1. Spirit Fanfics >
  2. Uma Mãe Solteira e Sete Lolis >
  3. Primeiro dia na Escola

História Uma Mãe Solteira e Sete Lolis - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 4 - Primeiro dia na Escola


Fanfic / Fanfiction Uma Mãe Solteira e Sete Lolis - Capítulo 4 - Primeiro dia na Escola

As meninas já tinham saído de casa e chegado a escola. O sino ainda não tinha tocado, então com o tempo que faltava elas foram conhecendo a escola, além das coisas básicas que existem em escolas, aquela escola também tinha clubes. Depois de conhecerem a escola, Hana e Moochi ficaram na sala a conversar. Na sala só estavam elas duas, mas não passou muito tempo e entrou um garoto.

- Não pode ser!- O rapaz era o Soto.- Vocês aqui?!

- Ei, você não era o… O… Shoto? Não, era Suto!- Disse a Hana.- Não acredito que acabamos por ficar na mesma sala.

Pov Soto

Eu não acredito! Acabamos por ficar na mesma escola e na mesma sala! É o Universo! O Universo quer que nós fiquemos juntos! Só pode! Mas é melhor ter cuidado, a Hana é muito fofa, outros rapazes devem gostar dela! É melhor eu agir antes que seja tarde!

- Todas irmãs estão na mesma escola?

- Sim!- Respondeu a Hana.- Eu, a Mochi e a Luna ficamos na mesma sala! A Kanna está comas duas irmãs também, porém uma das nossas irmãs está sozinha.

- Vocês vão sentar aonde?

- Eu aqui mesmo!- Disse a Hana.

- Eu atrás dela.- Respondeu a Moochi.

- Então eu fico ao teu lado.- Eu disse e sentei próximo a ela.

Quebra de Tempo

- Bom dia alunos!- Disse o professor ao chegar na sala.

- Bom dia!

- Como nós sabemos, hoje é um novo ano! E temos novos alunos que são a Hana, Moochi, Luna, Jack e Jefferson! E vocês sabem o que eles vão fazer né?

- Sim!- Toda a turma gritou.

- O quê?

- Se apresentar!

- Só que não!

- Ué???

- Não temos muito tempo, vamos a aula!- Depois do professor dar aulas ele disse mais uma coisa.- E como primeiro dia de aulas, temos boas tarefas!

- Nãooooo!

- Superem. Vai ser um trabalho em grupo! Grupo de quatro. Têm cinco minutos para fazer isso.- Logo que o professor falou começou uma barulheira na sala- Mas em silêncio!

- Meninas, nós vamos fazer juntas. Agora só precisamos de mais uma pessoa.- Disse a Moochi.

- Ei garotas.- Meu amigo, Kayu disse. Com certeza esse mulherengo já vai causar problemas.- Podemos fazer o trabalho juntos?

- Você?- A Hana disse.

- Já sei!- Exclamou a Moochi.- Fazemos com o Suto ou Soto, querendo ou não do restante na sala quem nós conhecemos mais é o Soto.

- Não tem problema, podem fazer comigo.

- Ei! E eu?- Disse o Kayu.

- Você pode fazer com outras pessoas, Kayu.- Respondi.

- Até meu melhor amigo me abandonou.

- No intervalo falamos.

- Mas o trabalho é sobre o quê?- Disse um dos alunos.

- Cada um vai falar sobre um País.

- Nós escolhemos que País?- O mesmo aluno perguntou.

- Não, eu escolho. Já acabaram de formar os grupos?

- Já!

- Certo.- O professor foi escolhendo os países e depois chegou no nosso.- Vocês falarão de França.

- Certo.

 

Não passou muito tempo e o sinal tocou.

- Hana e Luna, vamos ir ter com a Kanna, a Sayori e a Nikki.- Disse a Moochi.

- Vamos.- A Hana disse as três foram embora.

- Kayu vem.- Eu chamei o Kayu e junto lhe expliquei tudo como se conhecemos, as irmãs que eu estou apaixonado e o meu plano.

- Então você vai pedir para ir na casa delas e depois tentar pegar elas?

- Tipo isso.

- Mano, é muito errado você querer namorar com meninas de 5 e 6 anos.

- Eu sei, então acho que vou desistir de tentar ficar com elas. Porém ainda vou lhes pegar.

