História Uma mudança de vida - Capítulo 26


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Visualizações 7
Palavras 1.178
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


#Hot
Espero que gostem

Capítulo 26 - Atenção só sua


Fanfic / Fanfiction Uma mudança de vida - Capítulo 26 - Atenção só sua

                  Sn on

Depois de algumas voltas juntos paramos em um estabelecimento para refeições antes do filme.

Pedimos duas pizzas, uma de calabresa tradicional e a outra de chocolate.

Estávamos comendo e J-hope puxou assunto.

Jh: Sn posso lhe perguntar uma coisa?

Sn: Claro,o que quer?

Jh: Bom no seu tempo livre será que não poderíam...

Jk: Ehhhh que papo é esse.

Jh: Calma cara deixa eu terminar?

Sn: É amor deixa ele falar.

Jk: Tá continua.

Jh: Bom como eubia dizendo, no seu tempo livre será que não poderíamos vir aqui no shoping pois quero ajuda a escolher roupas que estão na moda ou algo assim?

Sn: Nossa mano, é claro que podemos.

Jh: Ai que alívio, então quando estiver livre poderíamos vir?

Sn: Claro, assim que tirar um tempo livre da loja posso vir com você.

Jh: Ta bom.

V: Aproveitando essa conversa maravilhosa, Sn posso lhe pedir uma coisa?

Sn: peça.

V: Já que você trabalha em uma loja de cosméticos poderia me ajudar e me dar dicas de maquiagens e cuidados com a pele.

Sn: Claro Tae com muito prazer, sei que você pede pra mim pois sua namorada não tem paciência.

V: Pois é.

Mi: Eihh.

Sn: O que? Até parece que não sabe.

Mi: Não é que eu não tenha paciência eu tenho cansasso.

Sn: Tá bom.

Rm: Ei pessoal o filme comessa em meia hora, melhor nós já irmos indo para dar tempoe não nos apurarmos.

Jm: Verdade, vamos.

Todos nós assentimos pagamos as pizzas e fomos em direção a sala de cinema, mas antes passamos pegar pipoca, refrigerantes e alguns doces.

Chegamos e nos sentamos nas poutronas confortáveis.

Íamos ver o filme que acabou de ser lançado " A forma da água ".

Começamos a ver e era um filme muito interessante por sinal.

                      [...]

No meio do filme, que por sinal era muito bom, senti um leve arrepio em minha perna direita. Olhei e vi Kook con sua mão a agradando, estranhei aquilo literalmente.

Sn: O que pensa que tá fazendo?

Falei super sussurrando.

Jk: Nada de mais. Apenas vendo o filme.

Pude ver que a mão de Kook estava subindo e estava ao meio de minha coxa.

Sn: Quer tirar a mão daí?

Jk: Por que? Já está se exitando?

Sn: K-kook.

Jk: Isso é um castigo.

Sn: Eu disse só de noite amor.

Jk: Você disse que iríamos fazer de noite, mas não proibiu as provocações.

Sua mão já estava bem acima da coxa chegando em minha intimidade, e logo senti os dedos de Kook passarem por ela.

Sn: K-koo-k.

Jk: Que foi Sn, não tá gostando?

Sn: Você quer parar?

Jk: Não.

Como estava tudo escuro Kook continuou a me provocar, eu já estava louca o queria como nunca, mas ali não tinha como.

                    [...]

O filme acaba e nos retiramos da sala de cinema.

De fato o filme foi muito bom.

Jm: E ai querem fazer mais alguma coisa?

Sg: Ahhhh não, não não não não não.

Jm: O que aconteceu Suga?

Sg: A pessoal vamos para casa eu tô morto de cansado.

Jm: Mas você dormiu o filme inteiro.

Sg: Em uma poutrona de cinema.

Jm: Que são muito confortáveis.

Sg: Que não chegam aos pés de minha cama.

Mi: Ai meu pai amado, as crianças querem parar? Afinal o a obra de Satanás tem razão, estamos todos mortos.

Sg: Eiii.

Mi: Olha aqui você não reclama por que eu to te defendendo. 

Sg: Mas....

Mi: E não ouse me responder.

Ficamos todos quietos mas querendo morrer de rir.

Jk: Olha pessoal estamos todos cansados, vamos marcar outro dia.

Jm: Tá bom então. Vamos?

Todos nós assentimos e fomos para os carros.

No caminho pedimos para Tae nos deixar na casa onde eu e Kook estávamos dormindo, na verdade levando meio que uma vida.

Desenbarcamos e nos despedimos.

