História Uma história, Um amor (Imagine Park SungJin, Day6) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias DAY6
Personagens Dowoon, Jae, Sungjin, Wonpil, Young K
Visualizações 31
Palavras 1.342
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Amigo vs. Amigo


Sungjin levantou da cama, ficando cara a cara comigo.

ㅡ Você não vai bebe-

Ele me interrompeu com um beijo. Por mais que eu quisesse beijá-lo, eu o afastei. Afinal, ele estava doente, provavelmente alucinando.

ㅡ Sungjin? Está maluco? Beba o remédio, vamos ㅡ O sentei na cama novamente e ele finalmente bebeu ㅡ Agora durma e descanse, a bebida deve ter feito mal pra você ㅡ O deitei na cama e o cobri.

Eu ia me retirar do quarto quando Sungjin segurou minha mão e me puxou, fazendo eu cair sob seu peito. Tentei sair mas ele me abraçou e não me deixou sair.

É só o que me faltava! Além de estar em uma posição super desconfortável, já que meu quadril está sendo machucado, vou ter que esperar ele dormir para poder sair.

Fiquei ali, acordada e sentindo dor, por uns 10 minutos. Quando vi que ele finalmente dormiu, saí dali e fui pra sala. Estava muito tarde e eu precisava acordar cedo, deitei no sofá e ali dormi.

•••

Acordei com o despertador do celular tocando. Levantei e fui ver como estava Sungjin que ainda estava dormindo, afinal, como uma boa estudante de medicina preciso cuidar de meus primeiros pacientes. Sua febre tinha passado bastante e ele parecia melhor.

Fiz uma sopa para ressaca, deixei aquecida e os remédios logo ao lado, na bancada, com um bilhete dizendo a hora que deve tomá-los e que era pra tomar a sopa quando acordasse.

Saí da casa dele e fui dirigindo como uma doida, esqueci da hora e chegarei atrasada para entregar o que Logan quer.

Chego a tempo e vejo Logan ainda me esperando, impaciente.

ㅡ Oi, cheguei tarde, né? Me desculpe.

ㅡ (S/N)! ㅡ Me abraçou ㅡ Obrigado por trazer. Eu preciso disso ainda hoje. Mas, onde estava, hein? Você não é de dormir fora.

ㅡ Na casa da minha mãe ㅡ Menti ㅡ Preciso ir dormir, até outro dia.

ㅡ Até.

Quase dormi no volante mas consegui chegar viva em casa, como uma zumbi mas viva. Nem precisei me acomodar na cama, deitei e dormi.

•••

Acordei duas horas da tarde, sono bom! Meu celular descarregou e não tenho o que fazer. O coloquei para carregar e decidi ir para a piscina da cobertura do prédio, ás vezes lá tem alguns caras bonitos que eu paquero, mas nenhum é bom de conversa. 

Coloquei meu biquíni e fui assim mesmo pro elevador, apenas com uma toalha em mãos.

Entrei na piscina e foi a melhor coisa que já fiz em toda minha vida. Estava aquecida, não tinha ninguém e estava super calmo ali. Faz tempo que não venho aqui e aprecio esse momento com água e calmaria.

Depois de, mais ou menos, meia hora, vi a porta do elevador abrir, eu não queria companhia das pessoas desse prédio, eles sabem que minha mãe tem dinheiro e vivem me ameaçando falar coisas impossíveis que "eu faço" pra minha mãe. Nunca dá certo, por isso o ódio deles por mim.

Fiquei de costas para a porta do elevador, estava pouco me fudendo pra quem estaria lá, eu só queria que a pessoa fizesse silêncio e que não seja crianças.

ㅡ (S/N)?! ㅡ Ouvi uma voz familiar atrás de mim.

Me virei e vi, nada mais nada menos que, Sungjin. 

ㅡ O que está fazendo aqui? Era pra estar descançando, já está melhor? ㅡ Ele estava um tanto ofegante.

Sungjin revirou os olhos e socou a parede com raiva.

ㅡ Eu fiz alguma coisa? Falei algo errado? Me desculpe... ㅡ Saí da piscina.

ㅡ Não! ㅡ Ele parecia culpado, talvez outra coisa tenha o irritado ㅡ É que... ㅡ Olhou para os lado e coçou a nuca, suspeitamente ㅡ Você sumiu lá de casa e seu celular não recebeu nenhuma chamada minha. Fiquei preocupado.

ㅡ Tive que sair cedo... Já está melhor? Comeu a sopa que fiz?

ㅡ Sim, estava uma delícia, você até que faz isso bem ㅡ Sorriu.

ㅡ Vamos entrar em casa ㅡ Ia sair da piscina mas parei ㅡ Ou, você vai entrar aqui na piscina? ㅡ Sorri divertida.

