpo ficou a tremer de tensão e a princesa deu um sorriso de canto ao notar. 

-Peço mil perdões família, tenho de me ir trocar_ levanta-se e embate contra Cédric por "acidente" roçando um pouco da zona da sua intimidade na dele._ Oh desculpe senhor, Cédric ainda estava ai?_ disse sorrindo e lançando o olhar sapeca.

Pearl via tudo aquilo e só aumentava a velocidade que comia e a força que fazia nos talheres, Miranda até elogiara o seu apetite.

-Sim princesa_ diz um pouco corado e com um olhar que dizia, já entendi Sofia, mas não force tanto a barra na frente de todos!

A princesa foi se trocar e mais tarde voltou para terminar a refeição, quando tudo acabou foram para os seus aposentos, hoje Pearl iria dormir em um quarto só para si como planeado de inicio. As palavras que lhe dissera na noite passada estiveram na sua cabeça a maior parte do dia, estava um pouco receosa, mas queria muito estar com o seu amado..

Sofia transportou-se diretamente para o quarto de Cédric, em um conjunto de lingerie branca transparente, que a esperava no seu robe e apanhou um ligeiro susto quando a mesma apareceu. 

-Ah, sofia que repentinidade_ salta_ para que foi toda aquela provocação ao jantar?_ cora.

-Isso?_ da uns risinhos_ Era para perceber bem o que eu queria hoje ah noite_ vai na sua direção de vagar e Cédric faz o mesmo.

-E o que quer?_ pergunta Cédric enquanto passa a mão pelo corpo de Sofia e vai beijando o seu pescoço.

-Eu quero que me enlouqueça, faça-me gemer até eu esquecer o meu próprio nome_ sussurra ao seu ouvido do feiticeiro, que ao ouvir aquilo se arrepia de cima a baixo, e depois dá uma pequena mordidinha no lóbulo da orelha seguida de uma lambidela que desceu e  percorreu o seu pescoço passando por baixo do maxilar.

-S-sofia..._ Cédric diz muito corado e espantado já um pouco duro.

-Pode vir, eu quero que..._ vai andando para a cama e senta-se com as pernas abertas para o seu amado entrar_... de o seu melhor.

Cédric entende o chamamento da jovem e poem-se na frente das pernas de Sofia, vai desatando o seu robe aos poucos e fazendo um pequeno streep, vai tirando a parte de cima e deixando cair para depois deixar cair tudo de repente, por baixo do robe não havia mais nada do que o seu corpo nu que sempre deixava a princesa louca. A sua intimidade já estava a apontar para Sofia na cama o que fez a mesma esboça o riso de desejo.

O feiticeiro dobra-se sobre a jovem na sua cama e olha-a de cima a baixo beijando-a intensamente de seguida, as suas línguas começaram uma dança que iria durar até onde aguentassem essa noite. Depois de provar um pouco do sabor de Sofia Cédric desce com a sua língua pelo corpo da princesa até chegar na parte da calcinha, apalpou gentilmente a zona com a mão e dava para perceber que também já estava um pouco molhada, retira a calcinha da jovem que volta a abrir as pernas e de seguida começa a estimular a intimidade passando o dedo nos lábios superiores e passando para os inferiores, para depois por a ponta do dedo dentro e a mexer pouco a pouco para tras e para a frente.

Ao mesmo tempo que Cédric fazia isso com uma mão reparava nas reações de Sofia que já tinha ficado toda vermelha com a situação, com a mão livre ia puxando o mamilo da jovem que gemeu um pouco pela sensação, a sua respiração era forte e o seu bafo doce era quente.

Depois de penetrar um pouco a princesa com a ponta do seu dedo Cédric poe-se de joelhos e desce a sua cara sobre a intimidade de Sofia e lambe-a gentilmente fazendo a mesma arquear um pouco as suas costas e suspirar o seu nome. Ao ver a reação Cédric aumenta a intensidade das lambidas, e por fim para acabar subiu para o clitóris onde brincou com a sua língua e o sugou com a boca fazendo Sofia chegar ao seu clímax em bem pouco tempo.

-C-Cédric...._ gemeu durante o seu ápice e depois suspirou sussurrando_ e-está bom?

Cédric deu uma ultima lambida para sentir bem o gosto do fruto do prazer da sua princesa.

-Está bem docinho_ disse sorrindo e beijando de leve Sofia que corou com um pouco de vergonha.

-A-ainda bem...agora é a minha vez de provar!_ Sofia poe se de joelhos e agarrou Cédric pelas suas pernas ainda em pe, passando as mãos nas suas coxas e olhando para a sua intimidade que já estava bem para cima.

-T-tem certeza princesa…? D-da maneira que estou vai ser em…_ é interrompido.

-Nunca tive mais certeza_ Sofia fala essas palavras rápido e pega no pénis de Cédric pondo o máximo que conseguia dentro da sua boca, Cédric arrepia-se e geme o nome de Sofia que foi retrocedendo de vagar e chupando ao mesmo tempo, quando chegou á ponta foi descendo de novo dando lambidas grandes e fortes em volta do tronco do pénis e quando chegou na cabeça  deu um selinho pondo-a em seguida dentro da boca e chupando, enquanto com uma mão fazia movimentos de vai e vem e com a outra os mesmos movimentos mas com a palma da mão no saco escrotoral do feiticeiro. 

