História Uma História para Recordar - Capítulo 5


Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 3
Palavras 1.150
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Ecchi, Ficção Adolescente, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


(Imagem Meramente Ilustrativa)

Capítulo 5 - A Surpresa de Lilly e A Surpresa de Yuuki (Final)


Fanfic / Fanfiction Uma História para Recordar - Capítulo 5 - A Surpresa de Lilly e A Surpresa de Yuuki (Final)

-A gente faz sim, mas agora temos que nos arrumar, ou estaremos encrencados- Dizia Yuuki enquanto mexia suas orelhas Neko, Pensando ter ouvido algo.


Após ter se garantido de que havia feito um alarme falso, Yuuki e Lilly se vestem e arrumam a si mesmos e suas vestimentas também, logo eles saem de lá como se nada tivesse acontecido.


-Vamos, eles já devem ter suspeitado- Exclama Yuuki enquanto corre.


Ao olhar para trás, veria que sua amada estaria de joelhos o olhando com um sorriso constrangido, seu corpo estaria trêmulo e ela se encontra em fraqueza e exaustão pelo ocorrido anterior.


-A-Amor… M-Me ajuda… sua gatinha está cansadinha demais pra correr…- A mesma faria uma carinha fofa pedindo colo enquanto permanece a tremer.


-Putz… Eu peguei um pouco pesado com ela, bem, vem cá meu bebê, vou te levar para a sala.


Entao Yuuki sem pestanejar, colocaria sua amada em suas costas, logo a carrega lentamente indo em direção a sala de aula, porém havia algo errado no mesmo.


-U-Ué… Eu estou a fraquejar também?- Indagava com suspeitas de seu próprio corpo, pois o mesmo não se aguentava em pé.


Então ele anda de forma calma e serena por fora, mas usando um tremendo esforço por dentro para chegar em sua sala de aula. Ao chegar lá, ele percebe que sua amada dormiu em suas costas então ele iria até a professora.


-Professora… Eu vou levar ela pra casa ta? Vou juntar nossas coisas- Fala com um tom de preocupação fingida, afinal, ele quer ir pra casa mesmo após o ato ocorrido.


-Tudo bem querido, vou te ajudar com isso e você vai pra sua casa com ela ok?- Com um tom de aceitação, a Professora se pôs em ajudar seu aluno, arrumando as coisas de ambos.


-Obrigado professora, eu pegarei as lições com meus colegas de classe depois- Ele sorri e sai andando da sala se despedindo de todos.


Enquanto ele saia da sala, uma garota o observava com um ar de suspeitas. Alguns minutos haviam passado e Yuuki estaria em sua casa com a Lilly deitada em sua cama, a mesma estaria limpa após ter sido banhada pelo seu namorado, então ela usaria algumas vestes de seu amado, sabendo do jeito que ela gosta de se vestir, ele pega uma blusa que passa da cintura da mesma, cobrindo as partes íntimas da mesma, enquanto por baixo disso ela usa suas roupas intimas.

Após alguns minutos a Lilly desperta de forma calada, ela olha para sua frente e veria seu amado sem blusa, apenas usando um short casual, ele estaria desenhando em uma mesa onde fica seu computador, ao ver ele desenhando, ela iria até o mesmo engatinhando sob a cama.


-Y-Yuuki… Ta fazendo o que amorzinho?- O modo dela falar estaria fofo, sexy e manhosa.


-Olá Bela Adormecida, dormiu bem?- Satirizava levemente por conta dela ter desmaiado de sono.


-Ei Gatinho… não fala assim poxa- A Mesma faz uma cara de choro enquanto o olha.


Yuuki ao estranhar o estado dela ele sobe na cama e fica ajoelhado na cama com ela. Ele então começa a acariciar os cabelos da mesma e daria um beijinho em sua testa logo ele termina dando um abraço caloroso e aconchegante na mesma.


-O que foi amor? Por que você está assim? Ta tudo bem com você?- Ele a olha preocupado.


-E-Eu tô bem… me perdoa, eu sou manhosa assim quando acabo de acordar- O Olha enquanto coça os olhos.


-Você não quer descansar? Ainda acho que você está mal ou algo do tipo- Coraria levemente pois o mesmo não sabia o que dizer.


Então, Lilly se deita na cama e o puxaria pra perto de si, colocaria as suas pernas em volta da cintura do mesmo o prendendo, por fim ela coloca os seus braços em volta de seu pescoço e sorri coradinha.


-Eu só vou fazer alguma coisa quando você estiver do meu lado ta? E a minha surpresa é essa, a partir de hoje eu morarei com você- Ela diria sorrindo e o beijava lentamente e intensamente.


O Nekomata ficaria muito surpreso e feliz, corando fortemente enquanto recebe o beijo, então ao fechar lentamente seus olhos, ele se deita ao lado de sua amada, a beijando de forma amorosa e romântica. Após o ato romântico do casal, Yuuki separa o beijo e a olha de forma sorridente, suas orelhas mexem de forma frenética enquanto que sua cauda balança de forma frenética também


-Amor, isso é ótimo, eu estou muito feliz com essa notícia, no fundo do meu coração, essa notícia trouxe a luz essa escuridão que eu convivia…- O mesmo estaria emocionado, não apenas por causa da ótima notícia mas sim pela perda que teve para obter esse ganho.


-Yuuki, eu digo com toda certeza desse mundo, que não importa onde ela esteja, ela estará te olhando e tendo orgulho de você, como sempre teve lembra?- Ela sorri logo entregando a carta na qual a mãe dele escreveu.


Yuuki ao olhar a carta levemente desgastada e velha por conta do tempo que havia passado, várias e várias manchas leves mostrando ser antiga, então ao olhar novamente para está carta o mesmo esconde seu rosto nos seios de sua amada e começa a chorar, mesmo tendo tudo aquilo, ele ainda se sente vazio, pois de todas as pessoas que ele ama, a que cuidou, amou, mimou, a que esteve na sua vida a todo momento, não estaria presente naquele momento. Lilly se sentiria levemente culpada por pensar que o fez chorar, então ela o aperta no abraço e fica afagando os cabelos do mesmo enquanto cantarolava uma música que seria bela e triste ao mesmo tempo.


-Desculpa meu gatinho, não queria te fazer chorar, queria te mostrar o quanto você progrediu na sua vida, e pra deixar claro, a melhor etapa da minha vida foi quando eu te conheci de verdade, lembra? Em baixo de uma cerejeira- A mesma Coraria levemente, ficando mais apaixonada pelo mesmo a cada palavra dita naquela ocasião.


-Pelo contrário… você não me fez e nunca irá me fazer chorar, pelo menos, não da forma que pensou, mas o que você fez foi mostrar que mesmo sem minha mãe, eu tenho uma pessoa que vai me amar, me cuidar, me mimar e fazer de tudo pra me deixar feliz, eu tenho uma pessoa que de todas as que eu conheci, é essa pessoa que quero levar dentro do meu coração, é essa pessoa que posso chamar de minha, essa pessoa é você, Lilly, nos conhecemos há pouco tempo, mas esse pouco tempo foi o suficiente pra saber que eu deveria ter te encontrado há muito tempo, Lilly eu t- O mesmo era interrompido por outro beijo de sua amada.


A mesma se encontra chorando emocionada enquanto o beija carinhosamente, o confortando e o amando mais e mais.


-Eu te amei por mil anos, e te amarei por mais mil anos Yuuki Dantas, Meu Yuuki, e eu sempre serei Sua Lilly, apenas sua, meu gatinho fofinho


Notas Finais


Voltei seus fofinhos :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...