ㅡ Eu apoio que entremos em casa... ㅡ Comecei a ir em sua direção, nesse tempo Sungjin não parava de alternar o olhar para meu corpo e meus olhos. Ele foi andando para trás, até que consegui ficar atrás dele e o abraçando, toda molhada. 

Ele petrificou.

Fui guiando ele até a piscina e quando ele estava prestes a cair, acordou pra vida e tentou se soltar de mim para não cair.

No fim, caímos nós dois. É uma pena que Sungjin esteja de calça jeans hahaha.

ㅡ Fique aqui, vou pegar uma toalha para você lá em casa ㅡ Ele concordou, eu me enrrolei na toalha e desci no elevador. Vi que alguém pediu o elevador do primeiro andar, fiquei curiosa e desci também.

As portas se abriram e dei de cara com Logan com comida de fast-food nas mãos.

ㅡ Vai a algum lugar, mocinha?

ㅡ Vim ver quem estava aqui, acabei vendo você.

ㅡ Estava na piscina? Quero ir também ㅡ Disse entrando no elevador e apertando o andar da minha casa.

ㅡ Tenho outro amigo lá. Você não precisa ir. 

ㅡ Quem? ㅡ Me encarou.

ㅡ Nem adianta falar, você não conhece ㅡ Ele revirou os olhos.

ㅡ Fala o nome então.

ㅡ Sungjin ㅡ Ele pareceu surpreso quando falei o nome, parecia já conhecer o nome, uma mistura de surpresa e raiva ㅡ Até parece que você sabe quem é ㅡ Debochei.

ㅡ Posso me juntar a vocês? ㅡ Perguntou suspeito.

ㅡ Vou passar em casa para pegar uma toalha para ele, suba logo e me espere lá onde Sungjin está ㅡ Saí do elevador e fui pegar a toalha.

•>• Sungjin P.O.V •<•

Nesse momento estou esperando (S/N) voltar para eu poder me enxugar e voltar para casa, já que ela molhou minha roupas por inteiro.

Ouço o elevador chegar e fico na frente dele. Ao abrir, dou de cara com quem menos esperava. Aquele babaca.

ㅡ Quanto tempo, Sung ㅡ Ele disse sarcásticamente ㅡ Pensando bem, faz apenas um dia. Era assim que Iara te chamava, né? "Sung".

ㅡ O que você está fazendo aqui? ㅡ Fechei os punhos e me segurei para não avançar nesse idiota.

ㅡ O que você está fazendo aqui? Por acaso está tentando alguma coisa com a (S/N)?

ㅡ Você conhece ela?

ㅡ Mais do que você imagina ㅡ Sorriu malicioso. Fiquei com mais vontade de socá-lo ㅡ Ficou brabo? Então quer dizer que está apaixonado por ela. Não é pouco tempo depois de descobrir uma traíção?

Quando eu ia partir para briga, a porta do elevador se abriu, e (S/N) apareceu.

ㅡ Já estão se falando? Um bom começo para desconhecidos ㅡ Sorriu para nós dois, que estavam de cara fechada.

ㅡ Não somos desconhecidos ㅡ Falei pegando a toalha de sua mão, demostrando minha raiva.

ㅡ Já se conheciam antes? Ah, que pena...  Sungjin, deixei a porta aberta, se quiser ir se secar melho-

ㅡ Ok ㅡ Eu a interrompi, pela raiva do momento, mas logo tratei de falar normal ㅡ Obrigado, vou para lá ㅡ Sorri para ela, que me retribuiu um sorriso lindo e aberto.

Peguei o elevador e entrei na sua casa. Eu estava fervendo de raiva, então aproveitei e fui tomar um banho gelado no chuveiro. Saí do banheiro e dei de cara com a (S/N) sentada na cama.

ㅡ Wow, fiu fiu ㅡ Brincou, já que eu estava só com a toalha amarrada na cintura. Ela olhou meu corpo todo antes d ecomeçar a falar ㅡ Da onde você se conhecem? Parecia que até se odeiam.

ㅡ Você pode ir na minha casa pegar roupa pra mim? ㅡ Ignorei o que ela falou.

ㅡ Não mude de assunto... Tem uma secadora na varanda, mas demora 20 minutos para secar, dependendo do tecido demora mais.

Fui até a varanda e coloquei minha roupa para secar.

ㅡ Responde agora, Sungjin ㅡ Falou manhosa. Confesso que isso foi muito sexy, a forma como ela pronunciou meu nome... Não! Não caia em tentação.

ㅡ Eu nem lembro ㅡ Não dei importância.

ㅡ Lembra sim, só não quer me contar.

ㅡ Tá, foi de um trabalho que fiz com ele. Mas faz tempo ㅡ Menti na cara dura, mas não posso contar a verdade, fere meu orgulho.

ㅡ E por que não gosta dele? Responda sinceramente.

ㅡ Porque ele gosta de você.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...