História Uma Morte Inesperada...-TordTom - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Eddsworld
Personagens Edd, Matt, Tom, Tord
Visualizações 25
Palavras 1.203
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu tô precisando de fotos pra por nos capítulos ;-;

Tenha uma ótima leitura!

Uma pipoca cairia bem, não?

Capítulo 2 - Ainda...VIVO?


Fanfic / Fanfiction Uma Morte Inesperada...-TordTom - Capítulo 2 - Ainda...VIVO?

Acordei em um lugar totalmente branco.Uma luz brilhou em minha direção e um vulto de uma pessoa passou em minha frente.

???–QUEM TÁ AÍ!?–Soltei uma frase em forma de um grito,na intenção de assustar quaisquer tipo de coisa que estivesse alí.

–Isso é jeito de se falar com a pessoa que vai te ajudar?–Uma voz máscula ecoou pelo lugar–Tord,eu sei que você não queria isso... Então,vou te dar a última chance de vida.E caso não consiga cumprir seus objetivos, você será destinado a uma morte muito mais trágica e dolorosa...Mas caso você consiga,Tord, poderá viver junto com seus amigos.

Antes que eu pudesse responder a voz,fui parar em um lugar totalmente preto e uma frase apareceu em minha frente.Era como se eu estivesse em um filme...A frase era "Após 3 dias você voltará para seus amigos.".Tudo ficou totalmente preto,sem nada em minha frente,senti meu coração parar aos poucos,minhas mãos e pernas ficarem trêmulas,minha visão ficar turva; minha respiração ficar falha e por fim...Meu coração parar.

Tom

Já troquei de roupa e ainda estou citando pedidos de desculpas em minha mente.

Desci as escadas e vi todos me esperando em frente a porta.

Edd–Vamos?Eu não quero me atrasar.–Olhei todos que estavam lá.Ninguém possui uma peça de roupa de outra cor a não ser preto.Laurel estava com um vestido preto,bem parecido com o de uma viúva e com um tênis preto,os outros estavam com ternos pretos e sapatos sociais da mesma cor.

Saímos de casa e fomos direto para o carro.Edd no motorista e Matt ao seu lado,eu e Laurel fomos no passageiro já os outros foram em outros carros.

Quando chegamos lá,meu coração acelerou e uma cara de desconforto virou minha principal expressão.Fomos até o túmulo de Tord que Paul e Patrick fizeram questão de colocar a bandeira norueguesa comunista em volta.Vi Edd colocar uma lata de cola no túmulo de Tord,Matt colocou um espelho,Paul uma placa de carro escrita "Nør5k1",Patrick colocou um colete azul que era bem longo,Laurel colocou uma arma que Tord normalmente levava para todo lugar,o Tênis colocou um cigarro apagado que estava em sua sola...E finalmente chegou minha vez...Coloquei dois moletons e uma blusa.Um dos moletons era metada azul e metade vermelho,o outro era o meu meletom e a blusa era a que ele me deu de aniversário.Depois disso vi Yuu, a Privada e alguns outros conhecidos colocarem coisas no túmulo de Tord.Por um momento eu comecei a sentir raiva!A única coisa que eu sentia alí era Ódio! Lágrimas de raiva e tristeza começaram a escorrer pelo meu rosto... Até que senti alguém em abraçar e esse alguém era Pat que provavelmente estava mais abalado do que eu.

Pat–Tom,eu sei o que você sentindo.Pelo menos ele está em um lugar melhor, não?–Eu retribuí o abraço e sussurrei no ouvido de Pat.

Tom–°•esse lugar melhor está nos separando,Pat...ele está nos separando...•°

Me soltei do abraço e me abaixei em frente a lápide onde estava escrito o nome de Tord.Eu comecei a soluçar com nunca tinha feito antes,olhos vermelhos eram escondidos por um preto infinito e vazio,o nariz vermelho como se eu estivesse resfriado; minhas lágrimas mudaram...Elas estavam...Pretas...!?Me desisperei naquele momento.Me levantei e coloquei as duas mãos no rosto, saí correndo dali para o banheiro mais proximo.

Entrei no mesmo e comecei a me olhar no espelho fixamente.

