1. Spirit Fanfics >
  2. Uma história Lawlu aleatória (Law x Luffy) >
  3. Pedido de desculpas

História Uma história Lawlu aleatória (Law x Luffy) - Capítulo 14


Escrita por: Stephyy

Notas do Autor


Desculpa pela imagem, não me aguentei KKKKK

Capítulo 14 - Pedido de desculpas


Fanfic / Fanfiction Uma história Lawlu aleatória (Law x Luffy) - Capítulo 14 - Pedido de desculpas

No dia seguinte, na faculdade...

-Oi, Luffy-ya.Você não visualizou minhas mensagens.

Luffy não responde e tenta apenas se afastar do outro, mas ele não permite isso, o segurando.

-Ei, não é ignorando que resolvemos as coisas.E se eu ficasse bravo desse jeito?Você iria gostar?

-Será que você pode me soltar?

-Não, eu não vou te soltar.

-...

-Não vai falar nada mesmo?

-...

-Eu não queria te chatear.

-...

-Não sabia que iria ficar bravo desse jeito.

-Tá agora você pode me solt...

-Me desculpa.-Law não tinha tanta culpa, pois não foi ele que começou tudo isso.Porém, ele resolve se desculpar mesmo assim.

-Aquela trolagem não teve graça.

-Eu sei que não teve.Por isso pedi desculpas.

-Não aceito.

-Por favor?

-Não.

-Eu entendo que você tá bravo, Luffy-ya.Mas isso não vai mais acontecer.Não foi minha intenção te fazer chorar.

-Hm.

-Me perdoa?

-Hm...Te perdôo!Não tô mais bravo.-Ele diz e da um beijo em Law, que durou uns 30 segundos.

-Tá com fogo hoje?-Law pergunta recuperando o ar.

-Talvez.-Ele volta a beijar Trafalgar, que segura nos cabelos dele e assume o controle do beijo.-Eu já te disse que te amo?

-Hm deixa eu pensar...Já.

-Então digo de novo.Eu te amo!

-Ah é?Então me prova.

-Como?

Law aponta para a sua própria bochecha, insinuando que Luffy teria que beijar ali.Assim ele fez.

-Olha só...Você realmente me ama.

Luffy solta uma risada e depois da vários beijos nas bochechas de Trafalgar.

-Tá sentindo a energia ameaçadora da Nami também?-Luffy pergunta assustado.

-Estou.

-Medo...

-Eu te protejo.

-Eu tenho o melhor namorado do mundo!

"Tão fofo." Pensa Law.

-Vamo lá com eles.-Luffy o chama.

-Pode ser.

-Ooi!

-Ala o falso.-Diz Sanji.

-Apenas.-Nami concorda.

-Aff parem de drama gente.-Luffy reclama do ciúme deles.

-Eles são tão fofos juntos, mano.Vocês são ciumentos demais.-Reiju os defende.

-Reiju, você é preciosa demais pra esse mundo!-Luffy a abraça.

-Aliás, você deixou o Luffy triste ontem!Eu tô bravo com você senhorzinho, deve desculpas a ele.-O Chopper, mais conhecido como gnomio, repreende o Law.

-Não se preocupe senhor guaxinim, eu já pedi desculpas ao meu Luffy.

-Acho bom.PERA GUAXINIM?!

-Pera pera pera...SEU LUFFY?-Nami pergunta indignada com o que acabou de ouvir.

-Ah você vai ver quando eu contar isso pro Ace.-Usopp diz pegando seu celular.O famoso "X9".

-Ele vai te matar, Trafalgar D. Water Law.-Vivi diz com sangue nos olhos.

-Como sabe meu nome inteiro?

-Sabemos de muitas coisas.-Brook diz fazendo uma "voz de fantasma" ou algo assim.

-É isso aí mesmo!Uhum uhum.-Chopper apenas concorda, TENTANDO parecer ameaçador.

-Melhor tomar cuidado com esses psicopatas.-Sanji diz vendo uma revista de receitas.

-Você vai para a festa de formatura, né Law?-Robin pergunta, os tirando de tudo aquilo.

-Digamos que uma pessoa me convenceu.

-Eu convenço o Law a fazer qualquer coisa!-Luffy se gaba.

-Não é bem assim também.

-É sim.

-Não é.

-É sim.

Law suspira e não responde.

-Essa festa vai ser boa.-Diz Usopp.

-Esperamos, amigo.-Vivi responde.

-Ah sei lá, só espero que tenha saquê.-Zoro levanta.

-Você só pensa nisso, Marimo?

-Larga de ser chato, seu bananão.

-Parou vocês dois.-Robin briga com eles.

-Me desculpe, Robin.-Sanji se desculpa.

-Eu vou voltar a dormir.

-É a única coisa que você...-Sanji vê que Robin estava olhando.-Nada não.

