História Uma Junmyeon apaixonada - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Suho, Xiumin
Tags Exo, Fem!au, Fem!exo, Junmyeon, Maispowerfluffyporfavor, Minseok, Mpfpf, Suho, Xiuho, Xiumin
Visualizações 42
Palavras 675
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, FemmeSlash, Fluffy, Universo Alternativo, Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Pansexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


se a capa tiver muito merda, é pq fui eu quem fiz

Capítulo 1 - Único - Esses teus olhos oceano.


Fanfic / Fanfiction Uma Junmyeon apaixonada - Capítulo 1 - Único - Esses teus olhos oceano.

Minseok estava deitadinha. Os cabelos recém lavados caídos sobre o rosto que mantinha as bochechas rosadinhas. A morena estava no seu melhor traje segundo Junmyeon e esse "melhor traje" consistia em um pijaminha velho e meio furadinho com estampa de bichinhos. Minseok ficava linda nele, mesmo que a própria não achasse.


Os olhinhos estavam fechadinhos, pois a morena cochilava. Junmyeon, que havia acabado de sair do banho após chegar do trabalho, estava na cama deitada a segurar queixo enquanto admirava os pequenos pontos da namorada.
Havia começado pelos cabelos, que provavelmente não foram penteados, já que estavam molhados e totalmente desgrenhados em meio ao travesseiro. Os cílios que estavam perfeitamente arrumados enquanto a mais nova descansava, os olhinhos fechadinhos, as bochechinhas coradas, as pintinhas que ficavam espalhadas pelo corpo da mais velha... Tudo era tão lindo!


Min provavelmente havia trabalhado demais, já que ainda era cedo e ela já estava a dormir em dias assim, Jun queria poder cuidar ainda mais da namorada, aninhar-se a ela e dar-lhe muitos beijinhos, acariciar seus cabelos até que por fim, ela pegasse no sono em seus braços, mesmo que tivesse câimbras depois. Seok às vezes trabalhava demais, se esforçava demais e Myeon se preocupava, oras! O cuidar fazia parte.


Quase foi rendida a vontade de tocar o rostinho de Minseok, mas o senso falou mais forte, "é melhor deixá-la dormir", e bem, ela deixou. Dando uma olhada ou outra, às vezes umas encaradas e de vez em quando, saia uns "que puta mulherão da porra, não fode!" ou "ai meu deus, olha esse bebê, eu quero cuidar" e até mesmo "olha que boca linda da porra, queria beijar! mas olha, tá fazendo biquinho enquanto dorme, é uma neném, eu vou chorar!!!!!" mas claro, comentários mentais, vai que Seok acorda numa dessas?


Junmyeon se perdeu tanto encarando a face da namorada, que nem havia percebido quando os olhinhos da mais velha se abriram calmamente.


Por que tá me encarando desse jeito? E aconteceu uma Junmyeon que escorregou a mão do queixo com o susto, caindo de cara na cama.


Já acordou? – Perguntou, se recompondo. Volte a dormir, bebê. Você faz faculdade cedo. Disse, aninhando-se a outra, pondo-a em seus braços.
Minseok fechou os olhos novamente e Junmyeon se perdeu nesse movimento, enquanto acariciava os cabelos da namorada num cafuné.


Você tá fazendo de novo. Ouviu. E desta vez, viu novamente os olhos de Minseok se abrirem. Aish, por que fica me encarando? Disse rindo e cobrindo o rosto.


– Porque você é bonita. E, aish, calma, como você sabe? E Minseok riu mais ainda, ficando mais corada. Junmyeon queria muito apertar aquele rostinho como se aperta um gatinho fofo. Os olhinhos de Minseok ficaram fechadinhos enquanto a ria, as bochechinhas coradas e o sorriso aberto enquanto surgia o som de sua risada. Ah, Myeon podia morrer ali naquela hora mesmo e não ia reclamar.


De novo, Myeon. A mais nova a encarava.


Eu me perco nessa tua beleza, Min. Tanto por dentro, quanto por fora. Quanto em todos os lados possíveis. E faces. E cores. Maquiagens. Sorrisos! Você já viu o seu sorriso? Meus deuses, ele é tão... Ah! Não tenho palavras. Você é inteira perfeita. Olha o que você diz e pensa, o que você faz.
E esses teus olhos oceano?


Oceano? Perguntou a mais velha.


São profundos que me perco neles a cada vez que te olho. Disse, sem prestar na pergunta feita anteriormente. As duas se calaram em um silêncio bom após aquelas palavras. Uma encarando a outra, afinal, todo o sentimento era recíproco. Minseok não era lá de falar muito, enquanto Junmyeon estava sempre pronta para um discurso que fazia qualquer um se emocionar e não ficava por menos quando esse discurso era direcionado ao que sentia por Minseok na frente da própria Minseok.
Ela não sabia exatamente como agir, mas sabia o que sentir e nossa, sentia tanto.
Sentia o mar que Junmyeon falava serem os seus olhos. Mas esse mar podia ser também a infinidade de amor que Minseok sentia por sua mais nova.
Que, afinal, era muito. 


Notas Finais


junma muito fofinha, ai :(
foi um sacrifício fazer essa fic, porque eu não sei escrever coisas fofinhas eiwiaoaia
mas gostei, valeu a pena 💜 espero que tenham gostado
e ah, é fic pro projeto powerpuff girls!
link: https://spiritfanfics.com/jornais/power-fluffy-month-10823607


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...