1. Spirit Fanfics >
  2. Uma história não cliche >
  3. "Eu te perdou..." (HOT)

História Uma história não cliche - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


VOCÊS PEDIRAM HOT, TOMA HOT AÍ PRA VOCÊS. Tô muuuuuito animada. Nosso ursinho voltou! Sabe gente... Eu amo aquele chato, gado e gamer. Beijooooooos (de longe. CORONA VAIRUS!) Fiquem com o cap guys. (Palavreado jovem.
By T3ddy-2020)

Capítulo 4 - "Eu te perdou..." (HOT)


Sai do trabalho e fui direto pra casa. Quando cheguei, Juli já estava em casa (ela é babá). 

-Iai.-Julia diz enquanto lavava os pratos.- Fiquei sabendo que você e o T3ddy tavam se pegando no trabalho.

- A gente não tava se pegando. A gente só se beijou..-disse colocando a bolsa no sofá. 

-Ai, Annye. Eu queria tanto um namorado, sabe?- Juli diz sem animo.

-Eu acho que você nunca percebeu que o Dudu gosta de você, né?

- Não. Ele não gosta de mim. Ele é como um irmão pra mim. 

- Julia Gimarões de Jesus. Vocês se conhecem desde quando ele tem 9 anos. Você tirou o BVL dele no jogo da garrafa e você gostou. Ele não para de te dar dicas de que gosta de você e ele já me falou sobre gostar de VOCÊ! 

-Cala essa boca, Annye! Vai tomar banho que você tá suada e vai deixar os moletons do Breno lá embaixo, vai.

- Tá bom.- falei rindo. Fui pro quarto escolher uma roupa e tomar um banho relaxante. Entrei no chuveiro, lavei o cabelo, tomei banho, fiz tudo necessário. Quando sai, vesti meu pijama e fui me deitar.

-Annyeee!- Juli grita da sala.

- Que é, Julia?

- Vem caaaá!- me levantei, abri a porta e fui direto pra porta.

-Que é...

- Oi...- era Lucas. 

- Lucas?

- Então.-Juli diz- Eu não vou atrapalhar vocês. Eu vou sair tá. A mãe da Debohá me chamou. Ela e o marido vão passar a noite fora. Tchau. Ah! Annye. Usa camisinha, em!- ela sussurra no meu ouvido e eu olho pra ela com um riso falso.

-Entra, Lucas.- eu digo esperando ele entrar pra fechar a porta.- Então. Porque você veio aqui?

- Só pra a gente terminar oque a gente começou.- ele diz me olhando com cara de safado- Claro. Se você quiser.- ele diz me olhando calmo.

- Assim... meio que... desculpa. Eu não consigo ter nada com você. 

- Eu entendo...

-Entende?

- Sim. Me desculpa. Me desculpa por tudo que eu te fiz quando a gente era criança. Me perdoa?

- Olha... Eu não sei. Eu...

-Me perdoa. - ele diz segurando minha sintura firmemente. Sentir de novo aquele ar era tão bom. Sentir ele me segurando contra o corpo dele me deixava louca de tesão. Puta que pariu. Eu não aguento mais. Agarrei ele pelo pescoço o beijando com vontade.- Você é apressadinha né!- ele diz rindo.- eu gosto de meninas assim.

Puxei ele pro meu quarto e tranquei a porta. Joguei ele na minha cama e subi em cima dele enquanto beijava o pescoço dele deixando marcas de chupões por todo aquele pescoço lindo enquanto ele gemia. Procurei a barra de sua camisa e quando encontrei, joguei a mesma longe. Logo percebi que seu membro estava "alegre", digamos. Desci até sua calça, abri o zíper, tirei a cueca e logo eu vi aquilo em minha frente. Coloquei na boca e comecei a chupar lentamente, enquanto ele gemia baixo. Fui indo mais e mais rapido e ele gemima mais acada minuto. Quando finalmente tirei seu membro de minha boca, ele me puxou para um beijo enquanto invertia nossas posições, me fazendo ficar embaixo dele.

-Agora é minha vez!- ele diz tirando minha blusa e beijado meu pescoço até chegar a meus seios. Ele os beijava e chupava eles deixando os chupões em toda extensão dali. Ele foi descendo ate chegar nos meus shorts tirando eles e me olhando rindo. Ele penetrava lentamente, oque me dava mais tesão. -Annye... Eu vou...

- Vai o que, Luquinhas? Em?- dizia entre gemidos.

- Eu vou...

- O que?

- Gozar!- senti aquele líquido em mim, me fazendo relaxar e me sentir de um jeito que nem eu sei explicar. Chegamos no ápice juntos, e acabamos decidindo parar.

- Annye! Abre a porta garota!- era meu irmão.

-JÁ VAI!- gritei passando a mão no rosto. Vesti a blusa de Lucas que foi a primeira coisa que eu ache e abri a porta.

-Que roupa é essa? Quem tá com você?- ele diz erguendo a cabeça e tentando ver quem tava lá dentro.

- Não é da sua conta. O que você quer?

- O Breno. Ele tá na portaria pedindo pra subir. Deixo?

- Deixa. Vou pegar os moletons.

- Quer que eu entregue?

- Não. Deixa que eu entrego. Preciso acertar umas coisas com ele. 

- Tá. Vai trocar de roupa mulher. - ele tem esse jeitinho de ser. Ele até parece um gay falando mais só quando tá zoando. Entrei e me troquei. Olhei pra Lucas. Em tava dormindo tão fofinho. Aquele cheirinho dele. Lembrei até quando a gente era bem pequeno. Tínhamos 2 ou 3 anos. Éramos obrigados a abraçar o "amiguinho" na hora do lanchinho. Ai que cheirinho bom. Ele era tão cheiroso! Peguei os moletons e coloquei em uma sacola. Sai do quarto e fechei a porta. Breno ja tava lá sentado e Dudu tinha saido como sempre pra comprar pão.

- Toma.- falei estendendo a mão com a sacola.

- Deixa eu explicar! Por favor.

- Achei que você já tinha superado isso. Por que não véi se lamentar pra Amandah.Lover? Ou melhor: _.breno.meu.amor._. Vai ficar com tuas fãs lá.- ele é influencer. 

- Annye. Você sabe. Eu te amo. Eu sou louco por você. Eu quero ficar com você!

- Ja acabou, Breno! Eu já tô em outra.

- Quem é esse maldito? Vou acabar com a raça dele!

- Porque vai acabar com a minha raça?- Lucas diz saindo do quarto só de cueca. 

-Ah. Então é ele que você tá pegando? Não acredito que você fez isso comigo! 

- Eu tenho o DIREITO de me relacionar com quem eu quiser, senhor Breno!

- Você é só minha!- Breno grita me puxando pra perto dele. Naquela hora me desceu o espírito da baiana que eu tenho dentro de mim, (Sim. Eu sou baiana seus xenófobicos. Eu NÃO DURMO O DIA INTEIRO!!!) tinha que fazer algo. Lembrei das aulas de defesa pessoal que minha mãe me colocou pro caso de acontecer o mesmo que aconteceu com ela. Chutei a canela dele fazendo ele me soltar dando tempo pra correr em direção a Lucas




Notas Finais


Galera. Meu pai descobriu meu canal no yt. Não tô desesperada pq ele é todos os meus tios e parentes (Sim... Foi pro grupo da familia) tão me apoiando. Tô pensando em parar um pouquinho no canal pra fazer mais fics pra vocês e também me dedicar ao T3ddy. Fiquei feliz por ele voltar e triste pq ele tava com dor de dente.

Tô gripada. Me dezegem melhoras.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...