- Cê tem demência?

- Elas são muito fofas! Você não imagina.

- A Hana, a Moochi e a Luna também são.

- Eu sei!

- Mas você não vai puder ficar com as sete.

- Infelizmente não.

- Tem uma que eu estou interessada.

- Sério? Qual?

- A que tem o cabelo de cor preto ou azul, e que não falou nada.

- O nome dela é Luna. Eu posso deixar você ficar com essa.

- Obrigado mas não sei como me aproximar dela.

- Eu posso te ajudar, mas agora, eu vou falar com elas sobre eu ir na casa delas e também você aproveita e vê as irmãs fofas delas.

- Vamos!- Não demorou muito e nós vimos elas.- Meu Deus, elas realmente são fofas mas isso não justifica você querer namorar elas.

- Eu sei. Vamos nos aproximar.- E digo e vamos até elas.- Oi de novo.

- Não acredito! É o ruivo chato!- Gritou a Kanna.

- Ele de novo não!- Gritou a Sayori.

- Err… Desculpa de novo.

- Sayori, ele já se desculpou. Pode parar.- Disse a Moochi.

- Para você também Kanna.- Disse a Hana.

- Elas não gostam muito de você.- O Kayu disse na minha orelha.

- Enfim, meninas eu estava pesando e eu podia ir na vossa casa hoje. Assim terminamos o trabalho mais rápido.

- Pode ser.- Concordou a Moochi.

- Quê!? Não! Não!- Reclamou novamente a Sayori.

- Eu vou convosco, ok?- Perguntei.

- Pode ser…-     A Luna finalmente disse algo, a voz dela é tão calma.

Triiiiiiiiiiiim

O sino tocou e nós voltamos às aulas, não demorou muito e o sinal da saída tocou.

- Vamos Suto!- Disse a Hana.

- O meu nome é Soto. Vocês vão à pé?

- Sim… A casa é perto…- Disse a Luna.

- Tá, tchau Kayu!

- Tchau! Boa sorte!

Em casa da Hana

- A nossa mãe ainda não chegou.- Disse a Moochi.

- Que bom.- A Ruki disse e subiu as escadas e foi para um quarto.

- Até, fiquem com a sala.- A Kanna disse e subiu com o cão de antes, entrou no mesmo quarto que a Ruki.

- Eu vou contigo!- A Nikki disse e foi ter com ela.

- Eu vou lá fora.- A Sayori disse e foi.

 

Ficamos pesquisando coisas sobre a França e tal, fizemos um rascunho e tudo mais. E cada vez que passa eu tenho mais certeza que o Universo quer que eu fique com uma delas, isso porque de tanto países, escolheram França para nós que tem a cidade do amor. Enfim, fomos fazendo o nosso trabalho e tudo mais e a cada segundo que passava eu só conseguia reparar mais na beleza e fofura delas, principalmente da Hana, e eu tenho que de algum jeito parar de gostar da Luna porque ela já é do Kayu porém a Luna continua sendo muito fofa.

 

- Já tá escuro, a Sayori ainda está lá fora.- Disse a Moochi.- Alguém vai buscá-la.

- O Soto vai!- Disse a Hana.

- Não acho que seria uma boa, ela me odeia.

- É por isso vai!

- Sabes, até não é uma péssima ideia.- É minha hora!- Vou ir buscar ela.

No quintal

Eu procurei á volta da casa mas não achei ela.

- Deve estar nessa casa de madeira.- Eu entrei e lá estava ela.

- Ei! Veio me deixar cair de novo!? Sai daqui!

- Err…- Tá eu não sei como começo isso, e como elas não vão descobrir, mas é bom trancar a porta.

- Ei! Por que você trancou a porta!? Vai me bater agora?!- Ela disse com raiva.

- Tipo isso.- Eu disse e depois lhe agarrei com os braços e deixei ela cair, ficando em cima dela.

- Ei me solta! Já me deixaste cair duas vezes agora! E sai de cima de mim!

- Shhhhh.- Digo e depois dou vários beijos no pescoço dela.

- Pa-para!

- Shhhh.- Começo a tirar a roupa dela e depois faço carinho cabelo dela.- A tua pele é muito macia.

- Para! Para!.

- Shhhh!!!- Rapidamente tiro a minha roupa também,  ficando nós doi nus.- Você é muito fofa.

