História Uma historia Pokemon - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Pokémon
Visualizações 12
Palavras 2.344
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Policial, Romance e Novela, Saga, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Slash, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 8 - A insignia da Cascada


Fanfic / Fanfiction Uma historia Pokemon - Capítulo 8 - A insignia da Cascada

 

 

 

Acordei ainda perturbado, me sentia lento, assim que abrir os olhos não estava mais perto das piscinas, estava no escritório do ginásio, uma luz entrava pela janela, o que significa que já estava de manhã.

 

-Que bom que acordou. Disse uma voz conhecida entrando pela porta.

-Tia Misty que bom te ver. Disse me sentando no sofá, mas coloquei a mão apoiada em minha cabeça, parecia mais pesada que o normal.

-A enfermeira Joy disse que vai ficar um pouco tonto ainda, o pó sonífero age diferente em nosso organismo e digamos que o Butterfree dessa tal de Bianca foi muito bem treinado, eu vi as câmeras de segurança. Disse ela.

 

E me recordei do que havia acontecido, sentir um sentimento estranho, seria culpa? Por deixar ela rouba o ginásio ou rancor? Por ter sido usado.

 

-Tia Misty, eu realmente ... Comecei a falar mais ela me interrompeu.

-Estou mais brava por ter trazido uma garota para dormi aqui, sem minha permissão, do que brava pelo roubo, eu deveria ter levado a Mega pedra comigo, mas decidir evitar temendo um ataque surpresa no caminho, pensei que aqui no ginásio e com a enfermeira Joy visitando você regulamente por causa do Lapras, imaginei que seria bem mais seguro. Comentou ela.

-Faz tempo que chegou? Perguntei mudando de assunto, mas sentindo um aperto no coração, pisei na bola legal dessa vez.

-Cheguei a pouco mais de duas horas, a enfermeira Joy veio de manhã ver o Lapras e te encontrou caído, parece que dois amigos seu ajudaram ela trazer você para cá enquanto ela prepara o antídoto, a oficial Jenny tentou procurar a criminosa pela cidade, mas ela já havia fugido. Explicou ela –Falando nisso marquei de batalhar com a garota amanhã, ela entendeu que não teria cabeça para isso hoje, fora que meus pokemon ainda estão cansados pela viagem, fora que o Gyarados está bem sentimental agora que descobriu que sua Mega pedra foi roubada, terei trabalho em melhorar seu ânimo hoje.

-Eu realmente sinto muito, eu devia ter lutado melhor, que tipo de líder eu quero ser, se não consigo nem proteger um ginásio que estava sobre meus cuidados?! Disse já sentindo as lagrimas percorrer meu rosto, era um misto de emoções, ódio, culpa, entre muitos outros sentimentos negativos.

-Acalme-se Barry, de verdade não estou brava pelo que aconteceu e sim triste pela forma como aconteceu. Disse ela se sentando ao meu lado e pegamos na minha mão –Você parece muito na sua mãe, gosta de viver romances, sabe é bom ter alguém, mas você não pode apresas as coisas, você é jovem, nossa pareço uma velha falando isso, mas a questão é, não busque sua felicidade em outra pessoa, seja feliz consigo mesmo e no meio do caminho encontre alguém para compartilhar seus momentos feliz, veja sua mãe por exemplo, ela amou seu pai, mas chegou uma hora que ela teve que escolher entre ele e seus sonhos, ela ter escolhido os espetáculos não significa que ela não amou seu pai, mas sim que ela ama ela em primeiro lugar, nada e ninguém vai tirar os momentos felizes que eles compartilharam juntos, entende o que quero dizer?

-Que eu devo escolhe com mais calma? Disse brincando para quebrar o clima –Na verdade eu entendi, nunca tinha olhado por esse ângulo, realmente acho que precipitei as coisas, mas eu não entendo por que rouba Mega pedras?

