História Uma madrugada - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Ajuda, Depressão, Madrugada, Mutilação, socorro, Suícidio
Visualizações 8
Palavras 404
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drabble, Ficção Adolescente, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - ROTINA!?


Fanfic / Fanfiction Uma madrugada - Capítulo 2 - ROTINA!?

Acordar já é difícil, achar um motivo pra levantar é quase impossível... 

Mas vamos lá. 

Lavar o rosto e nem se olhar no espelho por não gostar do que vê, já é normal... 

Tomar café é tão vazio, tão desnecessário.... 

Aliás, por que eu faço isso mesmo...?! 

Sem olhar nos olhos de ninguém, é hora de trocar de roupa, colocar aquelas camisetas com manga longa e moletom... 

Bem, você sabe, elas são bem úteis... 

Arrumar a mochila sem nem saber se havia algo pra fazer, sem se importar. 

Seguindo sempre o mesmo caminho, clima frio e cinzento, ao menos dá um certo conforto... 

As ruas estão sempre um pouco vazias, pois eu acabo me atrasando, então quase todos já chegaram...

 Entrar sem bater na porta, na esperança do professor não perceber que cheguei atrasada, e não fique me olhando com aquela cara de perdido, enquanto fala sobre alguma merda que ninguém quer saber... 

Enfim sentar e continuar ouvindo minhas músicas, afinal é a única coisa que me conforta naquele momento. 

Passar o intervalo com meu amigo, ouvindo as mesmas músicas de sempre, sem pensar em nada, pra não piorar as coisas. 

Enfim tudo aquilo acaba, passa tão rápido que eu não consigo lembrar se quer metade do que eu deveria ter aprendido. 

Chegar em casa não é a melhor coisa do mundo, largar as coisas de qualquer jeito em cima da cama, querer só deitar e dormir... 

Porém devo disfarçar que está tudo bem e comer...

 Novamente é vazio, sem necessidade... 

Ao menos o café ainda tem gosto.

Ouvir ordens da minha mãe me deixam um pouco mais estressada, mas não devo responder... 

Fazer as coisas sem um pingo de vontade, sempre tentando escapar da realidade em quaisquer brecha, esquecer aquilo, e ouvir minha mãe reclamando novamente, dando mais ordens... 

Já não sei se deveria me acostumar ou me incomodar com isso.

 A tarde passa um pouco mais lenta do que a manhã, mas ainda assim, quando chega ao fim, não lembro de metade do que fiz. 

A noite é uma das melhores partes, jantar (novamente sem necessidade alguma), ao menos na hora da janta só tem alguns gritos as vezes.

 Enfim a tão esperada madrugada, onde eu deveria dormir, mas é tão boa pra pensar... 

Algumas vezes de fato é melhor dormir para evitar algumas coisas... 

Pegar no sono sem perceber, e enfim acordar.... 

Até quando isso vai ser minha vida?! 

Isso é viver...?! 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...