- Eu, eu vou queixar na…- Eu a imterrompi com um beijo.

- Loli é para dar carinho, não para enfiar o pitinho… Mas há exceções.- Digo e depois fico lambendo o corpo dela.

- Pa-para!

- Essa é a minha única chance contigo. Tenho é que enfiar o pitinho.- Digo e tento vira-la força mas ela é mais forte do que parece.- Fica direita!

- Sai! Moochi! Hana!- Para ela parar de gritar eu lhe dei mais um beijo.

- Era mais fácil enfiar o pitinho na boca.

- Sai daqui! Seu ruivo idiota!- Ela começa a chorar horrores.

- Eu vou sair mas só depois do sexo.

- Quê??

- Deixa eu enfiar o meu pinto no teu bumbumzinho.

- Só saia daqui!- Ela deu um grito junto com choradeira enorme que simplesmente desisti, coloquei minhas roupas de novo e vesti ela, também limpei as lágrimas dela e saí dali com ela. Eu realmente não sei o que dizer a elas, e infelizmente isso não foi como eu quis porém foi legal.

 

- Moochi! Luna! Hana!- Sayori correu até elas e abraçou a Moochi.- Tirem esse ruivo daqui! Por favor!

- O que se passou?- Perguntou a Moochi.

- Nada demais, ela disse que vai chegar aqui chorando e tudo para vocês não gostarem de mim. Ela disse que como vocês são muito irmãs não iam acreditar em mim e sim nela.

- Sério?- Disse a Hana.

- É mentira! Acreditem em mim! Ele me fez mal! Ele me beijou! Ele tirou a minha roupa! Eu odeio ele! Tirem ele daqui! Eu quero a minha mãe! Pufavo!

- Parece um estupro kkk.- Disse a Moochi.

- Olha Sayori, eu sei que você não gosta dele mas não é para criar mentiras assim.- Disse a Hana.

- Não tô mentindo! Porque acham que ele demorou para voltar!

- Bem, eu demorei porque ela não queria que de jeito nenhum eu a levasse para dentro de casa.

- É mentira! Eu quero a mamãe! Só ela irá me compreender!

- Olha já chega! Para de mentir assim Sayori! É feio! Vai para o quarto.

- Não é menti…-

- Sobe!- Ela interrompeu a Sayori. Tô salvo.

- Vocês são as piores irmãs do Mundo! Eu não acredito! Nikki, Kanna, Ruki! Preciso de vocês!- Ela disse enquanto corria para o quarto.

- Sinceramente…- Disse a Moochi.

- A Sayori tá indo longe demais…- Disse a Luna.

- Vocês não estão cansados? Ainda temos muito tempo, vamos dormir.

- Olha, tá bem escuro posso dormir aqui?

- Mas tens que falar com os teus pais primeiro, não?- Perguntou a Moochi.

- Eu falo. Posso?

- Pode ser.

 

Todas já estavam dormindo, a Hana, Sayori, Kanna e Nikki estavam no quarto. A Moochi, Luna e a Ruki na sala. A mãe delas não tinha chegado ainda. Se cada uma tivesse um quarto próprio, eu podia entrar no quarto de uma e pegar ela, vou dormir no chão da sala de qualquer jeito.

Pov Sayori

Só a Kanna acreditou em mim, eu quero morrer, eu quero que esse ruivo morra! Eu não acredito, elas não confiam em mim. Eu odeio ele, eu odeio viver… Eu quero os meus pais, eu não quero ser roubada novamente, eu não quero aquele ruivo perto de mim, eu quero a mamãe aqui… Ela vai me entender.

Não consigo dormir…

Eu…










 

Quero….







 

Eu quero…




 

Eu vou desaparecer!

 


Notas Finais


Tá vendo seu lolicon!?!??! (é só piada, lolicons que insistiram em ler a fic kkk)
Man, eu odeio o Soto! Que raiva tive de escrever aquilo! E que droga, não consigo ver a Sayori triste. E como eu quero que o Soto seja atropelado!

Informações do Kayo
Nome: Kayo
https://br.pinterest.com/pin/646196246521618806/
Idade:11
Informações: Tem uma irmã, vive com seus pais biológicos, é o melhor amigo do Soto, gosta da Luna


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...