-Isso que venho tentando entender, com a minha foram três, a equipe Rocket sempre foram ladroes internacionais, acredite já tive o desprazer em conhece-los, Mega pedras são raras, mas minha intuição dizia que tinha algo errado, então viajei até a cidade de Saffron, após conversa com Sabrina decidimos que iriamos até uma vidente que vive na cidade Lavender, ela é conhecida por seus poderes de “prever” o futuro, para ser honesta, eu não acredito muito, mas Sabrina é bem cética nos poderes cósmicos, mas antes que chegamos na cidade, Lance nos fez regressas a nossas cidades, acho que você deve ta por dentro do que está havendo com o Brock e as denúncias de estar vendendo as insígnias? Perguntou ela.

-Estou acompanhando, como alguém pode fazer isso?! Disse meio irritado.

-Barry, está na cara que foi essa tal de Bianca. Disse ela e a olhei surpreso –Pense, quando ela pegou a Mega pedra do Brock, ela deve ter pegado algumas insígnias.

-Mas por que ela faria isso? Perguntei confuso.

-Porque boa pessoa ela não é. Respondeu ela simples, como se fosse a coisa mais clara do mundo.

-É, pensando bem faz sentido. Concordei pensando no que ela disse “Eu sou a vila da história, eu nunca jogo limpo. ” –Mas o por quê Lance fez vocês voltarem?

-Estaremos sendo avaliados nas próximas semanas, afim de evitar fraudes, iremos receber membros organizadores, acompanhado pelos membros da elite dos quatro. Explicou ela e fiquei indignado em saber isso, ser testados?! –Incluísse Brock já está sofrendo com a empresa e protesto em frente ao seu ginásio, não acho que vai demorar muito parar ter câmeras e pessoas nos vaiando em frente ao ginásio.

-Como se a coisa já não tivesse difíceis?! Disse indignado.

-Bem, não podemos mudar o que aconteceu, mas podemos fazer o nosso melhor para contorna a situação. Disse ela sorrindo.

-Se eu puder fazer algo. Disse ainda sentindo um nó na garganta, tinha que fazer algo, ou tentar pelo menos.

-Sabia que ia falar isso, seu orgulho estar ferido e você quer compensar de uma maneira. Disse ela e concordei –Bem, já que nem eu e nem Sabrina poderemos nos afastar do ginásio preciso que vá até a cidade de Lavender, procure por um tal de Senhor Fuji, ele saberá onde você pode encontrar Reina, apesar de não acreditar muito nisso, confio no julgamento de Sabrina, se ela acha que vale a pena uma visita até lá, não custa nada tentar.

-Certo, hoje mesmo eu vou para lá. Disse convicto.

-Nada disso mocinho, a enfermeira Joy deixou bem claro que leva cerca de trinta e seis horas para o pó sonífero sair do seu sistema biológico, até lá você ficara por aqui. Disse ela e realmente estava sentindo meus movimentos mais lentos –A enfermeira Joy também me contou que você deve desculpa aos seus amigos.

-Verdade, se eu tivesse acreditado neles des do início, nada disso teria acontecido. Disse pensando e me sentindo pior.

-Não tem como saber Barry, mesmo que tivesse acreditado neles, Bianca ia tentar rouba o ginásio, é como eu disse não dá para mudar o que aconteceu, mas dá para contorna essa situação. Disse ela colocando a mão no meu ombro em um gesto de apoio.

 

 

 

 

Mais tarde naquele dia,

 

 

-Acho que já chega, você já vai ter sua batalha amanhã. Disse já me sentindo cansado.

-Por isso se chama treino, gênio! Preciso me preparar para amanhã, só mais um pouco. Pediu Lyra.

 

Havia tempos que estávamos treinando no campo de treinado do Centro Pokemon, na verdade quase uma hora, mas já estava cansado.

 

-Ok, mais uma vez Wurmple use Picada Venenosa.

-Wuuuurmple! Disse Wurmple disparando pequenos feixes de energia arroxeadas.

-Use evasiva Pidove, depois use Ataque Rápido.

-Piiiidove! Disse o pokemon voado fazendo acrobacias no ar para desviar do ataque.

