História Uma madrugada - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Ajuda, Depressão, Madrugada, socorro, Suícidio
Visualizações 11
Palavras 137
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drabble, Ficção Adolescente, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - Eu sequer tenho um motivo?


Fanfic / Fanfiction Uma madrugada - Capítulo 4 - Eu sequer tenho um motivo?

Quando acordo de manhã não tenho ninguém com quem conversar

Ninguém que se importe de verdade

Quando passo muito tempo sem celular e volto a usá-lo não há uma mensagem sequer

Quando choro em público as pessoas tem pena de mim

Mas não estendem a mão

Vejo todos namorando, ficando, casando e eu aqui sozinha

Vejo amigos se divertindo e lembro da época em que fazia parte disso

Mas naquela época eu era apenas a segunda opção

E depois disso tudo as pessoas que descobrem que sou uma suicida

Que tenho depressão

Ansiedade e anorexia

Ainda possuem a coragem de dizer que tudo vai ficar bem

Que eu devo viver

Mas são palavras vazias

Decoradas

E eu chego no meu limite

Não dá mais para continuar em uma sociedade que fecha os olhos para pessoas como eu

Me sinto como um produto mau feito e eles também

Então me diga....

Qual o motivo de estar viva? 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...