História Uma lobinha qualquer (primeira temporada) - Capítulo 14


Escrita por: ~ e ~qualquer-coisa

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 34
Palavras 950
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 14 - Dia de azar pra todo mundo


Estava dormindo,toda jogada no sofá, começo a escorregar e caio do sofá e bato a cara no chão

Hanna:aí(me levanto coloco a mão no nariz depois olho)só oque me faltava (meu nariz estava sangrando)

Vou até a cozinha Adrian tomava café e Elena mechia nos armários

Adrian:oque aconteceu com seu nariz?(ele fala me olhando)

Hanna:cai do sofá e bati a cara no chão (ele dá risada)

Adrian:queria ter visto isso(mostro a língua para ele e depois dou um selinho)

Vou até a pia e começo a limpar o sangue de meu nariz,até que ouso a Meg gritar

Meg: FILHO DA MÃE

Vou até a sala Nick pedia desculpas para Meg que estava sentada no sofá massageando sua mão

Hanna:oque aconteceu aqui

Nick:não vi ela deitada aqui e acabei pisando na mão dela

Hanna: melhor colocar um gelo tá começando a inchar

Ela vai para a cozinha,subi para meu quarto troquei de roupa,e fiz minhas higienes,eu ia descer a escada mas escorrego e caio

Hanna:ah vai se ferrar (levanto)

Vou até a cozinha,já estava estressada, primeiro caio do sofá depois da escada

Tô achando que hoje é nosso dia de azar

Meg:oque aconteceu que tá estressada

Hanna:parece que hoje é meu dia de azar(sento na cadeira,mas caio para trás)viu terceira vez que caio só agora de manhã (falo me levantando)

Adrian:tá tô começando a achar que é seu dia de azar mesmo

Meg ia dar a volta no balcão mas escorrega e cai para trás

Meg:tá acho que também tô em um dia de azar(ela levanta e olha para onde ele escorregou)quem deicho isso aqui?(ela pega um pano molhado)

Elena:opa(Meg joga o pano para Elena)aí gente para essa coisa de azar não existe

Escutamos um estrondo na escada,vamos até lá e vemos Jack jogado no chão

Hanna:tô falando a bruxa tá solta hoje

Meg:até parece que todos nessa casa estão com azar

Elena:já disse que essa coisa de azar não existe

Jack: pra mim existe e odeio quando essas coisas acontecem (ele fala se levantando)

Elena:que sabe fui(ela sai pela porta e do nada começa a chover)tá tô começando a acreditar (ela vira pra gente)

Adrian:como começou a chover se tava mo sol lá fora

Hanna:tô falando que agente tá com azar

Estávamos discutindo até que mais alguém cai da escada, dessa vez foi Adrian que tinha ido buscar alguma coisa

Adrian:que isso até parece que jogaram um feitiço de azar na casa

Hanna:pera é isso!(subi as escadas escorregando mas consigo subir)

Vou até meu quarto e pego meu livro,nele minha tia escreveu sobre alguns feitiços,antes de eu descer cheiro o ar encontro um cheiro recente de feiticeira perto de casa, desço a escada ou melhor caio da escada

Adrian: porque pego o livro?(ele fala me seguindo até a cozinha)

Hanna:pera....(procuro a página que queria) achei (leio sobre o feitiço)

Meg:oque tá falando aí?

Hanna:coisa boa não é (mostro o livro para o resto do pessoal)

Elena:decha ver se eu entendi, então vamos pasar o dia inteiro presos nessa casa, sofrendo coisas impossíveis de acontecer do nada?

Hanna:isso mesmo (quando falo isso Nataniel ia entrar na cozinha mas tropessa e cai)

Nataniel:oque tá acontecendo (ele se levanta) é a segunda vez que caio por nada

Chamamos o resto do pessoal,e falamos oque estava acontecendo

Meg: acho que sei porque aquela feiticeira fez isso (ela fala com o celular na mão)

Hanna: porque?

Meg: primeiro de abril

Hanna: é mesmo no livro diz que as feiticeiras gostam de pregar pesas em outros sobrenaturais

Lucky:elas levam a sério isso em?

Nick ia beber água mas quando abre a torneira,a água faz uma curva e acerta seu rosto,ele coloca a mão na frente e desliga a torneira

Adrian:tá agora sei que realmente coisas impossíveis podem acontecer.....

Eu peguei meu livro subi e coloquei no lugar,e novamente caio da escada,só que dessa vez quebro meu pé

Temos sorte de poder colocar nossos ossos no lugar e nos curar rápido

Pois é se não estaríamos todas ferradas

Coloco meu pé no lugar e vou mancando até a sala já que meu pé ainda estava curando,sento no meio de Adrian e Meg,só que o sofá vai pra trás

Meg:ah vai se ferrar

Hanna:que sabe vou ficar no chao é impossível acontecer alguma coisa enquanto tiver sentada no chão (me sento no tapete no chão)

Adrian:não se esqueça que coisas impossíveis podem acontecer

Elena ia passada pela a porta mas a porta fecha e bate em sua cara

Elena:aí(ela fala massageando o nariz)

Lucky ia passada por mim mas tropeça em mim me fazendo cair pra trás e ele de cara no chão

Hanna:que horas são?(olho para Elisa)

Elisa: são...(ela olha o celular)15:00(quando ela fala isso vai pra trás)aí

Hanna:não ainda tá praticamente na metade do dia....(me jogo pra trás de novo)

Adrian:pelo visto vamos ter que passaram mais um tempo assim caindo toda hora(quando ele fala isso minhas orelhas e cauda aparecem sem eu querer)

Nataniel:parece que está afetando nossos poderes também...(ele mostra o dedo cortado)nosso processo de cura mento está muito lento

Hanna:e eu como tenho mais poderes vou me ferrar mais ainda....(me levanto mas sem eu querer corro com minha super velocidade e bato a cara na parede e caio pra trás)tá tô começando a prefirir o chão (falo massageando meu nariz)

É assim foi nossa tarde tombo após tombo,eu já estava toda quebrada meus poderes se ativavam sozinho teve uma hora que pulei tão alto que abri um buraco no teto com minhas cabeça,eu passei o dia inteiro deitada no chão onde parecia mais seguro pra mim eu não aguentava mais,já era 00:00 hora do feitiço se desfazer, levanto minhas orelhas e cauda desaparecem os poucos machucados que eu tinha se curam

Meg: ALELUIA

Hanna:para de gritar demônio

Meg:foi mal 

Adrian:até que enfim não aguentava mais

Hanna: agora perdi completamente o sono(me jogo no sofá)

Elena:eu não vou ir dormir (ela fala bocejando)

Na sala ficou eu o Adrian a Meg e o Nick não estávamos com nem um pingo de sono,ficamos lá conversando já era umas 5 horas da manhã eu acabei cochilando no sofá junto com Adrian, Nick e Meg ficaram no chão




Notas Finais


Oie,sei que o capítulo tá muito curto mas fazer oque


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...