Tal como antes tinha avisado antes, a rolha da garrafa de champanhe estourou em quase tempo nenhum, sujando um pouco a boca da jovem que o engoliu até ah ultima gota e depois lambeu o que lhe tinha escapado. A respiração de Cédric tinha aumentado muito mas no momento do seu ápice só soltara um som de prazer e satisfação.

-C-como estava?_ Pergunta envergonhado a recuperar o folgo.

Embora champanhe seja doce, o que a jovem tinha bebido era um pouco salgado.

-Salgadinho, como eu queria_ ao dizer isso sorri e Cédric estende-lhe a mão para a ajudar a levantar e fá-la deitar-se na cama e retroceder ate as almofadas, poem algumas almofadas atras da cabeça de Sofia e das duas costas para poder estar confortável e abre as suas pernas gentilmente passando de vagar as suas mãos nas coxas da princesa que mordia o lábio e suspirava.

-Cédric....entra em mim… vamos fazer alguma magia com essa varinha magica ai...

-Sofia..p-posso mesmo…? 

-Sim...vem com tudo...me leva a loucura...

Cédric não suportava mais aquele calor intenso a subir-lhe ah cabeça, mesmo que quise-se resistir seria impossível, a sua vontade era tão grande que o seu membro latejava com o bater do seu coração forte, já não queria saber o que era errado ou certo, só queria a sua Sofia, a sua princesa, não queria saber nesse momento das ameaças de Pearl, este momento era só deles dois e queria torna-lo mais inesquecível.

O feiticeiro com cuidado poem o seu membro na porta da intimidade de Sofia e lentamente vai fazendo força para entrar, com o liquido de Sofia não foi difícil pois a jovem estava bem lubrificada, dentro dela foi se mexendo de vagar para tras e para frente descobrindo cada cantinho seu por dentro e sentindo o seu aperto. Sofia gemia com cada movimento, o calor dos dois era tanto que os seus cabelos estavam grudados de suor, os suspiros dos dois eram escaldantes e pesados, até que tomaram a boca um do outro mexendo as suas línguas e separando para respirar.

-S-sofia...vou acelerar um pouco….tudo bem..?

-Sim, pode ir..

Ao ouvir isso Cédric permitiu-se a si mesmo a acelerar sobre os seus movimentos fazendo a jovem gemer mais alto, as almofadas por tras da sua cabeça deram jeito, intercalava com estocadas pequenas e rápidas para depois ir com umas mais fundas e fortes, passado uns tempos Cédric chegou ao seu ápice de novo e com o calor e dureza do seu instrumento Sofia chegou ao seu também não muito depois. 

--| Para os leitores: não se esquecam de sempre usar proteção, isto è uma fic e aqui o autor pode decidir o que vai acontecer, ao contrario da vida real em que nessas coisas è melhor prevenir do que remediar, entao "if you love sex, durex" |--

Cédric retirou-se de dentro da princesa e caiu suado e corado recuperando o folgo do seu lado. Sofia pos uma mão no seu peito para sentir o seu coração acelerado e com a outra pegou na mão de Cédric um pouco sem forças.

-Mais uma vez….fizes-te eu vir a lua e voltar...foi ótimo Cédric.._ diz ainda um pouco ofegante.

-Sofia, eu amo-a, obrigado por me fazer esquecer de tudo ah nossa volta_ chega-se e beija-a_ Minha Sofia…_ lembra-se subitamente_ não tem de ir para o seu quarto? 

-Temo estar sem forças para isso, tirou-me as todas.._ dá um risinho.

-Tudo bem, pode ficar, chegue-se aqui.._ sofia chega-se e abraça Cédric deitados._ Sofia, preciso lhe contar uma coisa, sobre a Pearl...

-Oh eu sei, e não pense que vou deixar algo acontecer.

-E-espere como assim?_ fala surpreendido e confuso.

-Eu vi-os os dois na aula de magia quando voltava, ela fez aquilo mas eu sei que voce não queria, eu não vou deixar que nada lhe aconteça...s-só tenho um pouco de receio que o pai…_ Cédric pega no rosto de Sofia e fala olhando nos seus olhos.

-Não se preocupe, tudo se vai resolver, não vou deixar que nos separem princesa nunca, eu amo-a do fundo do meu coração_ beija Sofia_ eu amo-a!

-Cédric.._ fala Sofia com olhos melosos e a lacrimejar de alegria, eu amo-o.

Os dois acabam por ficar abraçados e adormecem nos braços um do outro depois de uma noite de prazeres e satisfações.


Notas Finais


E é isso, acho que foi o melhor hot que já escrevi ate agora, por isso, COMENTEM por favor, quero saber a vossa opinião, alem de que deu um p*ta trabalho, já são 5:02!
Mas em fim, espero que tenham gostado, adoro-vos meus queridos leitores que me fazem feliz^w^
Beijinhos e até ao próximo cap^3^)/

Ps: aconcelho a ouvir um nightcore deep version da musica earned it enquanto le a parte do hot ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...