Dias depois, no mesmo dia da festa de formatura...

-Meu castigo passou?Por favor diz que sim eu não aguento mais!E hoje é um dia especial para você...Não quero passar ele desse jeito.Por favor Toraoo me responde!

-Tá, tá...Seu castigo passou.Mas é melhor não fazer aquilo de novo.

Luffy havia feito uma trolagem que Law não gostou.Ele deveria ter aprendido com aquela vez...

-Tá bom, eu não vou fazer.Posso te beijar agora?Posso te abraçar?

-Hm...Pode.-Law autoriza Luffy, que pula nele e o enche de beijos.-Não precisa ser tão exagerado...

-Você deixou.

-Você parece um cachorro.

-É outra cantada?Tipo aquela do encontro?

-Não, definitivamente não é uma cantada.

-Então eu não gostei!Agora você que tá de castigo.

-Mas aí vai ser um castigo pra você.

-Hm...-Luffy se afasta.

-Você não consegue...-Law se aproxima dele.

-Não consigo o quê?

-Ficar longe de mim, ou ficar sem meus beijos.-Ele beija o pescoço do outro.

-É claro que...Consigo.

-Tudo bem então.-Law finge ir embora.

-Esperaaa!É mentira!É mentira!Volta Torao...

Law dá um sorriso convencido.

-Viu?

-Tá eu perdi.Seu chato.

O outro da risada e beija sua testa.

-Também te amo.

-Eu te amo mais.

-Será?

-Aff.

-Você tá muito bravo, amor.O que posso fazer pra te deixar mais feliz?

-Hm...Você pode comprar um espetinho pra mim!

-Um?Ou dez?

-Vinte!

-Ah sim...Tudo bem, vamos.

-É por isso que eu te amo.

-Só por causa dos espetinhos?Não vou mais te pagar então.

-Era eu que tava bravo, não você!Você não pode ficar bravo também.

-Será que não posso?

-Para de falar "será".

-Será que eu vou parar?

-Não gostei, você tá sendo muito mau comigo hoje.

-Desculpa príncipe, vamos.

-Tá bom!Eu vou comer espetinhos com o Toraoo...La la la la!-Luffy canta isso até eles chegarem.

Como sempre, o mais novo detona tudo em poucos minutos.

-Você não tem que se preparar para a festa super legal?-Law pergunta ironicamente.

-Eu vou de qualquer jeito.

-Achei que era um evento importante.

-Mas é.

-Hm.

-Você quer que eu me arrume?

-Você fica lindo com qualquer roupa.

"Sem elas ficaria melhor ainda..." Pensa o mais velho.

-Ah obrigado.Assim você me deixa tímido.

*Puru puru puru*

-Seu telefone.-Trafalgar o avisa.

-Um momento, Torao.Alô?

-Liguei para ver se está tudo bem e se seu namorado idiota não te chateou de novo.

-Ele é um namorado incrível, Ace.Deixa disso.Você me liga todo dia desde aquilo.

-É porque eu quero saber se você está bem!

-Tá bom...Eu tô bem.Muito bem e muito feliz!Você tá bem?

-Melhor ainda agora que sei que você está bem.

-Ah que fofinho voxe, irmãozinho...Ownt.

-Cala a boca!

-ELE COROU!-Sabo grita no fundo.

-Awnt tá todo vermelhinho...

-Eu vou desligar, tchau.

*Tu tu* (chamada encerrada)

-Nunca pensei que te ouviria falando desse jeito com o seu irmão.

-Ele fica muito bravo!-Luffy dá risada, e logo seu telefone toca novamente.-Alô?

-Luffy precisamos de você.Na casa do Sanji e agora.

-Hmmm ok.

*Tu tu* (chamada encerrada)

-Quem era?

-A Nami, ela disse que precisa de mim.Tenho que ir, tudo bem?

-Ok, nos vemos em breve.Até mais, Luffy-ya.

-Até, Torao!

Quando Luffy chega na casa do Sanji...

-Ele chegou!-Vivi o abraça.-Certo Luffy, agora se sente.

-Que cheiro bom é esse?-Luffy pergunta sentindo um cheiro delicioso.Sem dúvidas, era de carne.

-Bom, eu sou responsável pela comida do evento na faculdade.Não só eu, mas as receitas preparadas vão vir de mim.Um dos pratos é carne, e como ninguém entende mais de carne que você, queria sua ajuda.Pode degustar e me dar opiniões?

-Esse é o melhor favor que já me pediram!Claro que eu posso.

-Eu sabia que a sua reação seria assim.-Nami diz pegando um prato de carne e colocando na frente dele.

-Por favor eu não quero críticas para agradar, quero para melhorar.-Sanji pede.

