História Uma história, Um amor (Imagine Park SungJin, Day6) - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias DAY6
Personagens Dowoon, Jae, Sungjin, Wonpil, Young K
Visualizações 19
Palavras 736
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Uma noite estranha


A surpresa em minha cara era bem notada. Nunca pensei que Sungjin queria fazer essas coisas... Que coisas, (S/N)?! Fala sério! Ele só está preocupado.

ㅡ Não me entenda errado, por favor ㅡ Ele notou minha surpresa ㅡ Ei, no que está pensando? Pervertida! ㅡ Gargalhou.

ㅡ Que nada, estava pensando se eu tinha alguma coisa pra fazer amanhã cedo ㅡ Gargalhamos, juntos.

ㅡ Mas é sério, você não pode pegar a estrada nessa hora, é perigoso. Vamos entrar? ㅡ Abriu a porta e ia saindo, mas eu o interrompi.

ㅡ Tudo bem, posso dirigir com cuidado... Aliás, nem tenho roupas aqui.

ㅡ Posso te dar uma roupa minha. Vamos, não me faça arrancar você desse banco.

Me dei por vencida e saí do carro, juntamente a Sungjin. Confesso que o prédio onde ele morava era bem bonito também.

Chegamos na recepção, provavelmente ele deixou sua chave lá. Notei o repecionista me olhando malicioso. Quem me dera se fosse isso o que estão pensando! Fomos para o elevador e, meu Deus, Sungjin morava no último andar do prédio que tinha 28 andares.

ㅡ Isso me lembra da minha primeira conversa com você ㅡ Ele sorriu.

ㅡ Verdade, aquilo foi embaraçoso... Fui intrometida demais ㅡ Praticamente me desculpei.

ㅡ Esqueça essa parte. Chegamos.

Saímos do elevador e fomos em direção ao apartamento de Sungjin. Ele abriu e me deu passagem para passar, assim fiz e vi o quão linda era sua casa.

ㅡ Wow, tem uma casa bonita!

ㅡ É uma honra receber seu elogio ㅡ Ele falou indo em direção que eu acredito ser a cozinha, não sei se foi debochado ou sincero ㅡ Vou pegar as coisas pra você.

Sentei no sofá e chequei meu celular, vendo duas chamadas perdidas de Logan, um velho amigo que conheci no fundamental e estamos na mesma até na faculdade. Retornei a ligação e logo fui atendida.

ㅡ (S/N)? Onde você está? Preciso pegar o documento na sua casa.

ㅡ Querido, não estou em casa no momento, e esse documento era pra você ter pego vai fazer uma semana.

ㅡ Foda-se, eu não tive tempo! Preciso dele amanhã, você pode levar para mim?

ㅡ Levar pra você? Eu nem vou para a aula amanhã! Bebi hoje e vou acordar de ressaca.

ㅡ Você nem deve ter bebido, maluca, por favor, faça isso por mim, minha amiga linda.

ㅡ Tudo bem, mas está me devendo uma, e se eu sofrer um acidente amanhã cedo, levo você junto.

ㅡ Amo você! Obrigado!

Desliguei e vi Sungjin encostado na parede olhando pra mim com cara de paisagem enquanto segurava roupas.

ㅡ Está aí faz tempo? Me desculpe, estava em uma ligação... ㅡ Ele leva um susto, como se tivesse acordado de um outro mundo ㅡ Tudo bem? ㅡ Me levantei e cheguei mais perto dele, tentando descobrir se estava doente.

ㅡ Perdão,estava pensando, distraído ㅡ Sorriu nervoso e eu coloquei minha mão em sua testa, levantando seu cabelo com a outra.

ㅡ Você está quente! Deve estar com febre, tem algum termômetro aqui? ㅡ Ele negou com a cabeça ㅡ Remédio? ㅡ Negou novamente ㅡ Bolsa de gelo? ㅡ Negou outra vez.

ㅡ É raro eu ficar assim, deve ser temporário.

ㅡ Tenho certeza que não é, fique aqui, vou na farmácia mais perto daqui ㅡ Peguei a chave do meu carro e já ia sair, mas lembrei ㅡ Onde fica a farmácia mais perto? ㅡ Ele sorriu e me puxou, tirando a chave da minha mão.

ㅡ Você não vai sair agora, está muito tarde.

ㅡ E você está doente, e daí se está tarde? Vai me falar onde fica a farmácia? ㅡ Ele suspirou derrotado.

ㅡ Quando sair do estacionamento vire á esquerda e depois...

Ele me explicou onde era e eu saí. Avisando que voltaria logo. Segui as coordenadas dele e cheguei lá, pegando uns remédios mas depois passei no mercado 24 horas que tinha ali perto também, comprei algumas coisas para fazer uma sopa.

ㅡ Cheguei, onde você está? ㅡ Gritei da porta, sem ouvir uma resposta. 

Procurei pela casa toda e nada, mas o achei deitado na cama de seu quarto. Ele parecia cansado e suava frio.

ㅡ Sungjin? Acorde, cheguei com os remédios ㅡ Ele abriu os olhos lentamente, piscando para se acostumar com a luz.

Fiquei esperando ele acordar por inteiro enquanto pegava água. Voltei para o quarto e ele estava sentado na beira da cama. Dei o copo com água e uma pílula em sua mão. Estranhamente, ele pegou e colocou no criado-mudo que tinha do lado da cama e levantou.

ㅡ Você não vai beb-

Ele... Ele me beijou!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...