Kook abril a porta e eu a fechei e quando me virei Kook me prensou na parede.

Sn: O que tá fazendo?

Jk: Uma coisa que nós dois queremos.

Não deu tempo de eu falar nada e minha boca foi beijada por aqueles lábios maravilhosos.

Kook passou suas mãos em meu corpo inteiro e me pegou no colo, eu intrelasei minhas pernas em sua cintura e fomos em direção ao quarto.

Chegando lá Kook me jogou na cama e foi fechar a porta do quarto, veio novamente já abrindo a camisa.

Jk: Apenas faça o que eu mandar tá bom?

Sn: Sim.

Jk: Ótimo, comessa tirando a roupa e ficamos apenas de langeri.

Fiz o que ele mandou e fiquei deitada na cama vendo ele tirar a sua.

Logo depois somente de box veio em direção a mim beijando-me novamente e passando a mão pelo meu corpo.

Não demorou muito e ele se deitou ao meu lado.

Jk: Quero que faça um servisinho pra mim.

Ele apontou para o seu membro que já estava bastante exitado.

Apenas assenti e fiquei por cima do mesmo indo em direção a sua cueca.

Tirei sua cueca e vi o seu pênis ereto.

Jk: Vai amor, por favor.

Fiz o que ele pediu e comecei a fazer movimentos com a minha mão logo passando para a boca, eu apenas escutava os gemidos de Kook soarem pelo quarto.

Jk: I-sso am-or não pa-ra.

Fui almentando meus movimentos e logo pude sentir seu pré gozo em minha boca, logo parei e Kook se levantou para pegar uma camisinha que tinha na gaveta da cômoda.

Ele voltou e pediu para eu me deitar novamente. 

Veio em minha direção se aproximando dos meus seios tirando meu sutiã e abocanhando um dos meus seios. Com uma mão ele massageava o outro, e a outra de suas mãos já se encontrava em minha intimidade.

Logo ele pega e tira minha calcinha com uma mão só e depois passando seus dedos por minha intimidade.

Eu apenas gemia de prazer. Kook para oa movimentos em meus seios e vai se direcionando até minha parte íntima e emplorava por Kook.

Ele passava os seus dedos pela região completamente molhada e entregue a ele.

Jk: Nossa já está assim?

Sn: Você me deixa assim Kook.

Jk: Ótimo, adoro quando fica assim, toda entregue.

Ele falou aquilo e direcionou sua boca até minha intimidade  a chupando e a beijando.

Sn: Ahhh Kook, mais vai, por favor, ahh.

Ele apenas almentava seus movimentos chupando com mais vontade e eu gemia como louca.

Após alguns minutos Kook parou e levantou se abrindo mais minhas pernas para começar os movimentos com seu membro.

Jk: Tá pronta?

Sn: Sim, vai logo.

Foi eu falar aquilo e Kook comessou os movimentos leves e calmos.

Sn: Kook?

Jk: Fala.

Sn: Vai mais rápido vai.

Jk: Claro.

Ele não pensou duas vezes e comessou a aumentar seus movimentos indo cada vez mais rápido e fundo.

Sn: AHHH ISSO VAI, AHHH QUE GOSTOSO. AHH

Jk: ISSO BABY GEME PRA MIM VAI, EU ADORO TE OUVIR VAI.

Sn: AHH KOOK EU ADORO ISSO, VAI APROVEITA, ACABA COMIGO, ME COME INTEIRRA VAI, AHH.

Jk: AHH BABY ADORO LHE VER INTREGUE DESSE JEITO, TODA MOLHADA, EXITADA, IMPLORANDO POR MAIS. AGORA GEME VAI, ENQUANTO EU TE COMO QUERO OUVIR TEUS GEMIDOS VAI.

Sn: AHH KOOK VAI MAIA RÁPIDO VAI, NÃO PARA AHH.

Ele apenas ia aumentando oa seus movimento e me enlouquecendo.

30 minutos depois.

Já havíamos trocado de posição três vezes mas agora voltamos na que comessamos e já estávamos aos nossos limites.

Sn: Kook eu vou ahh, eu vou gozar.

Jk: Vai então, goza pra mim

Eu literalmente cheguei ao meu limite, mas também não demorou muito para Kook chegar ao seu ápice w gozar também, ele retira a camisinha e goza pela parte da frente da extensão do meu corpo e logo depois se deita ao meu lado...



Notas Finais


O que acharam?
Bjs mores.
Spoiler: o próximo também será meio quente.
Obrigada


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...