-Tudo bem.-Luffy come um pedaço e analisa bem.-Sanji, isso tá...DELICIOSO!É a melhor carne que eu já comi, sem dúvidas.Mas uma sugestão:

Sanji presta muita atenção e pega um bloquinho de notas.Luffy continua:

-Já está perfeito, você pode deixar assim mesmo se você quiser.Porém...Eu acho que um gostinho agridoce iria surpreender os convidados do evento.Esse tipo de molho combina muito com essa carne, pode confiar.

-Tudo bem, obrigado pelo conselho Luffy!-Sanji pega sua panela e os ingredientes.Ele é muito bom em aceitar sugestões e críticas.

-De nada, que isso.Posso comer mais?

-Não, agora xô daqui e deixa o Sanji cozinhar.Vaza vaza.-Nami empurra ele até a porta.

-Pra que isso?Eu ajudei!Sua grossa, tchau.

-Tchau e obrigado pela a ajuda, Luffy!-Sanji grita da cozinha.

-Bye bye Luffyzinho!-Vivi grita também.

-Tchau Luffy.-Nami sorri e acena.Nem parece que estava empurrando ele segundos atrás.

-Humpf...-Luffy resmunga e vai até sua casa.

-Luffy que bom que chegou!O Ace vai em um encontro!-Sabo diz animado.

-O quê?!-Luffy grita incrédulo com o que acabou de ouvir.

-Essa roupa tá boa, Sabo?-Ace aparece com um terno.

-Meu Deus quem usa terno em encontro hoje em dia?Tira isso, tira.-Sabo diz ao seu irmão.

-Aff.

-Melhor ouvir o Sabo, Ace!Ele sabe o que fala.

-Obrigado.-Sabo sorri convencido.

Tempo depois Ace volta com uma roupa bem casual.

-Tá perfeito assim.Nem tão simples e nem tão extravagante.Se você usa algo muito exagerado, da a impressão de que você está desesperado pra impressionar.Talvez você esteja, mas não pode deixar isso tão...Transparente.

-Ok Sabo, obrigado.-Ace sorri.

-Não faz nenhuma merda lá.-Luffy diz ao seu irmão.

-Você é a última pessoa do mundo que pode pedir isso ao Ace, Luffy.-Sabo diz e ri dele junto com o outro irmão.

-Aff, odiei.

-Esse encontro vai dar certo, né?-Ace pergunta.Ele estava um pouco nervoso.

-É claro que vai, você é um gostosão e é legal!Além de incrível.Se não der certo quem perdeu foi ela.

-É verdade né?Eu sou gostoso demais.-Ace vai na frente do espelho e se admira.

Luffy abre a boca para falar alguma coisa, mas o Sabo sussurra:

-Deixa ele.

-Tá bom...

Tempo depois Ace sai para o seu encontro.

-Você acha que vai dar certo?-Sabo pergunta.

-Aposto que não dura muito esse encontro.

-Eu também aposto...Não quero que de errado, mas...Sinto que vai.

-Pois é, eu também.

-Eu vou sair com uns amigos, ok?Aproveite sua festa de formatura hoje.

-Vai sair pra onde?

-Pra beber.

-O QUÊ?!O Ace tendo um encontro e você bebendo?Só falta a Nami me oferecer dinheiro.

*Puru puru puru*

-Quem é?-Sabo pergunta.

-A NAMI!-Ele grita e atende.-Alô?

-Luffy, eu...

-Você ligou para me oferecer dinheiro?

-É óbvio que não, seu besta.Por que eu faria isso?Eu liguei pra avisar que o carro do Franky...

-Aquele carrão bonitão que ele comprou faz pouco tempo?

-Você pode parar de me interromper?É, isso mesmo.Que o Zoro comentou no grupo e tudo mais.Enfim...O carro vai estar cheio de universitários retardados, que são nós.Então você vai com o Law.Beleza?

-Claro claro.Tudo bem.Mas e o dinheiro?

-Não tem dinheiro!De onde tirou isso?!

-Ah esquece...Nos vemos na festa, Nami.

-Ok, até.

-Até.

*Tu tu* (chamada encerrada)

-Então não tem o dinheiro?

-Não, não tem o dinheiro.Boa sorte com a sua...Saideira de amigos?Sei lá.

-Obrigado.-Sabo agradece e ri do seu irmão.-Boa sorte com a festa de formatura.Aliás, não vai se arrumar?Você tá com a roupa da faculdade.

-Eu vou de qualquer jeito mesmo.

-Hm...Se eu fosse você colocaria uma roupa muito bonita pra impressionar seu namorado.Mas...É só uma sugestão.

-Hm...Boa idéia!Até, Sabo!-Luffy se despede do seu irmão e vai colocar uma roupa bem bonita para impressionar Law.


Notas Finais


Hmmm será q o Law vai gostar?

Obrigada por ler 💕
Me desculpem se essa história estiver ficando muito longa 🐸


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...