-O impeça com Jato de Seda e depois contra-ataque com Investida.

 

Wurmple esperou até que Pidove parou no ar para tomar impulso, então disparou sua teia que amarou as asas do pokemon ave, o fazendo cair, mas antes que chega-se no chão, Wurmple correu o acertando com sua cabeça, o jogando para perto de Lyra.

 

-Isso foi bem forte. Disse Lyra surpresa ajudando seu pokemon a se soltar da teia –Você foi ótimo Pidove, evasivas impecáveis.

-Você foi maravilhoso Wurmple. Disse me agachando e fazendo carinho no meu pokemon.

 

Mas Wurmple começou a emitir um brilho azul e mudando forma.

 

“Silcoon é a forma evoluída de Wurmple. Usando seu fio para se unir a um galho de árvore, ele espera evoluir para o próximo estágio. Quando fica com sede, bebe o orvalho que se acumula em sua corda. ” Disse a Pokedex.

 

-Wurmple você evoluiu! Disse o pegando no colo –Ou melhor, Silcoon agora.

-E você estava reclamando de treinar. Brincou Lyra.

-Se você evoluiu para Silcoon, isso quer dizer que logo você será uma linda Beautifly. Disse consultando a pokedex com uma mão, enquanto ainda segura ela com a outra.

-Siiiil! Respondeu ele.

-Bem, acho que por hoje já chega. Disse Lyra e concordei.

 

Recolhemos nossos pokemon e seguimos para dentro do centro pokemon, onde deixamos com a enfermeira Joy para ela dar uma olhada na saúde dos nossos pokemon.

 

-Amanhã consigo minha insígnia de Cerulean, se Arceus quiser claro, depois é só seguimos para Saffron. Disse ela deitando na cama.

 

Por sorte havíamos conseguido um quarto só para nos dois.

 

-Na verdade era sobre isso que gostaria de falar com você, daqui alguns dias terá um concurso na cidade Lavender, minha mãe vai ser uma dos juízes, qualquer coisa podemos nos separar e depois no encontramos em Saffron. Sugeri.

-Não imagina, não tem problema, Lavender não tem um ginásio, mas é uma cidade turística, vou adorar conhecer, fora que o quanto mais tempo demoramos nessa viagem para mim é melhor. Disse ela pensativa.

-Sim, entendo, mas não esqueça que não podemos demorar muito ou você perde a Copa Pokemon e eu o Grande Festival. Lembrei, apesar que ainda demoraria muito tempo, havia uma dada estabelecida.

 

 

 

No dia seguinte,

 

 

-Muito bem, as regras do meu ginásio seguem o estabelecido pela confederação pokemon, dois contra dois, o treinador que ainda possuir pelo menos um pokemon ainda com condições de lutar é a campeão, alguma dúvida? Perguntou Misty.

-Nenhuma. Disse ainda tensa.

 

Estávamos de frente para uma grande piscina, havia algumas rochas espalhada, devia ser para pokemon que não nadassem.

 

-Então comecemos, saia Goldeen. Disse Misty liberando seu primeiro pokemon.

 

“Goldeen é um Pokémon muito bonito com barbatanas que ondulam elegantemente na água. No entanto, não baixe a guarda perto deste Pokémon ou ele pode te golpear poderosamente com seu chifre. ” Disse a pokedex.

 

Eu não tinha muitas opções, infelizmente Charmander não conseguiria fazer muita coisa, o que era uma pena, nos treinamentos ele tem se mostrado muito dedicado.

 

-Muito bem Lotad é a sua vez! Disse liberando meu pokemon.

-Um tipo grama e agua, inteligente, mas não subestime meu pokemon. Alertou ela –O primeiro movimento é da desafiante.

-Pode ter certeza que não irei, Lotad use Dança da Chuva.

 

Lotad começou a se mover na agua, ficando rodeado por uma aura azulada e criando uma dança, então nuvens começou a se forma sobre o campo de batalha e um pequeno sereno começou.

