1. Spirit Fanfics >
  2. Uma Jornada no Passado >
  3. Uma porta para o passado

História Uma Jornada no Passado - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Essa é minha primeira Fanfic sobre o mundo Shadowhunters, espero que gostem.

Capítulo 1 - Uma porta para o passado


Fanfic / Fanfiction Uma Jornada no Passado - Capítulo 1 - Uma porta para o passado

Instituto de Nova York, 2008

P.O.V. CLARISSA FAIRCHILD

Acordei às 06:30, ainda sem acreditar que eu acordei sem o Jace me chamar que já estava na hora de começar os treinamentos, me virei e vi que o Jace ainda estava dormindo ao meu lado, deitado na cama. Estava desembrulhado, mostrando seu abdômen musculoso, seus braços fortes estavam em cima do travesseiro ao lado da cabeça, e os cabelos loiros cobriam uma parte do rosto. A coberta estava na cintura, mas dava pra ver o cois da calça do pijama preto aparecendo.  Eu poderia passar horas observando ele dormindo feito um anjo. Até pensei em pegar meu caderno de desenho e rabiscar um desenho, porém mesmo se eu me esforçasse muito, o desenho nunca seria tão fiel ao Jace, ele conseguia ser tão perfeito e lindo, ele abriu os olhos lentamente e sorriu quando me viu e eu retribuí o sorriso.

- Fico feliz, você acordou antes que eu te chamasse pra começar os treinamentos. - Falou ele esticando os braços para se alongar ainda na cama.

- Antes de você falar em treinamentos, você poderia pelo menos me dar um bom dia sabia? - Falei tirando as cobertas de cima de mim, que cobria da minha cintura pra baixo, e me levantando da cama até o Jace se esticar e pegar meu braço me fazendo deitar ao seu lado, dessa vez ele levantava a cabeça, apoiando sobre o braço, que estava apoiado no colchão. E ele me encarava e eu senti meu coração querer parar de bater.

- Só um bom dia? - Falou ele e se aproximou de mim, colocando seu nariz no meu pescoço e depois deu um beijo no pescoço, me fazendo sentir arrepios. Passei a mão nos seus cabelos loiros, estavam macios, a cada toque dele, era como se o seu corpo transmitisse eletricidade para o meu.

- Melhor a gente se levantar, temos muitas coisas pra fazer e se continuarmos, não vamos querer sair da cama. - Falei e confesso que me arrependi, eu queria o dia inteiro ao lado de Jace, sem ninguém pra incomodar, o que é bem difícil, logo que começamos a ter mais responsabilidades no Instituto. Pois para todos do mundo das sombras, Jace e eu somos os grandes ''heróis'' que venceu o Sebastian e que deu fim a guerra maligna.

- Podemos fingir que estamos doentes - Disse ele enfiando a cara no travesseiro, enquanto eu saía dos braços dele e me levantava, finalmente.

- Você sabe que isso não vale como desculpa, temos as runas de curas. - Respondi já de pé, com meu pijama vermelho, com desenhos de unicórneos estampados.

- Infelizmente. Mas vamos lá tomar café. - Disse ele passando a mão no rosto e eu aproveitei para ir primeiro ao banheiro. Resolvi tomar um banho, sem lavar o cabelo, depois escovei os dentes e sai do banheiro enrolada na toalha e notei que o Jace tinha saído do quarto. Ele tinha deixado a cama arrumada e a calça de pijama dobrada em cima do travesseiro dele. E as roupas que ele estavam ontem quando chegou aqui no meu quarto tinham sumido, então ele se trocou e saiu. Procurei uma roupa no meu armário, vesti uma calça jeans, uma camisa preta e uma blusa moletom cinza escrito '' I Love New York'' e calcei o meu tênis. prendi meu cabelo num coque e sai do meu quarto indo pra a cozinha do instituto. Chegando na cozinha vi a Izzy comendo sua torrada com iogurte. Como sempre ela estava linda, com uma camiseta preta justa no seu corpo e uma jaqueta de couro por cima, e uma calça colada no corpo azul escura e pra completar um salto. Sem falar na maquiagem, a Izzy nunca sai do quarto sem passar pelo menos um batom.

- Bom dia Izzy. - Falei indo para a geladeira, pegando o leite na geladeira e a caixa de cereal no armário.

- Bom dia Clary. Hoje você veio sem o seu marido. - Falou ela abrindo um sorriso de deboche.

-  O Jace não é meu marido, você sabe que nós só estamos namorando. - Respondi colocando o cereal na tigela e em seguida o leite.