–°•eu sou um monstro...•°–Falei em um sussurro.–EU SOU O CULPADO,EU QUE MATEI ELE!–Não resisti a vontade de gritar, então apenas soltei minha voz sem ligar para o que as pessoas que ouvissem pudessem pensar ou falar.Abri a torneira e enchi minhas mãos de água logo depois jogando a mesma em meu rosto.Quando fiz isso meus olhos se fecharam e eu abaixei minha cabeça,fazendo com que quando eu abrisse os olhos ficasse olhando diretamente para o ralo da pia.Voltei meu olhar para o espelho e senti algo pesado em minhas costas.Quando olhei para não vi nada,mas quando eu olhei para o espelho vi Tord me abraçando por trás; parei de respirar por alguns segundos e arrepios passaram por todo o meu corpo.Arregalei meu olhos e novamente, lágrimas negras escorreram em minhas bochechas.–Eu q-queria acre-ditar que is-so é real...–O abraço começou a ficar mais apertado e mais apertado,e mais...mais e mais.Eu fiquei sem ar e minha visão ficou turva...

Off

Abri meus olhos assustado.Olhei a minha volta e eu ainda estava abaixado na frente da lápide.Todos me olhavam assustados por eu bem provavelmente ter falado as coisas em voz alta.Como alguns dali não sabiam que era minha culpa Tord ter ido,ficaram surpresos,mas,ignorei as expressões e corri até o carro.

Entrei no mesmo e comecei a beber a Smirnoff que estava dentro do cantil,que deixei dentro do carro caso eu precisasse me "aliviar" um pouco.

** QDTP **

Algum tempo depois,ouvi uma porta que fica ao meu lado sendo aberta.Olhei para a figura que abriu a porta e era Edd.

Edd–Huh...Você bebeu de novo.

Tom–Eu precisa disso Edd!

Edd–Eu não sabia que acabar com a sua própria saúde fazia você se sentir melhor.Talvez se eu soubesse disso antes eu teria ficado em casa bebendo minha coca!–Edd falou me olhando com uma cara séria e de um jeito irônico.

Tom–Por acaso...VOCÊ SABE O QUE É SABER QUE UMA PESSOA TE AMA DEPOIS QUE VOCÊ POR "ACIDENTE" MATOU ELA?–Eu gritei com Edd que conseguiu manter sua cara séria, já eu olhei com ódio para a cara dele.–Eu sinto falta dele, Edward!Eu queria ter descoberto antes que ele me amava e que eu também amo ele!–Eu abaixei minha cabeça cabisbaixo.

Edd–Então você o ama,Tom?

Edd

Eu nunca vi Tom hesitar tanto na minha vida!

Eu sei que ele se sente culpado,mas,ver ele bebendo ou deixando de comer pra ficar se culpando e se cortando me deixa muito mal.Eu queria que Tord estivesse aqui para dar um jeito no Tom.Matt já tentou de tudo para animar Tom!Ele até já comprou uma mochila para o Tom guardar a Susan,mas não adiantou quase nada,ele só ficou feliz por 2 dias,depois disso ele pareceu ficar mais triste do que ele estava antes.Eu já tentei de tudo também! Já tive que deixar ele queimar dois pinheiros de natal,e de novo,ele só ficou feliz no começo,e depois pareceu ficar mais triste ainda! Não fomos só eu e Matt que tentamos,várias outras pessoas também tentaram,mas nenhuma teve susseso...Seu olhar sempre expressa medo e angústia.Ele parece ter medo de ser preso ou algo do tipo; parece que ele tem medo de matar mais alguém (não que ele seja culpado pela morte),perece ter medo de ser culpado e de perder seus amigos...Ele sempre grita pedidos de desculpas de madrugada; sempre fica o dia inteiro deitado no sofá chorando e a pior parte de tudo isso é...que ele fica se cortando e bebendo achando que isso vai fazer ele voltar ou fazer ele se sentir menos culpado...

Edd–Ele não morreu,só está nos esperando na linha chegada!




Notas Finais


Desculpa de ficou muito curto!
Eu tô meio que com um bloqueio.

Obrigado por ter gastado seu tempo lendo isso! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...