 

-Já que é assim Jato D’Agua Goldeen.

-Evasiva Lotad e depois use Rajada de Sementes.

 

Goldeen carregou seu ataque e disparou uma poderosa rajada de agua, mas graça a habilidade de Lotad ele conseguiu desviar do ataque e em seguida disparou diversas pequenas esferas esverdeadas que lembrava sementes.

 

-Não desista Goldeen e use Ataque de Chifre.

-Evasiva Lotad e depois use Rajada de Sementes novamente.

 

Goldeen avançou sobre Lotad com seu chifre envolvido por uma luz clara, mas Lotad conseguiu desviar no último segundo e disparou suas pequenas esferas esverdeada.

 

-Sem dúvida você vem treinando a evasiva do seu pokemon, velocidade é importante, mas perceba que mesmo sendo um ataque super efetivo, Lotad não vem conseguindo causar muitos danos ao meu pokemon, treinar a velocidade é importante, mas não esqueça de treinar a força de seus ataques. Comentou Misty e notei que realmente ela tinha razão, acho que venho esquecendo desse detalhe –Goldeen use Cascata.

 

Rapidamente o pokemon peixe, brilhou em tom azulada, a agua começou a balança e cresceu como uma torre debaixo de Lotad o jogando para cima, Goldeen ainda subiu em espiram ganhando velocidade e o atacando.

 

-Apreveite a chance e use Folha Navalha.

 

Ainda no ar, Lotad começou a girar criando folhas de energia esverdeada e atirando em Goldeen enquanto caia.

 

-Otimo trabalho Goldeen, agora retorne. Disse Misty recolhendo seu pokemon nocauteado –Realmente seu Lotad é veloz, mas vamos ver como ele se sai agora, vai Staryu.

 

“Staryu, o núcleo deste Pokémon da Água brilha nas sete cores de um arco-íris, um núcleo que é valorizado por alguns como um tipo de joia. ” Disse a pokedex.

 

-Lotad use Folha Navalha novamente.

-Staryu use Jato D’Agua.

 

Lotad começou a balança sua cabeça disparando pequenas folhas de energia verde, mas antes que pudesse chegar próximo de Staryu o pokemon revidou com uma rajada de agua potente que parou as folhas e ainda acertou Lotad com força o mandando em direção a pedra nocauteado.

 

-Retorne Lotad, obrigada. Disse o retornando, sem dúvida tinha que tomar cuidado com essa Staryu –Vamos nessa Pidove.

 

Tinha que tomar cuidado redobrado com Staryu, além de ser poderosa o dança da chuva ainda estava ativo e isso aumentava seu poder.

 

-Use Multiplicar Pidove e sobrevoe o campo, quanto tiver oportunidade use Ataque Rápido.

-Use Estrela Cadente Staryu.

 

Pidove começou a voar sobre o campo criando algumas réplicas de si, mas Staryu saltou da agua e começou a girar, seu núcleo ficou repleto por uma aura dourada e múltiplas estrelas de energia começara a ser disparada destruindo os clones e acertando o próprio Pidove.

 

-Jato D’Agua Staryu.

-Evasiva e Rajada de Vento Pidove.

 

Staryu ainda girando no ar disparou sua potente rajada de agua, mas Pidove girou desviando do ataque e começou a bater asas criando uma corrente de vento, que jogou Staryu para uma rocha.

 

-Nossa chance Pidove acerte o núcleo com Ataque Rápido.

 

Aproveitando que Staryu estava ainda se recuperando da pancada, Pidove voou velozmente, batendo em cheio na joia.

 

-Retorne Staryu, ótimo trabalho. Disse Misty retornando seu pokemon que piscava –Impressionante usar o peso do meu próprio pokemon para criar um impacto maior, você deve ter aprendido isso com os pokemon do Brock imagino. Comentou ela e assenti –Você provou ser muito atenta aos detalhes, então como prova de sua vitória em meu ginásio receba a insígnia da Cascata. Disse ela me estendo uma pequena insígnia azulada em formado de gota.

 

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...