- Sua mãe casou com o Luke, mas eu acho que no mesmo dia do casamento deles, você se casou com o Jace.

- Você também fica grudada com o Simon - faço uma careta e mostro a língua pra ela.

- É, eu sei. é bom ter alguém que cuida de você. E pelo o que a gente passou é bom ter coisas alegres pra fazer. - Disse ela e vi que o Jace entrou na cozinha, com seus cabelos loiros molhados, notei que ele tinha acabado de sair do banho.Estava com calça e camisa preta e também as botas pretas. Parecia que ele ia para uma batalha, porém sem as armas.

- Bom dia Izzy. - Ele se aproximou e deu um beijo no rosto dela, não sei como eu pude pensar que eles tinham alguma coisa, logo quando eu vim pra cá em agosto do ano passado, quando eu descobri que sou uma caçadora das sombras. Agora eu posso ver claramente que a relação entre eles é como amor de irmão.

- Bom dia Jace. O Alec estava procurando você. - Falou Izzy.

- Deve ser pra fazer algumas mudanças no instituto - Falou ele se aproximando de mim e me dando um beijinho rápido de bom dia. E foi pegar uma maçã para comer.

- Finalmente vocês acordaram. - Falou Alec, entrando na cozinha com os braços levantados.

- Porque é tão difícil dar um bom dia primeiro? - Perguntei.

- Clary, preciso que você abra um portal para o instituto de Los Angeles. - Falou Alec - Precisamos ver se o Arthur Blackthorn precisa de alguma ajuda, logo que ele é o novo diretor do Instituto de Los Angeles, e além do mais ele tem 5 crianças morando com ele.

- é lá onde mora aquela garota, a Emma Carstairs, - Jace balançou a cabeça positivamente - ela perdeu os pais, vai ser bom falar com ela de novo, falei com ela logo após os pais dela serem mortos, e ela me lembra um pouco o Jace, tão forte e determinada.

- Então vamos, eu quero mesmo pegar um bronzeado na praia. - Falou Izzy se levantando.

- Izzy não temos tempo pra isso - Falou Alec.

- Eu não vou atravessar o país pra não tomar um banho na praia em Los Angeles. Para de ser tão chato Alec. - Falou Izzy. Por Alec ser o irmão mais velho, sobra pra ele o papel de ser o irmão mais chato, aquele que acaba com toda a brincadeira quando está no melhor momento, esse papel caiu certinho pra ele.

- Tá bem, só não podemos demorar muito, não estamos de férias. Vamos Clary? - Falou Alec.

- Vamos - Pego minha estela para fazer a runa para criar portais. O nosso portal do instituto estava em manutenção por algum problema, onde quando atravessávamos íamos para outro lugar e não o local onde queríamos ir. Na hora de desenhar o portal, senti algo novo, uma coisa que eu nunca tinha sentido antes, mas continuei desenhando a runa e atravessamos. Jace, Izzy, Alec e eu. Saímos do portal e notamos que não estávamos em Los Angeles.

- Clary, o seu portal também está com defeito? - Perguntou Jace.

- Definitivamente aqui não é Los Angeles. - Falou Izzy.

- Então onde é ''aqui''? - Perguntou Alec.

- Isso não sei, mas Clary, cria outro portal e vamos sair logo daqui. - Disse Jace.

- Não dá, não consigo criar o portal. - Respondi nervosa.

- Por algum motivo o portal nos trouxe até aqui. Mas eu não faço ideia de onde nós estamos, isso não parece Idris, nem Los Angeles, nem Paris. - Falou Izzy.

- Olha ali, aquele não é o Big Ben? - Perguntou Jace.

- Mas ele está estranho, como se faltasse prédios ao lado dele. - Falei observando atentamente.

- Pelo menos sabemos que estamos em Londres. Mas porque não estou reconhecendo nada? Até as pessoas estão com roupas diferentes, as mulheres usam aqueles vestidos do século XIX. - Falou Izzy, sempre notando a moda.   

- deve ser que eles vão para alguma festa com o tema Século XIX. - Falou Jace.

- Espera, aquela não era a Rainha Victoria que acaba de passar numa charrete? - Disse Alec.

- Então nós estamos mesmo no Século XIX??? Clary, como você conseguiu voltar no tempo? - Falou Izzy me encarando.

- Eu não sei, eu não sabia que eu poderia fazer isso -Falei preocupada.

 O que mais eu posso fazer? agora eu consigo criar portais para o passado? E como vou fazer pra voltar pra o ano de 2008?


Notas Finais


Espero que tenham gostado. Obrigada por ler. até o proximo capitulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...